Corpo em maple

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Corpo em maple

Mensagem por dudamir em Seg Out 18, 2010 2:04 pm

Alguém já viu/ouviu um baixo com o corpo em maple? Qual seria a característica do som do maple no corpo?

Achei estranho, procurei bastante, mas não achei muita coisa na internet. Algumas guitarras, mas baixo nada.

dudamir
Membro

Mensagens: 3127
Localização: Mais um carioca ganhando a vida em São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Pedro Henrique em Seg Out 18, 2010 2:37 pm

Bem, os semi-acústicos da Condor tem o corpo feito em maple...me referi aos Condor porque não sei se os semi-acústicos em geral são feitos nessa madeira. A especificação do site:



CORPO: MAPLE
BRAÇO: MAPLE COM DUAS LONGARINAS EM ROSEWOOD
ESCALA: ROSEWOOD


Última edição por Pedro Henrique em Seg Out 18, 2010 2:44 pm, editado 1 vez(es)

Pedro Henrique
Membro

Mensagens: 95
Localização: Valparaíso de Goiás

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por *JAPA* PICKER BASS em Seg Out 18, 2010 2:42 pm

Se eu não me engano, todos os Rickenbacker são com o corpo e braço em Maple

*JAPA* PICKER BASS
Membro

Mensagens: 2375
Localização: São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Out 18, 2010 3:21 pm

O maple usado em corpos é o soft-maple, que é uma sub-espécie mais macia que o hard maple usado nos braços. Os baixos Squier Vintage Modified e Classic Vibe Jazz Bass utilizam essa madeira em seus corpos. Ela tem a tend~encia em responder melhor aos sons médio-agudos.

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens: 6370
Localização: Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por NESCAU em Seg Out 18, 2010 3:28 pm

cara, eu nao tenho certeza, mas acho que o meu spector tem corpo de maple tb, tem um sonzão.

NESCAU
Membro

Mensagens: 1897
Localização: Araranguá, SC, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Daniel em Seg Out 18, 2010 3:38 pm

Só uma correção, bertola, Squier classic Vibe tem corpo em BASSWOOD.

Daniel
Membro

Mensagens: 5323
Localização: ES

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Out 18, 2010 3:39 pm

^Correto! up

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens: 6370
Localização: Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Sex Out 22, 2010 2:30 pm

O Dingwall ABI tem corpo em soft-maple. É só procurar aqui no fórum que se acha uns áudios desse baixo.

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Renan Catito em Sex Out 22, 2010 5:19 pm



Bonito é, pelo menos! Razz

Renan Catito
Membro

Mensagens: 443
Localização: Rio do Sul/SC

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=9489177870158144876

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Lee Garcia em Sab Nov 27, 2010 5:02 pm

Pessoal é o seguinte, sobre madeiras de eletricos existe mais lenda na internet do que informação coerente, então vamos lá, não sou perito, mas vou dividir informações que obtive com uma pessoa que é.
Maple é bom ? é excelente !
É a melhor ? não !
Então por que os americanos e europeus usam ? por que esta perto ! (a Gibson tem Maple no quintal e importa Mogno de Honduras)
Maple tbm é usado em caixotes de tomate e caixas de bacalhau.

A respeito do baixo semi acustico citado acima, não faz muita diferença, pois é feito de Plywood (nome bonito) mas é compensado, então tanto faz ser de maple ou outra madeira que tenha resistência mecânica pra aguentar a tensão das cordas, pois tendo os veios atravessados entre as camadas ele freia a energia gerada pela corda mais rapido que um instrumento feito a partir de um bloco (escavado)

Geralmente em instrumentos semi acusticos segue-se o padrão dos violinos ou violões, madeira mais dura embaixo, mais mole em cima, a maioria usa Maple no fundo e faixa, e Abeto (Spruce) no tampo.

Quanto aos sólidos é que a questão fica complicada, (sendo bem simples) a questão principal é o atrito que a madeira exerce na energia que a corda produz (amortecimento) isso faz com que a corda vibre por mais tempo ou não, ja que o timbre final depende muito do captador.
Até hj eu nunca conheci ninguem capaz de dizer: "isso é timbre de maple", "esse é de Mogno"
O resultado final do timbre de um instrumento eletrico depende de varios fatores: madeira, tipo de construção, parte eletrica, mas o que posso dizer é que se vc escolher a melhor madeira e a melhor construção (neckthroug) vai ter um sustain mais prolongado com qualquer tipo de captador que usar, quanto ao timbre é um tiro no escuro. (Já os acústicos são outra história, mas ainde se segue o mesmo padrão de 300 anos atrás)

Sobre o amortecimento ou atrito, como o cara que me explicou isso é um Austriáco, e eu estava borracho, até hj não conseguir entender se ele disse flexão interna, deflexão interna ou fricção interna, mas é uma coisa muito louca, ele faz uma linha horizontal numa folha e desenha uma onda que atravessa essa linha, com calculos que estavam alem da minha compreensão, resumindo: explicação tem, o dificil é entender.

Lee Garcia
Membro

Mensagens: 8
Localização: Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Sab Nov 27, 2010 6:08 pm

Lee Garcia escreveu:a melhor construção (neckthroug)

Uêêêêêêêêêpaaaaaaaaaa...

Como é que é isso? Baseado em que mesmo?

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por dudamir em Dom Nov 28, 2010 5:21 pm

allexcosta escreveu:
Lee Garcia escreveu:a melhor construção (neckthroug)

Uêêêêêêêêêpaaaaaaaaaa...

Como é que é isso? Baseado em que mesmo?

Pegou na peixeira! Medo hahaha Vai falar mal de braço aparafusado aqui ...

dudamir
Membro

Mensagens: 3127
Localização: Mais um carioca ganhando a vida em São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por malka_aff em Dom Nov 28, 2010 11:02 pm

E outras coisitas como "atrito na energia" =/ complicado ein!

malka_aff
FCBR-12
FCBR-12

Mensagens: 6054
Localização: -29.923239,-51.141623

http://www.nikolasgomes.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por JAZZigo em Dom Nov 28, 2010 11:39 pm

Lee Garcia escreveu:Pessoal é o seguinte, sobre madeiras de eletricos existe mais lenda na internet do que informação coerente, então vamos lá, não sou perito, mas vou dividir informações que obtive com uma pessoa que é.
Maple é bom ? é excelente !
É a melhor ? não !
Então por que os americanos e europeus usam ? por que esta perto ! (a Gibson tem Maple no quintal e importa Mogno de Honduras)
Maple tbm é usado em caixotes de tomate e caixas de bacalhau.

A respeito do baixo semi acustico citado acima, não faz muita diferença, pois é feito de Plywood (nome bonito) mas é compensado, então tanto faz ser de maple ou outra madeira que tenha resistência mecânica pra aguentar a tensão das cordas, pois tendo os veios atravessados entre as camadas ele freia a energia gerada pela corda mais rapido que um instrumento feito a partir de um bloco (escavado)

Geralmente em instrumentos semi acusticos segue-se o padrão dos violinos ou violões, madeira mais dura embaixo, mais mole em cima, a maioria usa Maple no fundo e faixa, e Abeto (Spruce) no tampo.

Quanto aos sólidos é que a questão fica complicada, (sendo bem simples) a questão principal é o atrito que a madeira exerce na energia que a corda produz (amortecimento) isso faz com que a corda vibre por mais tempo ou não, ja que o timbre final depende muito do captador.
Até hj eu nunca conheci ninguem capaz de dizer: "isso é timbre de maple", "esse é de Mogno"
O resultado final do timbre de um instrumento eletrico depende de varios fatores: madeira, tipo de construção, parte eletrica, mas o que posso dizer é que se vc escolher a melhor madeira e a melhor construção (neckthroug) vai ter um sustain mais prolongado com qualquer tipo de captador que usar, quanto ao timbre é um tiro no escuro. (Já os acústicos são outra história, mas ainde se segue o mesmo padrão de 300 anos atrás)

Sobre o amortecimento ou atrito, como o cara que me explicou isso é um Austriáco, e eu estava borracho, até hj não conseguir entender se ele disse flexão interna, deflexão interna ou fricção interna, mas é uma coisa muito louca, ele faz uma linha horizontal numa folha e desenha uma onda que atravessa essa linha, com calculos que estavam alem da minha compreensão, resumindo: explicação tem, o dificil é entender.
Carái!!! Isso é filosofia dos sólidos ou o que?!!! ahn facepalm

Um dia chego lá!!! Razz

JAZZigo
FCBR-12
FCBR-12

Mensagens: 7639
Localização: Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por VictorLuigi em Seg Nov 29, 2010 10:46 am

Lee Garcia escreveu:Pessoal é o seguinte, sobre madeiras de eletricos existe mais lenda na internet do que informação coerente, então vamos lá, não sou perito, mas vou dividir informações que obtive com uma pessoa que é.
Maple é bom ? é excelente !
É a melhor ? não !
Então por que os americanos e europeus usam ? por que esta perto ! (a Gibson tem Maple no quintal e importa Mogno de Honduras)
Maple tbm é usado em caixotes de tomate e caixas de bacalhau.

A respeito do baixo semi acustico citado acima, não faz muita diferença, pois é feito de Plywood (nome bonito) mas é compensado, então tanto faz ser de maple ou outra madeira que tenha resistência mecânica pra aguentar a tensão das cordas, pois tendo os veios atravessados entre as camadas ele freia a energia gerada pela corda mais rapido que um instrumento feito a partir de um bloco (escavado)

Geralmente em instrumentos semi acusticos segue-se o padrão dos violinos ou violões, madeira mais dura embaixo, mais mole em cima, a maioria usa Maple no fundo e faixa, e Abeto (Spruce) no tampo.

Quanto aos sólidos é que a questão fica complicada, (sendo bem simples) a questão principal é o atrito que a madeira exerce na energia que a corda produz (amortecimento) isso faz com que a corda vibre por mais tempo ou não, ja que o timbre final depende muito do captador.
Até hj eu nunca conheci ninguem capaz de dizer: "isso é timbre de maple", "esse é de Mogno"
O resultado final do timbre de um instrumento eletrico depende de varios fatores: madeira, tipo de construção, parte eletrica, mas o que posso dizer é que se vc escolher a melhor madeira e a melhor construção (neckthroug) vai ter um sustain mais prolongado com qualquer tipo de captador que usar, quanto ao timbre é um tiro no escuro. (Já os acústicos são outra história, mas ainde se segue o mesmo padrão de 300 anos atrás)

Sobre o amortecimento ou atrito, como o cara que me explicou isso é um Austriáco, e eu estava borracho, até hj não conseguir entender se ele disse flexão interna, deflexão interna ou fricção interna, mas é uma coisa muito louca, ele faz uma linha horizontal numa folha e desenha uma onda que atravessa essa linha, com calculos que estavam alem da minha compreensão, resumindo: explicação tem, o dificil é entender.

Desmistificando um pouco o texto acima:

1 – Quando falamos em madeiras usadas na luthieria (e inúmeras outras coisas na música) não existe o melhor e o pior absoluto. Existem madeiras que respondem melhor a determinadas freqüências.
2 – O mesmo vale para a construção. Já discutimos aqui no Fórum, necktrough (Braço Interiço) não é superior ou inferior ao Bolt-On (braço aparafusado). São simplesmente construções diferentes.

Em relação à dúvida inicial do tópico, o Bertola já respondeu: É uma madeira que responde pro médio agudo.

VictorLuigi
Membro

Mensagens: 715
Localização: Santo André - São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Seg Nov 29, 2010 11:26 am

Lee Garcia escreveu:Quanto aos sólidos é que a questão fica complicada, (sendo bem simples) a questão principal é o atrito que a madeira exerce na energia que a corda produz (amortecimento) isso faz com que a corda vibre por mais tempo ou não, ja que o timbre final depende muito do captador.

(...)

Sobre o amortecimento ou atrito, como o cara que me explicou isso é um Austriáco, e eu estava borracho, até hj não conseguir entender se ele disse flexão interna, deflexão interna ou fricção interna, mas é uma coisa muito louca, ele faz uma linha horizontal numa folha e desenha uma onda que atravessa essa linha, com calculos que estavam alem da minha compreensão, resumindo: explicação tem, o dificil é entender.

Enquanto isso Roger Sadowsky, Vinny Fodera, Ken Smith, Jimmy Coppolo e outros grandes mestres da luthieria aperfeiçoam seus instrumentos através de erros e tentativas... Wink

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Lee Garcia em Seg Nov 29, 2010 1:14 pm

Fala Pessoal.
O neckthroug é o melhor baseado num aparelho que mede a velocidade sonica da madeira, quando vc pega um pedaço de madeira integral e mede a velocidade, ela é bem maior que quando vc encosta duas peças separadas num mesmo intervalo, eu nem sou fã desse tipo de construção, quando a velocidade é mais alta é por que ela sofreu menos resistência para ir de um ponto ao outro, ou seja, sofreu menos atrito, e menos frequencias se perderam.
Aqui no Brasil tem uma empresa que vende tampos para violões com varias medidas de velocidades diferentes, as mais altas as vezes nem são as mais bonitas, mas são as mais caras, esse aparelho se chama Medidor Lucchi.

O que interessa na construção é como os topos de veio das madeiras se encontram na junção, e não da base, então tanto faz colado ou parafusado, no NT não existe junção, os veios são continuos, a transmissão do sinal não sofre interrupção, a enegia gerada é um ciclo que começa pela corda e faz a madeira vibrar fazendo com que a corda continue vibrando até chegar numa posição estacionaria por causa do atrito que interfere em tudo no planeta, parou de vibrar, acabou o som, portanto quanto menos atrito, por mais tempo a corda vai ficar nesse ciclo (Sustain)
Um instrumento bem feito responde em todas as frequencias para o qual ele foi construido, vc pode ter um instrumento de Marupá respondendo melhor em baixas frequencias do que um de Mogno ou Maple, vc pode ter um instrumento que foi construido pera responder de um jeito e trocando os captadores fazer com que ele responda de outro, isso não acontece com os acústicos.
E não é só nos importados que existe tentativa e erro e experimento de novas madeiras, alias nessa questão, temos muito mais diversidade aqui no Brasil, e tbm tem muita gente errando e acertando e usando novos tipos de madeiras, eu mesmo sou um cara que ja fugiu do tradicional faz tempo.

Resumindo:a corda gera X de energia, não existe milagre, não da pra aumentar isso, mas é possivel perder energia numa construção, energia mecânica transformada em energia sonora no caso dos acústicos e eletrica no caso dos sólidos, que depois vai se transformar em energia sonora, só que por um caminho com muito mais coisas que vão definir o timbre.

Tem muita lenda na internet, afirmar tal madeira tem tal caracteristica de timbre só se for pra fazer um instrumento percussivo, as dimensões, espessura, area, comprimento pode mudar tudo, eu mesmo não sou perito como ja disse, só estou repassando o que aprendi com alguem que entende mais do que eu posso compreender, só estou repassando o básico, no que puder ajudar estou a disposição

Lee Garcia
Membro

Mensagens: 8
Localização: Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Seg Nov 29, 2010 1:33 pm

^ É...

Instrumentos de construção inteiriça tem maior sustain e um timbre característico, que alguns músicos preferem, outros não... O punch inicial maior (mesmo que em detrimento do sustain) faz com que eu, por exemplo, prefira a construção bolt-on, em segundo lugar gosto da set-neck e depois da neck-through.

Não me leve a mal, mas ver você escrever "neckthroug" 2 vezes e teorizar algo complicado como isso admitindo que estava bêbado, que não entende bem do assunto e que apesar de melhor você não é fã desse tipo de construção é no mínimo interessante...

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por malka_aff em Seg Nov 29, 2010 1:42 pm

IMHO a corda não gera X de energia, a corda vai passar pro corpo a energia que seu dedo/palheta/arco passou para a corda e concordo não existe milagre, por isso não creio que a corda vá gerar energia, ela não é nenhum gerador. Quanto ao amortecimento, concordo, o necktrhoug realmente gera menos amortecimento, veja bem, não é atrito, por que atrito só existe entre duas superfícies, não entre material tal e energia tal. o que tem é que certas madeiras entram em ressonância com certas frequências. portanto a vibração causada pela corda pode ser amplificada ou atenuada pela madeira, e o formato do corpo também influencia nisso, principalmente nos instrumentos acústicos.

Abraços

malka_aff
FCBR-12
FCBR-12

Mensagens: 6054
Localização: -29.923239,-51.141623

http://www.nikolasgomes.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por CG em Seg Nov 29, 2010 2:02 pm

IMHO, isso está parecendo papo de guitarrista...

CG
Moderador

Mensagens: 10817
Localização: São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Lee Garcia em Seg Nov 29, 2010 2:33 pm

Foi mal pelo neck through, nem reparei e dei um CRTL+C, quanto a não ser a minha construção preferida, é apenas pelo consumo de madeira, a madeira usada nessa construção da pra fazer uns 4 braços convencionais, mas não é por que eu não gosto que não posso admitir que funciona melhor, ainda bem que existem instrumentos de diferentes construções, e que bom, e só pra esclarecer eu recebi essas explicações numa conversa informal de sábado a tarde, e eu não entendi algumas coisas por causa de sotaque, e pensei "depois eu procuro no Google" só que acabei não encontrando e me esqueci de perguntar de novo em outras ocasiões, deixei as alternativas para ver se alguem teria mais sorte.

Sim, não achei que precisava da parte que vc tem que deslocar a corda para gerar energia, fui a partir disso, afinal tudo começa a partir disso, a madeira sofre atrito interno, vc excita a madeira com energia mecânica. (só pesquisar atrito interno da madeira, alem disso fui informado que gera calor)
Um exemplo de como isso é complicado é quando vc coloca o instrumento numa bancada, o timbre muda acusticamente, vc percebe isso, vc incorpora a madeira da bancada no corpo do instrumento, consegue até ouvir melhor o instrumento, mas no amplificador ele continua do mesmo jeito (afinal tudo passou a ser influenciado pela energia gerada pela corda ), então em termos de solido as explicações disponiveis são baseadas em afirmações que não são acompanhadas de como se chegou aquela conclusão.
Eu perguntei sobre as caracteristicas das madeiras, achando que seria facil "agora farei uma lista de madeiras com suas caracteristicas e quando quiser instrumento com tal timbre é só usar isso" a resposta foi que não funcionava assim, dai perguntei sobre uma madeira qualquer, Cedro por exemplo, achando que obteria sucesso desta vez, a resposta foi, depende do Cedro, depende do corte, da espessura, formato, tipo de construção e por ai vai.........

Lee Garcia
Membro

Mensagens: 8
Localização: Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Seg Nov 29, 2010 3:12 pm

Lee Garcia escreveu:Eu perguntei sobre as caracteristicas das madeiras, achando que seria facil "agora farei uma lista de madeiras com suas caracteristicas e quando quiser instrumento com tal timbre é só usar isso" a resposta foi que não funcionava assim, dai perguntei sobre uma madeira qualquer, Cedro por exemplo, achando que obteria sucesso desta vez, a resposta foi, depende do Cedro, depende do corte, da espessura, formato, tipo de construção e por ai vai.........

Agora as explicações do seu mestre estão fazendo mais sentido.

Você está querendo usar de pragmatismo pra exercer uma arte, percebe as implicações que isso acarreta?

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Lee Garcia em Seg Nov 29, 2010 3:39 pm

Toco guitarra e baixo, mas não sou guitarrista nem baixista, é apenas minha diversão, eu sou Luthier, apesar de não querer acabei me tornando um, navego pela internet atrás de informação para me manter atualizado, e nada melhor que em um forum como este, pois as vezes é melhor obter essas informações com quem usa do que com quem constroi, tenho dois amigos que participam aqui, e um deles disse que seria legal eu participar.

Nem foi pragmatismo, nem quis ser ou parecer assim, tenho um conhecimento escasso nessa area tbm e quero aprender mais com quem tiver informações, como disse antes só estou dividindo uma coisa que aprendi, muitos musicos desembolsam uma grana extra atrás de um timbre de Maple, um visual de maple eu até concordo, mas como eu disse é muito dificil alguem escutar um timbre e dizer de que madeira foi feito o instrumento, então se realmente se quer gastar mais, que se tenha certeza do porque.

E obrigado pelo "arte"


Lee Garcia
Membro

Mensagens: 8
Localização: Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Seg Nov 29, 2010 4:14 pm

^ Pois é, por isso às vezes é interessante quando um novato se apresenta antes, aí a gente já conhece um pouco da bagagem da pessoa.

Sinceramente, eu não ouço diferenças significativas entre diferentes madeiras do corpo, mas a escala faz uma baita diferença na minha opinião. Existe um buraco nos médio-graves e um bump discreto em 7-8khz nas escalas de maple.

Nós músicos, somos muito ligados à ergonomia. Um instrumento deve ser bem equilibrado e permitir uma regulagem bem baixa sem trastejamento. Além disso deve afinar bem e soar bem, além de ter uma estética boa.

Muitos de nós, todavia, precisam ver determinada marca no headstock, e contra isso não há muito o que se fazer.

Tudo isso aliado a um preço bom e talvez um luthier novo tenha uma luz no fim do túnel em um mercado bem cruel...

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Lee Garcia em Seg Nov 29, 2010 5:32 pm

Allexcosta, desculpe mas eu não achei nenhum tópico com o titulo "apresente-se", então na duvida ja fui participando sem me apresentar, inclusive agora que recebi uma MP, que vi que tem outras coisas como perfil e tal, vou preencher isso assim que possivel.

Mas é normal, aqui até que esta de boa, ja fui hostilizado em outros forums e estava até com receio de participar nesse, na boa, se fosse eu dizendo tudo que eu disse pra mim mesmo tbm acharia que o fato não procede, mas essas informações eu recebi de uma pessoa chamada Victor Follmann, vc disse mestre, mas na verdade ele tem doutorado no assunto, é a pessoa que mais tem variedades e quantidades de madeira pra instrumentos no Brasil, posso até arriscar que metade das marcas citadas aqui neste forum ja fizeram algo com madeira dele.
Agora se eu falar que segundo ele usar o termo "mais nobre das madeiras" para o Ébano é um equivoco, que o Jacarandá é superior eu vou ser linchado no intervalo..............
Um monte de músico gasta uma grana extra pra ter essa escala, e agora eu chego com essa ? "A questão do Ébano é mais por padrão e tradição, em caracteristicas timbristicas o Jacarandá (Dalbergia Nigra) é superior" disse ele
Agora mudando de assunto, volta e meia eu entrava aqui pra obter informações sobre baixos fretless, dei uma olhada nos Rob Allen por indicação de um amigo do forum, e ja que estou fazendo um Fretless nesse estilo , e vc falou sobre escala, essa é minha principal questão, vc acha que o resultado idiofônico da madeira tem que ser levado em consideração e não só a questão da abrasão ?Já que a corda fica apoiada sobre a madeira e não sobre uma peça de liga de metal, digo isso por que, temos aqui no Brasil opções melhores para isso em ambos os termos, sonoro e abrasão, por exemplo o Sebastião de Arruda que é usado em xilofones, essa é uma madeira que da pra falar "timbre de Sebastião de Arruda" (uma das poucas)
Sobre a escala de Maple tem que levar uma coisa em consideração, ela é envernizada, então é extremamente mais dura que as com acabamento natural.
Quanto ao mercado, sempre existe uma fatia pra quem faz bem feito é procura determinados nichos , pois a competição no mercado do Jazz Bass preto com escudo branco por exemplo é grande e o preço ou a marca é que falam mais alto, quando vc faz uma coisa que poucos fazem vc encontra quem está procurando o que vc faz.

Lee Garcia
Membro

Mensagens: 8
Localização: Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Seg Nov 29, 2010 5:50 pm

Lee Garcia escreveu:Allexcosta, desculpe mas eu não achei nenhum tópico com o titulo "apresente-se", então na duvida ja fui participando sem me apresentar, inclusive agora que recebi uma MP, que vi que tem outras coisas como perfil e tal, vou preencher isso assim que possivel.

Lee, não é obrigatório, mas há um link para o tópico de apresentação nas Regras do Fórum.

Sempre ouvi dizer que a Dalbergia Nigra é a mais nobre das madeiras. Sempre sempre, inclusive é um upgrade de mais de 1000 dólares nos baixos Alleva Coppolo.

Lee Garcia escreveu:vc acha que o resultado idiofônico da madeira tem que ser levado em consideração e não só a questão da abrasão ?

Desculpe, mas eu não tenho a mínima idéia do que você está falando.

Sobre a escala de Maple tem que levar uma coisa em consideração, ela é envernizada, então é extremamente mais dura que as com acabamento natural.

Já tive baixos com escala de maple e acabamento natural e percebi características similares no timbre.

Não tenho experiência nenhuma com Sebastião Arruda, talvez você queira perguntar ao Guerra, ao Bertola ou outros luthiers talentosos que temos por aqui.

Me parece que muitos dos seus conceitos são oriundos dos instrumentos de orquestra e talvez não haja uma relação tão íntima entre esses instrumentos e os elétricos maciços, mas é como eu te disse, não sou luthier.

Nos vemos...

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por JohnnyBass em Seg Nov 29, 2010 6:30 pm

Bom eu confesso que não li tudo não! mas dizer que existe um aparelho que mede a velocidade sonica da madeira é um pouco de mais! no maximo o que pode existir é um aparelho que mede a frequencia de ressonancia da madeira em relação uma oscilação gerada através de uma "corda".
outro detalhe muito grande! eu posso te afirmar que a pressão que um braço aparafusado pode fazer/faz em uma outra peça de madeira é muito maior do que a pressão que ocorre no processo de colagem, pois há a expansão da madeira após ser liberta do sargento!

Lee francamente, até agora as argumentações mecanicas que você utilizou para justificar seus conceitos não tem embasamento nenhum! acho que você falou muito bonito ao usar certas palavras, mas não disse nada.

Qualquer duvida com questões acusticas, aqui no forum temos excelentes luthiers, tenho físicos como eu e um outro membro que se você quiser e puder externar suas duvidas terei prazer em ajuda-lo dentro do meu saber!
Abraços!

JohnnyBass
Membro

Mensagens: 169
Localização: Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Nov 29, 2010 7:05 pm

Idiofônicos são aqueles instrumentos de percussão e ritmo com um som musicalmente impreciso, próximo ao que chamamos de ruído.
Ou seja é a propriedade de uma determinada madeira em propagar o som em determinado timbre.
Sim, nosso amigo Lee Garcia trabalha com instrumentos acústicos e elétricos também, foi ele quem construiu a guitarra do Sérgio Dias, e é de Floripa. Ele já foi citado aqui no nosso fórum.



Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens: 6370
Localização: Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Seg Nov 29, 2010 7:15 pm

^ Essa?


allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Nov 29, 2010 7:20 pm

Exatamente.
Um bom trabalho...

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens: 6370
Localização: Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Lee Garcia em Ter Nov 30, 2010 8:19 am

Valeu galera, sem querer tumultuar o forum, mas é assim que funciona apesar de parecer estranho o conceito é simples, uma aparelho emite um sinal em uma extremidade da madeira na outra ponta um receptor mede quanto tempo o sinal demorou para atravessa-la e faz o calculo de acordo com a extensão que foi colocada, pode se medir nas estremidades, na superficie, e no sentido radial, esse conceito foi desenvolvido em Cremona que é a Meca da Lutheria, eu não uso esse aparelho, mas é interessante saber como as coisas funcionam, então compartilho aqui com vcs, tem um PDF com explicações bem simples para quem quiser é só baixar, é muito interessante principalmente em velocidade do som e propriedades acústicas, participo de forums de lutheria e muitos luthiers não conhecem a existencia desse aparelho, nem que o conceito basico é esse.
Link do artigo:
http://www.swst.org/teach/teach2/properties2.pdf
(achei que tinha postado algo ontem, mas devo ter me enganado na hora de enviar.)

Lee Garcia
Membro

Mensagens: 8
Localização: Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por Pedroswaldo em Ter Nov 30, 2010 8:46 am

JohnnyBass escreveu:Bom eu confesso que não li tudo não! mas dizer que existe um aparelho que mede a velocidade sonica da madeira é um pouco de mais! no maximo o que pode existir é um aparelho que mede a frequencia de ressonancia da madeira em relação uma oscilação gerada através de uma "corda".

Johnny, como físico, voce sabe que a propagação sonora ocorre em diferentes velocidades nos diferentes materiais.

Por exemplo, a onda sonora "anda" muito mais rápido num metal que na água. Ou muito mais rápido em algumas madeiras que em outras...

Eu nunca havia ouvido falar nesse aparelho. Mas se a física (que eu aprendi no ensino médio) diz isso que eu disse acima, deve ser porque alguém mediu... Com algum aparelho.

Velocidade sônica pode não ser a maneira mais certa de expressar isso, mas é perfeitamente plausível a idéia de que a onda sonora se propague mais rápido no jacarandá da bahia do que no Basswood.

Pedroswaldo
Membro

Mensagens: 1122
Localização: GPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por malka_aff em Ter Nov 30, 2010 2:54 pm

não é um aparelinho que mede isso, é um experimento, não é tão complexo, e tem tambem uma equação, não lembro dela agora, mas posso procura no meu caderno depois. e essa velocidade é sempre aproximada, por que a madeira não é uniforme, logo, cada pedaço dela PODE ter uma densidade diferente, mas a propagação é mais rapida paralela aos veios da madeira se não me engano, o Johnnybass deve saber melhor disso do que eu, ele tá mais avançado no curso =D

malka_aff
FCBR-12
FCBR-12

Mensagens: 6054
Localização: -29.923239,-51.141623

http://www.nikolasgomes.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por JohnnyBass em Ter Nov 30, 2010 5:22 pm

Bom galera! então
A onda sonora é uma onda mecânica! a sua propagação depende diretamente do meio aonde ela ocorre.
Assim como a onda sonora as ondas eletromagnéticas desde as cores que vemos ( sim são ondas com comprimentos de ondas e freqüências diferentes )
E a sua propagação depende do meio, da massa específica desse material ( meio ) entre outras coisas.
No caso a propagação de uma peça de madeira de uma arvore é bem diferente em termos físicos e matemáticos de uma outra peça dessa mesma arvore.
E sim, essa propagação se facilita nos "veios" da maidera pois é um espaço " vazio" não tendo massa, somente "ar transitando" e com relação a equações para isso, O aparelho deve ser uma mão na roda, porem inutil, pois em 99,999% das fabricas e oficinas de luthieria não são utilizados pois muitas coisas "mais importantes" são critérios de seleção de materiais na construção de instrumentos musicais, mais do que a velocidade de propagação de onda mecânica!
quem quiser saber algumas equações simples sobre ondas vou posta-las aqui a baixo algumas para que possam ter noção! vou postar de forma simplificada para que possa ser de domínio público!

Nome:
Significado:
Notação S.I:
Equação:

Freqüência ---> f
Ciclos por segundo
Hertz ( Hz )
1/T = f
Onde o T é o periodo de tempo de ocorrência ou duração.
Obs: a frequencia tambem pode ser medida pela frequencia angular
f = omega/2 ( pí )


Velocidade da Onda ---> v
O nome é auto-explicativo
( dependendo do caso, mas são divisões espaço temporal )
v = λ . f

Entre outras mas essas são as que abordam as duvidas !qualquer duvida postem que assim que possivel responderei, ou via MP.

Ps: para alguns é traumatizante, mas para mim é lindo! Musica é Física + Matemática hauehaeuhea!

JohnnyBass
Membro

Mensagens: 169
Localização: Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 30, 2010 5:37 pm

JohnnyBass escreveu:O aparelho deve ser uma mão na roda, porem inutil, pois em 99,999% das fabricas e oficinas de luthieria não são utilizados pois muitas coisas "mais importantes" são critérios de seleção de materiais na construção de instrumentos musicais, mais do que a velocidade de propagação de onda mecânica!

Vejo assim também, baseado em meus 2 semestres de faculdade de Física e 22 anos como músico. Mas posso estar redondamente enganado...

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por JohnnyBass em Ter Nov 30, 2010 5:38 pm

Allex cursou física? maneiro! hauehaeuha! to vendo que tem varios aspirantes ou ex-aspirantes a professor pardal aqui! aeuhuaeha!

JohnnyBass
Membro

Mensagens: 169
Localização: Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 30, 2010 5:40 pm

JohnnyBass escreveu:Allex cursou física? maneiro! hauehaeuha! to vendo que tem varios aspirantes ou ex-aspirantes a professor pardal aqui! aeuhuaeha!

Foi cara... Aí pintou uma gig de 6 meses viajando, aí rolou um carnaval, aí já sabe né...

allexcosta
Administrador

Mensagens: 34897
Localização: Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por JohnnyBass em Ter Nov 30, 2010 5:41 pm

AHEUHAIEUhaeiuhaeiu! o unico problema na faculdade de física é a ausencia de seres do sexo feminino! hauehaeuha!
ou melhor de seres do sexo feminino que não sejam bizarras ou loucas!

JohnnyBass
Membro

Mensagens: 169
Localização: Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por malka_aff em Ter Nov 30, 2010 6:20 pm

agora pasmem, aqui na puc, tem o curso de licenciatura e o curso de bacharel em física médica, e nesse meu amigo, esse é cheio de garotas loucas e bonitas hide bem legal estudar aqui. =T mas então sempre suspeitei do allex =D

malka_aff
FCBR-12
FCBR-12

Mensagens: 6054
Localização: -29.923239,-51.141623

http://www.nikolasgomes.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corpo em maple

Mensagem por JohnnyBass em Ter Nov 30, 2010 7:01 pm

aheuhaeuhaeu allex sempre teve um M de maluco, digo um F de físico! ahuehaeuha
Po.. aqui na UERJ, tem algumas garotas e talz! mas pra ficar louco mesmo é só ir no 12º andar que é Pedagogia, nossa maior concentração de mulheres lindas por metro quadrado do rio de janeiro!

JohnnyBass
Membro

Mensagens: 169
Localização: Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum