Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar?

Ir em baixo

Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar? Empty Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar?

Mensagem por CRezende em Dom Ago 28, 2011 12:09 am

Olá!

Primeiramente, meus elogios, o blog é realmente excelente!

Pois bem, indo ao assunto... Tenho 14 anos, e estudo contra-baixo acústico na orquestra jovem de minha cidade. O baixo que uso na orquestra, é um gigante 4/4, com cordas super duras, arco com crinas péssimas, que não têm quase nenhuma fricção com as cordas (que até fazem meu dedo sangrar). Devido a todos esses problemas, estou com muita desconfortabilidade na hora de tocar, e sinto dor nos braços e mãos. Quando converso sobre melhorias no baixo com meu maestro, ele não dá respostas e nem fica de providenciar nada. Decidi então, que comprarei meu próprio instrumento. A questão é que não conheço absolutamente nada sobre o assunto, mas quero seguir carreira futuramente, e sei que para isso, preciso de um bom instrumento para estudar. Que tipo de instrumento devo exatamente comprar? Um baixo 3/4, um 4/4? Que tipo de corda vocês recomendam? Qual o melhor arco para mim? Um alemão, um francês? Existe diferença entre um encrinamento escuro e claro? E como o breu pode interferir no som?

Só lembrando, que o máximo de dinheiro que posso gastar na compra de um baixo (apenas o baixo, sem inclusão do valor de breu, corda, arco, etc...) é entre R$3500 a R$4000.

Desculpem por toda a incomodação ae, mas é que realmente não sei de nada! E parabens pelo trabalho de vcs !
CRezende
CRezende
Membro

Mensagens : 2
Localização : Jacareí - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar? Empty Re: Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar?

Mensagem por raonirodrigues em Dom Ago 28, 2011 1:07 pm

Olá,

Meu primeiro conselho é procurar um bom professor particular. Ele será a pessoa mais capacitada a fazer uma avaliação sobre sua situação e poderá recomendar com mais clareza o que vc precisa.

De qq forma, vc deve procurar um baixo 3/4 e comprar um jogo de cordas importado..pode ser Pirastro, Thomastik..etc.. Já o arco que deve usar/comprar, será do tipo que o seu professor usa. Qq arco novo que vc compre chines ou profissional já estará crinado e a cor da crina nao irá importar em nada neste momento. O melhor breu na minha opnião é o Nyman-Harts, porém existem outras marcas como a Kolstein e a Pops.

Procure o luthier eliel marcos....ele faz contrabaixos a preços acessiveis e de qualidade.

Espero te ajudador

Grande abraco,
Raoni
raonirodrigues
raonirodrigues
Membro

Mensagens : 125
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar? Empty Re: Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar?

Mensagem por Pagode Alto Astral em Dom Ago 28, 2011 1:15 pm

CRezende escreveu:Olá!

Primeiramente, meus elogios, o blog é realmente excelente!

Olá!

Primeiramente , uma correção : aqui é um Fórum.


CRezende escreveu:
Desculpem por toda a incomodação ae, mas é que realmente não sei de nada! E parabens pelo trabalho de vcs !

A gente desculpa sim e notamos isso , fique tranquilo.
Agradecemos os elogios.
Pagode Alto Astral
Pagode Alto Astral
Membro

Mensagens : 3297
Localização : Planeta dos Macacos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar? Empty Re: Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar?

Mensagem por Voila Marques em Ter Ago 30, 2011 6:55 pm

CRezende escreveu:Olá!

Primeiramente, meus elogios, o blog é realmente excelente!

Pois bem, indo ao assunto... Tenho 14 anos, e estudo contra-baixo acústico na orquestra jovem de minha cidade. O baixo que uso na orquestra, é um gigante 4/4, com cordas super duras, arco com crinas péssimas, que não têm quase nenhuma fricção com as cordas (que até fazem meu dedo sangrar). Devido a todos esses problemas, estou com muita desconfortabilidade na hora de tocar, e sinto dor nos braços e mãos. Quando converso sobre melhorias no baixo com meu maestro, ele não dá respostas e nem fica de providenciar nada. Decidi então, que comprarei meu próprio instrumento. A questão é que não conheço absolutamente nada sobre o assunto, mas quero seguir carreira futuramente, e sei que para isso, preciso de um bom instrumento para estudar. Que tipo de instrumento devo exatamente comprar? Um baixo 3/4, um 4/4? Que tipo de corda vocês recomendam? Qual o melhor arco para mim? Um alemão, um francês? Existe diferença entre um encrinamento escuro e claro? E como o breu pode interferir no som?

Só lembrando, que o máximo de dinheiro que posso gastar na compra de um baixo (apenas o baixo, sem inclusão do valor de breu, corda, arco, etc...) é entre R$3500 a R$4000.

Desculpem por toda a incomodação ae, mas é que realmente não sei de nada! E parabens pelo trabalho de vcs !

Bem-vindo ao Fórum, CRezende! Very Happy
Você é muito novinho para estar tendo tantos problemas com o contrabaixo...
Seguindo a linha do que o Raoni escreveu, sugiro que você procure urgentemente um professor realmente de contrabaixo. Existem muitos professores genéricos de contrabaixo, que podem ser excelentes violinistas, violistas ou violoncelistas mas que, como contrabaixistas, continuam sendo excelentes violinistas, violistas e violoncelistas, e só...

Não vou entrar nos méritos das orquestras jovens, porque muitas têm trabalhos ótimos, mas acho um absurdo que muitas releguem o ensino do contrabaixo a segundo ou terceiro plano, só porque o que importa são os instrumentos que vão soar mais (para aparecer para patrocinadores ou para justificar verbas) ou porque o contrabaixo só precisa fazer pum-pum-pum e, prá fazer pum-pum-pum, não precisa gastar dinheiro com um professor de contrabaixo. Como os professores de outros instrumentos não podem fazer pum-pum-pum no seu próprio instrumento, eles podem relaxar dando aulas de contrabaixo, e fazer muito pum-pum-pum com isso.

Assim, muitos jovens contrabaixistas estão com má-postura no contrabaixo, muitos vícios e... muitas dores.

Contrabaixo 4/4 é péssimo para quem está começando, ainda mais quando as cordas são duras.
Sugiro que você compre um 3/4, no máximo. Se você não for alto, pode ser um contrabaixo 1/2.

Sobre as cordas, como escreveu o Raoni, opte por Thomastik, ou Pirastro ou o encordoamento Helicore, da D'Addario, que tem um preço e durabilidades ótimos.

A crina ruim ou velha não deixa a resina aderir bem e aí o som não sai.
As crinas que você está usando podem ser péssimas, mas uma resina péssima é irmã gêmea da corda ruim, embora não se pareçam fisicamente.
A fricção na corda que você está precisando, muito provavelmente deve ser problema com a resina.
A Nyman é ótima, assim com a Pop's, Carlsson e a Kostein.

Dedo sangrar? Pode parar! Você não precisa se martirizar por causa de uma assistência que não estão te dando.
Sei que quando se é jovem, muita coisa é passada por cima, no melhor modelito do "deixa assim".
Só que a sua juventude, um dia será velhice e se você não se cuidar, a sua velhice ou mezzo-velhice será cheia de problemas de saúde. Problemas de saúde (tendinites, bursites, dores de coluna, etc), advindos de má orientação ou estudo mal-direcionado (e/ou irresponsabilidades de um modo geral), podem aparecer em qualquer instrumentista mas, ao estudar com um leigo no contrabaixo, as chances deles aparecerem, e precocemente, aumentam consideravelmente.

Penso que o mínimo de conforto e responsabilidade são essenciais para todos os instrumentistas: instrumento regulado, macio e pequeno, cordas novas e macias, arco com crina razoável, uma boa resina, banco confortável e uma boa iluminação no local de estudo e/ou trabalho. E um professor do próprio instrumento com experiência nisso e/ou com um currículo digno do cargo.

Sobre o arco (com já escreveu o Raoni), o que importa é o arco que seu professor utilizará. Tem contrabaixista tocando bem nos dois tipos de arco, e contrabaixista tocando mal nos dois, da mesma forma que tem contrabaixista tocando bem e mal sem arco. Isso deve ser uma espécie de diversidade cultural contrabaixística...

Sobre a crina, às vezes é tão difícil encontrar uma crina boa, que quando aparece uma não dá nem prá escolher a cor.
Você pode deixar essas exigências mais específicas para mais tarde, porque agora o que você precisa focar é num professor de contrabaixo e nas suas dores absurdas.

Contrabaixo não precisa de força para tocar. Se você estiver estudando corretamente, com pausas de 10 minutos (no mínimo) a cada 50 minutos de estudo, não tem porque sentir dor.
Se você começar a sentir dor, é sinal de que alguma coisa está errada, ou que muitas coisas estão erradas...

Tanto o instrumentista, quanto o instrumento, quanto o arco, quanto a resina, quanto a crina podem interferir no som (até o professor pode interferir nisso).
Tocar é uma mistura de tudo isso. Uns músicos terão o resultado sonoro mais aberto, outros mais fechados, outros terão mais som, outros terão menos som, etc.

Tudo é uma questão de estudo, paciência, pesquisa e talento, ok? O que importa é tentar, e o que mais importa é não desistir.
Dificuldades existem para serem conversadas, pensadas e resolvidas.

Boa sorte e abraços contrabaixísticos!
Voila Marques
Voila Marques
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 3060
Localização : Rio de Janeiro

http://www.voilamarques.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar? Empty Re: Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar?

Mensagem por CRezende em Seg Set 05, 2011 10:37 pm

Obrigado Voila! Ja providenciei um ótimo professor especializado no Contrabaixo Vertical, minhas aulas começarão nesta quinta! Agradeço por todas as respostas, foram realmente de muitíssima utilidade! Logo, providenciarei um baixo 3/4 e todo o necessário, e se possível, gostaria de saber se alguém aí tem alguma dica sobre onde comprar um baixo, pois como o Raoni disse, o luthier Eliel Marcos faz um ótimo serviço, mas como posso localizá-lo e contatá-lo? Desculpas também por minha ignorância, acabei me enganando e confundi blog com fórum...

Ah propósito, me ficaram algumas dúvidas, e gostaria de esclarecê-las: Breu e resina são a mesma coisa? Qual a diferença entre eles? Há diferença na sonoridade de um baixo 3/4 e um 4/4 (me disseram que um é um pouco mais grave que o outro) ?

Meus agradecimentos! Abraços!
CRezende
CRezende
Membro

Mensagens : 2
Localização : Jacareí - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar? Empty Re: Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar?

Mensagem por Voila Marques em Ter Set 06, 2011 5:43 pm

CRezende escreveu:Obrigado Voila! Ja providenciei um ótimo professor especializado no Contrabaixo Vertical, minhas aulas começarão nesta quinta! Agradeço por todas as respostas, foram realmente de muitíssima utilidade! Logo, providenciarei um baixo 3/4 e todo o necessário, e se possível, gostaria de saber se alguém aí tem alguma dica sobre onde comprar um baixo, pois como o Raoni disse, o luthier Eliel Marcos faz um ótimo serviço, mas como posso localizá-lo e contatá-lo? Desculpas também por minha ignorância, acabei me enganando e confundi blog com fórum...

Ah propósito, me ficaram algumas dúvidas, e gostaria de esclarecê-las: Breu e resina são a mesma coisa? Qual a diferença entre eles? Há diferença na sonoridade de um baixo 3/4 e um 4/4 (me disseram que um é um pouco mais grave que o outro) ?

Meus agradecimentos! Abraços!

Ótima notícia, CRezende! Parabéns! claps
Infelizmente, eu não tenho os contatos do Eliel, mas os colegas do fórum que têm vão passá-los para você.

Breu e resina são a mesma coisa. Aqui no Rio, costumamos falar resina e em São Paulo costumam falar breu.

Os contrabaixos 4/4 na maioria das vezes têm o corpo maior (mas nem sempre). Isso favorece a emissão de graves mais robustos, com harmônicos graves mais fluentes. Como são na maioria das vezes instrumentos grandes, podem ter agudos "murchos" e opacos, sem contar que pode ser um pouco mais complicado de se trabalhar com eles na região aguda, porque as posições são grandes e, consequentemente, necessitam de uma abertura da mão esquerda maior. Se o contrabaixo também tiver pouco volume ou pouca qualidade sonora nos médios e agudos, as chances do contrabaixista "forçar" as mãos para tirar mais som, e se prejudicar com isso também são grandes.

Os contrabaixos 3/4 podem chegar a ter graves "cavernosos", mas costumam ser instrumentos mais "equilibrados", com graves nem sempre tão "profundos", mas extremamente funcionais - mesmo em orquestra-, médios encorpados e, muitas das vezes, agudos também bonitos.

Vale ressaltar que o que define bem o tamanho do instrumento é menos o tamanho do corpo e mais o tamanho do diapasão, medida que vai do cavalete até a pestana. Um contrabaixo 4/4 tem a partir de 1,09m e um 3/4 tem em média 1,07m, ok?

Penso que muitos contrabaixistas iniciantes têm "fixação" por instrumentos grandes, 4/4, muitas das vezes sem ter um motivo real. Acho que se Freud fosse vivo, talvez ele tentasse achar uma explicação.

Já toquei durante muitos anos em um contrabaixo quarto quartíssimo (1,11m). Adoro os graves poderosos dos contrabaixos grandões, mas amo o conforto e a ergonomia dos contrabaixos 3/4 e, principalmente dos 5/8, e mais principalmente depois que se passei dos quarenta anos.

Subir e descer escadas com contrabaixos enormes não é tão fácil, embora não seja impossível, mas a "fluência" nesse servicinho vai diminuindo com o passar dos anos, e fica bem prejudicada na 3ª idade...

Para mim, um argumento mais que "comovente" é na hora de colocar um contrabaixo num carro ou de carregá-lo por longas distâncias no mãozão mesmo: é beeeem mais fácil de fazer essas coisas com um contrabaixo 3/4 ou menor que isso.

Só recomendo contrabaixos 4/4 para quem está iniciando em um caso: quando o contrabaixista é bem alto, gordo e forte, com as mãos bem grandes, e tem um professor competente que não deixa o aluno ficar tenso ao ter que abrir muito a mão esquerda, e/ou ao ter que tirar mais som, quando o contrabaixo além de grande, é duro e/ou com pouco volume.

Nem tudo que é grande demais funciona e, às vezes, é tão grande que cai, ou seja, o contrabaixo é muito grande e o contrabaixista iniciante cai... numa armadilha!

Boa sorte e abraços contrabaixísticos!
Voila Marques
Voila Marques
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 3060
Localização : Rio de Janeiro

http://www.voilamarques.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar? Empty Re: Qual baixo, arco, encrinamento, encordoamente devo comprar?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum