Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por andremega em Dom Jan 08, 2012 8:27 pm

Bem senhores, ao contrário de muitos aqui, eu não gosto do som desses baixo. Como só conheço este modelo fretless, achava que poderia ser uma questão de "voicing" da parte eletrônica, o que dizer que outros modelos com a mesma configuração podem ter um som adequado, mas para este fretless, eu não achava. Achava um som morto, sem vida. Mas como não achei quase nada sobre ele, resolvi experimentar e registrar, para que se tenha alguma referência ao menos.


Motivação:
Pois bem. Comecei a pesquisar, a tentar achar referência sobre o MK4 - o substituto natural feito pela própria Bartolini - ou sobre qualquer outro modelo que coubesse no buraco do captador. Nada muito esclarecedor. Achei apenas um vídeo no Youtube onde o cara usa um B5, segundo ele com os MK5 e pré Aguilar e um teste com o 55-01, onde o cara usa um mk5 na ponte e um Nordstand no braço. No primeiro achei o som pior que do meu baixo (mas desconfio que o cara usou algum processador pelo caminho, tipo um pedal EQ) e no segundo ficou clara a diferença de construção e proposta entre os instrumentos, inviabilizando a comparação.

Porém, lendo tópicos e opiniões, resolvi tirar o preamp pra ver o que acontecia: outra vida! Os MK1 não são de todo mal!! Lhes falta grave, bastante diga-se, mas tem um médio que - aos meus ouvidos - funciona muito bem para fretless. Seu grave era "inventado" pelo preamp original do baixo (esse sim, uma bela porcaria!), tal qual os agudos que "apareciam do nada". Aí entendi porque a chave do preamp apenas desliga o EQ e não desabilita o preamp: a diferença do som original pra esse som "tratado" é absurda. Pode ser que esse "trato" dê brilho e vida nos instrumentos com traste, mas me incomodavam demais no fretless.

Como os MK4 são impossíveis de se achar no Brasil, resolvi ver o que o instrumento tinha para me oferecer, para saber se valeria a pena investir nele ou comprar um novo. O instrumento é extremamente leve e confortável, além de ter me proposto a comprá-lo para estudo, já que não tenho prática com fretless. Mas ficar com algo que não me dá vontade de usar também é besteira.

Seja como for, o resultado me agradou. Não é o som dos meus sonhos, mas passei a gostar mais dele sem aquela tralha que alguém apelidou de preamp. E penso no MK4 para a ponte, já que considero este som o melhor dele (lembrando SEMPRE que falo do fretless especificamente e que tudo isso pode não valer para os fretted). A idéia é mantê-lo passivo, com um mk4 na ponte e um mk1 original no braço - talvez até mesmo desconectado, só pra tapar o buraco.


Então, enquanto fazia o solta e dessolda, resolvi tirar umas fotos e gravar alguns audios, já que não achei nada na net com audio sobre esse isso, somente comentários. De antemão aviso que a afinação está meio tom abaixo, tá com ruido pois os fios estavam expostos e soldados diretamente e minha execução é das piores, pois, além de não me preocupar com ela, não tenho boa entonação no fretless por simples falta de prática do instrumento. Sou menos que iniciante nele.


Modo de gravação:

Os audios foram gravados no Reaper através de uma Profire 2626 sem efeitos nem nada no caminho e cordas D´Addario ECB80 Set Long Scale 40-95 de pouco uso mas nada novas. Como disse, o chiado é por conta da gambiarra pra sair som do instrumento.

Aos poucos postarei as fotos.

Procedimentos:

Inicialmente desconectei o preamp original e soldei direto no jack a saida dos pickups. Com isso o instrumento ficou literalmente "oco", pois foram-se todos os potenciômetros e a chave liga-desliga sabe Deus o que. Como a proposta é deixá-lo passivo, nenhum deles presta, pois são todos de 25k. Além do mais, isso deixa mais fácil remontá-lo caso seja necessário, pois é uma fiarama danada!

Deixo claro também que tinha emenda "isolada" com fita crepe! Até fiquei na dúvida se isso era do original.

Sendo assim, foi soldando as "combinações de captadores" direto na saída, o que gerou o neck, mix e bridge. O som bridge achei interessante.

Mas como o ser humano nunca está satisfeito, resolvi seguir a sugestão de alguns post pela net e colocar o captador do braço na ponte, pois ele teria como característica um som mais cheio que o da ponte, tido como captador "agudo". Pra saber então, só testando.

O interessante é que nitidamente o captador trocado está com mias volume que o original da posição. Como não tem volume pelo caminho, não consigo ver no que posse ter modificado. Os captadores estavam praticamente colados na madeira, unica posição que eu poderia ter como referência facilmente.


Ainda não montei o baixo pois não decidi a posição dos captadores. Gostaria que me ajudassem nesse sentido, opinando se o som ficou uma porcaria ou se gostam mais de algum deles.

Bom, montei o circuito, então seguem os dados:

Especificações do circuito:

- o baixo ficou com Volume - Volume - Tone - Chave série/paralelo
- Foram utilizados pots de A250k ohms para os volumes e A500k ohms para o tone. Era o que tinha no mercado. Consegui um B250k para testar depois.
- O capacitor para o tone é 0.47uF (mas to achando que tem algo errado, tá cortando frequência muito baixa)
- As ligações foram baseados no exemplo da Seymour Duncan (http://www.seymourduncan.com/support/wiring-diagrams/schematics.php?schematic=jass_bass_sp[/url])
- Os captadores estão invertidos - o da ponte está no braço e vice-versa

O resultado do audio:





<object height="265" width="100%"> <param name="movie" value="https://player.soundcloud.com/player.swf?url=http%3A%2F%2Fapi.soundcloud.com%2Fplaylists%2F1479537"></param> <param name="allowscriptaccess" value="always"></param> <embed allowscriptaccess="always" height="265" src="https://player.soundcloud.com/player.swf?url=http%3A%2F%2Fapi.soundcloud.com%2Fplaylists%2F1479537" type="application/x-shockwave-flash" width="100%"></embed> </object> <span><a href="http://soundcloud.com/andremega-1/sets/teste-cort-b4fl-fretless-mk1">Teste Cort B4FL fretless MK1 Bartolini</a> by <a href="http://soundcloud.com/andremega-1">andremega</a></span>


Para fins de comparação:

Bridge active:
<embed src="http://www.4shared.com/embed/573855313/3466d556" width="320" height="20" allowfullscreen="true" allowscriptaccess="always"></embed>


Última edição por andremega em Sex Jan 13, 2012 8:03 pm, editado 5 vez(es)
andremega
andremega
Membro

Mensagens : 2877
Localização : Paraíba - Patos/João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por dibass em Dom Jan 08, 2012 9:38 pm

Andre tenho um B5 com trastes e a melhor coisa que fiz na vida foi tirar o pre dele virou outro instrumento
dibass
dibass
Membro

Mensagens : 1446
Localização : uberlandia- MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Laysson em Dom Jan 08, 2012 10:01 pm

Gostei bastante do som do baixo assim. Há registro dele ainda com o pre-amp?

Tenho um fretless da Condor, em que fiz o mesmo, tirei o pré. Gostei muito mais dele com o som passivo.
Laysson
Laysson
Membro

Mensagens : 741
Localização : Goiânia, Goiás

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Cantão em Dom Jan 08, 2012 10:09 pm

Pois é galera , fretless combina muito com caps passivos...André , curti o timbre dele Brother , ficou um roncadão anasalado muito bom... eu deixaria com essas características...abraço.
Cantão
Cantão
Moderador

Mensagens : 18625
Localização : Bauru

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por andremega em Dom Jan 08, 2012 11:01 pm

Laysson escreveu:Gostei bastante do som do baixo assim. Há registro dele ainda com o pre-amp?

Tenho um fretless da Condor, em que fiz o mesmo, tirei o pré. Gostei muito mais dele com o som passivo.


Cara, esse é o audio de quando as cordas tavam zero-bala. É o som do captador da ponte.


<embed src="http://www.4shared.com/embed/573855313/3466d556" width="320" height="20" allowfullscreen="true" allowscriptaccess="always"></embed>


Nesse tópico tem o som dele com roundwound também:

http://www.contrabaixobr.com/t15076-review-flatwound-novas-vs-roundwood-velhas#310416
andremega
andremega
Membro

Mensagens : 2877
Localização : Paraíba - Patos/João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Esequiel Bass em Dom Jan 08, 2012 11:47 pm

dibass escreveu:Andre tenho um B5 com trastes e a melhor coisa que fiz na vida foi tirar o pre dele virou outro instrumento
Deixou ele passivão?
Esequiel Bass
Esequiel Bass
Membro

Mensagens : 205
Localização : Araranguá-SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por dibass em Seg Jan 09, 2012 9:12 am

deixei sim coloquei troquei os pot deixando vol bal e tone e pronto
dibass
dibass
Membro

Mensagens : 1446
Localização : uberlandia- MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Esequiel Bass em Seg Jan 09, 2012 12:33 pm

Rapaz,eu tenho um b5 que toquei 7 anos com ele na maior felicidade,som muito bom,a captação é a mk1 original mas acredito que o pré ja não era original,tinha cara de ser mechido(peguei usado em loja e o vendedor não soube me dizer)mas o som me conquistou,só que a algun meses o pré parou de funcionar´mandei em um lutier que meche nos meus baixos,ele desmontou mandou fazer todos os testes em um eletronico,tinha dado pau na maioria dos componentes por ter ficado 1 mes parado e acabou pegando uma umidade violenta.Enfim,mandei vir um pré da ledur.....quase me enforquei nas cordas com aque pré,o baixo simplesmente ficou uma coisa sem distinção,não tem como timbrar ele,aquele som aveludado caracteristico sumiu,a potencia quase que dobrou,tu meche no grave,medio,agudo,volume a coisa só piora.Só consegui tocar algumas vezes com o som meio flat,e todos da banda zuando que não estavão conseguindo entender muita coisa.Acabei aposentando ele.Agora vou dar um jeito de deixar ele passivo pra ver.
Depois eu digo o que que deu.
Esequiel Bass
Esequiel Bass
Membro

Mensagens : 205
Localização : Araranguá-SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por andremega em Seg Jan 09, 2012 3:45 pm

eu ontem joguei o captador da ponte no analizador de espectro e fiquei um tanto desconfiado.

O captador "fala" dos 63 aos 400Hz. Achei pouco, pois o meu JB sustenta até abaixo dos 40 Hz e pra cima de 1.5 kHz. Ou os captadores são muito fracos ou a construção do instrumento não permite a "plenitude" das fundamentais.

O meu já tá passivo. Na verdade tá o captador na linha direto. Vou tentar montar o circuito e colocar os captadores em série. Para fretless essa ligação pode ficar interessante.

andremega
andremega
Membro

Mensagens : 2877
Localização : Paraíba - Patos/João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Laysson em Seg Jan 09, 2012 10:52 pm

Achei o som mais metálico com o pré. Gostei mais do som dele ligado sem pré. Melhorou bastante o som do baixo!
Laysson
Laysson
Membro

Mensagens : 741
Localização : Goiânia, Goiás

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por andremega em Seg Jan 09, 2012 11:18 pm

Gravei o aúdio com os captadores em série, tanto na posição certa como invertida. O grave apareceu!
andremega
andremega
Membro

Mensagens : 2877
Localização : Paraíba - Patos/João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por basista em Ter Jan 10, 2012 10:56 pm

Gostei do som, eu deixaria assim
basista
basista
Membro

Mensagens : 141
Localização : Joinville

http://bandahangar05.blogspot.com, wwww.bandaflextilo.blogspot.c

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Pedro Jack em Qua Jan 11, 2012 1:20 am

andremega escreveu:Gravei o aúdio com os captadores em série, tanto na posição certa como invertida. O grave apareceu!


André, se o som que fala são os das gravações do primeiro post, eu curti. Principalmente o bridge sozinho, mia bonito...

Pedro Jack
Pedro Jack
Membro

Mensagens : 563
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por andremega em Qua Jan 11, 2012 1:32 am

Ainda não postei. Vou terminar de montar, gravar mais coisa, ai eu posto.
andremega
andremega
Membro

Mensagens : 2877
Localização : Paraíba - Patos/João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por andremega em Sex Jan 13, 2012 7:46 pm

Bom, senhores. Terminei a "gambiarra". Só o tone que não ficou dos melhores, tá cortando muita coisa. Vou pesquisar para saber o que houve de errado e em que frequências está atuando.

No post inicial constarão os dados do circuito e os sons.
andremega
andremega
Membro

Mensagens : 2877
Localização : Paraíba - Patos/João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Pedro Jack em Sex Jan 13, 2012 8:07 pm

Beleza, vou conferir quando chegar em casa: aqui no trabalho não abrem esses arquivos, uma pena. Depois te digo o que achei.
Pedro Jack
Pedro Jack
Membro

Mensagens : 563
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Pedro Jack em Sab Jan 14, 2012 1:23 am

Acabei de ouvir. De um modo geral, gostei dos captadores isolados, tanto bridge, quanto neck. Com leve preferência pela ponte. Tanto no modo passivo, quanto no ativo, os dois modos me agradaram.
Pedro Jack
Pedro Jack
Membro

Mensagens : 563
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por andremega em Sab Jan 14, 2012 1:32 am

^eu por pouco não deixei somente o cap da ponte. O pré praticamente inventa uma alta que era o fator do incômodo . Sem dúvida a proposta do som melhorou na forma passiva, apesar de não ser uma diferença tão absurda assim.
andremega
andremega
Membro

Mensagens : 2877
Localização : Paraíba - Patos/João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por slipkristiano em Qua Out 17, 2012 9:20 pm

Caros colegas, gostaria de compartilhar uma experiencia com voces sobre um problema que tive com captadores bartolini mk1.

Bem, possuo um Cort B5, com a captação citada. Estava incomodado com o timbre gerado pelo meu baixo. Quando eu usava blend virado para o captador da ponte, o timbre ficava muito agudo, agudo demais mesmo. E quando eu usava o blend virado para o do braço, ficava muito grave, porém também em excesso. Ou seja, não conseguia definição e peso ao mesmo tempo, entao tinha que recorrer ao pre, mas nao ficava muito legal.

Entao comecei a pensar em trocar o captador, e comecei a pesquisar sobre um substituto para esse cap la no talkbass. Entao tive uma surpresa. Um dos membros do forum, que possuia um SR 505 da Ibanez com mesma captação, estava passando por este mesmo problema. Ele entrou em contato com um luthier gringo e lhe explicou que, nos barts mk4 e mk5 tem um indicador B e T por baixo dos caps. B era igual a Bass, logo teria que ser colocado na ponte (lugar onde há mais existencia de agudos, logo o BASS natural do cap iria compensar os agudos) e T era igual a Treble que deveria ser colocado na posição do braço, visto que este tende mais aos graves, e para compensar, o cap tenderia mais para o agudo. Entao o luthier deu a dica de mudar os caps mk1 de lugar antes de ele trocar. O usuario fez e deu certo, disse que o timbre melhorou bastante. Visto que, desconfio que a Cort ja produziu Ibanez ( não sei aonde que eu vi isso ), pensei em fazer igual.

E, por incrivel que pareça, funcionou!

Troquei o cap da ponte no braço e o do braço na ponte. Resolveu em 100% meu problema. Até apaixonei pelo novo timbre. Está ideal. Nem graves, nem agudos em excesso. Está perfeito e equilibrado.

Pensei em compartilhar com os colegas, caso alguem tenha esse problema.
slipkristiano
slipkristiano
Membro

Mensagens : 73
Localização : Vila Velha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Daniel PM em Qua Out 17, 2012 10:48 pm

slipkristiano escreveu:Caros colegas, gostaria de compartilhar uma experiencia com voces sobre um problema que tive com captadores bartolini mk1.

Bem, possuo um Cort B5, com a captação citada. Estava incomodado com o timbre gerado pelo meu baixo. Quando eu usava blend virado para o captador da ponte, o timbre ficava muito agudo, agudo demais mesmo. E quando eu usava o blend virado para o do braço, ficava muito grave, porém também em excesso. Ou seja, não conseguia definição e peso ao mesmo tempo, entao tinha que recorrer ao pre, mas nao ficava muito legal.

Entao comecei a pensar em trocar o captador, e comecei a pesquisar sobre um substituto para esse cap la no talkbass. Entao tive uma surpresa. Um dos membros do forum, que possuia um SR 505 da Ibanez com mesma captação, estava passando por este mesmo problema. Ele entrou em contato com um luthier gringo e lhe explicou que, nos barts mk4 e mk5 tem um indicador B e T por baixo dos caps. B era igual a Bass, logo teria que ser colocado na ponte (lugar onde há mais existencia de agudos, logo o BASS natural do cap iria compensar os agudos) e T era igual a Treble que deveria ser colocado na posição do braço, visto que este tende mais aos graves, e para compensar, o cap tenderia mais para o agudo. Entao o luthier deu a dica de mudar os caps mk1 de lugar antes de ele trocar. O usuario fez e deu certo, disse que o timbre melhorou bastante. Visto que, desconfio que a Cort ja produziu Ibanez ( não sei aonde que eu vi isso ), pensei em fazer igual.

E, por incrivel que pareça, funcionou!

Troquei o cap da ponte no braço e o do braço na ponte. Resolveu em 100% meu problema. Até apaixonei pelo novo timbre. Está ideal. Nem graves, nem agudos em excesso. Está perfeito e equilibrado.

Pensei em compartilhar com os colegas, caso alguem tenha esse problema.
cara muito bom vc ter compartilhado essa experiência, pode ser que o pessoal que teve problemas com os caps eram por esse motivo, muito bom mesmo cara!!! posta isso tbm em alguns posts sobre os cort A5 e B5 e os MK1, vai ajudar muito o pessoal que tem duvidas e que ja tiveram problemas com os mk1!!! abço up
Daniel PM
Daniel PM
Membro

Mensagens : 181
Localização : Campina Grande PB

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por RaphaelM em Seg Out 29, 2012 4:28 pm

Pois é... Possuo um B5 com a referida captação e acho o som dele bem equilibrado.
Será que os de vocês podem ter vindo invertidos de fábrica?
RaphaelM
RaphaelM
Membro

Mensagens : 423
Localização : Vassouras-RJ

http://www.signatus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por slipkristiano em Ter Out 30, 2012 12:31 am

Acho que sim, pois so melhorou depois que inverti.
slipkristiano
slipkristiano
Membro

Mensagens : 73
Localização : Vila Velha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por RaphaelM em Qua Out 31, 2012 2:43 pm

Que doidera isso... haha
RaphaelM
RaphaelM
Membro

Mensagens : 423
Localização : Vassouras-RJ

http://www.signatus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por fbarione em Qui Dez 27, 2012 12:29 pm

Nossa pena que li isso hoje....rs

Eu possuo um SR500 e um B4 (adquiri depois pra deixar em outra afinação) e decidi vender o B4 e compra rum 5 cordas e da rum up no SR500, então comprei os MK4 e um circuito Bartolini pelo site bass palace, estou esperando chegar pra instalar. Vou ver se depois de pronto consigo ser capaz de fazer um pequeno review...

fbarione
Membro

Mensagens : 205
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica Empty Re: Cort B4 e seus MK1 - experiências com sua parte eletrônica

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum