Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Página 1 de 21 1, 2, 3 ... 11 ... 21  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por allexcosta em Ter Jun 30, 2009 6:40 pm

Prezados,

Visando o crescimento da área "Pickups & Eletrônica", criamos este tópico fixo que irá contar com a colaboração do amigo Thales_sr na elaboração de textos e perguntas/respostas sobre o assunto. Esperamos que todos nós possamos aproveitar os ensinamentos e dicas do amigo.

Obrigado Thales!

Administração e Moderação
Fórum Contrabaixo BR


Última edição por allexcosta em Qua Jul 01, 2009 3:52 pm, editado 1 vez(es)

allexcosta
Administrador

Mensagens : 39646
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Ter Jun 30, 2009 8:21 pm

Opa, valeu allex.
Por enquanto não vou poder postar textos, pois teria que elaborá-los, pra deixar só informações relevantes para nós contrabaixistas, e no momento estou terminando minha graduação.

Mas vou responder todas as perguntas, na medida do possível.

Assim que a facul der uma trégua eu farei alguns textos/tutoriais.

Abraços!

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por dibass em Ter Jun 30, 2009 11:24 pm

muito bom

dibass
Membro

Mensagens : 1396
Localização : uberlandia- MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Renato em Qua Jul 01, 2009 10:35 am

Excelente iniciativa da Administração e do Thales!!! cheers

Renato
Membro

Mensagens : 6066
Localização : Mogi Mirim SP (Made in Recife PE)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Qua Jul 01, 2009 10:54 am

Bom, posso fazer uma pergunta sobre eletrônica, mas aplicada a componentes do contrabaixo?

Lá vai:

Considerando um jazz bass padrão, com Volume / Volume / Tone.

Neste caso, os volumes são individuais por captador.

Pergunta: é possível acrescentar um terceiro controle de Volume, porém este sendo Volume Geral?

Este controle de Volume teria que ser pós-tone, ou seja, atuar como se fosse um pedal de volume, porém on-board. É possível?

Se for possível, a idéia seria utilizar um pontenciômetro concêntrico no Tone.

Valeu !

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Qua Jul 01, 2009 10:57 am

ah, sim, claro, grande iniciativa !!

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qua Jul 01, 2009 12:09 pm

Jackson
Dá sim. É simples de fazer, até. Mas não seria mais útil deixar Volume Master - Blend - Tone não?

Enfim, se realmente quer um volume master, basta fazer o seguinte:
- O fio que está conectado ao "tip" do jack, ligue-o na perna 3 do novo pot;
- Ligue a perna 1 do novo pot no terra;
- Ligue a perna 2 do novo pot no "tip".

E tá feito. Use pots de 500KB.

Aqui, um diagrama do JB original, pra facilitar a visualização do que falei:
http://www.seymourduncan.com/support/wiring-diagrams/schematics.php?schematic=std_jazz_bass

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Qua Jul 01, 2009 1:46 pm

Valeu Thales !!


Thales_sr escreveu:Mas não seria mais útil deixar Volume Master - Blend - Tone não?

O meu esquema era esse, mas eu não sei o que acontecia com o meu Blend que estava funcionando mais como chave de três posições (bridge pickup - both pickup - neck pickup).
Eu não conseguia um balanço gradual entre os dois captadores, assim como consigo no esquema V/V/T. Poderia ser problema no potenciômetro de Blend?

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Cantão em Qua Jul 01, 2009 1:56 pm

Valeu pela iniciativa...parabéns a todos , e.... manda ver , Mister Thales.. cheers

Cantão
Moderador

Mensagens : 17691
Localização : Bauru

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qua Jul 01, 2009 2:00 pm

Jackson
Eu não conseguia um balanço gradual entre os dois captadores, assim como consigo no esquema V/V/T. Poderia ser problema no potenciômetro de Blend?

Acredito que sim. Todos os baixos que toquei que tinham o blend (basicamente, baixos yamaha... RBX-350 e BB-615), o pot funcionava muito bem, era bem gradual.

Cantão
Valeu cara. Abraços

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por dibass em Qua Jul 01, 2009 2:56 pm

mais uma pegunta p Thales

estou pensando em fazer um jazz bass qual é a diferenca de usar 250 ou 500 nos potenciometros muda somente o volume ou timbre tb ?

muito obrigado

dibass
Membro

Mensagens : 1396
Localização : uberlandia- MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qua Jul 01, 2009 5:00 pm

estou pensando em fazer um jazz bass qual é a diferenca de usar 250 ou 500 nos potenciometros muda somente o volume ou timbre tb ?

Na verdade, não muda nada no volume. E pra ser sincero, muda pouco no timbre também... hehehe

É o seguinte: Pots de valor mais baixo costumam cortar um pouco mais os agudos. Por isso que os JB costumam vir com pots de 250k, pra dar uma amenizada nos agudos. Outra coisa é que pots de menor valor ajudam a diminuir o ruído (outro motivo pra JBs virem com pots de 250k).
Mas a diferença não é tão grande quanto os valores dos pots podem sugerir.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Claudio em Qua Jul 01, 2009 6:02 pm

Legal... eu jamais imaginei que um potenciômetro pudesse modificar o timbre de um instrumento... ia morrer sem saber disso!

Claudio
Administrador

Mensagens : 14866
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://www.claudiocuoco.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qua Jul 01, 2009 6:14 pm

ClaudioBass
A rigor, tudo que esteja no caminho entre o baixo e seus ouvidos influencia no timbre. Mas tem coisas que são mais importantes, como cabos, captação, posicionamento dos caps, amplificador, equalização...

Potenciômetros influenciam bem pouco. Vale a pena saber o que uma mudança nos valores de pots trazem, mas como disse, não tem taanta importância assim.

A razão pelo qual o valor dos potenciômetros interfere no corte de agudos é o "bicho-papão" chamado impedância.

No caso dos potenciômetros, quando você abaixa o valor do pot, abaixa também a impedância "vista" pelo captador.

Porém, é bom lembrar, quem sofre com isso é captação passiva, com circuito passivo. Essa regra é um pouco diferente para baixos ativos.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Claudio em Qua Jul 01, 2009 7:16 pm

Então deixa eu continuar com minhas curiosidades!

De que forma o cabo pode influenciar no timbre?

Quais os melhores cabos com relação a tipos de malhas e quantidade de vias?

O que existe de verdade e de mito naquela história de que conectores dourados conduzem melhor do que os normais prateados?

Claudio
Administrador

Mensagens : 14866
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://www.claudiocuoco.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qua Jul 01, 2009 7:24 pm

De que forma o cabo pode influenciar no timbre?
Um cabo com maior capacitância pode "comer" agudos.

Quais os melhores cabos com relação a tipos de malhas e quantidade de vias?
Na verdade, cabo de instrumento só precisa ter uma via. Cabo de microfone é que tem duas vias.
Alguns cabos meus são de microfone, porque o vendedor se enganou e me deu esses ao invés de cabo de guitarra... Não sinto diferença entre eles e os cabos de uma via que tenho.

Quanto aos melhores, prefiro deixar esse assunto a critério de cada um.
Primeiro porque nunca testei esses cabos tops, só uma vez ou outra que toco em cabos mais caros, quando a empresa de sonorização tem. Por isso, nunca pude compará-los lado a lado com os Santo ângelo, por exemplo.

O que existe de verdade e de mito naquela história de que conectores dourados conduzem melhor do que os normais prateados?
Bom, se o conector for foleado a ouro, pode ter uma pequena melhora em relação ao contato, pois o ouro é metal nobre e oxida muito pouco (contatos oxidados aumentam a resistência, aumentando a perda de sinal).
Porém, a maioria dos jacks de instrumentos e amplificadores/pedais não é de ouro, então... heheh

abraços!

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Claudio em Qua Jul 01, 2009 8:17 pm

Valeu Thales, obrigado pelas explicações!

Só pra terminar...

Thales_sr escreveu:De que forma o cabo pode influenciar no timbre?
Um cabo com maior capacitância pode "comer" agudos.

Como podemos identificar essa característica na hora de ir a loja pra comprar um cabo?
Vem algo escrito nas embalagens de forma explícita sobre a capacitância, ou é algo que está implícito em outros termos?

Qual o valor limite de capacitância para que não haja esse corte de agudos?

Perdoe por essa avalanche de perguntas, é que eu nunca me liguei nessas coisas, e agora pintou a curiosidade, são coisas que, de fato, eu não conheço!

Claudio
Administrador

Mensagens : 14866
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://www.claudiocuoco.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Cid em Qua Jul 01, 2009 8:21 pm

Outra duvida, Thales, na tua tela do lado direito aparece um icone escrito quote? Very Happy

Cid
Moderador

Mensagens : 9266
Localização : Pense numa terra boa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por dibass em Qua Jul 01, 2009 11:24 pm

kkkkkkkkk cid


valeu thales pelas resp

dibass
Membro

Mensagens : 1396
Localização : uberlandia- MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qui Jul 02, 2009 12:27 am

Como podemos identificar essa característica na hora de ir a loja pra comprar um cabo?
Vem algo escrito nas embalagens de forma explícita sobre a capacitância, ou é algo que está implícito em outros termos?


Algumas marcas, como a MOGAMI e Spectraflex informam o valor da capacitância por metro. As outras não.

Qual o valor limite de capacitância para que não haja esse corte de agudos?
O ideal é que cabo deixe passar todas as frequências, sem nenhuma atenuação, e deixar para que o instrumentista decida cortar ou não esses agudos no instrumento/amplificador.

O valor "limite" vai variar, a depender do modelo do contrabaixo, e da impedância de entrada do amplificador.

Como tá dando pra ver pelas respostas, quando se quer saber a fundo alguns "porques", é aí que a coisa fica um pouco mais complexa. Mas se mantiver os cabos não muito longos, essa atenuação dos agudos é minimizada.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qui Jul 02, 2009 12:28 am

Cid escreveu:Outra duvida, Thales, na tua tela do lado direito aparece um icone escrito quote? Very Happy

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
aparece sim! é porque como algumas perguntas são bem longas, eu costumo responder em partes, aí acho mais prático ir colocando partes da pergunta e respondendo abaixo. e como nos outros fóruns eu sempre uso o itálico para as perguntas, acabei trazendo pra cá também.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Claudio em Qui Jul 02, 2009 7:22 am

Thales_sr escreveu:
aparece sim! é porque como algumas perguntas são bem longas, eu costumo responder em partes, aí acho mais prático ir colocando partes da pergunta e respondendo abaixo. e como nos outros fóruns eu sempre uso o itálico para as perguntas, acabei trazendo pra cá também.

Mas isso é tranquilo também Thales, você mesmo pode digitar essas tags de quote e fim-quote no início e no final de cada trecho... dessa forma você tem multiplos quotes num mesmo post... tipo:

Fulano-de-tal escreveu: quote do trecho 1
Fulano-de-tal escreveu: quote do trecho 2
Fulano-de-tal escreveu: quote do trecho n...

Ah, o obrigado pelas explicações... coincidência ou não, eu sempre tive hábito de usar cabos curtos, no máximo 3 metros!

Claudio
Administrador

Mensagens : 14866
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://www.claudiocuoco.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Qui Jul 02, 2009 10:32 am

thales, antes de fazer o esquema do volume geral vou tentar novamente o esquema do Blend. O potenciômetro que tenho que comprar tem modelo específico? Eu uso 500KB pra volume e 500KA pra tone.

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qui Jul 02, 2009 10:38 am

Atendendo a pedidos... vou usar o quote.

thales, antes de fazer o esquema do volume geral vou tentar novamente o esquema do Blend. O potenciômetro que tenho que comprar tem modelo específico? Eu uso 500KB pra volume e 500KA pra tone.

O pot de blend é do tipo B. O ruim do blend pra mim é que eu nunca acho pots com click central pra usar (até acho... com 10k, 25k... aí não serve :S)

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por korg em Qui Jul 02, 2009 11:14 am

Só complementando o tópico do amigo , sobre tudo que foi falado...

os potenciometros vão reagir junto com os capacitores do circuito do baixo. Esses formam filtros tipo RC ou RLC dependendo do circuito. Imagine um equalizador. Ele nada mais é do que vários filtros, um do lado do outro, com resistencia e capacitor calculados de forma a atingir determinada frequencia em cada slide do seu equalizador. Estou explicando de forma grosseira e simplista, mas é mais ou menos por ai.
Logo, quando vc varia o pot de TONE por ex, ele ta reagindo com o resto do circuito, alterando a frequencia final. Existem formulas para se calcular as frequencias, ajustando valor de capacitor e resistor.
Ja fiz umas mudancas para uma strato de um amigo, ele viu em foruns la fora e alterou o pot e os capacitores para melhorar o timbre dela. E olha que ficou bom viu.... muito legal o "mod" dele.


Assim como o cabo, que possui resistencia e capacitancia, tb atua como filtro, como o Thales já explicou. E esse filtro foi ligado em série ao seu circuito.

Pelas minhas buscas de informação mundo a fora, verifiquei que cabos com 50pF (pico-faraday) por pé ou menos são bons cabos. Gostaria de pesquisar mais esse assunto para ter certeza. Sei que um cabo de 10 pes da GeorgeL, se não me engano tem 418pF (que seria ótimo).
Posso estar enganado sobre os valroes ,mas creio que é isso ai. Deposi vou ate aprofundar mais a pesquisa.

Para saber qual capacitancia de um cabo, so perguntando pro fabricante, isso vai variar de acordo com o modelo.

A construção dele que afeta isso, ai depende da liga dos metais, do tipo da malha, como feita, qual distancia da malha pro fase, qual tipo de material isolante, etc, etc.
[s]

korg
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1671
Localização : Cidade Maravilhosamente peligrosa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qui Jul 02, 2009 12:24 pm

No caso dos potenciômetros que o dibass tava perguntando, o efeito de um potenciômetro de menor valor vai existir mesmo que a parte de tone (pot + capacitor) seja retirada do circuito.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por dibass em Qui Jul 02, 2009 12:35 pm

thales mais uma pergunta o q vc considera cabos nao muito longos?

dibass
Membro

Mensagens : 1396
Localização : uberlandia- MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Moshe Bar Elohim em Qui Jul 02, 2009 10:10 pm

E aí Tatá? Beleza soube que você é O CARA em eletrônica de contrabaixos. Então, será que você me ajuda por favor: http://www.contrabaixobr.com/pickups-eletrnica-f18/jazz-bass-socorro-o-volume-est-sumindo-ser-fenmeno-sobrenatural-3-t2254.htm

Moshe Bar Elohim
Membro

Mensagens : 2063
Localização :  

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Sex Jul 03, 2009 12:47 am

Código:
thales mais uma pergunta o q vc considera cabos nao muito longos?
Bom, aí vai um pouco de cada um também...
Se você for mais performático, e tocar em palcos maiores, então obviamente você não vai usar um cabo de 2 m.
Por outro lado, se você sentado, por exemplo, não precisa de cabo grande.

Não adianta pensar muito em tamanho de cabo porque ninguém vai sacrificar a performance e praticidade por causa de (talvez) uma pequena perda de agudos.

Enfim, os meus cabos medem entre 2,5 e 3,5m, procuro não exagerar, já que gosto de baixos passivos.

Instrumentos com saída baixa devem sentir mais essa perda de agudos do que instrumentos que tenham saída alta.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por dibass em Sex Jul 03, 2009 8:36 am

uns 6 metros ja e grande entao né

muito obrigado thales

dibass
Membro

Mensagens : 1396
Localização : uberlandia- MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Sex Jul 03, 2009 9:13 am

dibass
A depender do instrumento/timbragem, o cara pode sentir uma leve perda sim. Mas não é algo absurdo não.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Cantão em Sab Jul 04, 2009 9:47 pm

fala ai Thales_sr , queria lhe fazer uma pergunta...hoje fui dar uma estudada no bass...e percebi que o pots do volume , conforme vou girando ele para aumentar o vol , vai chegando no fim ( uns 70% ) ele da uma cortada no som ...se eu avanço , continua aumentando normalmente o volume ...quando faço o contrario , do maximo para o minimo , volta a acontecer isso , sempre na casa dos 70% + ou- ... pelo jeito começou hoje , pois todo dia eu treino um pouco , e sempre vou mudando os timbres , e equalizando os volumes dos caps da ponte e do braço , mas corrigindo o volume , e ontem não estava assim...e essa cortada que esta dando me deixou cabreiro...o que vc recomenda que eu faça ? agradeço antecipadamente a resposta...um abraço.

Cantão
Moderador

Mensagens : 17691
Localização : Bauru

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Dom Jul 05, 2009 12:33 am

Cantão
Acontece nos dois pots? Só em um né?

Enfim, tá parecendo que é sujeira no potenciômetro. Você pode comprar alcool isopropilico e passar nele (pega uma agulha e joga no interior dele.

Mas se seu baixo usar pots desses genéricos, o melhor é trocar. Bota outro pot genérico no lugar que tá ok.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Cantão em Dom Jul 05, 2009 1:18 am

Peguei esse bass, numa troca , já estou com ele a mais de um ano , não sei se os pots dele , são originais ou não , vou saber amanhã quando desmontar...se for original , vou fazer o que vc disse , com o alcool , se for genérico , é o que vc falou mesmo , trocar os danados...rsss
Valeu ai Thales_sr , um abraço e obrigado pela dica .

Cantão
Moderador

Mensagens : 17691
Localização : Bauru

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Dom Jul 05, 2009 10:10 am

O original dos baixos mais baratos (e até de alguns um pouco mais caros) costuma ser genérico.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Ter Jul 07, 2009 9:08 am

Thales, uma dúvida de leigo mesmo:

eu comprei um pedal behringer US-600 que vem sem fonte, e ele come bateria como se fosse uma feijoada...

esse é o pedal: http://www.behringer.com/EN/Products/US600.aspx

essa é fonte que eu não tenho: http://www.behringer.com/EN/Products/PSU-SB.aspx

mas eu tenho a fonte desse outro aparelho, e gostaria de saber se eu posso aproveitar essa fonte pro pedal:
http://www.alesis.com/stuff/contentmgr/files/0/df15eb7d2ca1607dfb6b29366eac66b1/file/nanoverb_manual.pdf

será que funciona?

se não funcionar, posso comprar a fonte do pedal em qualquer eletrônica? Ou tem que ser a fonte da behringer?

valeu!

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Ter Jul 07, 2009 10:01 am

Jackson
Não consegui achar a especificação da fonte do Nanoverb nesse manual (tô no estágio, não pude olhar com muita atenção, também...)

A Behringer usa fontes padrão Boss, qualquer fonte 9V, com negativo no centor, serve. Mas não compra aquelas de camelô não porque são muito ruins. Pelo menos uma Hayonic, Hayama ou algo do tipo.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Ter Jul 07, 2009 11:14 am

thales, tem que ser 100mA ?

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Ter Jul 07, 2009 11:32 am

Jackson escreveu:thales, tem que ser 100mA ?

Não. Pode ser mais.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Proença em Dom Jul 12, 2009 4:12 pm

Opa galera, sou novato no forum e gostaria de tirar algumas dúvidas pois estou reformando meu Gianinni Stratosonic dos anos 80, baixo que comprei "zero km" quando adolescente.
Vou substituir toda a parte elétrica dele, captadores, pontenciômetros, fiação, jack e capacitor do tone.
A configuração dele está da seguinte forma: Nos volumes potenciometros de 1MB que acredito ser o equivalente a 1000K tipo B (linear) e no tom o potenciometro é de 250kB.
Vou seguir a receita Fender dos Jazz Bass e colocar tudo de 250k, sendo B (linear) para volume e A (logaritmico) para o tom, é isso mesmo?
Procurei também por capacitores de 0,5uf e descobri que as especificações dessas peças são bem mais complexas, existindo vários materiais e voltagens. Qual devo procurar?
Agradeço desde já pela ajuda.
Forte abraço!

Proença

Proença
Membro

Mensagens : 7
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Dom Jul 12, 2009 10:15 pm

Vou seguir a receita Fender dos Jazz Bass e colocar tudo de 250k, sendo B (linear) para volume e A (logaritmico) para o tom, é isso mesmo?
Isso. Também pode usar pots de 500k, vai ter um pouco mais de agudos, mas também fica mais suscetível a ruídos.

Procurei também por capacitores de 0,5uf e descobri que as especificações dessas peças são bem mais complexas, existindo vários materiais e voltagens. Qual devo procurar?
Capacitor de 0,5 uF não tem... Usa de 0,047. Procure por modelos cerâmicos.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Proença em Seg Jul 13, 2009 12:12 am

Beleza Thales, valeu mesmo!

Proença
Membro

Mensagens : 7
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Qua Jul 15, 2009 9:00 am

Thales,

Tem como vc me dar uma luz na questão abaixo? Eu não faço idéia de como ligo um potenciômetro "entre o emissor e o terra do transistor".

Já peguei o datasheet do transistor, ele tem um "emissor", um "coletor" e um "base".

Falta agora eu saber qual é o terra do transistor, e como ligo um potenciômetro nisso !

Quebra mais essa aí, velhão!

o tópico:

http://www.contrabaixobr.com/pedaleiras-efeitos-f19/hand-made-by-bertola-t503.htm#43188

o transistor é esse:
http://www.datasheetcatalog.org/datasheet/motorola/BC517.pdf

Valeu !

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por URSOBHZ em Qua Jul 15, 2009 9:05 am

Olá, Thales!

Quais marcas de potenciômetros você recomenda?

URSOBHZ
Membro

Mensagens : 1626
Localização : Mineiro, perdido no interior de São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qua Jul 15, 2009 10:11 am

Jackson
O terra é do circuito, transistor não tem terra não...
Baixa o manual do mini-fuzz ( http://www.handmades.com.br/images/stories/projetos/minifuzz/PDF/Fuzze_s12-07-05.pdf )
E olhe o esquema da página 3.

O Emissor do transistor (a "setinha" do Q1) está ligado direto no "GND".

Você vai ligar o emissor do transistor na perna 1 do pot, e a perna 2 você liga no GND. A terceira perna você pode ligar na segunda.

Lendo o datasheet do BC517, dá pra ver que o emissor é a perninha da direita do transistor, se você olhar ele de frente para a parte lisa.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qua Jul 15, 2009 10:17 am

URSOBHZ
Pra pedais, compro a que tiver na hora.

Pra instrumentos, eu prefiro manter sempre a mesma marca para todos os pots do instrumento, pra evitar diferença de dureza neles. Tem umas marcas que tem o giro um pouco mais duro que outras.

Mas não tenho marca preferida não. Condor, Dolphin, Alpha... Acredito que todas sejam feitas pelo mesmo fabricante e só mudem a embalagem.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Qua Jul 15, 2009 10:36 am

Thales_sr escreveu:Jackson
O terra é do circuito, transistor não tem terra não...
Baixa o manual do mini-fuzz ( http://www.handmades.com.br/images/stories/projetos/minifuzz/PDF/Fuzze_s12-07-05.pdf )
E olhe o esquema da página 3.

O Emissor do transistor (a "setinha" do Q1) está ligado direto no "GND".

Você vai ligar o emissor do transistor na perna 1 do pot, e a perna 2 você liga no GND. A terceira perna você pode ligar na segunda.

Lendo o datasheet do BC517, dá pra ver que o emissor é a perninha da direita do transistor, se você olhar ele de frente para a parte lisa.

caraca véi.... sou teu fã !!

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Qua Jul 15, 2009 10:40 am

Thales_sr escreveu:A terceira perna você pode ligar na segunda.

Só um detalhe, eu faço um "jumper" entre as pernas 2 e 3 né? Isso é obrigatório, ou posso deixar a perna 3 sem uso?

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Thales_Sr em Qua Jul 15, 2009 11:21 am

Só um detalhe, eu faço um "jumper" entre as pernas 2 e 3 né? Isso é obrigatório, ou posso deixar a perna 3 sem uso?

Pode deixar a perna 3 em aberto. Se o pedal estiver blindado, vai dar no mesmo.

Thales_Sr
Moderador

Mensagens : 7279
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Jackson em Dom Jul 19, 2009 9:50 pm

Thales,

Para eu dividir o sinal do baixo em dois, do que preciso? Posso abrir um cabo e transformá-lo em cabo Y ?

A idéia é ter um sinal limpo do baixo chegando no Ampli e e ter outro sinal processado com efeitos. Então tenho que dividir o sinal que sai do baixo e depois juntar novamente os dois sinais (o limpo e o processado) antes de chegar no ampli. É possível?

Este adaptador abaixo resolve?

http://www.compoesquema.com.br/mercadolivre/Adaptador%202J10Mono%20P10Mono_2.JPG

Jackson
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1843
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eletrônica aplicada à música com Thales_sr.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:12 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 21 1, 2, 3 ... 11 ... 21  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum