Meu Tio Jéca!

Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Meu Tio Jéca!

Mensagem por GeTorres em Qui Jul 19, 2012 10:35 am

Bão dia pessoar!

Aqui é o Gerardino Malazartes, mais podi mi chamá só di Gerardino mesmu! Tava di prosa outro dia cum subrinhu di longi e revivevo o causo quieu dexei ele iscrivinhá pra mim hoji Bão, eli é da cidadi mais num sei purque eli num iscrevi certu...


Um dia, fui visitar meu tio que mora no interior de São Paulo, perto da divisa com o estado de Minas Gerais, havia muito tempo que eu não o via, e, sinceramente, estava com uma saudade danada do meu tio Jéca. (Não! O sobrenome dele não é Tatú! E nem é parente daquele Jéca famoso de Taubaté)

Umas das qualidades que meu tio Jéca tem, é sem dúvida nenhuma a simplicidade, ou como eles dizem, ele é “simprão no úrtimu!” Enquanto o ônibus ia percorrendo a estrada, lembrei-me de um ''causo'' que ocorreu da última vez que eu o visitei, e que agora compartilho com vocês com a permissão do meu outro Tio, o Gerardino.


Subrinhu Franciscu! Que bão vê ocê! Tava cuma soldade lascada di ocê Chiquinhu, vem cá dáum abraço no tiu Jéca!!!
Óia.... A tia maricotinha quandu sôbi qui ocê ia vim prá roça prá moi di passá uns dia co'agente, ficô mais feliz qui pinto nu lixu! A pobri quasi quis'prode di tanta filicidadi!!!

Tio!!! que bom que o senhor veio me buscar, adoro ir para o sítio do senhor de charrete, onde eu moro é tudo uma correria só! Lá em São Bernardo do Campo, somos escravos do relógio e dos compromissos, quando venho para cá, faço-me um favor e deixo ambos em casa.

Chiquinhu, tudu quantu é quié genti aqui di Pinda-qui-má-mangava ficá tudu doido quando'ce veim. É quasi feriadu. Ocê é muito bem quistu pur'aqui. Ô pessoar diz qui'oce é da cidadi grandi pur inganu di Deus, ocê divia era di tê nacido aqui!

E por todo o trajeto, todos me cumprimentavam e eu correspondia, ora acenando e desejando bom dia, ora além do bom dia tratava a pessoa pelo nome quando eu os conhecia, até estava parecendo a minha prima Claudete, de São Caetano do Sul que era candidada a vereadora, de tantas pessoas que cumprimentei.

Minha mãe havia nascido em Pinda-que-má-mangava e ensinou-me desde a mais tenra idade que educação vem de berço, que na escola adquirimos cultura e que era errado o que muitas mães faziam, 'terceirizando' a educação dos filhos aos professores, tendo por base a falsa idéia de que as crianças vão para a escola receber “educação e cultura”, confundindo o termo educação com bons modos e respeito aos outros.

Chegando ao sítio do meu tio Jéca, vi de longe, na varanda a minha querida tia Maricotinha, que de nascimento era “Maria Contes de Nhambiquara e Nascimento”. Tia Maricotinha faz uns bolinhos tão simples, é só água, farinha, sal e açúcar, mas tão gostosos, que eu acredito que eles deveriam ser chamados de “Bolinhos dos sonhos” e não bolinhos de chuva.

Chiquinhu!!! Veim cá da'um abraçu na sua véia tia da roça! Óia Jéca, cê viu?! O nossu mininu tá cada dia mais garbosu, óia... Num vô istranhá si ele arruma uma rabu di saia por aqui, Tá anssim di minina prendada i di boa famiiá qui arrasta um treim di istrumi por'ele... Cada sinházinha bunita! A fia do coroné Tiburtino das Névis, a Ritinha, é uma qui diveiz im sempri táqui préguntandu du nossu rapaizin

Óia … Mais já qui'eu ti’avisú, num vai mangá di ela naum! É minina séria e respeitadera, num é prêcís namorícu qui'oceis da cidadi tá'custumadu. Aqui sí ocê fô singraça co'a moça, é prá casório... Essis tar di ficanti aqui nóis tarta é no safanaum!

Na realidade eu não estava procurando noiva ou encrenca, tudo o que eu queria neste momento, era sentar ao lado do fogão de lenha, comer bolinhos de chuva e tomar um copo café preto, que não existe em nenhum outro lugar deste mundo! Por mais ingredientes iguais e boa vontade que a Creuza, a empregada lá de casa tivesse, jamais ficou igual aos da minha tia Maricotinha. O da minha tia vinha com “carinho embutido”, e este ingrediente não se compra.

Chiquinhu! Faiz um favô pru seu tiu.... O pangaré já ta selado, vai na vendinha lá du seu Bento Malazartes i traiz prá casa uma coisica qui'eu tô carecendo...Teim parpé i lápisi no meu emborná pindurado ai du ladu du fugão, péga i toma nota di'queu tô carecendo...

um pedaçu di fumu di corda, toicinhu, fejão guandú, tremoço, pórva, sár, do fino e do grossu, dois maçu di véla, quérozeni prá lamparina, um pacotin di anzór tamanhu dois, farinha di mandióca grossa i torrada, farinha di trigu, duas garrafa di maráfu curtida nu sassafrais i si eli tivé, traiz tambein oito ferradura númeru seis, quatro prú 'pé-di-pano' i quatru prú pangaré...Querdito qui'us árforje qui tão nu pangaré vai cabe tudin, na argibera do meu coleti teim uns patacão prá moi di'ocê pagá a conta.

Fui até a vendinha e lá encontrei alguns amigos do meu tio que eu conheço, O Tunico, o Zé das Côves, os irmãos Mandi e Lambari, o Meia Noite, o Pafúncio e o Zé Pôpé... Aqui ninguém conhece o outro pelo nome de batismo, somente por apelido, descobri quando vim pela primeira vez e esqueci de avisar o meu tio... Ninguém conhecia o Sr. José Euclides do Nascimento, mas o Jéca, Meu Deus! Era mais conhecido que moeda de uma pataca...

Enquanto o “seu” Bento Quarqueja separava as compras, eu “gastava um dedico di prosa'” com os amigos do meu tio Jéca, e experimentava uma linguiça feita pela Dona Cândida, esposa do “seu” Bento, feita com as tripas do porco, carne de pernil, toucinho defumado e uma pimentinha malagueta.... nervosa!

E cada um dava um pitaco na prosa...

Mas ocê divia era di dispois qui si formá dotô vim mora co'agente! Nóis percisa di arguém di bão coração anssim como vóis micê, dizia o dono da venda.

Í num é quié memu! Us dotôzinho qui teim prá essas bandas é tudu inroladô. Sentenciava o Tunico

'Magina, arguém qui é genti da genti prá mói di faze valê o dereito.. Dotô Chiquinhu!!! Hehehehe É bão tambeim!!
Tunicu não iria perder a chance...

Amigos... eu ainda estou na faculdade, até me formar tem chão... Dizia eu.

Ói Chiquinhu, si teim chão intão é mió suncê tratá di anda... Pur que queim fica paradu é posti di luiz!
Até parece jogral, Mandi começou e o Lambari arrematou.

Meia noite somente balançava a cabeça, em sinal de concordância...
O Zé Pôpé, que foi padrasto de meu pai dizia “O Chicu du Inguiço devi di tá muito feliz por sabe qui ocê si aprumô Chiquinhu...(Percebi que o 'Seu' Zé Pôpé ficou de olhos marejados, e para ser sincero, eu também!)

Logo o Pafúncio que era o sarrista da turma levantou e disse: Óai... 'ceis fica cum essa di chororo, o Chicu du Inguiço devi é di tá tar i quar sapinho na lagôa...

Este dito era novo para mim e perguntei... Sapo na lagôa? Como assim?

É modis di falá chiquinhu. Seu pai devi di tá um sapu boi, inchadu di tantu orguio di ocê mininu...

Neste momento fui bruscamente retirado das minhas lembranças por meu tio Jéca, que como sempre, veio me buscar de charrete. Acho que ele faz isso de propósito, somente com a intenção de mostrar para toda a cidadezinha de Pinda-que-má-mangava que eu cheguei...

Quanto a Ritinha?

Bom....

Eu e a Maria Rita estamos noivos, o coronel está contente, mas a espingarda dele sempre está em local de fácil acesso, carregadinha e pronta para “acertá noivo saliente”...

A minha mãe diz que eu não poderia ter esposa melhor...

No final do ano eu termino a graduação e depois do exame da ordem vou mudar para aquela pacata, mas muito, muito feliz cidade!
GeTorres
GeTorres
Membro

Mensagens : 4678
Localização : Potim SP (Serra da Mantiqueira & Vale Histórico)

http://luthieiragetorres.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por Polli em Qui Jul 19, 2012 11:13 am

claps claps claps claps

Bão dimais da conta sô!!!
Polli
Polli
Membro

Mensagens : 1036
Localização : São Paulo

http://www.myspace.com/estacoesbrasileiras

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por Rick Charles em Qui Jul 19, 2012 11:30 am

claps parabéns Gerardino Very Happy claps


Última edição por Rick Charles em Qui Jul 19, 2012 11:30 am, editado 1 vez(es) (Razão : erro de digitação)
Rick Charles
Rick Charles
Membro

Mensagens : 3903
Localização : Cel. Fabriciano - MG (Fim de mundo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por GeTorres em Qui Jul 19, 2012 11:31 am

Hehehehe!!!

Muito 'Gradecido Polli!

Si sintiu in casa Riqui?
GeTorres
GeTorres
Membro

Mensagens : 4678
Localização : Potim SP (Serra da Mantiqueira & Vale Histórico)

http://luthieiragetorres.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por Lucas94 em Qui Jul 19, 2012 12:04 pm

Muito legal o texto, vou ficar esperando pelos próximos causos GeTorres. up

Lucas94
Membro

Mensagens : 638
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por SHIP ROOM ESTUDIO em Qui Jul 19, 2012 12:38 pm

claps

Que bacana, obrigado amigo...

SHIP ROOM ESTUDIO
FCBR-Parceiro
FCBR-Parceiro

Mensagens : 2187
Localização : .

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por GeTorres em Sex Jul 20, 2012 8:29 am

Brigadão Lucas94 i Danier Ship!

Daqui uns dia vô compartiá cum ôceis o causo do 'interro da Vó Lurdi', véia di fibra qui cumbateu u cancer na basi du safanãu! I qui tambeim feiz muita asnera na vida.

Mais num vô adiantá a prosa oji sinãu perdi o gracejo do causo!
GeTorres
GeTorres
Membro

Mensagens : 4678
Localização : Potim SP (Serra da Mantiqueira & Vale Histórico)

http://luthieiragetorres.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por Maurício_Expressão em Sex Jul 20, 2012 7:49 pm

Mais um escritor aqui nesse fórum!!! O pior é que meu pai nasceu numa cidadezinha pertinho dessa ai sua... Hehehehe.
Maurício_Expressão
Maurício_Expressão
Moderador

Mensagens : 6745
Localização : São José dos Campos - SP (Brazil)

http://tramavirtual.uol.com.br/artistas/expressao

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por Cantão em Sab Jul 21, 2012 10:31 am

Grande Ge Torres , parabéns pela coluna brother... claps
Cantão
Cantão
Moderador

Mensagens : 18650
Localização : Bauru

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por GeTorres em Seg Set 03, 2012 7:57 pm

Maurício, Cantão..

Obrigado pela visita e tem 'causo' novo na revista!! up
GeTorres
GeTorres
Membro

Mensagens : 4678
Localização : Potim SP (Serra da Mantiqueira & Vale Histórico)

http://luthieiragetorres.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por Groovin em Sex Dez 28, 2012 10:59 am

Muito bacana, me identifico muito com a linguagem pq aqui em minha cidade muita gente fala desta maneira.
Ao decorrer deste Causo fui me lembrando muito de um bairro do MS onde meu pai tem propriedade

Parabéns GeTorres
Groovin
Groovin
Membro

Mensagens : 941
Localização : Quatiguá-PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu Tio Jéca! Empty Re: Meu Tio Jéca!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum