Ação das cordas duríssima

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ação das cordas duríssima

Mensagem por Danilo_Slayer em Dom Nov 23, 2014 2:50 pm

Boa tarde pessoal. É a primeira vez que utilizo o fórum para sanar uma dúvida cruel. Sou guitarrista há 12 anos e já toco baixo há mais de 2 anos. Estou no interior passando férias e decidi trocar as cordas do meu Condor XB24-a (baixo para estudo), posto que não existe luthier na região. Eis minha dúvida:

Após trocar as cordas velhas (não lembro a marca mas eram de calibre maior do que as atuais) por novas (D'addario exl170, .045), a ação do baixo ficou extremamente dura, inclusive, mesmo abaixando as cordas até quase colarem na escala. Abaixei os saddlers, regulei o tensor belezinha, coloquei shin no braço ( várias tentativas de calços) e nada, em qualquer altura que eu deixar as cordas elas ficam extremamente duras. Vale ressaltar que, não estou considerando a questão pessoal da ''pegada'' do músico, pois ficou demasiadamente dura até para quem possui uma ''pegada pesada". Assim, gostaria da opinião de vcs acerca do que pode estar acontecendo com a minha regulagem.

Desde já agradeço a todos!
avatar
Danilo_Slayer
Membro

Mensagens : 5
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por allexcosta em Dom Nov 23, 2014 2:58 pm

Cordas de níquel não são particularmente duras.

Confirme o diâmetro do encordoamento antigo e certifique-se de que o tensor, nut e saddles estão corretos.

Pela descrição, caso tudo seja do jeito que você citou, é um mistério.

Se eu tivesse que apostar em um motivo, diria que as cordas antigas eram 040 e você está enganado quanto a essa informação.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41990
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Cantão em Dom Nov 23, 2014 3:03 pm

allexcosta escreveu:Cordas de níquel não são particularmente duras.

Se eu tivesse que apostar em um motivo, diria que as cordas antigas eram 040 e você está enganado quanto a essa informação.
Pensei nessa hipótese também... up
avatar
Cantão
Moderador

Mensagens : 17905
Localização : Bauru

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por subgrave em Dom Nov 23, 2014 4:07 pm

allexcosta escreveu:
Se eu tivesse que apostar em um motivo, diria que as cordas antigas eram 040 e você está enganado quanto a essa informação.

+1

subgrave
Banido

Mensagens : 3034
Localização : República Rio-Grandense

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Danilo_Slayer em Dom Nov 23, 2014 5:40 pm

Então, as cordas antigas são manifestamente mais grossas do que essas d'addario, quanto a isso não há o que discordar. Entretanto, eu esqueci de mencionar que nas minhas tentativas de regulagem eu recoloquei as cordas velhas para comparar a tensão e elas ficaram muito duras também. Assim, não resta dúvida que o problema está na regulagem e não no calibre.

O que eu não entendo é que ajustei as cordas bem baixinhas, inclusive tirei o braço e regulei o tensor numa mesa de vidro. Os saddlers estão o mais baixo posível, colados. Pensei que o problema estaria na angulação do braço, mas tirei o braço umas 15 vezes, testando todo o tipo de altura e calço e nada. Outra coisa que me chamou a atenção tive a ideia de afinar o baixo um tom abaixo e pasmem, a ação continuou absurdamente dura!
avatar
Danilo_Slayer
Membro

Mensagens : 5
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por allexcosta em Dom Nov 23, 2014 5:53 pm

Danilo_Slayer escreveu:inclusive tirei o braço e regulei o tensor numa mesa de vidro.

Seu erro está aí.

Se regula tensor com o instrumento montado, cordas colocadas e devidamente afinadas. Você pode até afrouxá-las para girar o tensor, mas deve observar a curvatura com o instrumento pronto para ser tocado.

O seu baixo simplesmente está desregulado. Há um tutorial para tal no sub-fórum lutheria. Dentro desse tópico, existem diversas instruções e links para técnicas comuns de regulagem.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41990
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por NeyBass em Qua Nov 26, 2014 10:52 am

Danilo_Slayer escreveu:...O que eu não entendo é que ajustei as cordas bem baixinhas, inclusive tirei o braço e regulei o tensor numa mesa de vidro. Os saddlers estão o mais baixo posível, colados. Pensei que o problema estaria na angulação do braço, mas tirei o braço umas 15 vezes, testando todo o tipo de altura e calço e nada. Outra coisa que me chamou a atenção tive a ideia de afinar o baixo um tom abaixo e pasmem, a ação continuou absurdamente dura!

Isso é mistério, pelo que vc escreveu não é falta de regulagem. Tensão dura é com cordas altas, vc disse que estão baixinhas e continua dura, acho que não é regulagem não.

Ou talvez essas cordas não estejam tão baixinhas assim, como vc ajustou o tensor numa mesa de vidro, com certeza a escala ficou reta, quando vc colocou as cordas e afinou, as cordas puxaram o braço pra frente e a ação vai ficar alta no centro do braço.

Mas se é como vc diz, algo está estranho mesmo. A não ser que exista uma regulagem que faça a tensão ficar dura ou macia com as cordas na mesma altura. Eu desconheço.
avatar
NeyBass
Membro

Mensagens : 3249
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por allexcosta em Qua Nov 26, 2014 10:58 am

NeyBass escreveu:Ou talvez essas cordas não estejam tão baixinhas assim, como vc ajustou o tensor numa mesa de vidro, com certeza a escala ficou reta, quando vc colocou as cordas e afinou, as cordas puxaram o braço pra frente e a ação vai ficar alta no centro do braço.

É isso aí

NeyBass escreveu:A não ser que exista uma regulagem que faça a tensão ficar dura ou macia com as cordas na mesma altura. Eu desconheço.

Não existe.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41990
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Danilo_Slayer em Qua Nov 26, 2014 12:32 pm

As cordas estão muito baixas, mais do que isso elas colam. Vale ressaltar que, devo estar errando em alguma coisa porque as cordas velhas que estavam no baixo eram mais grossas e estavam até alguns milímetros mais altas do que as cordas novas e a tensão era menor... lembrando que quando recoloquei as cordas velhas para comparar, estas ficaram duras tal qual as novas. Infelizmente, quando recoloquei as cordas velhas para fazer a comparação eu ja tinha mexido em tensor, saddlers e sobretudo na angulação do braço ( colocação de calço shin).
avatar
Danilo_Slayer
Membro

Mensagens : 5
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Danilo_Slayer em Qua Nov 26, 2014 12:40 pm

Obs: já girei para todos lados o tensor (não sei como não estourei o tirante com tantas voltas, mas tinha consciência disso srsr). De fato, eu achava um ponto de equilíbrio no tensor, vale dizer, se eu girasse para qualquer um dos lados a situação piorava. Até ai tudo bem, é sinal que o braço está impecável, ou seja, não totalmente reto mas com uma leve curvatura.

Acho que quanto aos saddlers nao tenho muito a declarar, já estão colados no máximo.

Sendo assim, a única coisa que resta e que eu acho que esteja influindo para deixar a tensão das cordas duras é a própria angulação do braço. O que não entendo é que segui as orientações do fórum. Tentei deixar ele super reto com o corpo e nada. Depois tentei deixa-lo para cima, para baixo e também nada... Mas, reitero que o problema só pode estar na angulação errada do braçõ, não vejo outra razão possível.
avatar
Danilo_Slayer
Membro

Mensagens : 5
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Christian em Qua Nov 26, 2014 1:45 pm

Tu é de Brasília, leva no Haroldinho ou Achiles, pronto.
avatar
Christian
Membro

Mensagens : 2882
Localização : Brasilia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por NeyBass em Qua Nov 26, 2014 2:07 pm

Danilo...pra vc ver como está a angulação do braço, faça o seguinte:

Com o baixo afinado, aperte em cima do primeiro traste na corda E (baixo 4c) ou B (baixo 5c) e no ultimo traste da mesma corda.

Olhe no meio do braço entre a casa 7 até a 12 por aí e veja:
Se a corda estiver colada nos trastes nessa região, seu braço está muito reto. Se estiver alta precisa aperta o tensor.

O recomendado é que nesta região a corda não esteja colada no braço e sim com um leve espaço, geralmente eu deixo só a conta de desgrudar dos trastes mesmo, algo em torno de uma folha de caderno, tem gente que deixa mais alto, mas eu gosto assim.

Se vc puder postar uma foto pra gente ver como está, ficaria mais facil poder te ajudar.

Outra coisa, pode ser uma dúvida boba, mas para resolver o problema precisamos pensar em todas as hipóteses. Será que vc não está afinando acima do tom, talvez seu afinador não esteja certo...já verificou se está afinando em 440 Hz.?
avatar
NeyBass
Membro

Mensagens : 3249
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Danilo_Slayer em Qua Nov 26, 2014 3:47 pm

Só estarei em Brasília final de janeiro kkkk Mas meu luthier é o Haroldinho mesmo ou o Cleisson da asa norte...

NeyBass, o tensor está exatamente regulado nesses parâmetros que vc citou, a altura é de uma folha de caderno, menos de 1mm. A afinação está precisamente em 440 hz, inclusive desci um tom para fazer um teste e as cordas continuaram duras, é como se tivesse algo puxando as cordas...

Será que eu não estou errando na hora de fazer o calço shin??

Vou tirar umas fotos e postar aqui para facilitar.
avatar
Danilo_Slayer
Membro

Mensagens : 5
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por NeyBass em Qua Nov 26, 2014 4:18 pm

Danilo_Slayer escreveu:Só estarei em Brasília final de janeiro kkkk Mas meu luthier é o Haroldinho mesmo ou o Cleisson da asa norte...

NeyBass, o tensor está exatamente regulado nesses parâmetros que vc citou, a altura é de uma folha de caderno, menos de 1mm. A afinação está precisamente em 440 hz, inclusive desci um tom para fazer um teste e as cordas continuaram duras, é como se tivesse algo puxando as cordas...

Será que eu não estou errando na hora de fazer o calço shin??

Vou tirar umas fotos e postar aqui para facilitar.

Vixi cara então ta complicado.

O problema que poderia ter o calço era as cordas ficarem coladas no braço, pegando na escala, trastejando, as cordas morrendo em alguns trastes.
Se nada disso está acontecendo, não tem trastejamento, as cordas estão soando livres, estão baixinhas e continuam duras, aí já não sei o que pode ser, talvez essas cordas vieram com problemas de fabrica, ou vc comprou gato por lebre, pensou que era um tipo/marca de cordas e vieram outras, sei la, meu estoque de possíveis soluções se esgotou....rsrsrs

Vai ter que procurar um luthier.
avatar
NeyBass
Membro

Mensagens : 3249
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Edão em Qua Nov 26, 2014 6:50 pm

As cordas são originais ou falsificadas? Porque dureza nas cordas ou é tensor, rebaixador ou carrinhos da ponte desregulados.
avatar
Edão
Membro

Mensagens : 1399
Localização : Rio Branco/AC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por cardozo em Qua Maio 24, 2017 11:02 am

Pessoal,

dois baixos diferentes utilizando a mesma marca, tipo e espessura das cordas, porque um tem as cordas mais duras do que o outro?

MM 5 cordas com ação baixa (não ridiculamente baixa...) tem a tensão das cordas relativamente baixa.

Yamaha BB 4 cordas com ação razoavelmente baixa (mais altas que no MM) tem a tensão das cordas relativamente alta. Este baixo é mais "duro" de tocar que no MM, em que as cordas parecem mais "molengas".

O que define um instrumento mais "macio" do que outro? Existe algum detalhe na construção que leve um baixo a ter menos tensão nas cordas?

Obrigado!
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 652
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por allexcosta em Qua Maio 24, 2017 11:05 am

^ É a geometria. E você mesmo fala que a ação em um está mais alta que no outro.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41990
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Maio 24, 2017 11:07 am

O que define um instrumento mais "macio" do que outro? Existe algum detalhe na construção que leve um baixo a ter menos tensão nas cordas?

Sempre falo para meus clientes: "...Não existe isso de instrumento "macio". O que existe é instrumento bem regulado..."
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11679
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por cardozo em Qua Maio 24, 2017 11:21 am

allexcosta escreveu:^ É a geometria. E você mesmo fala que a ação em um está mais alta que no outro.

Faz sentido, mas acho que falta alguma outra coisa.

A diferença na altura não é nada absurda, mas existe. O MM tem as cordas mais baixas porque o fretwork é melhor que no Yamaha, basicamente isto.

Será que a flexibilidade do braço não tem um papel ainda mais importante que a geometria? Não estou sabendo como colocar em palavras, mas pense na arma arco e flecha. Você pode ter a corda do arco mais dura ou flexível dependendo da tensão que o arco impõe à corda.

No contrabaixo, algo como o exemplo acima poderia influenciar na tensão das cordas?
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 652
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por allexcosta em Qua Maio 24, 2017 11:37 am

^ Sim, tem a ver...

É que a "moleza" das cordas também é função exponencial do ângulo.

Mas acredite, é mais geometria mesmo, altura das cordas no final do braço, em relação ao corpo, aos captadores, essas coisas... Às vezes você coloca um shim e fica molinho.

Ah, raio da escala também faz muita diferença. Um cônico bem feito deixa as cordas moles até lá em cima.

Outro ítem negligenciado é o nut.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41990
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por cardozo em Qua Maio 24, 2017 11:45 am

^
Maravilha.

Isto quer dizer que é possível chegar no luthier e pedir uma regulagem que deixe as cordas baixas e mais "macias" do que elas estão hoje.

Não achei que este pedido fosse possível.

Obrigado!
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 652
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por allexcosta em Qua Maio 24, 2017 11:46 am

^ É que regulagem é ciência e arte né? Tem que usar relógio comparador pra regular o nut e tal... É toda uma magia.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41990
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por cardozo em Qua Maio 24, 2017 11:51 am

^
Sim. Exatamente isto.

Falta agora achar um luthier aqui no Rio de Janeiro que domine estas técnicas.

Aceito sugestões dos amigos do fórum para achar este profissional.
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 652
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por SRTO em Qua Maio 24, 2017 2:08 pm

^basta acionar o Mauricio Luiz Bertola, ele é de Niterói. E aqui no RJ tem vários bons e de confiança. up
Um exemplo bobo para ilustrar: é um violão que adquiri recentemente e o meu luthier me indicou cordas 0.12 para colocar nele. Eu cheguei a ter um frio na espinha quando ele me indicou e falei que não conseguiria tocar...  ...ele me disse para comprar e, se eu não gostasse, ele botaria 0.10 de graça (calibre que estava no violão). Após ele regular, ficou "supermacio". Me surpreendi...
avatar
SRTO
Membro

Mensagens : 399
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Vinicius F em Qua Maio 24, 2017 10:46 pm

allexcosta escreveu:^ Sim, tem a ver...

É que a "moleza" das cordas também é função exponencial do ângulo.

Mas acredite, é mais geometria mesmo, altura das cordas no final do braço, em relação ao corpo, aos captadores, essas coisas... Às vezes você coloca um shim e fica molinho.

Ah, raio da escala também faz muita diferença. Um cônico bem feito deixa as cordas moles até lá em cima.

Outro ítem negligenciado é o nut.

+1 em tudo o que escreveu...

E bem lembrado isso do nut, pouca gente lembra, mas faz muita diferença e também é um dos responsáveis por esse mito do "baixo duro".

Meu primeiro baixo tinha as cordas duras demais, principalmente nas primeiras casas, mesmo com a ação relativamente baixa. Só anos depois, com mais experiência fui descobrir que as ranhuras do nut é que eram rasas demais. Dei uma limada e a tocabilidade foi de "pedra" para ultra macia. Sempre quando alguém fala de baixo duro, isso vem na cabeça, além de naturalmente ação alta ou cordas de maior tensão. Até o profile do braço, dependendo da biomecânica da mão, variante de cada indivíduo, pode dar essa impressão de mais "duro" ou "macio".
avatar
Vinicius F
Membro

Mensagens : 754
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por elson.arcos em Ter Maio 30, 2017 6:10 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:O que define um instrumento mais "macio" do que outro? Existe algum detalhe na construção que leve um baixo a ter menos tensão nas cordas?

Sempre falo para meus clientes: "...Não existe isso de instrumento "macio". O que existe é instrumento bem regulado..."


PONTO FINAL up
avatar
elson.arcos
Membro

Mensagens : 206
Localização : Boa Vista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ação das cordas duríssima

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum