Por que o meio-termo é tão ignorado?

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por warZ em Qui Nov 12, 2015 3:11 pm

ClaudioBass escreveu:Eu acho uma pena um tópico bom como esse ser fechado, pela simples falta de bom senso.

Vejam... em 99% do tempo eu sou um simples forista como outro qualquer, e no 1% restante sou Administrador, que atua mais no Painel de Controle do que propriamente nos boards.

Sim, cometi alguns erros como forista nesses sete anos de FCBR, mas com certeza aprendi e tirei boas lições de todos eles. Assim, falando apenas como forista, vou deixar aqui umas dicas de como eu costumo me comportar dentro dos tópicos... sem querer parecer ser pretensioso, pode ser que sirva que "inspiração" pra alguns.

- Quando eu entro em um tópico no qual o assunto não me agrada, ou eu não tenho nada de bom para falar sobre o assunto, eu simplesmente não posto absolutamente nada, e nem sequer volto mais ao tópico. Um exemplo disso é o tópico sobre MMA, uma prática que eu abomino e não tenho nada de bom pra falar sobre o assunto. Reparem que não há 1 só post meu naquele tópico, e nem leio o que se passa por lá.

- Quando eu entro num tópico que parece ser interessante, mas desconheço o assunto, eu procuro ler o tópico inteiro e fazer perguntas para tirar as dúvidas que restam. Não tenho o menor receio em fazer perguntas que para outros sejam óbvias. Um exemplo disso foi o tópico que fala sobre Crossover, algo que eu não sabia o que era e muito menos para o que servia. Perguntei sem receios: "O que é e pra o que serve um Crossover?". E hoje eu sei... simples né?

- Você não verá nenhum post meu dizendo que um tópico é ruim, é uma m$%&, o assunto é inútil, é imbecil ou coisas do gênero. Isso é agressão desnecessária, é querer aparecer, chamar atenção e gerar polêmica sem sentido. Sim, eu vejo vários tópicos espalhados no fórum que não fazem sentido, mas esse tempo de experiência como forista já mostrou que tópico ruim morre sozinho.

Dito isso, acho interessante que haja uma rápida reflexão antes de postar. Veja se o que você escreveu é aquilo que você não gostaria que alguém dissesse pra você. Veja se não vai soar como agressivo. Veja se é realmente necessário dizer algo de natureza ríspida e ofensiva.

Criticar é necessário e deve ser feito sempre que a situação pedir, porém no sentido construtivo, sem conteúdo ofensivo.

Valeu Claudiobass!
Ótima recomendação de netiqueta.
avatar
warZ
Membro

Mensagens : 831
Localização : Distrito Federal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por NeyBass em Qui Nov 12, 2015 3:40 pm

Kobeh escreveu:...A questão é q o Marcus Miller vai soar melhor do q eu tocando num Jenifer desregulado, mas nunca vai tirar um som tão quando ele tira no seu lendário Jazz Bass, assim como eu vou tirar um som legal nesse mesmo JB (muito melhor do que eu vou tirar no Jenifer), mas não vou conseguir reproduzir o mesmo som que o M. Miller.

Bem colocado, penso exatamente igual.
avatar
NeyBass
Membro

Mensagens : 3335
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Zubrycky em Qui Nov 12, 2015 6:20 pm

Fico feliz em ver esse tópico de volta. Smile
avatar
Zubrycky
Membro

Mensagens : 10243
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Vinicius F em Qui Nov 12, 2015 6:38 pm

Kobeh escreveu:...A questão é q o Marcus Miller vai soar melhor do q eu tocando num Jenifer desregulado, mas nunca vai tirar um som tão quando ele tira no seu lendário Jazz Bass, assim como eu vou tirar um som legal nesse mesmo JB (muito melhor do que eu vou tirar no Jenifer), mas não vou conseguir reproduzir o mesmo som que o M. Miller.

Mas aí o meio-termo está sendo ignorado... hehehe

Um jennifer mal regulado contra um JB 77 (dos bons) com pré bartolini. São extremos opostos. Até porque nem dá pra regular um jennifer direito... rs

Agora imagina o MM, num teste cego tocando num Squier Classic Vibe e num Fender Custom Shop. São milhares de dólares de distância já aí. Aposto que muita gente não saberia dizer qual é qual, ainda mais dentro de um contexto de banda.

Tem que ter um bom senso aí...
avatar
Vinicius F
Membro

Mensagens : 905
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Fernando Zadá em Qui Nov 12, 2015 7:37 pm

Gabs07 escreveu:
Técnica é uma coisa. Você pode arrepiar no Ciclotron multiuso com o Memphis. Essa é sua técnica. Mas o timbre é aquele, de Ciclotron com Memphis, não importa o diabo de técnica que você faça. É um timbre bom, é um timbre ruim? Não sei! A discussão não é "bom versus ruim"! Mas é um timbre diferente, é um timbre diferente do timbre que você obtém com outro equipamento. É bom, é ruim? Novamente, não sei, porque (novamente) a discussão não é sobre "bom ou ruim", sobre se o Sx chega no som do baixo de 10 mil reais no dedo. Mas, a discussão é que são timbres diferentes, o SX tem timbre "a" e o baixo de 10 mil tem timbre "b", pois são equipamentos diferentes. Só isso.

E ufa...rsrs.

mesmo nisso existe situações supreendentes...
lembro quando era moleque e tocava guitarra em uma banda de rock e fomos tocar em uma festa com várias bandas e tirando a batera e equipo de voz cada um levava seu equipo pessoal.
Cheguei na festa já estava tocando a primeira banda e eu chapei no som de guitarra. Fui espiar o equipo e o cara estava usando uma pedaleira Zoom simplona num ampli bag da Gianinni. Eu estava todo faceiro chegando com minha pedaleira Digitech top de linha e um ampli razoável  mas fiquei estarrecido ao ver que o cara com equipamento que custava um terço ou um quarto do meu tirava o dobro ou triplo do som que eu tirava.
Além do cara tocar muito mais ele tinha um diferença que só entendi anos mais tarde....
Ele sabia o que queria e teve a paciência, ou necessidade, de explorar seu equipamento ao máximo e chegou num resultado excelente com equipo quase mambembe.....
Mais que no dedo e na técnica o timbre esta também em saber que som você busca e que som você consegue extrair do seu equipo.
Tenho certeza que se me der o mesmo equipo na mão e o mesmo set pro Claudio Rocha ele com certeza vai tirar um resultado beeeem superior no final pois além de mais técnica ele tem muito mais experiência com timbragem e gravação.


Última edição por Fernando Zadá em Sex Nov 13, 2015 9:04 am, editado 1 vez(es)
avatar
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 10621

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Rico em Qui Nov 12, 2015 9:19 pm

^Boa... Conheci um guitarrista certa vez que tirava um som absurdamente Blackmore, usando um equipamento simplérrimo... Guita Tagima, ampzinho Warm Music e umas ratoeiras... Esse é um timbre que muita gente sonha em poder tirar. Um timbre razoavelmente caro, feito com Fender, Marshall e sabe-se lá o que mais.

Vez em quando vejo uns baixistas tirarem sons mais legais que o meu com o meu próprio equipamento, rsrsrsrs...

Muito do som tá na técnica sim, mas é claro que um bom instrumento e uma boa amplificação fazem muita diferença.
avatar
Rico
Membro

Mensagens : 2421
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Kobeh em Sex Nov 13, 2015 4:42 pm


Vinicius F escreveu:
Kobeh escreveu:...A questão é q o Marcus Miller vai soar melhor do q eu tocando num Jenifer desregulado, mas nunca vai tirar um som tão quando ele tira no seu lendário Jazz Bass, assim como eu vou tirar um som legal nesse mesmo JB (muito melhor do que eu vou tirar no Jenifer), mas não vou conseguir reproduzir o mesmo som que o M. Miller.

Mas aí o meio-termo está sendo ignorado... hehehe

Um jennifer mal regulado contra um JB 77 (dos bons) com pré bartolini. São extremos opostos. Até porque nem dá pra regular um jennifer direito... rs

Agora imagina o MM, num teste cego tocando num Squier Classic Vibe e num Fender Custom Shop. São milhares de dólares de distância já aí. Aposto que muita gente não saberia dizer qual é qual, ainda mais dentro de um contexto de banda.

Tem que ter um bom senso aí...

Entendo oq vc falar e nesse caso concordo. Mas aí vc já tá entrando nisso que o Allex falou:

allexcosta escreveu:

Existe uma qualidade mínima de instrumentos que é suficiente para um bom músico trabalhar sem dificuldades. E hoje em dia essa qualidade está mais acessível. Um bom músico tirará um som muito melhor em um Squier reguladinho e revisado que um músico medíocre em um Ritter.

Eu citei a questão dos extremos pq a questão abordada no tópico é de que existem pessoas que acham q o M.M. conseguiria tirar um ótimo som num Jenifer desregulado plugado numa Meteoro maltratada pela vida, apenas pq o "som está nos desdos". Ele conseguiria tirar um som melhor do q eu, é claro, rs. Mas estaria dentro das limitações do equipamento.

avatar
Kobeh
Membro

Mensagens : 858
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Max Payne em Sab Nov 14, 2015 12:34 pm

kobeh escreveu:Eu citei a questão dos extremos pq a questão abordada no tópico é de que existem pessoas que acham q o M.M. conseguiria tirar um ótimo som num Jenifer desregulado plugado numa Meteoro maltratada pela vida, apenas pq o "som está nos desdos". Ele conseguiria tirar um som melhor do q eu, é claro, rs. Mas estaria dentro das limitações do equipamento.

Penso o mesmo.


Vinicius F escreveu:O que mais vejo, é sugestão conforme o contexto/objetivo/perfil de quem pergunta. Exemplo que já vi várias vezes aqui: O cara é novato, toca a poucos meses, tem um SX e já faz alguma pergunta pertinente à upgrade. O cara mais experiente sabe que aquele SX está mais do que adequado pro novato do jeito que está, e sugere ele gastar grana com estudos ao invés de upgrades. Nesse caso é pertinente falar pro cara que ele precisa entender mais o conceito de "som está nos dedos" e se preocupar menos em mexer no baixo agora.

Numa discussão entre caras mais experientes, que já assimilam melhor o timbre dos seus instrumentos, aí já rola sugestões de upgrades específicos pro mesmo SX ou até modelos mais caros.

Ou então, alguém com um instrumento muito ruim, mal construído, pede opiniões por upgrades e o pessoal mais experiente, aí sim, já fala que não vale a pena, com razão...
Mas já tiveram alguns tópicos em que o cara tinha um baixo legal e queria fazer um up,mas a galera desencorajou.

Mas lembrar quais tópicos são de cabeça,é que é difícil :/

Mas já vi isso aqui...
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 754
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por allexcosta em Sab Nov 14, 2015 12:56 pm

Max Payne escreveu:Mas já tiveram alguns tópicos em que o cara tinha um baixo legal e queria fazer um up,mas a galera desencorajou.

E daí?

Você fala como se essa tal de galera fosse um grupo formado por pessoas com PHD em Harvard em custo benefício de contrabaixos.

Quando alguém posta contra alguma coisa, é algo que esse alguém não faria, mas não algo que você não deva fazer.

A pessoa faz uma pergunta de uma linha sobre um problema complexo, não fala de sua situação financeira, do tamanho do bolso, das necessidades, se é profissional ou amador, etc... Na maioria das vezes, tal pessoa sequer explica o motivo do upgrade. A resposta default é "gaste com estudo, regulagem e cordas". Por quê? Porque essas coisas são muito mais importantes na performance do músico do que vender um Squier e comprar um Fender. MUITOOOOO mais...

E ainda tem aquele povo que já tem a mente formada e faz uma pergunta no fórum só pra discordar com as respostas. Se você sabe o que quer, ótimo, não há necessidade de abrir um tópico perguntando. Mas se abre, seja receptivo às pessoas que perderam tempo escrevendo uma resposta.

O cabra às vezes tem um SX de 800 Reais e quer fazer 3000 Reais de upgrade. Aí o cara pega o baixo e não sabe tocar parabéns pra você. É esse tipo de coisa que o povo mais experiente tenta evitar. Mas se 3 conto não faz falta pra o cara, faz o upgrade e continua sem acertar uma nota. Fazer o quê?

Sem falar que o SX de 3800 Reais vale 800 Reais no mercado.

Sei lá... Continuo achando que é simples falta de cognição e interpretação básica de texto.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 43469
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Max Payne em Sab Nov 14, 2015 1:58 pm

allexcosta escreveu: ainda tem aquele povo que já tem a mente formada e faz uma pergunta no fórum só pra discordar com as respostas. Se você sabe o que quer, ótimo, não há necessidade de abrir um tópico perguntando. Mas se abre, seja receptivo às pessoas que perderam tempo escrevendo uma resposta.

O cabra às vezes tem um SX de 800 Reais e quer fazer 3000 Reais de upgrade. Aí o cara pega o baixo e não sabe tocar parabéns pra você. É esse tipo de coisa que o povo mais experiente tenta evitar. Mas se 3 conto não faz falta pra o cara, faz o upgrade e continua sem acertar uma nota. Fazer o quê?

Sem falar que o SX de 3800 Reais vale 800 Reais no mercado.

Sei lá... Continuo achando que é simples falta de cognição e interpretação básica de texto.

Sim,concordo com muita coisa que você disse,Allex.

Ter um baixo de 800 Reais e gastar mais que o triplo em upgrade é pra mim algo doentio.Nesse caso ele deveria vender o SX e comprar um Squier top de linha...

Tudo deve ser feito com sensatez.Uma coisa é trocar os caps e/ou circuito e obter uma qualidade melhor de som.Outra é trocar praticamente o baixo todo e achar que fez um up kk...

Mas no caso de um up,dá pra vender o baixo original,vendendo os componentes separadamente.Mas se for vender com,eu acho que quem se interessar em comprar não pode ter na cabeça que o baixo vale o mesmo preço que o baixo original,nem que vale tudo o que o vendedor investiu,entende?

Pra mim se o baixo vale 1,5k e o cara investiu 800 Reais,tanto o vendedor quanto o comprador têm que ter em mente que o baixo não pode custar 2,3k nem 1,5k também.Deve haver um meio termo aí...

Por isso é mais jogo vender separadamente.
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 754
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por JAZZigo em Sab Nov 14, 2015 4:32 pm

Max Payne escreveu:Tudo deve ser feito com sensatez.Uma coisa é trocar os caps e/ou circuito e obter uma qualidade melhor de som.Outra é trocar praticamente o baixo todo e achar que fez um up kk...
Ernie Ball OLP MM2 StingRay
Antes:

Depois:



Fender Deluxe Active P Bass Special
Antes:

Depois:


kkkk   Ri Muito Ou será que alguém duvida que o depois ficou melhor que o antes?!

Sem ofensas, mas mais sensato seria alguns não se preocuparem tanto com a vida alheia, pararem de querer impor regras e seguirem seu próprio caminho. Wink
avatar
JAZZigo
Membro

Mensagens : 11364
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Max Payne em Sab Nov 14, 2015 5:28 pm

JAZZigo escreveu:Sem ofensas, mas mais sensato seria alguns não se preocuparem tanto com a vida alheia, pararem de inventar regras e seguirem seu próprio caminho Wink.

Ah,sem dúvidas man rs...

Desde que se goste do instrumento,não vejo problema algum Smile

Falei "doentio" no sentido de ser um up muito exagerado (desnecessário... Relativo isso? É.Mas entenda isso "timbrísticamente" falando).Mas se é o gosto do cara levar um upgrade a esse nível aí,felicidades pra ele kk...
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 754
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por JAZZigo em Sab Nov 14, 2015 11:11 pm

Max Payne escreveu:Desde que se goste do instrumento,não vejo problema algum Smile
Determinar uma condição para um suposto problema que nem lhe diz respeito não é um pouco demais não?! Rolling Eyes
avatar
JAZZigo
Membro

Mensagens : 11364
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Max Payne em Dom Nov 15, 2015 2:16 am

^Kkkkk.... Claro que não,to exigindo até pouco! Se reclamar mais,todo mundo só vai usar baixo de 5 cordas. Rs...

Ah man,pra o cara fazer isso no baixo automaticamente tem que gostar do bicho.Até na escala o cara mexeu Laughing
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 754
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Fernando Zadá em Dom Nov 15, 2015 11:07 am

Nos dois casos isso esta mais transformação estilo Lata Velha do Caldeirão do Huck do que realmente um upgrade....
lol!
avatar
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 10621

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por allexcosta em Dom Nov 15, 2015 11:39 am

Max Payne escreveu:Ah man,pra o cara fazer isso no baixo automaticamente tem que gostar do bicho.Até na escala o cara mexeu

Será que você entendeu agora?

Os baixos são do próprio Jazzigo. Se ele viesse aqui com um tópico novo perguntando "galera, quero fazer um upgrade no meu baixo, quero trocar corpo, braço, captação, eletrônica, hardware e case, o que acham?", o que você acha que a maioria de nós diria? Já que será outro baixo, compra logo o outro baixo, é óbvio. Mas o dinheiro é dele e ele gasta do jeito que quiser. Foi lá, comprou tudo, trocou e hoje chama de upgrade.

O que cada um de nós posta aqui são simples opiniões. E opinião é igual cueca, cada um tem a sua...
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 43469
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Max Payne em Dom Nov 15, 2015 12:02 pm

Fernando Zadá escreveu:Nos dois casos isso esta mais transformação estilo Lata Velha do Caldeirão do Huck do que realmente um upgrade....
lol!

Eu pensei a mesma coisa kkkk... Mas ficaram bonitos pra c... (se bem que já eram bonitos na versão original).

allexcosta escreveu:Será que você entendeu agora?

Os baixos são do próprio Jazzigo. Se ele viesse aqui com um tópico novo perguntando "galera, quero fazer um upgrade no meu baixo, quero trocar corpo, braço, captação, eletrônica, hardware e case, o que acham?", o que você acha que a maioria de nós diria? Já que será outro baixo, compra logo o outro baixo, é óbvio. Mas o dinheiro é dele e ele gasta do jeito que quiser. Foi lá, comprou tudo, trocou e hoje chama de upgrade.

O que cada um de nós posta aqui são simples opiniões. E opinião é igual cueca, cada um tem a sua...

Entendo... Bom,eu vou observar mais esses tópicos sobre upgrade pra analisar melhor e chegar a uma conclusão final.

Há vários casos sim que são de iniciantes que não sabem direito o que querem,ou simplesmente membros que querem fazer um up com quase o dobro do valor do instrumento e a galera nunca vai encorajar o cara a fazer isso,por razões obvias e até justas...

Tem o "galera,to determinado a fazer um up mas to em dúvida do captador A ou do Captador B.Quais vocês me recomendariam?" versus o "galera,to pensando em fazer um up no meu baixo mas ainda to em dúvida.Que material eu uso? Vale mesmo a pena fazer um up?",que são perguntas bem diferentes Wink
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 754
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por JAZZigo em Dom Nov 15, 2015 10:34 pm

Max Payne escreveu:^Kkkkk.... Claro que não,to exigindo até pouco! Se reclamar mais,todo mundo só vai usar baixo de 5 cordas. Rs...

Ah man,pra o cara fazer isso no baixo automaticamente tem que gostar do bicho.Até na escala o cara mexeu Laughing
facepalm Infelizmente não sei desenhar.

Cara, do que está falando?! Desculpe-me, mas você não diz coisa com coisa ou se faz de desentendido. A troco de quê?! Só para aumentar o número de posts neste "ótimo" tópico?! Não seria mais interessante manter o foco para elevar o nível do debate pelo menos?!

Fernando Zadá escreveu:Nos dois casos isso esta mais transformação estilo Lata Velha do Caldeirão do Huck do que realmente um upgrade....
lol!
A coisa não foi intencional e nem aconteceu do dia pra noite. No caso do OLP, foram 9 anos de experimentações e metamorfose paulatinas. No caso do Fender, 6 anos. Alguns colegas aqui do fórum puderam acompanhar boa parte de ambos processos.
avatar
JAZZigo
Membro

Mensagens : 11364
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por allexcosta em Dom Nov 15, 2015 11:07 pm

É complicado. Estamos simplesmente repetindo o que já dissemos antes. Prefiro achar que é dificuldade em entender um texto simples...

Já deu...
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 43469
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por JAZZigo em Dom Nov 15, 2015 11:08 pm

Por mim, já deu também.
avatar
JAZZigo
Membro

Mensagens : 11364
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Murilo_ em Dom Nov 15, 2015 11:27 pm

Anteriormente me expressei mal aqui.. IMO tudo na vida são experiências, e com música não seria diferente. Descobrir o que compensa ou não fazer, é algo que infelizmente ou felizmente se aprende sozinho, errando e acertando. A experiência, a evolução no instrumento, os estudos, às gigs e etc é o que vai dizer qual equipamento é o adequado.

Gostaria de me desculpar se no post que apaguei fui ríspido ou ofendi alguém, não foi minha intenção. Abraço a todos.
avatar
Murilo_
Membro

Mensagens : 21
Localização : Ariquemes Rondônia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que o meio-termo é tão ignorado?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum