Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Página 18 de 20 Anterior  1 ... 10 ... 17, 18, 19, 20  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Sab Jun 20, 2015 8:45 pm

Esqueci de um parâmetro que é importante pra simulação: Sd. Ele serve pra poder calcular a excursão do cone. Vou editar isso na minha postagem anterior.

Essas sugestões do programa são só isso mesmo - sugestões.
Na verdade são alinhamentos que eram padrão antigamente, quando calcular uma caixa era demorado. Então se tentava sempre os que costumavam dar certo, ou que tinham algum tipo de "regra" de cálculo.
Agora com simulador você escolhe as variáveis da caixa, vê o gráfico mudando em tempo real, e pode fazer o que quiser em termos de alinhamento. Não precisa se prender aos padrões.

Por exemplo, esse sugerido vai te dar uma caixa enorme, que por ter graves muito profundos e uma sintonia mais baixa, vai limitar teu SPL máximo. Se não for isso que você quer, mude e teste outros valores de volume e sintonia, até chegar num resultado que te satisfaça (se já não for esse, sei lá).

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 5:58 pm

Definitivamente uma caixa de 124 litros fica grande demais, acho que vou trabalhar com uma de 90 litros no máximo.

Escolhi 90 litros e 42 Hz como mostra a figura abaixo


lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 6:00 pm

Na figura abaixo o grafico do SPL maximo.


lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 6:02 pm

Na figura abaixo aparece o grafico da potencia. Achei estranho que tem uma queda acentuada em 60Hz chega a cair de 450 watts para 280 watts, isso é normal Ruds


lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 6:05 pm

Outro grafico estranho é o da excursão do alto falante. Esse falante tem 8 mm de Xmax mas no grafico ele não chega a utilizar isso, pelo menos é oque parece no grafico. Oque vc acha Ruds.


lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 6:25 pm

Outra coisa diferente nessa versao pro com relação a beta é que no calculo do duto nao aparece a velocidade do vento no duto dado em mach. E também nao sei oque significa o parametro "end corretion" e "1st port resonance"
Com o valor da velocidade voce pode retrabalhar os dutos para conseguir uma velocidade mais adequada. Como faço isso nessa versão.


lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Dom Jun 21, 2015 6:48 pm

A caixa chega em graves bem profundos, mas seu SPL máximo está em 118dB. Se quiser aumentar, tem que reduzir a sintonia e talvez o volume.

No gráfico "Maximum Power", sim, é normal esse vale. Nessa parte a excursão é que está limitando a caixa, e não o limite térmico.

Vá na aba "Signal" e em "System Power" coloque um valor próximo de 280W. O que importa é a excursão após a frequência de sintonia. Depois disso veja o gráfico de excursão.

A velocidade do ar aparece no gráfico "Rear port air velocity", ou algo parecido. O pico deve ser menor do que 20m/s quando o "system power" estiver causando o limite de excursão do falante (após a frequência de sintonia, como eu disse antes).

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 10:25 pm

Verifiquei que apenas baixando o volume de 90 litros para 80 ou 70 não aumentava muito o SPL máximo, mas aumentando a frequencia de sintonia de 42 para 47 Hz ela passou a ter um SPL de 120db.
Veja o grafico abaixo. Voce acha uma boa 47 Hz


lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 10:39 pm

Agora sim o gráfico de excursão esta mostrando algo mais real ehehe, MAs coloquei 310 watts no "System Power" porque depois da alteração de frequencia de sintonia, o vale de potencia subiu um pouco para 310 watts.
Também percebi que em 65 Hz a excursão chega no limite dos 8mm, mas isso não é um problema ou é Ruds. Afinal o limite do dano é maior. Mas fico pensando na distorçao que a caixa poderia reproduzir nessa frequencia.




lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 11:19 pm

Nesse grafico da para ver a diferença que fazem 2 dutos ou 3 dutos. Com 3 dutos a velocidade máxima chega a 18 m/s oque esta dentro dos limites que voce disse. Ja com 2 dutos a velocidade chega a 27 m/s , manteremos 3 dutos então.




lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Dom Jun 21, 2015 11:27 pm

Percebi uma coisa nessa simulação, que na verdade um falante de 450 watts rms não suporta uma potencia de 450 watts rms pois dessa maneira estaria ultrapassando a excursão maxima do conjunto, apesar de o limite térmico ainda estar dentro do suportável. Estou certo ou não Ruds.

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Seg Jun 22, 2015 2:03 pm

Eu mexeria um pouco mais no volume e sintonia pra tentar diminuir um pouco aquele ganho próximo dos 70Hz. Mas não está "errado" assim. Talvez eu tentaria um volume um pouco menor, pra deixar um pouco menor a caixa, já que você aumentou a sintonia.

Xmax é a excursão quando a distorção harmônica chega nos 10%. Essa é a definição. Quanto menos o falante excursiona, menor é a distorção. A Selenium costumava ser conservadora nesse parâmetro. Xlim é o limite de excursão antes do dano, e esse normalmente é um bocado maior do que Xmax.

Quando se trata de graves normalmente o limite é excursão, e não capacidade térmica. Mas veja que aquele gráfico de SPL máximo considera um sinal senoidal puro sendo aplicado na caixa. Então pra sinais senoidais puros, você está certo. Uma senoide em 65Hz vai fazer o falante alcançar o limite de excursão bem antes de estar quente demais. Esse também é o caso de sons graves em que as primeiras harmônicas são fortes em relação às demais.

Mas podem acontecer situações em que o sinal tem pouca energia em baixas frequências, mas é intenso o suficiente pra ultrapassar os 450W. Nesse caso a excursão pode estar baixa e mesmo assim o falante estar esquentando. Não é muito comum isso, mas pode acontecer. Também sinais muito comprimidos podem causar uma situação semelhante.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Seg Jun 22, 2015 2:46 pm

Diminui de 90 litros para 80 litros o volume da caixa e a frequencia de sintonia 47 Hz para 46 Hz

O grafico mostra que exatamente em 46Hz o SPL maximo fica em 119db e somente chega em 120db a 50Hz. Em 65 Hz tem uma queda (vale) de 0,4 db aproximadamente, mas volta a subir para 120db apartir de 72 Hz.

Oque acha disso, será que ta bom assim.


lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Seg Jun 22, 2015 3:04 pm

Se verificar a frequencia fundamental das teclas do piano, 83 Hz é a tecla E ou Mi.

Se olhar no grafico do SPL maximo acima, exatamente em 83 Hz o SPL máximo chega a 121db

Deve haver um ganho no som ao tocar essa tecla. Tipo aquelas notas mais valorizadas na hora de tocar.

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Seg Jun 22, 2015 5:26 pm

Está bom assim. up

Ganho de cerca de 1dB em uma faixa estreita de frequência é praticamente inaudível.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Seg Jun 22, 2015 5:49 pm

OK Ruds, e quanto aos dutos como ficaram com 37cm de comprimento, aplicando o fator de correção de 0,8 teremos: Vent length = 37 * 0,8 = 29,6 cm vou arredondar para 30 cm ok.

Voce acha que aplicando esse fator 0,8 esta bom, ou recomenda utilizar o outro software para isso.

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por bass32 em Seg Jun 22, 2015 6:05 pm

Ruds!

Vi que os modelos de caixas da Bag End não possuem dutos prolongados, as caixas possuem apenas uma abertura que tem a espessura da própria madeira, acho que é o mesmo esquema utilizados nos cubos VoxStorm modelo Top Bass 125 e top Bass 250.

Esse tipo de "duto" ou "abertura" é prejudicial ao desempenho da caixa? perde-se qualidade?

Abaixo segue imagem de duas caixas Bag End modelo S15B onde vemos que logo após a abertura na madeira já aparece a manta de revestimento interno, sendo assim, não há duto.


bass32
Membro

Mensagens : 102
Localização : Sobradinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Seg Jun 22, 2015 6:24 pm

Após essa etapa do projeto do subwoofer concluída, me vem em mente qual alto falante médio utilizar. Aliás eis a questão, utilizar Mid Bass ou Mid Range. A selenium possui algumas opções tanto em mid bass quanto mid range.

Ruds, em sua opinião oque voce recomendaria para esse projeto, midbass ou midrange.

Eis alguns modelos da Selenium:

Mid range:
6w16p    http://www.jblaudio.com.br/marcas/upload/4fec5b9cb2e7aafe1068a3cceb9f7c07.pdf

8w16p  http://www.jblaudio.com.br/marcas/upload/9db31e02b25a7792ecff5c4e23664403.pdf

10w16p
http://www.audiolinksinternational.com/wp-content/uploads/2015/04/10W16P.pdf


Tem também os Midbass

6w4p  http://www.jblaudio.com.br/marcas/upload/ee2c418537b0773ce4f66821b940a72a.pdf

8MB4P   http://www.jblaudio.com.br/marcas/produto.php?id=310&idLinha=39

10MB3p   http://www.jblaudio.com.br/marcas/produto.php?id=311&idLinha=39


E ainda tem os proprios woofers:

8PW8   http://www.jblaudio.com.br/marcas/produto.php?id=557&idLinha=38

8PX   http://www.jblaudio.com.br/marcas/upload/e8797c38575fd3f1a0638aef451e3229.pdf

8PW7   http://www.jblaudio.com.br/marcas/upload/1611dd4af9dfc0ebe82a8899d9bbbf82.pdf

10PW7  http://www.jblaudio.com.br/marcas/produto.php?id=430&idLinha=38

Tem tambem essa linha MG600 da Selenium, mas ouvi falarem mal dele em um forum.


Enfim, fico aberto a sugestoes nesse sentido.

Ja que estou utilizando um subwoofer mesmo, e utilizarei um crossover ativo, quais frequencias de corte voce sugere para esse sub no HPF e LPF.

É normal ou não deixar um sub sem corte de LPF (Low Pass Filter) e deixar ele falar as frequencias médias ja que segundo o datasheet pode chegar até 4Khz o 12SWP. Isso atrapalha ou não alguma coisa ou desempenho do mesmo?

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Seg Jun 22, 2015 6:42 pm

Ruds, esse 10MB3p chega ser ignorante: tem 300 watts, 10 polegadas, 100db de SPL e ainda fala de 150 Hz até 12KHz, nunca vi isso aqui no Brasil.

Especificações
Diâmetro 10"
Impedância 8 ohms
Potência RMS 300 watts
Programa musical 600 watts
SPL 1W @ 1m (dB) 100 db
Resposta de Frequencia 150 a 12.000 Hz
Frequência de ressonãncia 80 Hz

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Ter Jun 23, 2015 8:48 am

bass32,

não conheço essas caixas. Se for um "duto" convencional, elas não devem ter muitos graves, mas devem falar alto.


lucvon,

pra escolher o mid-range, observe o gráfico de resposta em frequência. Veja se ele atende bem a faixa entre uns 400Hz e 4000Hz. Pense que ele deve acompanhar o woofer em SPL. Se a sensibilidade for igual a do woofer, pode considerar que o mid-range deverá suportar cerca de 25% da potência que será aplicada no woofer (no limite da caixa). Quanto menor o mid-range melhor a dispersão. Se quer alta qualidade, busque os importados que citei anteriormente.

Faça o corte com filtros Linkwitz-Riley de 4a ordem, e eu sugiro como frequência de corte inicial uns 500Hz. Mas aí era legal experimentar uma faixa entre uns 400Hz e 800Hz. Já que o corte é eletrônico fica fácil experimentar. E você deve sim usar LPF e HPF. Esses 4kHz do sub é "lixo", não é útil. Além do que os dois falantes atuando na mesma faixa de frequências causaria problemas de dispersão.
E se você tem um HPF pros sub-graves, use. Ele ajuda a evitar excursão excessiva na região que a caixa não produz som. Esse pode ser em uns 30Hz ou 35Hz pra sua caixa.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por bass32 em Ter Jun 23, 2015 9:16 am

Ruds,

Aproximadamente, qual o volume ocupado por um duto de 4 polegadas de diâmetro por 14,5 cm de comprimento?

bass32
Membro

Mensagens : 102
Localização : Sobradinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Ter Jun 23, 2015 3:56 pm

bass32,

Segundo a geometria espacial o volume de um cilindro é dado pela area da base multiplicado pela altura.

Um duto de 4 polegadas é um cilindro.

Volume = pi * r² * h

Onde pi é uma constande dado pela razão entre a circunferencia de qualquer circulo e seu diametro que vale pi=3,14.

r é o raio do circulo da base que nesse caso é o diametro dividido por 2 r = D/2 = 10,16/2 = 5,08 cm

h é a altura do cilindro que nesse caso é h = 14,5cm

Volume = Pi * r2 * h = 3,14 * 5,08*5,08 * 14,5 = 1174,96 cm3

Para passar cm3 para litros basta deslocar a virgula por 3 casas a esquerda.

Volume = 1,174 litros




lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Ter Jun 23, 2015 5:08 pm

OK Ruds!

Então vamos nos concentrar no 6NM410.

Mas ainda ficou a duvida com relação aos dutos se mantenho esse fator de correção 0,8 ou utilizo outro software.

Voce disse que o midrange deve suportar no máximo 25% da potencia do subwoofer no limite da caixa. Então isso quer dizer que eu posso utilizar um amplificador com 25% da potencia do amplificador que utilizo para o subwoofer?
Nesse caso como vou utilizar um amp classe AB de 600 watts RMS no subwoofer, então para o midrange posso utilizar um amplificador de 200 watts rms que vai atender? É isso?

Outra duvida minha é com relação a quantidade de falantes 6NM410 que devo utilizar nessa caixa. Voce acha que apenas um esta ótimo? Da conta do recado?

E ja que estamos falando de médios, oque voce sugere para utilizar nos agudos? Drive? Tweeter? Titanio? Fenolico? Quais modelos? E qual a relaçao de potencia de sub e midrange para com o drive? E a faixa de corte LPF HPF para midrange e drive?

Esse corte de 400 a 800 Hz que voce sugeriu é LPF para o subwoofer certo?

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por bass32 em Ter Jun 23, 2015 7:05 pm

lucvon;

Muito obrigado, me ajudou muito.

Valeu!!!!!

bass32
Membro

Mensagens : 102
Localização : Sobradinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Qua Jun 24, 2015 11:41 am

lucvon escreveu:Mas ainda ficou a duvida com relação aos dutos se mantenho esse fator de correção 0,8 ou utilizo outro software.

Ruds escreveu:Se usar duto circular no WinISD use esse fator de correção de 0,8. Mas lembre que isso é uma aproximação.

O BoxSim é mais preciso nesse cálculo de comprimento de duto.

Pra máxima precisão, só mesmo construindo a caixa, medindo e ajustando o comprimento até alcançar o valor exato. Mas nem sempre é necessária uma precisão tão alta. Uma variação de até uns 5% na sintonia não é muito perceptível e causa pouca diferença no funcionamento da caixa.

lucvon escreveu:Voce disse que o midrange deve suportar no máximo 25% da potencia do subwoofer no limite da caixa. Então isso quer dizer que eu posso utilizar um amplificador com 25% da potencia do amplificador que utilizo para o subwoofer?

25% é um valor aproximado (-6dB), que vale pra sinal de música em geral. Mas isso depende da frequência de corte e do tipo de sinal que a caixa vai reproduzir. E, principalmente, vai depender da diferença de sensibilidade entre os falantes. O que eu disse foi considerando dois falantes que tenham a mesma sensibilidade.

Faça as contas que você mesmo consegue determinar se um 6NM410 é suficiente pro 12SWP.

Pense no uso que a caixa vai ter e escolha uma corneta apropriada. O driver é o de menos. Recomendo corte próximo de 3kHz.

O corte de 400Hz a 800Hz sugeri entre o sub e o mid-range.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por tfk em Qua Jun 24, 2015 12:13 pm

Ruds, novamente, parabéns pelo tópico.

Sinceramente não li todas as páginas e pode ser que já exista um projeto parecido com o que imagino. A partir das perguntas que fez meses atrás, aqui estão alguns pontos importantes:

No caso de projetos de caixas acústicas pra contrabaixo, as respostas mais importantes são:

1) qual o nível de SPL que você quer alcançar com ela - ensaio em casa, ensaio com banda, gig pequena, gig grande, etc.;

A ideia seria para ensaio com banda e gig pequena.

2) qual potência você tem disponível para usar com a caixa (e isso tem relação com o SPL do item anterior);

A ideia seria usar um GK 700RBII

3) qual é a resposta, em termos de timbre e qualidade acústica, que se busca com a caixa - aqui entra também a questão de qual é a extensão de graves que se deseja;

Gostaria que a caixa fosse bem equilibrada, procuro um timbre mais moderno.

4) qual é o limite máximo de tamanho e peso - e aqui pode entrar a questão de ter mais de uma caixa ou ter uma única que dê conta de tudo;

Aqui está uma parte delicada, não gostaria que a caixa tivesse mais que 20-22 kg. De preferência gostaria que fosse uma única caixa.

5) qual é o custo ($$$) máximo esperado.

O custo esperado/estimado seria na faixa de 1200 reais.

tfk
Membro

Mensagens : 826
Localização : Prudente - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Qua Jun 24, 2015 2:02 pm

Se for analisar a questao do SPL do 6NM410 ele tem 101.5 db e o 12swp tem 95db, isso da uma diferença de 6,5 db, então ainda assim poderia atenuar o canal do 6NM410. No próprio processador digital tem uma função de atenuação das vias no crossover. Ou ainda tem como regular a propria potencia do amplificador da via do 6NM410 até obter o nivel desejado e mais equilibrado. Então isso quer dizer que apenas um 6NM410 da conta do recado.

Agora como fica a questão do projeto da caixa para o 6NM410. Essa caixa precisa ser selada? Qual volume deve ocupar? Existe algum critério para confecção dessa caixa ou é simplesmente parafusar o 6NM410 no painel e pronto.


lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Qui Jun 25, 2015 12:40 pm

tfk escreveu:Ruds, novamente, parabéns pelo tópico.
Valeu, tfk!

Sua caixa deve usar pelo menos um falante de 12" muito bom. Ideal seria 15" pra garantir pequenas gigs. Se achar o 15PW5 acho que te atenderia bem em termos de SPL e não é tão caro assim.

Pra fezer uma caixa com timbre mais moderno dentro do orçamento, sugiro usar um driver+corneta, com um bom crossover passivo.

Se for uma 1x12 fazer até 22kg é fácil. Pode usar madeira de 18mm. Se for 1x15", vai ter que usar reforços e uma madeira mais fina, de uns 12mm provavelmente. Dificulta (ou encarece) a montagem.

E teu limite de custo não vai permitir nada importado (legalmente, pelo menos). Então vai ter que se virar com o que temos poraqui mesmo. E ainda assim, talvez você mesmo tenha que montar toda a caixa, pra baratear a mão de obra. Duas caixas não cabem nesse orçamento, então tem que ser uma que atenda sozinha.

Como tua grana não é muita, acho que vale a pena antes ver se no mercado já não tem algo que te atenda. Handmade de qualidade não é barato, e por R$1200,00 acho que você vai ter alguns "compromissos" apertados pra uma caixa que atenda shows pequenos.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Qui Jun 25, 2015 12:42 pm

lucvon escreveu:Agora como fica a questão do projeto da caixa para o 6NM410. Essa caixa precisa ser selada? Qual volume deve ocupar? Existe algum critério para confecção dessa caixa ou é simplesmente parafusar o 6NM410 no painel e pronto.
Faça selada com cerca de 1l. E preencha bem com espuma ou fibra de poliéster. O principal objetivo é isolar o mid-range da câmara do sub. Senão a pressão da câmara do sub iria ser aplicada no mid=range, e não queremos isso. Mad Também não queremos as frequências médias do mid-range saindo pelos dutos nem pelo cone do sub.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Qui Jun 25, 2015 8:23 pm

Ruds,

Voltando um pouco no projeto do subwoofer 12swp, o resultado final foi uma caixa de 80 litros com 3 dutos de 30cm e frequencia de sintonia em 46Hz. Mas essa litragem no WinISD ja leva em consideração o volume dos dutos e o volume ocupado pelo falante ou ainda tenho que adicionar esse volume ao total. Ou seja Volume_Total = 80_litros + volume_dutos + volume_falante.

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Qui Jun 25, 2015 10:51 pm

Essa espuma de poliéster é indicada apenas no midrange ou no subwoofer também

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Sex Jun 26, 2015 12:48 pm

O volume pro WinISD é o volume de ar dentro da caixa, sem levar em conta dutos, falantes nem qualquer outra coisa que ocupe volume e não seja ar. O volume interno dos dutos não conta como volume interno de ar da caixa.
Pra ter 80l de volume de ar, o volume interno da caixa deve ser maior do que 80l.

Refletores de graves (caixas "dutadas") não podem ser preenchidos com material absorvente, apenas revestidas. A espuma de poliéster pode ser usada no revestimento, assim como a espuma acústica.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Sex Jun 26, 2015 1:54 pm

Mas qual seria a vantagem sonora em revestir um subwoofer com espuma acustica, aquela tipo caixa de ovo, ou outro material como poliester. E ainda essa espuma acustica voce encontra em diversas densidades, qual densidade escolher. Qual espessura. Qual é a ciencia por de trás dessa técnica de revestimento de caixas acusticas. A mesma questão eu faço para com os midrange.

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Sab Jun 27, 2015 4:22 pm

Ruds,

Estive pesquisando o subwoofer 12swp para comprar e acabei me deparando com uma loja que vende ele a quase o mesmo valor do 15swp. Então pensei porque não comprar o 15swp. Quais vantagens traria para mim desenvolver a caixa para o 15SWP?

Qual volume e frequencia de sintonia poderia trabalhar com o 15swp? Será que conseguiria frequencias mais graves com ele e mais SPL maximo, ou esse ganho nao vale a pena. Oque voce acha?

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por SILVIAO em Dom Jun 28, 2015 2:07 pm

Ruds tenho uma dúvida, quanto a utilização de drives fenólicos como mid-range, para reproduzir esta faixa entre 500-2k, se haveria diferença de timbre em relação a um falante de 6" ou 8" como vemos nos projetos Green Boy por exemplo?
Seria possivel a utilização de um drive de tiânio como o DT 220 falando a partir de 1500 HZ, fazendo a vez de mid range e este falante 12swp em full range ?

SILVIAO
Membro

Mensagens : 2731
Localização : Limeira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Seg Jun 29, 2015 1:58 pm

lucvon escreveu:Mas qual seria a vantagem sonora em revestir um subwoofer com espuma acustica, aquela tipo caixa de ovo, ou outro material como poliester. E ainda essa espuma acustica voce encontra em diversas densidades, qual densidade escolher. Qual espessura. Qual é a ciencia por de trás dessa técnica de revestimento de caixas acusticas. A mesma questão eu faço para com os midrange.
Os revestimentos e preenchimentos evitam formação de ondas estacionárias dentro da caixa que "colorem" o som. Você não pode preencher um refletor de graves porque nesse o ar do interior precisa estar livre pra circular/vibrar.
A densidade da espuma deve ser a comum que se usa em revestimento de salas, como aquelas usadas em estúdios de gravação. O importante é que seja de poros abertos - o ar deve poder entrar e sair da espuma.

lucvon escreveu:Ruds,

Estive pesquisando o subwoofer 12swp para comprar e acabei me deparando com uma loja que vende ele a quase o mesmo valor do 15swp. Então pensei porque não comprar o 15swp. Quais vantagens traria para mim desenvolver a caixa para o 15SWP?

Qual volume e frequencia de sintonia poderia trabalhar com o 15swp? Será que conseguiria frequencias mais graves com ele e mais SPL maximo, ou esse ganho nao vale a pena. Oque voce acha?
Simule e descubra.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Seg Jun 29, 2015 1:59 pm

SILVIAO escreveu:Ruds tenho uma dúvida, quanto a utilização de  drives fenólicos como mid-range, para reproduzir esta faixa entre  500-2k, se haveria diferença de timbre em relação a um falante de 6" ou  8" como vemos nos projetos Green Boy  por exemplo?
Provavel que sim. Mas pra 500Hz o problema é a corneta, que já vai ficar um trambolhão. Eu acho mais interessante, pra essas frequências, um mid-range de "cone" mesmo. E também dá pra usar corneta com esses, se precisar de uma sensibilidade maior ou mais SPL.

SILVIAO escreveu:Seria possivel a utilização de um drive de tiânio como o DT 220 falando a partir de 1500 HZ, fazendo a vez de mid range  e este falante 12swp em full range ?
O D220Ti funciona acima de 1500Hz, mas tem que escolher bem a corneta. Essas pequenas que normalmente se vê em caixas de baixo não alcançam assim baixo.

Só que eu acho temerário usar o 12swp até 1500Hz. Ele provavelmente não vai desempenhar bem assim alto. Pra caixas de 2 vias use o 12PW5 que é garantido.

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Seg Jun 29, 2015 7:20 pm

Eu tive a oportunidade de testar um drive fenólico d250x para médios com corte em 500 Hz como manda o próprio manual. Testei varios timbres de piano, timbres de varias marcas como yamaha, korg, kurzweil, Roland etc. Como tecladista te digo que ele não reflete a realidade do timbre, principalmente o piano. Ele altera o timbre. Como tecladista não gostei nada. Ja para timbres de string, synths e organ ainda é aceitavel. Por isso estou em um novo projeto envolvendo falantes nos médios ao invés de drive, pois o piano é o principal timbre nos estilos de música que toco.

Ainda quero ter uma experiencia com drive de ti nos timbres de piano para tirar minhas próprias conclusões. Mas não será a mesma certamente pelo fato de o drive Ti ter um corte bem acima dos 500Hz como é o caso do fenolico D250x. E dentro da faixa de 500 Hz até 2k existem muitas notas do teclado a serem executadas que provavelmente seriam filtradas pelo crossover.

Por enquanto é oque eu posso falar pela limitada experiência que tenho. Mas meus ouvidos não costumam me enganar.

Assim que tiver mais experiencias com drive e falantes de médios posto aqui nesse tópico para enriquecer o mesmo.

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por SILVIAO em Seg Jun 29, 2015 7:54 pm

Esse 12swp não encontro o manual dele!Qual drive de médios fenólicos voce utilizaria se fosse o caso?? $$$

SILVIAO
Membro

Mensagens : 2731
Localização : Limeira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Ter Jun 30, 2015 5:04 pm

Disponibilizo o link do 12swp

https://mega.co.nz/#!AQgjCZ6Z!8WeWfuzctg95Ouf19nQBQexcen4bWOh5uLNE_yqlk1E

Então eu na verdade não utilizaria mais o drive fenólico nos médios, mas sim um falante de 6" ou 8" como nas caixas fearful como o 6nm410. Mas isso para uma caixa de 3 vias.

Para uma caixa de 2 vias é como o Ruds falou, utilize o 12pw5 e um drive D202ti ou d220ti.

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Fábio Mitura em Ter Jun 30, 2015 8:43 pm

Jovens gostaria da ajuda de vocês para com um gabinete!
Eu tenho um tagima tbm4, um behringer ultrabass 4500 e uma caixa totalmente fora de proporções com um falante 15pw5.
Então chegou a hora de trocar tudo isso, pois toco em bares daqui da cidade e preciso dar uma melhorada no meu som! Para começar vou trocar a caixa, minha primeira duvida é o seguinte: devo trocar o 15pw5 por um falante melhor de maior potência? Se sim, havia pensado no Wpu1509, pois meu falante atual na minha caixa atual "distorce" quando aumento o grave do baixo ou quando aumento o volume do próprio cabeçote, mas não tenho certeza do porque ele faz isso, a potência do behringer é 450rms e o 15pw5 é 350rms mas não sei se ele entrega toda a potência para o falante! A potência do Wpu é 450rms
Depois de ter escolhido o falante, eu gostaria de ajuda no projeto do gabinete!
Tem um cara na cidade vizinha que faz gabinetes, são bem feitos, mas é sempre o mesmo modelo, que é o que eu tenho aqui! Eu li em alguma paginas atras que a caixa não pode ter altura, largura e profundidade iguais, e é justamente assim que meu gabinete é!
Outra coisa, talvez seja até melhor fazer outro modelo de gabinete, como um 4x10! Sei que uma 1x15 é muito diferente de uma 4x10 mas como todos sabem é bem clássico esse set para baixistas, e depois de feito uma delas, pretendo montar a outra!
Eu preciso de mais potência, pois as vezes toco ao ar livre e essa caixa não aguenta o tranco!
Eu vi que se usa um programa para se ver as dimensões da caixa, alguém pode me ajudar?
Eu posto as fotos de todo o processo quando estiver fazendo!!

^^

obrigado!!

Fábio Mitura
Membro

Mensagens : 60
Localização : São Mateus do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Jun 30, 2015 9:51 pm

Acho que vc podería fazer uma caixa para esse 15PW5, que é um bom falante, e uma outra 2X10 para complementá-la, aumentando bem o SPL

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10171
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Fábio Mitura em Qua Jul 01, 2015 8:37 am

Bertola então não convém trocar o falante? Vou baixar o programa para ver os parâmetros da caixa, e vou analisar também essa ideia de uma caixa 2x10, vai ficar bem mais em conta para mim também! Quais falantes de 10 eu posso casar nesse set? Sendo que preciso fazer a caixa a partir do falante!

Obrigado bertola pela ideia haha"

Fábio Mitura
Membro

Mensagens : 60
Localização : São Mateus do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Jul 01, 2015 11:34 am

Fábio Mitura escreveu:Bertola então não convém trocar o falante? Vou baixar o programa para ver os parâmetros da caixa, e vou analisar também essa ideia de uma caixa 2x10, vai ficar bem mais em conta para mim também! Quais falantes de 10 eu posso casar nesse set? Sendo que preciso fazer a caixa a partir do falante!

Obrigado bertola pela ideia haha"

Não é que "não convém"...
Mas em tempos de vacas magras, toda economia é bem-vinda...
Quais falantes de 10 eu posso casar nesse set?
O Snake ESX

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10171
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Fábio Mitura em Qua Jul 01, 2015 12:38 pm

O ESX310?
Essa caixa 2x10 precisa de mais alguma coisa de componente eletrônico? Ou apenas mando fazer pelas especificações dos falantes e monto ela normal em serie?

Fábio Mitura
Membro

Mensagens : 60
Localização : São Mateus do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Jul 01, 2015 12:48 pm

Fábio Mitura escreveu:O ESX310?
Essa caixa 2x10 precisa de mais alguma coisa de componente eletrônico? Ou apenas mando fazer pelas especificações dos falantes e monto ela normal em serie?
Não precisa de nada, exceto comprar alto-falantes de 4 ohms em série para obter-se 8 ohms de impedância total e permitir a ligação conjunta com a outra caixa (que deve também ser de 8 ohms).
Quanto ao falante, o Ruds, que é O Cara nesse aspecto, pode falar muito melhor que eu...

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10171
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Fábio Mitura em Qua Jul 01, 2015 1:18 pm

Blz vou esperar ele dar uma passada por aqui então para ver o modelo do falante!!
Depois de ver isso eu compro os falantes em 4 ohms monto em serie para ter os 8 ohms que você falou, pois vou usar ela junto com o gabinete de 15 do 15pw5 que eu mencionei anteriormente!
O 15pw5 já é 8 ohms!


Última edição por Fábio Mitura em Qua Jul 01, 2015 3:33 pm, editado 1 vez(es)

Fábio Mitura
Membro

Mensagens : 60
Localização : São Mateus do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Fábio Mitura em Qua Jul 01, 2015 1:51 pm

E ainda preciso aprender como se trabalha com o programa que faz o cálculo de litragem!

Fábio Mitura
Membro

Mensagens : 60
Localização : São Mateus do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por lucvon em Qui Jul 02, 2015 7:27 am

Ruds,

Estou pesquisando o crossover para comprar e me deparei com algumas questões técnicas.
Primeiro que temos a opção de crossovers ativos digitais e crossovers ativos analógicos. Os digitais possuem um conversor A/D na entrada e após isso um processamento digital dos sinais para posteriormente converter o sinal em analogico novamente no conversor D/A . Ja os crossovers analogicos não possuem conversor AD e apenas trabalham o sinal da entrada de forma analógica.
A questão é que os conversores A/D (analogico/digital) possuem uma taxa de amostragem no caso da maioria deles de 48Khz e os melhores e mais caros de 96Khz.
Minha dúvida é se em termos de fidelidade sonora e fidelidade de timbre, não seria melhor um "processamento" analogico do sinal doque digital.

Sabemos que um CD convencional tem taxa de amostragem de 44.1 Khz mas muito se discute no meio musical, a respeito da substituição do padrao de amostragem de 44.1Khz para 48Khz ou até mesmo 96Khz.

Então fico me perguntando se nesse caminho que o timbre percorre desde o gerador de timbres do teclado até o alto falante, todas essas conversoes A/D e D/A se não modificariam demasiado o timbre original.

Oque voce acha Ruds, utilizaria um crossover ativo analogico, ou um crossover ativo digital de 48Khz de taxa de amostragem.

lucvon
Membro

Mensagens : 100
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Ruds em Qui Jul 02, 2015 1:39 pm

Fábio Mitura escreveu:Jovens gostaria da ajuda de vocês para com um gabinete!
O 15PW5 é um bom falante. Mas mesmo o melhor falante do mundo vai ficar uma porcaria se a caixa não for bem projetada. Esqueça caixas "genéricas".

Se quiser fazer handmade, aprenda a usar o WinISD, leia este tópico e faça um projeto. Senão, compre uma boa caixa pronta. Infelizmente caixa de qualidade não é barato, mesmo handmade.

E sobre os falantes de 10", acho o ESV melhor que o ESX. Mas se quiser 10" bom, vá pros importados.

lucvon escreveu:Oque voce acha Ruds, utilizaria um crossover ativo analogico, ou um crossover ativo digital de 48Khz de taxa de amostragem.
O que eu penso sobre isso eu disse aqui: http://www.contrabaixobr.com/t27226-audio-digital-e-nossa-percepcao-dos-sons

Ruds
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 1097
Localização : Curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Projetos de caixas "handmade" com Ruds - Parte I

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:05 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 18 de 20 Anterior  1 ... 10 ... 17, 18, 19, 20  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum