Markbass Big Bang

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Markbass Big Bang

Mensagem por costabass em Seg Maio 09, 2016 11:32 am

Boa tarde Srs.

Tomei a liberdade de escrever para pedir ajuda em relação a um mini head Markbass Big Bang recentemente adquirido.

De ante mão peço perdão caso esteja infringindo alguma regra, porém pelo que pude pesquisar, creio que não.

Tive um problema de funcionamento neste equipamento que estava plugado a uma caixa Meteoro 4x10 BS, 200 watts RMS, cuja conexão se deu através de um cabo de instrumento, (após consultar o fórum vi que jamais se deve utilizar este tipo de cabo).

Estava utilizando um baixo musicman SR5 com a seguinte equalização:

- Chave seletora para o captador da ponte, 50% de graves e agudos (trava central dos potenciômetros), uns 10% de médios e volume em torno de 50%, enquanto que  head estava com graves em 1 hora, agudos em 3 horas, médio grave e médio agudo em 11 horas, ganho em 1 hora e master em pouco mais de 3 horas, quando ao dar um slap o som cortou completamente!

Como estava tocando na frente do cabeçote, nem percebi se o LED Clip deu algum sinal!

Despluguei o baixo e após aproximadamente 1 minuto retomei a operação com funcionamento praticamente normal.

O aparelho segundo o fabricante manda 500 watts em 4 ohms ou 350 em 8 que é a impedância da caixa meteoro que estava em uso!

De acordo com o relato, se for possível, agradeceria muito caso possa obter um parecer dos colegas acerca do ocorrido e algumas dicas de equalização e caixa  para usar com este head. Uma Teksound seria uma boa solução para não gastar muito sem perder qualidade? Recomendariam algum auto falante que possibilite graves profundos e encorpados com brilho dos agudos?

Humildemente agradeço pela atenção e retorno se for possível, pois fiz algumas pesquisas no fórum relacionadas ao equipamento BIG BANG e nada encontrei a respeito.

Existem 2 baixistas nacionais de expressão que estão utilizando Mark Bass, um deles o Big Bang, porém com caixa Mark Bass também.

Esta aquisição na verdade foi uma oportunidade, onde um amigo que estava pelos EUA acabou me ajudando ao trazê-la.

Tenho Também Cast 5 cordas com caps EMG e aguilar OBP3 que tb será utilizado com esta combinação que pretendo fazer, além de Gianinni Rickembakar 77 passivo.

Atenciosamente,

Carlos (costabass).

costabass
Membro

Mensagens : 4
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por siodoni em Seg Maio 09, 2016 11:44 am

^Carlos que infelicidade ein...

Um amigo já arrumou um amplificador nessa empresa: http://www.danamp.com.br
Tenta conversar com eles.

siodoni
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 4764
Localização : Serrana - SP

http://www.leso.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por joabi em Seg Maio 09, 2016 11:54 am


Pelo que entendi tudo continua funcionando. Certamente foi o circuito de proteção que conseguiu proteger seu sistema.

Recomendo reduzir o ganho de entrada e o volume do amp, para trabalhar num patamar adequado para o amplificador.


joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 4678
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por costabass em Seg Maio 09, 2016 12:07 pm

Agradeço ao colega pela dica da empresa que faz consertos, porém pelo que pude perceber, aparentemente nada ocorreu ao cabeçote. Farei novos testes com cabo apropriado, redefinindo a equalização.
abs.

costabass
Membro

Mensagens : 4
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por siodoni em Seg Maio 09, 2016 12:13 pm

^Eu que compreendi errado seu texto.
Tente usar sempre cabos no padrão Speakon. São mais seguros.

siodoni
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 4764
Localização : Serrana - SP

http://www.leso.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por costabass em Seg Maio 09, 2016 1:04 pm

Caro Siodoni,

Novamente te agradeço pela preciosa dica. Você acha que se os cabos forem PP 2x2,5 com plugues P-10 de boa qualidade não resolveriam o problema?

costabass
Membro

Mensagens : 4
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por RBORCARI em Seg Maio 09, 2016 1:39 pm

...


Última edição por RBORCARI em Seg Maio 09, 2016 1:41 pm, editado 1 vez(es)

RBORCARI
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 372
Localização : Jundiaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por RBORCARI em Seg Maio 09, 2016 1:40 pm

boa tarde...

eu usava esse aqui:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-691010331-cabo-tecniforte-stack-1m-p-ligaco-de-cabecote-e-caixa-_JM

eu tenho um MarkBass CMD JB e fiz o cabo para usar com outra caixa em uma loja na Teodoro: http://www.eyashi.com.br/

como vi que você é de SP, se for capital aconselho a dar um pulo la e comprar um...

boa sorte,


(não sei porque duplicou o post, mas não foi intencional, se puderem excluir a msg acima, agradeço...)

RBORCARI
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 372
Localização : Jundiaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por costabass em Seg Maio 09, 2016 2:30 pm

Obrigado Rborcari. Os colegas poderiam me dizer se o ganho deve ficar acima ou abaixo do master como regra? Ambos podem se manter na mesma posição? Será que esta caixa Meteoro 4x10 que segundo a Meteoro tem 200 Watts suporta os 350 watts em 8 ohms? Seria esta combinação perigosa para o cabeçote ou mesmo para a caixa? Recomendariam a construção de uma caixa com falante de celulose de 12" com driver em 4 ohms, pois assim poderia aproveitar o máximo que o Big Bang poderia me entregar que seriam 500 watts rms informados pelo fabricante?! Novamente agradeço.

costabass
Membro

Mensagens : 4
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por RBORCARI em Seg Maio 09, 2016 2:41 pm

Carlos, as Teksound são bastante confiáveis e o Rogério é uma excelente pessoa e muito atencioso, creio que se você mandar um e-mail para ele, ele pode fazer a caixa pra você testar com seu cabeçote... ( http://www.contrabaixobr.com/t11720-caixas-teksound-conhecem?highlight=teksound )

eu sempre uso o volume acima do ganho, não sei se isso tem alguma interferência no amplificador [normalmente gain em 9h (seria no nº3) e volume em 11h (seria no nº4 ou nº5)]

RBORCARI
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 372
Localização : Jundiaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por Sonikado em Seg Maio 09, 2016 2:51 pm

A questão do ganho não tem nada a ver com a posição dos knobs, é um pouco mais complicado do que isso.
11h de ganho no amplificador X é diferente de 11h de ganho no amplificador Y. Aliás, esses valores mudam até mesmo se você trocar de baixo, no mesmo amplificador!

O ideal é que a luz de clip jamais acenda. Ou, em casos de necessidade de muito volume, sejam piscadas muito rápidas e aconteçam de vez em quando.

A questão da potência da caixa x amplificador é outra coisa complicada. De momento, apenas assuma que os 2 são "próximos o suficiente" e nada vai dar errado se você não abusar de nenhum dos 2.

Pitaco pessoal: Eu recomendaria que você usasse mais médios, você está usando um timbre extremamente scooped. Pra você se tornar audível numa situação de banda com um som desses, você vai exigir um monte do seu head e das suas caixas. Um som com mais médios vai te permitir que você se ouça melhor.

Sonikado
Membro

Mensagens : 1123
Localização : Estado de SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por Davi Motta em Ter Maio 10, 2016 6:45 am

costabass escreveu: Será que esta caixa Meteoro 4x10 que segundo a Meteoro tem 200 Watts suporta os 350 watts em 8 ohms? Seria esta combinação perigosa para o cabeçote ou mesmo para a caixa?

O ideal é usar uma(s) caixa(s) com mais potência que o cabeçote pode "empurrar". Não sou nenhum expert técnico no assunto, mas nesse seu caso, costabass, acho que é mais fácil "explodir" a caixa do que dar problema no cabeçote. Me corrijam se estiver errado.

Uso um Ampeg PF-350 (250w em 8ohms) ligado em duas 2x10 da Teksound. Juntas, as duas caixas somam 970w (520w de uma e 450w em outra). Posso abusar do volume do cabeçote, com bom senso é claro, mantendo a qualidade do timbre. Nesse caso acho mais fácil "torrar" o cabeçote e as caixas nem cócegas.  Ri Muito  

Pitaco pessoal: Para explorar o máximo de volume de um amp/cabeçote, costumo colocar o knob volume no máximo (ou quase) e ir regulando pelo knob ganho, assim, o volume de entrada sempre ficará abaixo do limite do amp/cabeçote. Tenho volume desejado sem que o som fique saturado. Há anos uso essa regulagem, praticada em vários amps/cabeçotes (que tive/tenho, de estúdios e de palcos) e nunca tive problemas com nenhum.

Davi Motta
Membro

Mensagens : 1870
Localização : Rio de Janeiro

http://www.youtube.com/davimotta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por arturbmallmann em Ter Maio 10, 2016 11:10 am

/\ Baixos ativos? no passivo acho que não daria muito certo fazer isto, pois mudaria drasticamente a dinâmica do instrumento.
De qualquer forma, concordo, faz sentido.

arturbmallmann
Membro

Mensagens : 837
Localização : Mondaí-SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por joabi em Ter Maio 10, 2016 11:22 am


O sinal que sai do baixo segue um fluxo. Cada estágio determina o volume que vai para o estágio seguinte. Isso se chama estrutura de ganho, e é o que queima amplificadores e caixas se não estiver bem resolvido.

Por exemplo (o que estiver entre parenteses é opcional):

Captador -> (preamp onboard do baixo) -> (pedais) -> preamp do cabeçote -> EQ do cabeçote -> Master de potência no cabeçote -> caixa

A regra básica é que cada estágio não pode enviar o sinal saturado para o próximo. A caixa, que é o último estágio, tem também limites mecânicos que devem ser respeitados.



joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 4678
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por Sonikado em Qua Maio 11, 2016 10:54 pm

Davi Motta escreveu:O ideal é usar uma(s) caixa(s) com mais potência que o cabeçote pode "empurrar". Não sou nenhum expert técnico no assunto, mas nesse seu caso, costabass, acho que é mais fácil "explodir" a caixa do que dar problema no cabeçote. Me corrijam se estiver errado.

Uso um Ampeg PF-350 (250w em 8ohms) ligado em duas 2x10 da Teksound. Juntas, as duas caixas somam 970w (520w de uma e 450w em outra). Posso abusar do volume do cabeçote, com bom senso é claro, mantendo a qualidade do timbre. Nesse caso acho mais fácil "torrar" o cabeçote e as caixas nem cócegas.  Ri Muito
Caixas com muito mais potência do que o cabeçote tendem a matar a dinâmica (cones muito duros, som seco, sem vida)
E... se o seu ampeg começar a clipar, ele leva seus 4 falantes pro cemitério rapidinho, mesmo sendo muito menos potente. Vale lembrar também que W não é lá uma estratégia muito boa pra "calcular" o limite físico de falantes: Um baixo afinado em F#(grave) leva uma caixa ao limite muito mais rápido do que um afinado em E.

Pitaco pessoal: Para explorar o máximo de volume de um amp/cabeçote, costumo colocar o knob volume no máximo (ou quase) e ir regulando pelo knob ganho, assim, o volume de entrada sempre ficará abaixo do limite do amp/cabeçote. Tenho volume desejado sem que o som fique saturado. Há anos uso essa regulagem, praticada em vários amps/cabeçotes (que tive/tenho, de estúdios e de palcos) e nunca tive problemas com nenhum.
Power também satura, e saturação de power transistor carrega falantes pro cemitério muito mais rápido do que saturação de prés. Cuidado com isso. Por isso amps com luz de clip na entrada e no power deveriam ser quase obrigação Very Happy Nesse modelo, só lembro do GK MB800 agora.

Sonikado
Membro

Mensagens : 1123
Localização : Estado de SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por allexcosta em Qua Maio 11, 2016 11:06 pm

Davi Motta escreveu:Uso um Ampeg PF-350 (250w em 8ohms) ligado em duas 2x10 da Teksound. Juntas, as duas caixas somam 970w (520w de uma e 450w em outra). Posso abusar do volume do cabeçote, com bom senso é claro, mantendo a qualidade do timbre. Nesse caso acho mais fácil "torrar" o cabeçote e as caixas nem cócegas.

Amps de 250W podem gerar até cerca de 1000W por curtos intervalos de tempo e durante picos.

Especificações de caixas não são confiáveis. Fabricantes divulgam limites térmicos, não mecânicos. Uma bobina pode descolar facilmente com notas graves, mesmo dentro dos limites de potência, caso tenha XmaX baixo. Excursão excessiva também ocorre com frequência em caixas mal feitas ou mal calculadas.

Especificações de potência são parâmetros pobres para se decidir qualquer coisa em áudio. Você deve ir por robustez, sensibilidade, SPL final, dutagem correta, histórico de suportar abuso, esse tipo de coisa.

allexcosta
Administrador

Mensagens : 39351
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por deeecooo em Qui Maio 12, 2016 1:02 pm

allexcosta escreveu:
Davi Motta escreveu:Uso um Ampeg PF-350 (250w em 8ohms) ligado em duas 2x10 da Teksound. Juntas, as duas caixas somam 970w (520w de uma e 450w em outra). Posso abusar do volume do cabeçote, com bom senso é claro, mantendo a qualidade do timbre. Nesse caso acho mais fácil "torrar" o cabeçote e as caixas nem cócegas.

Amps de 250W podem gerar até cerca de 1000W por curtos intervalos de tempo e durante picos.

Especificações de caixas não são confiáveis. Fabricantes divulgam limites térmicos, não mecânicos. Uma bobina pode descolar facilmente com notas graves, mesmo dentro dos limites de potência, caso tenha XmaX baixo. Excursão excessiva também ocorre com frequência em caixas mal feitas ou mal calculadas.

Especificações de potência são parâmetros pobres para se decidir qualquer coisa em áudio. Você deve ir por robustez, sensibilidade, SPL final, dutagem correta, histórico de suportar abuso, esse tipo de coisa.

Não sou expert no assunto e a experiência que eu tenho é com som automotivo.

Eu tinha uma caixa dutada com um subwoofer de 300 WRMS + um kit de duas vias estéreo com 90WRMS.

Este mesmo conjunto de auto-falantes já trabalhou com uma potência (módulo) quase 1WRMS para 1WRMS, e já trabalhou com uma potência com o dobro de sua potência em WRMS.

O resultado final foi: Com o dobro da potência eu tive um som muito mais potente e com muito mais qualidade do que 1 para 1.

Detalhe, eu usei este set com o dobro de potência por 3 anos sem problemas... depois vendi o carro com o som que deve estar rolando bem até hoje.

Sei que não tem a ver com contrabaixo, mas com potência x auto-falantes.

Abs!

deeecooo
Membro

Mensagens : 170
Localização : ABC - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Markbass Big Bang

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:33 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum