Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Coder em Seg Ago 29, 2016 8:52 am

^ Pra mim pode até ser, mas vamos pensar nos novatos!
avatar
Coder
Membro

Mensagens : 3057
Localização : República das Bananas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Willian Casagrande em Seg Ago 29, 2016 8:55 am

Juninho Sampaio escreveu:
Willian Casagrande escreveu:Tenho um Jazz Bass MiM 2001 e é realmente um baixo mediano, com qualidade mediana, som mediano etc. O nome da marca pesa muito, realmente, mas é 99% marketing.
Tenho planos de trocar esse baixo por uma réplica japa. Custam praticamente o mesmo e têm qualidade muito superior.

Faz isso nao man...replica nao existe!

O PBass do meu avatar é uma réplica dos PBass Fender, Juninho. Não troco ele por nenhum Fender convencional, a não ser certas linhas, que são espetaculares (os MiA até 73, por exemplo).
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3360
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Juninho Sampaio em Seg Ago 29, 2016 9:04 am

Mas nao tem o nome no head. Então nao considero copia.
avatar
Juninho Sampaio
Membro

Mensagens : 6318
Localização : Salvador-Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Fabio Linhares em Seg Ago 29, 2016 9:09 am

Já tive Fender:

Std JB MIM (3)
Classic 70 (1)
Road Worm JB (1)
Am Std JB (3)
Am Std Precision (1)
Squier VM JB (3)
Am RI 75 JB (1)
Marcus Miller Japa (4)
Gedy Lee Japa (2)
Am Deluxe JB (1)
Am Deluxe Precision (1)

ALguns desses estiveram comigo ao mesmo tempo, podendo ser testados lado a lado.
Baseado no MINHA EXPERIENCIA, digo que os valores de mercado foram condizentes com a qualidade dos instrumentos. E que os mexicanos ficam um pouco abaixo dos Americanos e Japas. Obs: nunca tive os americanos fabricados para os paises subdesenvolvidos (Am Special, Hiway, etc).

Exemplo: tive ao mesmo tempo um JB Am Standard e um Mexicano Road Worm. Os dois com as mesmas especificações e cores, o mexicano com um visual mais legal com os relics. Mas ao testar lado a lado o am std se saiu melhor em som e tocabilidade.
avatar
Fabio Linhares
Membro

Mensagens : 1032

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Willian Casagrande em Seg Ago 29, 2016 9:27 am

Juninho Sampaio escreveu:Mas nao tem o nome no head. Então nao considero copia.

É uma cópia/réplica de um PBass. Não tem o nome no head por isso mesmo, se tivesse seria falsificação de um Fender. Essas cópias da Matsumoku eram autorizadas.
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3360
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Juninho Sampaio em Seg Ago 29, 2016 10:10 am

Eu considero o seu um baixo como qualquer outro..nao vejo como cópia. Até por que vc disse que são melhores que os fenders.

Smile
avatar
Juninho Sampaio
Membro

Mensagens : 6318
Localização : Salvador-Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por allexcosta em Seg Ago 29, 2016 12:07 pm

Esses baixos Japoneses são réplicas, não cópias.

A grande maioria são do mesmo nível ou melhores que os originais.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42278
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Willian Casagrande em Seg Ago 29, 2016 12:46 pm

^ Tinha por mim que cópia e réplica significavam a mesma coisa. Enfim.
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3360
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por allexcosta em Seg Ago 29, 2016 1:24 pm

Willian Casagrande escreveu:^ Tinha por mim que cópia e réplica significavam a mesma coisa. Enfim.

Não são exatamente a mesma coisa, mas acho que tô errado no conceito também. Já discutimos isso:

http://www.contrabaixobr.com/t27730-replica-copia-e-falsificacao
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42278
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Willian Casagrande em Seg Ago 29, 2016 1:30 pm

^ up
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3360
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Vinicius F em Seg Ago 29, 2016 1:42 pm

O Allex já explicou tudo bem explicado.

Essa cultura de "dá pau em Fender" é engraçada. De boa, baixista sempre teve a fama de ser mais tranquilo em relação a esse tipo de coisa. Isso era algo "bem" guitarrista até uns tempos atrás... hahahaha
avatar
Vinicius F
Membro

Mensagens : 788
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por allexcosta em Seg Ago 29, 2016 1:46 pm

Vinicius F escreveu:Isso era algo "bem" guitarrista até uns tempos atrás...

Verdade. Mostra que o marketing da Fender e o carisma da marca vão muito bem, pelo menos no Brasil. Mostra também algumas características dessa nova geração que tá aí.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42278
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por cardozo em Seg Ago 29, 2016 1:52 pm

allexcosta escreveu:
Vinicius F escreveu:Isso era algo "bem" guitarrista até uns tempos atrás...

... Mostra também algumas características dessa nova geração que tá aí.

Que, de uma forma ou outra, é a mesma característica da NOSSA geração!
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 653
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Vinicius F em Seg Ago 29, 2016 1:54 pm

Lembrei de uns 10 anos atrás + ou -. Alguns amigos meus guitarristas colocaram escalas de ébano na guitarra, meio que por "moda". Alguém falou que era "melhor", aí vai aquela reação em cadeia. Ô raça competitiva... hahaha

E não dá nem pra falar que é ingorância pura, porque tô falando aí de músicos formados, maestros etc mas que infelizmente, não conseguem se desapegar da "mística"...
avatar
Vinicius F
Membro

Mensagens : 788
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Willian Casagrande em Seg Ago 29, 2016 1:59 pm

Eu crescei no "Fender é Fender", sei bem o que é isso. É uma intoxicação que demora pra sair, mas, depois que sai, cê nota o quanto era tapado e reproduzia "tapadices".
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3360
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Coder em Seg Ago 29, 2016 2:17 pm

O velho "Fender é Fender"... Já ouvi muito disso tb...
avatar
Coder
Membro

Mensagens : 3057
Localização : República das Bananas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por AndréBurger em Seg Ago 29, 2016 3:11 pm

Achei engraçado o rumo que o tópico tomou, como disse Vinicius, virou algo de 'guitarreiro' hehehe.
Sempre fui da turma da guitarra, instrumentos extremamente vulneráveis ao formato que a tinta tem no head.
Gibson, Fender, agora uma tal de Suhr...
E, na boa: tenho uma Shelter SST 2005 - aquela strato bem de iniciante, mas que "tem som de strato, quase uma fender" e uma Samick SG, de "dar pau em Gibson".

Já comparei a Shelter com uma Fender e a Samick com uma Epiphone Custom. Existem diferenças? Existem. São melhores ou piores? vai saber... O cara que está no bar, no teatro, no churrasco, na festa vai perceber que sua strato não tá estalando o suficiente ou que sua SG não tá muito envenenada? Nunca vieram me falar nada disso.

Ok, tem aquela parte sobre tocar o instrumento para você mesmo, sentir aquele sonzão e ter tesão de tocar. Aí tudo bem, mas será que já tiramos tudo o que é possível dos instrumentos que passam por nossas mãos? Nós tiramos tudo o que é possível da parceria instrumento-homem? Sei lá, são cosias demoradas... Mudei muito meu jeito de tocar com o passar dos anos e creio que parte seja por conta do instrumento (pontos fortes e fracos deles), parte por minha conta (novas ideias) e acho legal essa oportunidade de conhecer bem o que tem em suas mãos (inclusive na hora h de tocar), já há uns 5 anos estou com as mesmas guitarras, amplificador, palhetas.

Não dá para esquecer que uma das partes de tocar vem da adaptação motora, ADAPTAÇÃO, ou seja, não depende só do seus músculos, depende, também, de onde você faz o exercício, certo?

AndréBurger
Membro

Mensagens : 401
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Juninho Sampaio em Seg Ago 29, 2016 6:22 pm

allexcosta escreveu:Esses baixos Japoneses são réplicas, não cópias.

A grande maioria são do mesmo nível ou melhores que os originais.

É isso que queria dizer...melhores que os originais.
avatar
Juninho Sampaio
Membro

Mensagens : 6318
Localização : Salvador-Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por allexcosta em Seg Ago 29, 2016 6:30 pm

cardozo escreveu:Que, de uma forma ou outra, é a mesma característica da NOSSA geração!

Na minha turma não. A gente usava qualquer baixo legalzinho que tivesse mais de 4 cordas e o bolso pudesse pagar. Quando sobrava grana colocava captador EMG e pronto.

Fender pra gente era baixo da galera mais antiga ou então de roqueiro. Não havia esse estigma.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42278
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por pagani em Seg Ago 29, 2016 6:44 pm

O bom disso tudo é ver esclarecimentos que nos remetem a pensar um pouco mais e ser mais criterioso antes de adquirir um instrumento. No fim, o instrumento ideal é aquele em que você pode pagar ou que traga a melhor relação custo x benefício. Tenho um Precision mexico que ja achava muito bom (talvez pq o comprei em 2013 conforme esclareceu o alex sobre o ano de fabricação) e depois coloquei caps 63 USA nele e ficou um espetáculo. Posso dizer isso pq tenho comparativo pra fazer, pois tenho um JB USA. Passei os caps mexico para um squier serie 20 anos e o squier ficou muito bom, nada espetacular mas muito bom. Tenho um squier jaguar e tirei os caps ativos e coloquei caps passivos que comprei por uma ninharia e o mesmo ficou muuuuito bom, bem melhor que o squier JP. Tenho mais 3 southern cross que tbm modifiquei, mas isso é historia pra outro por do sol. Enfim, aprendi com um amigo aqui que entende muito de instrumentos (muito mesmo) e ele ja me provou que nem sempre as combinações de caps e corpos de instrumentos diferentes combinam bem. Por exemplo, coloquei um cap de music man num OLP (pq comprei um seymor pro MM) e o mesmo n melhorou muita coisa, foi desperdício. O instrumento mexicano, acredito ser mais bem visto do que os squier (apesar da melhora na qualidade), porem, tudo o que se diz aqui são pontos de vista pessoais.
avatar
pagani
Membro

Mensagens : 64
Localização : curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por cardozo em Ter Ago 30, 2016 5:33 am

allexcosta escreveu:
cardozo escreveu:Que, de uma forma ou outra, é a mesma característica da NOSSA geração!

Na minha turma não. A gente usava qualquer baixo legalzinho que tivesse mais de 4 cordas e o bolso pudesse pagar. Quando sobrava grana colocava captador EMG e pronto.

Fender pra gente era baixo da galera mais antiga ou então de roqueiro. Não havia esse estigma.

Não tinha esta noção. Só fui conhecer a marca Fender aqui no forum e imaginei que o culto à marca, no Brasil, vinha de muito tempo atrás.
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 653
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Rico em Ter Ago 30, 2016 6:11 am

Tudo tem sua época. Instrumentos Fender ou Guild eram sinonimo de caretice no RJ do fim dos 80, no auge do (argh!!!) Metal.

Quem usava baixo Fender por aqui era a galera velha, o Luizão, o Dadi, Antônio Pedro e mais um pessoal de outra época.

Esses instrumentos faziam uma espécie de separação dos estilos musicais. Fender era troço de velho.

Um amigo tem uma Mex de 92, acho. Bem acabada, boa ação, peças internas de plástico e caps cerâmicos. As japonesas eram sonho de consumo, e as USA estavam desacreditadas.
avatar
Rico
Membro

Mensagens : 2214
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por elzebad em Ter Ago 30, 2016 6:27 am

Fabio Linhares escreveu:Já tive Fender:

Std JB MIM (3)
Am Std JB (3)
Squier VM JB (3)
Marcus Miller Japa (4)
Gedy Lee Japa (2)


Fabio, considerando que vc teve vários baixos de um mesmo modelo, poderia dizer se entre eles (mesmo modelo) havia alguma diferença, ou é possível dizer que havia um padrão ISO de qualidade?

Em caso de haver diferença, poderia dizer quais os anos dos baixos e quais os melhores ou piores?
avatar
elzebad
Membro

Mensagens : 159
Localização : Logo ali

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por allexcosta em Ter Ago 30, 2016 6:53 am

Rico escreveu:Tudo tem sua época. Instrumentos Fender ou Guild eram sinonimo de caretice no RJ do fim dos 80, no auge do (argh!!!) Metal.

Sim, obrigado por confirmar.

Quando comecei a tocar nenhum baixista falava em Fender. Claro que a gente sabia o que era mas tinha um estigma de baixo pra músico velho e careta. Tanto que aqueles poucos que possuíam Fender modificavam o raio que o parta dos baixos.

O sonho de consumo da galera eram os headless como o Steinberger, o Yamaha BX-1 e BX-5 e o Ibanez Axstar. Veja foto:



Tinha também o Roland G-77, toquei até em uma banda que tinha um, a banda Pike.



E havia outros Roland menos comuns também:



Depois dessa fase a gente começou a ver os Warwick nas revistas e pintou um interesse. Nego falava "é, diz que tem som da madeira". Algum tempo depois começaram a chegar os Warwick nas mãos da galera de banda famosa que comprava em SP ou fora do Brasil. Depois dessa fase veio a época do TRB, depois uma turma comprou Fodera e aí que alguns olhos começaram a olhar pra os Fender de novo, mas aí já é fim dos anos 90.

Durante esse tempo todo, havia o mito dos Alembic, que poucos tinham mas era considerado o supra-sumo dos baixos. Lembro que vários amigos do meu irmão mais velhos que eu chamavam de Alambique.

Houve uma época de grande interesse pelos Factor também, meados de 95, 96.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42278
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Ago 30, 2016 7:10 am

^ Também confirmo isso.
Aqui no RJ, nos anos 80, foi uma febre de Ibanez Roadstar, e muitos queriam os de tipo Steinberger, e até a Giannini, lançou um baixo (horroroso!), da série Shark... Tinha também os Aria Pro e os Kramers, com aquela mão esquisita cortada no meio. Foi a época em que apareceram por aqui, nas mãos de músicos profissas, os 1ºs Alembics, pois o pessoal tinha ficado impressionado com o Stanley Clarke que tocou com vários no Festival do Maracanãzinho, daí o Nico comprou um e muita gente foi atrás.
Mas tudo isso era pra quem tinha grana...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11839
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por allexcosta em Ter Ago 30, 2016 7:18 am

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Foi a época em que apareceram por aqui, nas mãos de músicos profissas, os 1ºs Alembics, pois o pessoal tinha ficado impressionado com o Stanley Clarke que tocou com vários no Festival do Maracanãzinho, daí o Nico comprou um e muita gente foi atrás.

Sim, parece que no Rio o lance do Alembic foi muito mais forte que em Salvador. O Nando me disse que o Cassio fazia muitos clones, verdade?

Só pra entender a época, a gente ligava a TV e via isso o dia todo:







Então Fender era a última coisa que passava pela cabeça.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42278
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por cardozo em Ter Ago 30, 2016 7:32 am

Legal. Aprendi bastante coisa nova.

A pergunta é: Dentre todas as marcas disponíveis, porque Fender? Em que momento a marca começou a se destacar no mercado brasileiro?
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 653
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por pagani em Ter Ago 30, 2016 7:59 am

Tenho um steinberger do paulo ricardo, que vergonha kkkk!!!!! acho o baixo muito legal mas morro de vergonha de usá-lo
avatar
pagani
Membro

Mensagens : 64
Localização : curitiba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Rico em Ter Ago 30, 2016 8:01 am

Sudeste de uma forma gera:l 60, 70 e 2000 pra cá. Anos da Fender e clones.
avatar
Rico
Membro

Mensagens : 2214
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Ago 30, 2016 8:04 am

Sim Allex, a antiga Wood fazia também, e o meu mestre, Simões, também...
cardozo Na verdade, Fender nunca deixou de se destacar (basta, por exemplo assistir aos shows do programa Mixto Quente, da Globo). O que aconteceu nos anos 80 foi que haviam mesmo mais marcas, mais modelos e informação vinda do estrangeiro, então, muita gente optou por esses novos modelos que apareciam nas mãos de músicos famosos - Foi o caso dos Aria e Steinberger, por exemplo... Nos anos 90 houve um "retorno" aos Fender por conta das bandas que faziam sucesso nessa época (incluindo o RHCP).
Vale lembrar que no início dos anos 60, quando os instrumentos elétricos começaram a aparecer no Brasil, marcas como Sonelli, DiGiorgio, Phelpa, Sank, etc, baseavam-se em designs italianos (de gosto bem duvidoso, kkkk...)


Última edição por Mauricio Luiz Bertola em Ter Ago 30, 2016 8:14 am, editado 1 vez(es)
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11839
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Willian Casagrande em Ter Ago 30, 2016 8:10 am

Esses headless fizeram a cabeça da galera nos anos 80 em geral. Eu gostava bastante de engenheiros e conheci esse baixo pelo Gessinger mesmo. Até o Bruxão largou mão dos JB pra usar uns desses aí rsrs



Nunca foram do meu estilo, mas não posso deixar de reconhecer que são ótimos pra tocar por horas a fio. Leves feito plumas.
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3360
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Ago 30, 2016 8:12 am

A 1ª marca importada de baixo custo que se generalizou no Brasil foi a Washburn, com a famigerada série Lyon. Num patamar menor, os Hohner Rockwood, também muito ruins.
Num época pouco anterior nos anos 80 surgiram os instrumentos da Golden, Insbruck, Magnum, etc... Tudo muito ruim... Melhorzinhos eram os Dolphins da "era Assale", assim como os anteriores Finch. Antes disso (anos 70) só tinha mesmo Giannini, Snake e Finch, além dos indefectíveis e onipresentes Tonantes!!!!
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11839
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Fabio Linhares em Ter Ago 30, 2016 9:31 am

elzebad escreveu:
Fabio Linhares escreveu:Já tive Fender:

Std JB MIM (3)
Am Std JB (3)
Squier VM JB (3)
Marcus Miller Japa (4)
Gedy Lee Japa (2)


Fabio, considerando que vc teve vários baixos de um mesmo modelo, poderia dizer se entre eles (mesmo modelo) havia alguma diferença, ou é possível dizer que havia um padrão ISO de qualidade?

Em caso de haver diferença, poderia dizer quais os anos dos baixos e quais os melhores ou piores?

Entre os citados, os squiers estão abaixo. Nao davam a mesma ação (regulagem) e eram menos confortáveis. Os demais sempre aceitaram minhas regulagens sem muito esforço, inclusive os mexicanos. Os japas tem um padrão impressionante, todos muito semelhantes. Mesma pegada e som sempre. O hardware dos mexicanos são perceptivamente mais frágeis que dos americanos e japas, parecem mais genericos. Americanos estão um degrau acima mesmo, nos pequenos detalhes, como tarrachas mais macias pra afinar, baixo viaja o Brasil todo e continua afinado, são muito confiáveis. Por incrivel que pareça minha maior decepção com Fender foi com um Americano RI75 escala em rosewood. Um baixo lindo e com acabamento impecável, mas com um som que decepcionou muito. Magro e sem personalidade. Talvez minha expectativa foi grande. Numa escala crescente classificaria assim: Squier>>>>Mexicano>>Japa>Americano.
avatar
Fabio Linhares
Membro

Mensagens : 1032

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Marlim em Ter Ago 30, 2016 10:41 am

Bertola , eu já ia comentar mesmo dos Washburn que tiveram um boom nos anos 90 e erm bem comuns de serem encontrados ( eu mesmo tive um Lyon de 5 cordas muito bonito e com som razoavel )

Lembro que nos anos 90 a galera do metal fervia por instrumentos Jackson ...esses eram como o graal do estilo naquela época
avatar
Marlim
Membro

Mensagens : 156
Localização : BH

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por elzebad em Ter Ago 30, 2016 10:52 am

Fabio Linhares escreveu:
elzebad escreveu:
Fabio Linhares escreveu:Já tive Fender:

Std JB MIM (3)
Am Std JB (3)
Squier VM JB (3)
Marcus Miller Japa (4)
Gedy Lee Japa (2)


Fabio, considerando que vc teve vários baixos de um mesmo modelo, poderia dizer se entre eles (mesmo modelo) havia alguma diferença, ou é possível dizer que havia um padrão ISO de qualidade?

Em caso de haver diferença, poderia dizer quais os anos dos baixos e quais os melhores ou piores?

Entre os citados, os squiers estão abaixo. Nao davam a mesma ação (regulagem) e eram menos confortáveis. Os demais sempre aceitaram minhas regulagens sem muito esforço, inclusive os mexicanos. Os japas tem um padrão impressionante, todos muito semelhantes. Mesma pegada e som sempre. O hardware dos mexicanos são perceptivamente mais frágeis que dos americanos e japas, parecem mais genericos. Americanos estão um degrau acima mesmo, nos pequenos detalhes, como tarrachas mais macias pra afinar, baixo viaja o Brasil todo e continua afinado, são muito confiáveis.  Por incrivel que pareça minha maior decepção com Fender foi com um Americano RI75 escala em rosewood. Um baixo lindo e com acabamento impecável, mas com um som que decepcionou muito. Magro e sem personalidade. Talvez minha expectativa foi grande. Numa escala crescente classificaria assim:  Squier>>>>Mexicano>>Japa>Americano.

Excelente contribuição Fabio! Obrigado.
avatar
elzebad
Membro

Mensagens : 159
Localização : Logo ali

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por allexcosta em Ter Ago 30, 2016 11:12 am

Fabio Linhares escreveu:Por incrivel que pareça minha maior decepção com Fender foi com um Americano RI75 escala em rosewood. Um baixo lindo e com acabamento impecável, mas com um som que decepcionou muito. Magro e sem personalidade. Talvez minha expectativa foi grande.

Interessante você dizer isso.

Tive alguns desses em mãos por um motivo ou outro e desgostei de todos, apesar de bem bonitos. Acontecia alguma coisa na linha de produção desse modelo especificamente e parece que todos os exemplares não passam de razoáveis.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42278
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Vinicius F em Ter Ago 30, 2016 11:41 am

O primeiro baixo que pude colocar em mãos foi justamente um Fender Jazz Bass 1972. Era do grande Sabá (Jongo Trio). Eu ainda era adolescente e estava querendo tocar baixo, meu pai conhecia o guitarrista da banda do Sabá, pessoalmente e ele nos convidou para assistir um ensaio.

O Sabá, como baixista acústico falava que o baixo elétrico era instrumento de brinquedo, de moça (rs), mas nos ensaios ele costumava usar um baixo elétrico mesmo. Ele tinha esse JB 72. Aí tive a oportunidade de "testar" o bixo. Lembro que era pesadíssimo, a escala era de maple, tinha um som extremamente agressivo, roncado, e gordo. Me impressionou muito o som do instrumento, tanto que lembro até hoje. Desde moleque já conhecia as grandes marcas, como gibson e fender...

Anos depois surgiu uma oportunidade de compar um Fender JB Am. Standard V usado a um preço bacana. Foi uma grande decepção! Já fiz esse relato antes aqui num tópico do fórum com mais detalhes. No fim, acabei comprando um Highway One a preço de banana entre outras opções insteressantes. Gostei muito do instrumento, tinha um som muito mais próximo ao que ficou na minha cabeça quando moleque do que o V, embora sempre tivesse escutado falar muito mal da série, que era pior que mexicano standard? e bobagens do tipo. Aí fui pesquisar como e do que era feito esse baixo. Não tem como tecnicamente ser "nem de longe" o pior instrumento da série e "nem de longe" o melhor. Ou seja, as pessoas falam muita bobagem mesmo, por puro achismo ou "elitismo".

Numa marca grande como a Fender, como já foi muito bem explicado pelo Allex, o preço normalmente acompanha a qualidade, com exceções, claro. Nem todos projetos são bons e sempre existem desvios padrões nessas produções em massa. O preço é alavancado pelo marketing e pela enorme procura em todos os instrumentos da marca.  Nada que foge do óbvio, realmente. O grande lance que muda aí são os instrumentos antigos da marca, que tem a qualidade bem flutuante, mas não dá pra negar que os melhores podem ser simplesmente espetaculares e que os piores uma bela bomba...
avatar
Vinicius F
Membro

Mensagens : 788
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por cardozo em Ter Ago 30, 2016 12:05 pm

allexcosta escreveu:
Fabio Linhares escreveu:Por incrivel que pareça minha maior decepção com Fender foi com um Americano RI75 escala em rosewood. Um baixo lindo e com acabamento impecável, mas com um som que decepcionou muito. Magro e sem personalidade. Talvez minha expectativa foi grande.

Interessante você dizer isso.

Tive alguns desses em mãos por um motivo ou outro e desgostei de todos, apesar de bem bonitos. Acontecia alguma coisa na linha de produção desse modelo especificamente e parece que todos os exemplares não passam de razoáveis.

No som, correto?

Estes não seriam os exemplares ideais para o upgrade de captadores e/ou eletrônica?
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 653
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Bastiao em Ter Ago 30, 2016 12:40 pm

Desconhecia esta história do instrumento no Brasil.

Mas, curiosamente, no início da década de 90, a primeira vez que tive um baixo nas mãos foi um washburn, não sei o modelo, e o segundo, um aria pro 5 cordas (unica vez que tive um 5 cordas). Situação que corrobora com os relatos.
avatar
Bastiao
Membro

Mensagens : 139
Localização : Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Coder em Ter Ago 30, 2016 2:09 pm

Olha, não cheguei a pegar a parte "Old School" da coisa, mas quando comecei a tocar, em meados de 1998, o sonho de consumo da molecada era Bass Collection e Tobias!
avatar
Coder
Membro

Mensagens : 3057
Localização : República das Bananas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por gsfteodoro em Ter Ago 30, 2016 2:57 pm

Rapaz
Eu era fascinado por Tobias. Bons tempos...
avatar
gsfteodoro
Membro

Mensagens : 4600
Localização : Brezil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Fabio Linhares em Ter Ago 30, 2016 3:19 pm

Achei um video tocando com o Fender RI 75.

avatar
Fabio Linhares
Membro

Mensagens : 1032

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Marlim em Ter Ago 30, 2016 6:09 pm

O topico acabou ficando bem mais interessante no fim das contas

Bom sobre não ser ridiculo como o criador do topico me recomendou lá na primeira pagina... ok meu caro , abraços , embora continuo pensando o que descrevi ali ....de que vc teve ou tem uma negociação em mente e criou o topico pra mostrar para alguem de forma a depreciar os intrumentos mexicanos duramente como se os mesmos fossem lixo , o que acabou dando meio errado pois ao longo do topico tivemos uma belissima lição sobre as diferenças dos fenders fabricados em lugares diferentes e ninguem disse que Fender Mexicano é lixo ..mas o seu preconceito em frases como " estou ficando com nojo da fender" é algo que pareceu bem de caso bem pensado

Citei essa possibilidade pq uma vez por exemplo quando eu estava me desfazendo de um precision Squier uma pessoa me abordou via internet e citava muitos fatos "desabonadores" sobre o baixo , com clara intenção de pedir desconto ( squier é ruim , squier é segunda linha dizia o sujeito )...quando viu que eu não arredava o pé ( pq o valor anunciado já era bem em conta ) o danadinho criou um anuncio no mercado livre com um baixo quase identico ao meu ( mudando a cor ) e com o valor mais barato e veio com o papo " olha aí eu queria o seu por causa da cor mas se vc não me der o desconto X que estou pedindo vou pegar aquele ali " ..o que ele não contava era que eu ao olhar o anuncio do mercado livre reparei que o anunciante ( tbem de BH ) tinha o MESMO nome do cara que estava negociando comigo ( putz nem pra disfarçar) .....heheh dei o lance na hora e recebi o telefone do vendedor ( que era o cara) ...nesse momento abri a situação e o desmascarei ...o bicho ficou todo sem graça e obviamente encerrei ali mesmo qualquer possibilidade de negociação com o mesmo por qualquer valor que fosse


Peço então minhas desculpas ao criador do topico pq o mesmo colocou as situações de forma tão eloquente e efusiva que me levou a acreditar que talvez tivesse ( ou tenha ) caroço nesse angu...afinal sou mineiro e vcs conhecem nossa fama de desconfiados
avatar
Marlim
Membro

Mensagens : 156
Localização : BH

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por elzebad em Qua Ago 31, 2016 6:27 am

Marlim escreveu:O topico acabou ficando bem mais interessante no fim das contas

Bom sobre não ser ridiculo como o criador do topico me recomendou lá na primeira pagina... ok meu caro , abraços , embora continuo pensando o que descrevi ali ....de que  vc teve ou tem uma negociação em mente e criou o topico pra mostrar para alguem  de forma a depreciar os intrumentos mexicanos duramente como se os mesmos fossem lixo , o que acabou dando meio errado pois ao longo do topico tivemos uma belissima lição sobre as diferenças dos fenders fabricados em lugares diferentes e ninguem disse que Fender Mexicano é lixo  ..mas o seu  preconceito em frases como " estou ficando com nojo da fender" é algo que pareceu bem de caso bem pensado


Certa vez eu li, não me lembro onde, que a ninguém é recomendável expor opiniões sobre assuntos acerca dos quais não possua inteiro conhecimento, sob o sério risco de acabar tendo a sua ignorância revelada.

Guardadas as proporções, é mais ou menos o que acontece neste caso.

Primeiramente, acredito que vc não deva ter lido com atenção o que eu escrevi na mensagem inaugural deste tópico, motivo pelo qual transcrevo o trecho a seguir:

"Tenho um Marcus Miller mexicano e coloquei a venda, mas o desprezo por ele é tanto que me sinto até envergonhado. Frases do tipo: "se fosse japa até comprava, mas MIM não vale nada", são frequentes".

Apesar de eu achar o Marcus Miller mexicano um ótimo instrumento, e apesar de ter anunciado ele por um preço bem inferior aos valores que pedem pelos MM japoneses, isso não foi suficiente para evitar o desprezo dos potenciais compradores, simplesmente pelo fato de ele ser mexicano. E esta situação é que motivou a criação do tópico, e nada mais.

Seu comentário foi desnecessário e ofensivo. Desnecessário porque não contribuiu em absolutamente nada para o Fórum, que como se sabe, tem por objetivo primordial a troca de informações e experiências relacionadas ao contrabaixo. E foi ofensivo porque vc emitiu um juízo depreciativo a respeito do meu caráter sem me conhecer ou ao menos saber quem eu sou, principalmente considerando que estes seus comentários maldosos foram lançados onde qualquer pessoa, mesmo não sendo integrante do Fórum, pode acessá-los.

A esse propósito, quero deixar claro que fui educado para ser uma pessoa de bem, e posso afirmar que o esforço de meus pais não foi em vão.

Se vc está convicto de que sua conclusão sobre minha real intenção ao abrir o tópico seja mesmo esta que vc descreveu, então guarde-a para si, porque como vc bem pode ver, este seu comentário não alcançará objetivo outro senão o de gerar um mal estar geral entre os integrantes deste Fórum, além, é claro, de fomentar uma animosidade entre nós que, a meu ver, é inegavelmente desnecessária.

Em outra oportunidade já falei isso, mas não custa repetir: Não sabemos exatamente quem são as pessoas que estão atrás de cada um dos avatares deste Fórum, não sabemos sobre suas qualidades, defeitos, posição social ou nível cultural. E justamente por esta razão é que devemos ser cautelosos ao tratarmos com nossos colegas, sempre primando pela urbanidade e, principalmente, cuidando para não os niverlarmos por baixo.

Eu não sei se o meu interlocutor é um Juiz de Direito, Ministro do STF, Membro da Academia Brasileira de Letras, simples trabalhador assalariado ou um morador de rua. O que eu sei é que todos merecem ser tratados com respeito, sempre.

Aceito suas desculpas, mas acredito que atitudes como a sua deveriam ser punidas pelos administradores do Fórum, para que isso não acabe virando moda.
avatar
elzebad
Membro

Mensagens : 159
Localização : Logo ali

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Marlim em Qua Ago 31, 2016 6:53 am

Por favor aceite minhas desculpas , mas não me tome novamente como ignorante - como disse acima

Tbem não precisa ficar nervoso se pisei no calo , já pedi desculpas se ofendi ( o que não lhe da o direito de me ofender ainda que tentando ser educado enquanto o faz )

No mais forte abraço , e se a moderação achar que fiz algo errado e quiser me orientar a mudar minha conduta estou plenamente aberto

Reitero minha opinião sobre seus posts e tbem meu pedido de desculpas se minha opinião - plenamente pessoal e minha - lhe ofendeu em alguma coisa

MAs ok...me pergunto ainda que tipo de pessoa e com qual tipo de conhecimento diz que um Fender Marcus Miller MIM não vale nada....
avatar
Marlim
Membro

Mensagens : 156
Localização : BH

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por cardozo em Qua Ago 31, 2016 7:05 am

Sem adentrar na questão dos últimos posts, sempre haverá embate entre vendedor e comprador. O vendedor tem a tendência em valorizar o que está vendendo e o comprador, a depreciar ou mesmo desconfiar das qualidades anunciadas.

Se você (genericamente falando, que fique claro) não é um vendedor profissional, que viva disso, sempre perderá dinheiro na negociação. Na melhor das hipóteses, irá empatar dinheiro.

Tive há alguns anos um baixo que não gostava. Investi o valor de mais meio baixo em eletrônica para ver se a coisa melhorava e nada. Acabei vendendo o instrumento por menos da metade do valor total. Era isto ou ficar com algo que não me agradava, acumulando poeira e desgastando-se sem uso.

É bom deixar claro que isto nada tem a ver com Fender, Squier, Yamaha, Ibanez ou qualquer outro fabricante. A culpa, se houver, é de quem pagou o (alto) preço indicado pelo fabricante. Esperar ter o mesmo lucro na revenda do instrumento é erro básico e aborrecimento na certa.

De qualquer forma, belo tópico.

Abraço!
avatar
cardozo
Membro

Mensagens : 653
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por elzebad em Qua Ago 31, 2016 7:10 am

Marlim escreveu:

MAs ok...me pergunto ainda que tipo de pessoa e com qual tipo de conhecimento diz que um Fender Marcus Miller MIM não vale nada....

Ótima pergunta! Não apenas o Marcus Milller, mas os Fender mexicanos de um modo geral possuem um certo grau de rejeição. Eu particularmente não tenho nada contra e gosto muito, tanto que tenho um, mas comercialmente falando parece não ser bom negócio, porque na hora de passar pra frente vc acaba enfrentando situações como as que descrevi.
avatar
elzebad
Membro

Mensagens : 159
Localização : Logo ali

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Marlim em Qua Ago 31, 2016 7:14 am

Uma coisa que o pessoal disse e é a mais pura verdade está relacionada aos valores tbem....pq tem gente querendo vender Fender mexicano por 3000 ....3500 modeloas standard....aí tbem não rola , não é o valor deles d emercado

Fenders mexicanos como todos os baixos tem bons eruins e pagando -se o justo é uma boa compra sim ( o problema é chegar ao valor justo já que alguns vendedores deslumbrados com o nome Fender no headstock pedem fortunas pelos instrumentos, outros nem sabem bem a diferença )

Uma linha que ficou absurdamente cara aqui no Brasil por exemplo ( apesar da boa qualidade geral dos instrumentos que vi ) foram os Squiers Classic Vive e Vintage Modified , com o que pedem por um instrumento desses aqui quando novo dá e sobra pra comprar um Fender Mexicano

Será que não é por isso que algumas pessoas estão elevando tanto o preço dos mexicanos aqui no Brasil? ( reparem que com o a subida desses que citei os squiers mais simples como california e affinnity tbem deram uma subida razoavel em sites ocmo mercado livre )
avatar
Marlim
Membro

Mensagens : 156
Localização : BH

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Marlim em Qua Ago 31, 2016 7:18 am

elzebad escreveu:
Marlim escreveu:

MAs ok...me pergunto ainda que tipo de pessoa e com qual tipo de conhecimento diz que um Fender Marcus Miller MIM não vale nada....

Ótima pergunta! Não apenas o Marcus Milller, mas os Fender mexicanos de um modo geral possuem um certo grau de rejeição. Eu particularmente não tenho nada contra e gosto muito, tanto que tenho um, mas comercialmente falando parece não ser bom negócio, porque na hora de passar pra frente vc acaba enfrentando situações como as que descrevi.

Sabe que isso talvez seja natural?

Uma vez estavamos eu e um amigo e ele ia comprar o "Precison bass dos sonhos dele" fomos a uma grande loja de instrumentos aqui em BH pra ele testar os baixos e assim....tinha um classic vibe lá ( squier ) com pegada e som maravilhosos e um fender mexicano bem meia boca

Adivinha qual ee levou mesmo depois de testar os 2? O fender....acabou comprando pelo nome no headstock... talvez o mesmo aconteça com fenders mexicanos ...não diria que é questão de desprezo e sim que quem pode pagar pelo americano acaba deixando o mexicano de lado mesmo ( assim como o cara que pudia pagar pelo fender mexicano ignorou o squier )
)
avatar
Marlim
Membro

Mensagens : 156
Localização : BH

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Fabio Linhares em Qua Ago 31, 2016 8:59 am

Quando comprei meu primeiro Fender....

Há muitos anos atrás, eu bem novo, fui na teodoro pra comprar meu primeiro jazz bass fender. Entrei na gang e o vendedor me apresentou dois baixos: um american std e um std mexicano. Testei os dois lado a lado, antes disso nunca tinha colocado a mão em nenhum fender. Toquei o mexicano primeiro e gostei muito, estava regulado com acão baixa e cordas bem novas. Olhei a etiqueta de preço e estava algo em torno de 2500 reais. Peguei o americano em seguida, estava com cordas velhas e altas, era mais pesado e o braço mais parrudo, não me agradou em nada, e o preço estava 4000 reais. No momento nada justificava a escolha do fender. O que eu fiz? Fui na lojinha de usados ao lado e arrematei um Fender Mexicano usado por 900 reais à vista. Este me serviu por muitos anos e nunca me deixou na mão.
avatar
Fabio Linhares
Membro

Mensagens : 1032

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fender Mexico não presta - verdade ou mito?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum