Staner - quando dar um passo adiante?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Seg Nov 21, 2016 5:10 pm

Opa, galera, meu segundo post aqui no Fórum. Estou criando um tópico pra saber a opinião de vocês sobre isto: até quando um Staner dá conta?

Tenho um Bs120, amp de 132w em 4 ohms, falante de 15", saída de linha pré-eq e saída para falante externo. Ele carrega toda a fama de um Staner (ainda mais desses mais antigos), de ser um tanque de guerra. O ex-dono teve o amp por mais de 10 anos, eu toquei com ele em banda por um ano, e há uns 6 meses uso o amp apenas para estudo no quarto.
Acontece que agora estou numa banda responsa, tocamos rock, pop e pop-rock. Os lugares são pequenos, de vez em quando vai rolar algo maior, algo parecido com a outra banda, só que dessa vez os são lugares bem respon$a$ e os músicos da banda melhores. Sinto meio que implicitamente uma exigência maior sobre mim, e partindo de mim mesmo (não musicalmente, mas em relação a equipamento). Toco com um SX. Este pretendo continuar, mas penso se não é a hora de eu fazer um up no amp. O Staner é legal, tem volume, mas eu não diria que é um volume que sobra. Como posso dizer? Dá pra jogar volume, só que aí ele não rende timbre. Penso se não seria legal um amp em que eu pudesse conseguir um volume alto sem medo, e que com esse volume o timbre ainda fosse conservado. Ou seja, um amp que pudesse trabalhar com mais folga. Podem entender o que digo?
Ainda não fiz o primeiro show com a banda, mas já tá aí em cima. Até onde vocês foram/iriam com um Staner de 132w? Até onde se sentiriam seguros com ele em relação a volume e timbre?

E qual seria o passo adiante? Algo na casa dos 250-300w? Recentemente ensaiei num estúdio com um Hartke Ha2500 com uma 4x10. Achei legal, tem um volume muito bom e parece que uma pressão sonora boa também, mas não achei o timbre muito legal. Parece um tanto moderno para o meu gosto, parece que falta um médio mais evidente, e aquele eq. gráfico parece que atrapalha mais do que ajuda. Estava vendo o Peavey Headliner, que é um amp até low cost. Penso nele. Aí tem os GK (algo acima do MB200). Um pouco mais caro têm os MarkBas, e por aí vai, entre outros. Saindo de um Staner, vocês pulariam para qual?

Outra coisa...o Staner me deixa MUITO tranquilo em relação à durabilidade. Esse negócio não dá pau nem a pau. É um amp que não te deixa na mão. Esses micro heads, esses amps super portáteis, é verdade que se estragar alguma coisinha já era o amp (o conserto fica inviável)? Lembro de ter lido algo a respeito. Eles são confiáveis?

E uma última pergunta: Estou viajando? Não é nada disso e devo ficar com meu Staner, fazer uma boa revisão nele, de repente upar componentes dele, pré, falante mais sensível, etc? Não mencionei, mas preciso urgentemente de um Korg Pitchblack, um Fuzz de um handmade confiável e um oitavador de respeito (queria mesmo um Micro Pog), sem contar dois bons cabos. Mas penso que não adianta eu ficar fazendo upgrade de pedalboard se o amp não tá legal. Por isso pergunto a opinião de vocês em relação ao Staner nas minhas situações de gig.

Me desculpem pelo post longo e pela bagunça nas perguntas, mas ficaria muito grato com a participação de vocês!

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Seg Nov 21, 2016 5:42 pm

Se os lugares que você costuma tocar são considerados "de respon$a", suponho eu que a casa possua pelo menos um sistema de P.A decente. Nesse caso, o som que está no palco pouco importa...

O BS-120 é um tanque. IMO, amps pra tocar na noite devem suportar banhos de cerveja, nego tropeçando e certos tipos de abusos que são bem comuns do que se imagina...

Agora, se o timbre não está te agradando, existem várias opções, mas tudo depende de quanto você tem a investir. O "standard" (se é que podemos dizer assim) seria um head + 4x10. Isso irá te proporcionar graves, médios e agudos suficientes para acompanhar uma banda.

IMO, não trocaria não. Já toquei muito na noite e sei o como o negócio funciona. Levar equipamento caro só irá te trazer dor de cabeça...

Coder
Membro

Mensagens : 1923
Localização : 37.235, -115.811111

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Nov 21, 2016 5:50 pm

Hoje em dia, tocando o que toco, nos lugares que toco, e, se eu tivesse um Staner, eu ficaría com ele, pois é mais que suficiente para a maioria das aplicações "ao vivo" por aí.
Como o Coder falou, se a gig for mais "poderosa", vai rolar P.A. e vc liga seu Staner na mesa, via Direct Box ou saída Line out.
Saca só essa gig aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=OvfyXcePieA
Estou tocando num lugar grande (um clube), com um Staner BS150 velho de guerra ligado via line out no PA.

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10139
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Rafael Gustavo Herreira em Seg Nov 21, 2016 6:04 pm

Estou usando um bx200 e tenho uma teoria...

Se o lugar precisa de mais que um bx200, precisa de baixo em linha.
Então acredito que não seja necessário a "evolução".

Agora q tem gente q torce o nariz pra equipo nacional, tem de monte. Tem cara q precere usar equipo de marca mesmo que não goste do som do que usar um staner por exemplo.

Mas vai de cada um. Eu prefiro levar o "el tanque" mesmo e mostrar que ele não deve nada a equipo importado de msm nivel.

Rafael Gustavo Herreira
Membro

Mensagens : 198
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Willian Casagrande em Seg Nov 21, 2016 6:26 pm

Eu acho que você tem que sentir se precisa ou não de trocar o amp. Pode estar sendo influenciado por uma autocobrança ou uma GAS por estar num projeto massa e com um amp que acha que não dá conta. Eu usei um BS-150 por 10 anos, acabei vendendo pra pegar um amp um pouco menos potente, mas que tem um timbre mais no meu estilo, e fiquei extremamente satisfeito por todo o tempo em que toquei com ele. Nunca precisei passar da metade do volume, mesmo em festas com 200, 300 pessoas. Só jogar um pouco no PA e, voilà, o som sai redondo.
Espere um pouco mais e sinta-o na gig com essa banda aí. Se você for fazer um show grande, aí não dá mesmo, vai precisar de algo que dê mais potência. Mas, espere um pouco pra ter certeza disso.
Esses amps Staner são ótimos e já vi muito músico profissional usando. Diminuí-los por serem baratos e não terem um "nome", como dizem por aí, é bobagem- não que você esteja fazendo isso, mas é muito comum encontrar quem o faça.

Willian Casagrande
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1804
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por rafacar em Seg Nov 21, 2016 10:24 pm

O próximo nível após um Staner é um cabeçote mais caixa 4x10.

Os micro heads são confiáves e bons de timbre, basta não ligar na voltagem errada, óbvio.

Está viajando em mexer em componentes, falante e pré do Staner.

rafacar
Membro

Mensagens : 284
Localização : Belo Horizonte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Seg Nov 21, 2016 10:28 pm

rafacar escreveu:Os micro heads são confiáves e bons de timbre

hmm...

Coder
Membro

Mensagens : 1923
Localização : 37.235, -115.811111

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Claudio Mengarda em Seg Nov 21, 2016 10:42 pm

Eu tocava em um bx200, porém o mesmo era emprestado, nunca precisei chegar no volume 5 (mal passava do 4). Recentemente tive de devolver o amplificador ao dono e busquei algo diferente: fui num hartke a100 que ainda estou me adaptando. O fato é que o bx200 era um baita amp e me serviu muito bem, apesar do seu tamanho, da caxopa e do peso haha. Veremos se o a100 vai aguentar o traco, rezo que sim haha

Claudio Mengarda
Membro

Mensagens : 52
Localização : Santa Catarina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Normando Neto em Seg Nov 21, 2016 11:09 pm

Eu diria que qualquer amp dá conta até faltar volume para sua referência no palco e isso é muito fácil de perceber.

Agora, quanto a timbre é outra coisa. Aí não importa se você está se ouvindo, o que importa é se você está gostando ou não do que tá ouvindo. Se não está gostando acaba atrapalhando a concentração e entrega ao som (comigo atrapalha demais, quase não consigo tocar, fico tentando mexer na eq o tempo todo e puto da vida), aí é melhor procurar algo que agrade mais...


Normando Neto
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 704
Localização : Jacobina - Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 22, 2016 7:30 am

JuniorMello escreveu:E qual seria o passo adiante? Algo na casa dos 250-300w?

Watt não importa. Pegue um Ampeg com essa potência e você sentirá falta do seu Staner de cento e poucos watts.

GK800RB/700RBII/1001RBII ou Hartke HA3500/HA5500 com uma boa caixa 4x10 é o próximo passo e provavelmente definitivo.

Em termos de volume, procurar outro combo com um falante seria dar murro em ponta de faca. Em timbre, vários são melhores que o Staner.

Os microheads não são confiáveis como esses amps citados acima.

allexcosta
Administrador

Mensagens : 39301
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por joabi em Ter Nov 22, 2016 9:27 am


Respondendo a pergunta do título: quando dar um passo adiante?

Quando você sair do palco com a sensação de "Meh, não tá mais rolando…" Very Happy


joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 4676
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 12:02 pm

Muito obrigado pelas respostas, li tudo!
Já vou quotando, aguardem!

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 12:07 pm

Coder escreveu:Se os lugares que você costuma tocar são considerados "de respon$a", suponho eu que a casa possua pelo menos um sistema de P.A decente. Nesse caso, o som que está no palco pouco importa...

Mas sob este argumento, então qualquer caixa multiuso, ou qualquer outra coisa passível de se ligar um baixo serve pra ser usada num palco pelo baixista, Coder (pois, como você disse, o som no palco pouco importa...)

Coder escreveu:O BS-120 é um tanque. IMO, amps pra tocar na noite devem suportar banhos de cerveja, nego tropeçando e certos tipos de abusos que são bem comuns do que se imagina..

Sei lá, cara, na minha opinião nenhum equipamento deve ser feito pra suportar um banho de cerveja. Eu sou do tipo responsável e prudente, e já boto pra correr qualquer bêbado com potencial de danificar meu equipamento no palco. Mas claro que entendi o que você disse, hehe.

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 12:13 pm

Willian Casagrande escreveu:
Espere um pouco mais e sinta-o na gig com essa banda aí. Se você for fazer um show grande, aí não dá mesmo, vai precisar de algo que dê mais potência. Mas, espere um pouco pra ter certeza disso.

Acho que é o mais prudente a se fazer, Willian.

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 12:13 pm

rafacar escreveu:Está viajando em mexer em componentes, falante e pré do Staner.

Por quê?

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 12:18 pm

Normando Neto escreveu:Eu diria que qualquer amp dá conta até faltar volume para sua referência no palco e isso é muito fácil de perceber.

Agora, quanto a timbre é outra coisa. Aí não importa se você está se ouvindo, o que importa é se você está gostando ou não do que tá ouvindo. Se não está gostando acaba atrapalhando a concentração e entrega ao som (comigo atrapalha demais, quase não consigo tocar, fico tentando mexer na eq o tempo todo e puto da vida), aí é melhor procurar algo que agrade mais...


Pois é, Normando Neto, é tipo isso o que estou querendo dizer, você foi no ponto certo. A grilação nem é com volume. Mas a questão é o modo como o amp soa num determinado volume. Minha cobrança é mais timbrística, de qualidade de som. Em baixo volume o Staner tem um timbre legal, sim, eu gosto bastante!

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 12:23 pm

allexcosta escreveu:Os microheads não são confiáveis como esses amps citados acima.

Fale mais sobre, Allex, por favor!


Última edição por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 12:26 pm, editado 1 vez(es)

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 22, 2016 12:31 pm

É outra topologia.

Micro amp não suporta flutuação de energia, não aguenta chuva e não mantém uma quantidade boa de energia nos capacitores pra quando você dá aquela nota mais forte. Aí ele dá uma comprimida muito feia quando você precisa de mais som.

allexcosta
Administrador

Mensagens : 39301
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Ter Nov 22, 2016 1:18 pm

JuniorMello escreveu:
Coder escreveu:Se os lugares que você costuma tocar são considerados "de respon$a", suponho eu que a casa possua pelo menos um sistema de P.A decente. Nesse caso, o som que está no palco pouco importa...

Mas sob este argumento, então qualquer caixa multiuso, ou qualquer outra coisa passível de se ligar um baixo serve pra ser usada num palco pelo baixista, Coder (pois, como você disse, o som no palco pouco importa...)
Sim, pouco importa. Amplificador de palco é apenas o retorno do musico e é diferente do som que vai estar indo para o publico. Há casos onde ele nem é preciso (sistema de monitoração in-ear). Claro que você não irá utilizar qualquer porcaria, até porque o amp tem que ter volume o suficiente para pelo menos você se ouvir.

Coder
Membro

Mensagens : 1923
Localização : 37.235, -115.811111

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Nov 22, 2016 3:13 pm

^ Em minha experiência aqui no RJ, eu discordo disso, até porque, na maior parte dos lugares onde vc toca por aqui, sem o amp de palco, não tem som...
Ademais, vc tem que ter não apenas a sua referência de palco para sí, como para seus camaradas de banda. Raros foram os lugares em que toquei no qual o retorno tinha algo mais que as vozes...

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10139
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 4:30 pm

Coder escreveu:
JuniorMello escreveu:
Coder escreveu:Se os lugares que você costuma tocar são considerados "de respon$a", suponho eu que a casa possua pelo menos um sistema de P.A decente. Nesse caso, o som que está no palco pouco importa...

Mas sob este argumento, então qualquer caixa multiuso, ou qualquer outra coisa passível de se ligar um baixo serve pra ser usada num palco pelo baixista, Coder (pois, como você disse, o som no palco pouco importa...)
Sim, pouco importa. Amplificador de palco é apenas o retorno do musico e é diferente do som que vai estar indo para o publico. Há casos onde ele nem é preciso (sistema de monitoração in-ear). Claro que você não irá utilizar qualquer porcaria, até porque o amp tem que ter volume o suficiente para pelo menos você se ouvir.

Mas e quando se microfona o amp (ou quando se trabalha com uma saída de linha post-eq)? Aí o amplificador de palco é essencial, não é? E acredito que em áudio profissional seja uma situação comum.
Acho que a coisa não é tão simples, do tipo, "você só precisa de algo que dê volume pra você se escutar." Mas entendo o que você quis dizer. O que vale é o P.A.

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 22, 2016 4:31 pm

allexcosta escreveu:É outra topologia.

Micro amp não suporta flutuação de energia, não aguenta chuva e não mantém uma quantidade boa de energia nos capacitores pra quando você dá aquela nota mais forte. Aí ele dá uma comprimida muito feia quando você precisa de mais som.

Entendi. Mas é algo tão crítico assim? Digo em relação à oscilação de energia...esses micro amps modernos simplesmentes pifam e não tem conserto? Shocked

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Breno_Barnabe em Ter Nov 22, 2016 4:36 pm

Seguindo a lógica inversa, você pode ter o timbre lindo no palco, mas não vai ser garantido que pro público vai ser o mesmo timbre... Talvez a solução de usar um pré ou um equalizador seja uma boa pra você sentir um timbre melhor no palco.

Eu mesmo tava pensando em desfazer do meu set GK e pegar um Staner usado... dá uma dó deixar o GK parado aqui, esse ano ele saiu de casa 3 vezes, o resto das gigs usei o ampli do local. De repente eu faço uma grana, deixo um Staner mais "balato" pra essas situações... ainda vou pensar.

Breno_Barnabe
Membro

Mensagens : 3355
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Willian Casagrande em Ter Nov 22, 2016 4:51 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:^ Em minha experiência aqui no RJ, eu discordo disso, até porque, na maior parte dos lugares onde vc toca por aqui, sem o amp de palco, não tem som...
Ademais, vc tem que ter não apenas a sua referência de palco para sí, como para seus camaradas de banda. Raros foram os lugares em que toquei no qual o retorno tinha algo mais que as vozes...

2.
Sei lá, mas acho que o amp tem a obrigação de ser suficiente para a banda, pelo menos. Isso num show médio/grande que tem baixo no PA, inclusive. Eu procuro nem pensar que vai ter retorno, porque quase nunca tem mesmo.

Willian Casagrande
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 1804
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Sonikado em Ter Nov 22, 2016 7:45 pm

JuniorMello escreveu:
allexcosta escreveu:É outra topologia.

Micro amp não suporta flutuação de energia, não aguenta chuva e não mantém uma quantidade boa de energia nos capacitores pra quando você dá aquela nota mais forte. Aí ele dá uma comprimida muito feia quando você precisa de mais som.

Entendi. Mas é algo tão crítico assim? Digo em relação à oscilação de energia...esses micro amps modernos simplesmentes pifam e não tem conserto? Shocked
Não é que os microheads sejam ruins.
Eles só não foram feitos pra funcionar no Brasil. Ou em situação de rua.
E, por usarem mais microtecnologia, são bem mais difíceis de consertar.
Se for pra funcionar num lugar fixo, com energia tratada, etc coisa e tal, podem ser uma opção. Mas aí perde-se um pouco da utilidade de serem amplificadores pequenos, que é a facilidade em mover pra lá e pra cá.

Extra: Apesar de que funcionarem mal com oscilações de energia é porcaria das marcas. Qualquer fonte de computador (usam a mesma topologia dos microheads) com PFC ativo conseguem segurar variações brutais de força e manter a carga constante do outro lado...

Sonikado
Membro

Mensagens : 1123
Localização : Estado de SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Nov 22, 2016 9:30 pm

JuniorMello escreveu:
allexcosta escreveu:É outra topologia.

Micro amp não suporta flutuação de energia, não aguenta chuva e não mantém uma quantidade boa de energia nos capacitores pra quando você dá aquela nota mais forte. Aí ele dá uma comprimida muito feia quando você precisa de mais som.

Entendi. Mas é algo tão crítico assim? Digo em relação à oscilação de energia...esses micro amps modernos simplesmentes pifam e não tem conserto? Shocked

Essa tecnologia não é ainda confiável nas condições mais comuns...
A coisa mais importante que um "profissional" deve ter é confiabilidade...

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10139
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por SILVIAO em Ter Nov 22, 2016 10:13 pm

Eu testaria o Staner com sua nova banda.Um amigo aqui do fórum certa vez disse"não há nada errado com o preamp dos Staner,o problema é que por serem mais acessiveis,são utilizados por musicos inexperientes ,com instrumentos baratos e mal regulados,ai jogam a culpa no ampli.Experimente um Eq ou preamp externo no Staner.
O proximo passo seria mesmo um GK 700RB,ou Hartke HA com uma boa caixa 4x10.
Uma dica,com Hartke,até conhecer bem o ambiente em que esta tocando,evite o Eq grafico,e se usar,use para atenuar,eu evito atenuar médios-graves.Abraço.

SILVIAO
Membro

Mensagens : 2729
Localização : Limeira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 22, 2016 10:18 pm

JuniorMello escreveu:Entendi. Mas é algo tão crítico assim? Digo em relação à oscilação de energia...esses micro amps modernos simplesmentes pifam e não tem conserto?

Tipo isso.

allexcosta
Administrador

Mensagens : 39301
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por rafacar em Qua Nov 23, 2016 8:40 am

Sonikado escreveu:
JuniorMello escreveu:
allexcosta escreveu:É outra topologia.

Micro amp não suporta flutuação de energia, não aguenta chuva e não mantém uma quantidade boa de energia nos capacitores pra quando você dá aquela nota mais forte. Aí ele dá uma comprimida muito feia quando você precisa de mais som.

Entendi. Mas é algo tão crítico assim? Digo em relação à oscilação de energia...esses micro amps modernos simplesmentes pifam e não tem conserto? Shocked
Não é que os microheads sejam ruins.
Eles só não foram feitos pra funcionar no Brasil. Ou em situação de rua.
E, por usarem mais microtecnologia, são bem mais difíceis de consertar.
Se for pra funcionar num lugar fixo, com energia tratada, etc coisa e tal, podem ser uma opção. Mas aí perde-se um pouco da utilidade de serem amplificadores pequenos, que é a facilidade em mover pra lá e pra cá.

Extra: Apesar de que funcionarem mal com oscilações de energia é porcaria das marcas. Qualquer fonte de computador (usam a mesma topologia dos microheads) com PFC ativo conseguem segurar variações brutais de força e manter a carga constante do outro lado...

Tenho um mini, uso em banda de bailes, enfrento estrada, poeira, barro, chuva, raio, queda de luz, toda sorte de instalações elétricas precárias, e tá funcionando firme e forte...

rafacar
Membro

Mensagens : 284
Localização : Belo Horizonte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Qua Nov 23, 2016 8:44 am

rafacar escreveu:Tenho um mini, uso em banda de bailes, enfrento estrada, poeira, barro, chuva, raio, queda de luz,  toda sorte de instalações elétricas precárias, e tá funcionando firme e forte...

Qual é e há quanto tempo?

allexcosta
Administrador

Mensagens : 39301
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Qua Nov 23, 2016 8:59 am

Classe D é igual a Pitbull castrado. Late, tem pose de machão, mas na hora do "vamo vê", se encolhe todo! rs

Coder
Membro

Mensagens : 1923
Localização : 37.235, -115.811111

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Nov 23, 2016 9:07 am

^ Ri Muito Ri Muito

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10139
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Qua Nov 23, 2016 12:04 pm

SILVIAO escreveu:Eu testaria o Staner com sua nova banda.Um amigo aqui do fórum certa vez disse"não há nada errado com o preamp dos Staner,o problema é que por serem mais acessiveis,são utilizados por musicos inexperientes ,com instrumentos baratos e mal regulados,ai jogam a culpa no ampli.Experimente um Eq ou preamp externo no Staner.
O proximo passo seria mesmo um GK 700RB,ou Hartke HA com uma boa caixa 4x10.
Uma dica,com Hartke,até conhecer bem o ambiente em que esta tocando,evite o Eq grafico,e se usar,use para atenuar,eu evito atenuar médios-graves.Abraço.

Você tem razão, SILVIAO. Vou ver como rola o Staner nessa nova banda. Eu acho o Staner legal, e não tenho problema nenhum com o pré dele. Também nunca entendi muito a implicância que muitos têm com ele em relação à sua seção de eq. Os controles de grave, médio e agudos dele atuam razoavelmente bem, sim. Você joga agudo, ele dá agudo, você gira o médio, ele dá médio, você põe grave e ele responde, sim. Então vou dar uma chance ao velho amigo Staner.

Mas me responda, e em relação a fazer algum tipo de melhoria no Bs120? Vi que lá no Clube Staner você disse ser besteira fazer aquele tipo de alteração tão drástica no amp (condordo), mas algum tipo de alteração, qualquer coisa barata que pudesse melhorar algo no amp, não é viável? Pergunto pois aí em cima disseram ser besteira mexer nele.
Eu moro na mesma cidade do Nelson Verdura, handmaker dono da NV Amp, que constrói amplificadores valvulados handmades fantásticos. Ele faz manutenção em amps transistorizados também, e eu iria fazer uma revisão no Staner com ele...quem sabe eu já aproveitava e pedia a ele algumas sugestões que pudessem fazer uma melhora no amp, mesmo que pequena.

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Qua Nov 23, 2016 12:17 pm

Em relação aos micro amps, essa é minha principal desconfiança. Não em relação a qualidade do som que essas coisinhas lindas entregam, mas em relação à proteção do amp, o quão resistente ele é. Claro, a pessoa pode ter o amp e nunca ter acontecido nada, como é o caso do rafacar que comentou aí em cima, mas acho que se fosse dar um up no Staner eu iria pra algo mais unânime.


JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Nov 23, 2016 12:26 pm

JuniorMello
Não há muito o que fazer em relação ao seu (bom) BS120, exceto a manutenção de praxe e troca de componentes que estiverem desgastados.
Trocar o alto-falante é complicado por 2 motivos: A "integração" ótima caixa/falante, que não é uma coisa que possa ser feita "de orelhada". E o fato de que os falantes (Eros) utilizados nesses amps serem de 4 ohms e é difícil conseguir falantes de baixo com essa impedância no Brasil.

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10139
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Qua Nov 23, 2016 12:30 pm

Tô dando uma olhada rápida no lineup do site da GK. Olha, essa série RB não deixa de ser portátil, viu. Ainda são leves e pequenos. Shocked

Mas a diferença de preço em relação à série MB é notável: um 400RB custa cerca de 4 mil reais, preço apenas um pouco abaixo de um MB800.

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Qua Nov 23, 2016 12:32 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:JuniorMello
Não há muito o que fazer em relação ao seu (bom) BS120, exceto a manutenção de praxe e troca de componentes que estiverem desgastados.
Trocar o alto-falante é complicado por 2 motivos: A "integração" ótima caixa/falante, que não é uma coisa que possa ser feita "de orelhada". E o fato de que os falantes (Eros) utilizados nesses amps serem de 4 ohms e é difícil conseguir falantes de baixo com essa impedância no Brasil.

Achei uns Eminence com 4 ohms com uma alta sensibilidade que me interessaram bastante, Bertola. Mas entendo que deve-se adequar a caixa ao falante, e que o contrário é complicado.
Acho que farei uma BOA revisão nele e ver o que o Nelsão aqui de Sorocaba têm a dizer sobre o amp.

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Nov 23, 2016 12:36 pm

JuniorMello
Confira bem os parâmetros Thiele-Small desse falante Eminence de 4 ohms e as medidas internas da caixa de seu Staner e veja se há compatibilidade, mesmo que aproximada.
Veja no excelente tópico do Ruds essa possibilidade.

Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 10139
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Qua Nov 23, 2016 1:00 pm

JuniorMello escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:JuniorMello
Não há muito o que fazer em relação ao seu (bom) BS120, exceto a manutenção de praxe e troca de componentes que estiverem desgastados.
Trocar o alto-falante é complicado por 2 motivos: A "integração" ótima caixa/falante, que não é uma coisa que possa ser feita "de orelhada". E o fato de que os falantes (Eros) utilizados nesses amps serem de 4 ohms e é difícil conseguir falantes de baixo com essa impedância no Brasil.

Acho que farei uma BOA revisão nele e ver o que o Nelsão aqui de Sorocaba têm a dizer sobre o amp.

Faça isso. Esses B-120 são ótimos! Nem que for pra ficar de backup...

Coder
Membro

Mensagens : 1923
Localização : 37.235, -115.811111

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por SILVIAO em Qua Nov 23, 2016 4:28 pm

Junior,trocar falantes exige um certo conhecimento que mesmo alguns fabricantes de equipo não tem,a maioria segue receitas prontas em seus produtos.Eu testaria um preamp externo,posso indicar por boa fama/custo-beneficio o Hartke Bass Atack, o Sansamp BDDI, Eden WTDI,O DMT SVT BASS.Alem de modelar seu som no Staner,voce pode utiliza-lo com um ampli maior.

SILVIAO
Membro

Mensagens : 2729
Localização : Limeira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Qui Nov 24, 2016 12:10 pm

Pode crer, SILVIAO, o SVT da DMT está nos meus planos!

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por rodsom em Qui Nov 24, 2016 5:17 pm

JuniorMello escreveu:Achei uns Eminence com 4 ohms com uma alta sensibilidade que me interessaram bastante, Bertola. Mas entendo que deve-se adequar a caixa ao falante, e que o contrário é complicado.
Acho que farei uma BOA revisão nele e ver o que o Nelsão aqui de Sorocaba têm a dizer sobre o amp.

problema é que o som vai continuar saindo por um alto falante só, vai dar na mesma. o proximo passo é mesmo o head+4x10, igual a turma ai disse.

rodsom
Membro

Mensagens : 665
Localização : araxa- mg

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Guga Ramone em Sab Nov 26, 2016 5:22 pm

JunioMello, há um tempo tive a mesma dúvida que vc. Toco metal / hardcore com um Staner BS-150 e queria um amp mais forte para segurar a onda numa banda onde o baterista é um cavalo e o guitarrista usa um cabeçote Mesa/Boogie Duas Rectifier com uma caixa 4x12 Marshall. Acabei comprando um GK 400RB-III e uma caixa 4x10 Teksound. No período de um ano, este set saiu de casa uma só vez. Na maior parte das vezes, o local onde tocamos é pequeno e o Staner dá conta com folga. Lugares maiores normalmente tem uma boa estrutura de P.A., então mando o do baixo (Sansamp, na verdade) pra mesa e o amp fica só de retorno. Pela minha experiência, reforço o que os colegas já disseram, use o Staner e veja como ele se comporta. Se, eventualmente, vc sentir que ele não dá conta do recado, aí vc parte pra um cabeçote + caixa.

Guga Ramone
Membro

Mensagens : 368
Localização : Curitiba / PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Ter Nov 29, 2016 12:22 pm

Mas por que vc saiu tocar com o set GK + cab só uma vez, Guga? Vc poderia ter tocado nesses lugares com esse set (mesmo o Staner dando conta desses lugares) pela questão da qualidade sonora. (pois acredito que esse GK 4000RB (250w a 300w, não é isso?) tenha uma qualidade sonora infinitamente superior ao Staner).
Ou vc não tirou muito ele de casa porque não valia muito a pena levar esse set pra noite?
Conta um pouco mais aí, cara! Interessante sua experiência.

JuniorMello
Membro

Mensagens : 20
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Ter Nov 29, 2016 12:51 pm

^ Respondendo pelo Guga, é mais ou menos o que eu havia comentado la em cima, e que você talvez você não tenha dado muita bola...

A questão é: Eu particularmente não conseguiria distinguir um GK e um Staner no meio de duas guitarras barulhentas e um baterista cavalo. Acho que também nem você e nem muitos por aqui. Gravação ou amplificador microfonado é outra história...

Nem todos tem o privilégio de tocar em lugares de "re$pon$a". Qualquer hora peça para o Allex te contar sobre os lugares que ele já tocou e veja se compensava levar equipamentos caros (acho que até existem tópicos sobre isso). Uma das minhas últimas Gig's tive meu amp bombardeado de areia depois de um vendaval. Compensava levar amp caro? Com certeza não... Ao menos que for para se exibir/ostentar (já vi muito disso).

O que o Guga comentou faz sentido. Ele achou que não valeria a pena levar o GK + caixa em um lugar que o Staner daria conta do recado. Só isso!

Coder
Membro

Mensagens : 1923
Localização : 37.235, -115.811111

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Guga Ramone em Ter Nov 29, 2016 1:15 pm

Coder, eu não poderia ter respondido melhor. Obrigado! hehehe

Guga Ramone
Membro

Mensagens : 368
Localização : Curitiba / PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 29, 2016 1:33 pm

Guga Ramone escreveu:Toco metal / hardcore com um Staner BS-150 e queria um amp mais forte para segurar a onda numa banda onde o baterista é um cavalo e o guitarrista usa um cabeçote Mesa/Boogie Duas Rectifier com uma caixa 4x12 Marshall.

(...)

Na maior parte das vezes, o local onde tocamos é pequeno e o Staner dá conta com folga. Lugares maiores normalmente tem uma boa estrutura de P.A., então mando o do baixo (Sansamp, na verdade) pra mesa e o amp fica só de retorno.

Sei lá. Acho a presença dessas duas orações na mesma mensagem algo sui generis, mesmo com o amp só como retorno.

Pra gig em alto volume, até mesmo um meio stack sofre como retorno.

allexcosta
Administrador

Mensagens : 39301
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Guga Ramone em Ter Nov 29, 2016 1:51 pm

Pois é, Allex. Pode parecer estranho mas encaixa pras situações das bandas que eu toco. Já li seus comentários sobre bandas com naipe de metais e trocentos outros instrumentos e esse não é o caso pra mim. É bateria, guitarra distorcida, baixo e vocal. E os palcos não chegam a ser muito grandes.

Guga Ramone
Membro

Mensagens : 368
Localização : Curitiba / PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 29, 2016 1:55 pm

Guga Ramone escreveu:Já li seus comentários sobre bandas com naipe de metais e trocentos outros instrumentos e esse não é o caso pra mim.

Tô nem falando disso.

Já fiz muita gig de rock, às vezes até rock mais leve e quando o batera é mão de marreta e o local é pequeno fica complicadíssimo.

Toquei guitarra em uma gig pop/rock no bar da foto abaixo com um batera que tocava muito pesado. Usei um amp de 50W valvulado e tive problemas em me ouvir.


allexcosta
Administrador

Mensagens : 39301
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Guga Ramone em Ter Nov 29, 2016 2:05 pm

Com certeza a tua referência é outra, assim como a sua experiência e nível de exigência. Confesso que ainda tô engatinhando na vida de baixista, tenho muito o que aprender, mas pro meu nível de exigência, tá tudo de acordo. Mas acredito que em muitos dos pulgueiros onde a gente toca, vc não iria se satisfazer com o resultado sonoro obtido.

Sobre esse caso citado no seu post anterior, não seria o problema a falta de potência do amp? Não me vejo usando um amp de 50W pra tocar com os bateras que conheço, seria pedir pra arregaçar com o amp... hehehe

Guga Ramone
Membro

Mensagens : 368
Localização : Curitiba / PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:01 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum