Staner - quando dar um passo adiante?

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 29, 2016 2:10 pm

Guga Ramone escreveu:Sobre esse caso citado no seu post anterior, não seria o problema a falta de potência do amp? Não me vejo usando um amp de 50W pra tocar com os bateras que conheço, seria pedir pra arregaçar com o amp... hehehe

50W valvulado de guitarra é igual uns 700W SS pra gente.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42025
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Willian Casagrande em Ter Nov 29, 2016 2:18 pm

Coder escreveu:
Nem todos tem o privilégio de tocar em lugares de "re$pon$a". Compensava levar amp caro? Com certeza não... Ao menos que for para se exibir/ostentar (já vi muito disso).

Penso muito nisso. Tô migrando para amp valvulado que, como sabemos, não suporta esses abusos. Mas, como não sou toco em rolês muito profissas, só em pubs vez ou outra, vai me bastar. Terei o meu timbre e o meu volume garantidos. Se sentir necessidade, dou entrada noutro BS-150 surrado igual ao que vendi.
Se eu fosse um músico profissional, com 3 ou 4 datas por semana, jamais largaria mão de ter um Staner. Iria num set como o do Guga fácil também.
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3304
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Ter Nov 29, 2016 2:42 pm

^ Exato.

Há casos e casos. As vezes compensa em ter um backup (um BS da vida) disponível para aquela gig que não compensa levar um set profissional ou por questões de logística/ambiente. Eu mesmo já deixei de levar stack pq não compensava a relação esforço x cachê ou pelo fato do lugar não ser grandes coisas com risco de alguém esbarrar ou ter algo ser roubado.
avatar
Coder
Membro

Mensagens : 3057
Localização : República das Bananas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por John Music em Ter Nov 29, 2016 3:48 pm

allexcosta escreveu:
Guga Ramone escreveu:Sobre esse caso citado no seu post anterior, não seria o problema a falta de potência do amp? Não me vejo usando um amp de 50W pra tocar com os bateras que conheço, seria pedir pra arregaçar com o amp... hehehe

50W valvulado de guitarra é igual uns 700W SS pra gente.

Agora existe watt valvulado e watt SS?

Brincadeiras à parte...tive um valvulado de 20w de guitarra que era MUITO alto. E quanto mais vc girava o botão de volume no sentido horário, mais bonito o som ficava. Aquela saturação de válvula linda.
avatar
John Music
Membro

Mensagens : 200
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Ter Nov 29, 2016 3:55 pm

John Music escreveu:Agora existe watt valvulado e watt SS?

Não é isso, jovem. Existe amp de guitarra e de baixo.

É que valvulado de baixo é raro e falando em SS dá pra ter mais noção do volume.

Mas 50W valvulado de guitarra é muito som.

E, pra te falar bem a verdade, na prática existe watt valvulado e watt SS sim.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42025
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Nov 29, 2016 3:56 pm

Coder escreveu:^ Exato.

Há casos e casos. As vezes compensa em ter um backup (um BS da vida) disponível para aquela gig que não compensa levar um set profissional ou por questões de logística/ambiente. Eu mesmo já deixei de levar stack pq não compensava a relação esforço x cachê ou pelo fato do lugar não ser grandes coisas com risco de alguém esbarrar ou ter algo ser roubado.
Concordo.
Minha experiência diz que um Staner é mais que suficiente para 90% dos locais em que toquei ou que tocarei, e, quando o esquema é maior, como no nosso show em Arraial do Cabo, a produção disponibilizou um cabeçote e caixa 4X10.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11730
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Nov 29, 2016 3:59 pm

allexcosta escreveu:
John Music escreveu:Agora existe watt valvulado e watt SS?

Não é isso, jovem. Existe amp de guitarra e de baixo.

É que valvulado de baixo é raro e falando em SS dá pra ter mais noção do volume.

Mas 50W valvulado de guitarra é muito som.

E, pra te falar bem a verdade, na prática existe watt valvulado e watt SS sim.

De fato, uma vez toquei como convidado da minha ex-banda num centro cultural e usei o Staner BX200 de outro cara. O guitarrista estava usando um Mesa Boogie Caliber .20 de 20WRMS e caixa 1X12. Era ensurdecedor! e ele manerou no volume, se não cobria o Staner! Numa outra ocasião, um cara tocou com um Marshall JTM de 50WRMS e caixa 4X12. Ninguém ouviu nada!!!!
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11730
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Willian Casagrande em Ter Nov 29, 2016 4:05 pm

^ De fato. O guitarrista da minha banda tem um Pedrone de 50w. Ele nunca abriu pra valer o volume do amp em shows, porque encobriria a todos.
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3304
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Ter Nov 29, 2016 4:46 pm

John Music escreveu:
allexcosta escreveu:
Guga Ramone escreveu:Sobre esse caso citado no seu post anterior, não seria o problema a falta de potência do amp? Não me vejo usando um amp de 50W pra tocar com os bateras que conheço, seria pedir pra arregaçar com o amp... hehehe

50W valvulado de guitarra é igual uns 700W SS pra gente.

Agora existe watt valvulado e watt SS?

Sim. Um bom cabeçote valvulado da um pau em qualquer SS de potência equivalente ou superior.
avatar
Coder
Membro

Mensagens : 3057
Localização : República das Bananas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por John Music em Qua Nov 30, 2016 12:11 pm

Coder escreveu:
John Music escreveu:
allexcosta escreveu:
Guga Ramone escreveu:Sobre esse caso citado no seu post anterior, não seria o problema a falta de potência do amp? Não me vejo usando um amp de 50W pra tocar com os bateras que conheço, seria pedir pra arregaçar com o amp... hehehe

50W valvulado de guitarra é igual uns 700W SS pra gente.

Agora existe watt valvulado e watt SS?

Sim. Um bom cabeçote valvulado da um pau em qualquer SS de potência equivalente ou superior.

Sério, jura? Tive 3 valvulados e um SS e não sabia disso, obrigado pela info...

Ironias à parte, não existe watt valvulado, isso que eu quis dizer. Watt é watt. Ou existe watt digital também?
Não quero arranjar confusão, nem discussão. Só quis dizer que watt é watt.
avatar
John Music
Membro

Mensagens : 200
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por afonsodecampos em Qua Nov 30, 2016 12:19 pm

Isso já foi discutido aqui no Fórum, inclusive com as ironias e tudo!!!!
avatar
afonsodecampos
Membro

Mensagens : 4341
Localização : Belém do Pará

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por John Music em Qua Nov 30, 2016 12:29 pm

Sim, afonsodecampos, é que eu respondi uma parte do post do Alex em que ele diz sobre watt. Eu respondi essa parte do watt, só essa parte, e falei brincando ainda. Não respondi a parte sobre comparação de volume que um valvulado entrega em comparação a um SS. É mais que consenso que um valvulado low wattage engole qualquer transistorizado de muito mais potência.
avatar
John Music
Membro

Mensagens : 200
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Bastiao em Qua Nov 30, 2016 1:41 pm

Interessante a dúvida sobre 'migrar'. Estou numa situação similar, uso um BS-150. Sempre sou tentado a dar um 'up' no amplificador, mas não existe necessidade, ele supre o que preciso. A vontade gira em torno de experimentar, ver como seria com outro, mas, no final, é investir desnecessariamente. Nada como ver a experiência dos demais para abrandar nossas 'vontades'.
avatar
Bastiao
Membro

Mensagens : 131
Localização : Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Willian Casagrande em Qua Nov 30, 2016 2:13 pm

Bastiao escreveu:Interessante a dúvida sobre 'migrar'. Estou numa situação similar, uso um BS-150. Sempre sou tentado a dar um 'up' no amplificador, mas não existe necessidade, ele supre o que preciso. A vontade gira em torno de experimentar, ver como seria com outro, mas, no final, é investir desnecessariamente. Nada como ver a experiência dos demais para abrandar nossas 'vontades'.

Se você está contente com o seu amp, não tem porque trocá-lo. Se você quer trocar, pense bem e troque. O fato de um amp ser suficiente não quer dizer que não pode ser substituído.
Eu troquei de amp há um ano e já tô trocando de novo, buscando timbres novos e algo mais definitivo. Se eu fosse pela via da necessidade, pura e simples, teria ficado com meu ex-BS-150 por mais 10, 20 anos...
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3304
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por afonsodecampos em Qua Nov 30, 2016 3:10 pm

John Music escreveu:Sim, afonsodecampos, é que eu respondi uma parte do post do Alex em que ele diz sobre watt. Eu respondi essa parte do watt, só essa parte, e falei brincando ainda. Não respondi a parte sobre comparação de volume que um valvulado entrega em comparação a um SS. É mais que consenso que um valvulado low wattage engole qualquer transistorizado de muito mais potência.

Beleza, John up
avatar
afonsodecampos
Membro

Mensagens : 4341
Localização : Belém do Pará

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Coder em Qua Nov 30, 2016 3:30 pm

John Music escreveu:
Coder escreveu:
John Music escreveu:
allexcosta escreveu:
Guga Ramone escreveu:Sobre esse caso citado no seu post anterior, não seria o problema a falta de potência do amp? Não me vejo usando um amp de 50W pra tocar com os bateras que conheço, seria pedir pra arregaçar com o amp... hehehe

50W valvulado de guitarra é igual uns 700W SS pra gente.

Agora existe watt valvulado e watt SS?

Sim. Um bom cabeçote valvulado da um pau em qualquer SS de potência equivalente ou superior.

Sério, jura? Tive 3 valvulados e um SS e não sabia disso, obrigado pela info...

De nada.

Da próxima vez seja mais gentil! Wink
avatar
Coder
Membro

Mensagens : 3057
Localização : República das Bananas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Qua Nov 30, 2016 3:59 pm

Willian Casagrande escreveu:
Bastiao escreveu:Interessante a dúvida sobre 'migrar'. Estou numa situação similar, uso um BS-150. Sempre sou tentado a dar um 'up' no amplificador, mas não existe necessidade, ele supre o que preciso. A vontade gira em torno de experimentar, ver como seria com outro, mas, no final, é investir desnecessariamente. Nada como ver a experiência dos demais para abrandar nossas 'vontades'.

Se você está contente com o seu amp, não tem porque trocá-lo. Se você quer trocar, pense bem e troque. O fato de um amp ser suficiente não quer dizer que não pode ser substituído.

Esse é o ponto exato, Willian. Essa sua última frase resume um pouco do que eu queria dizer com o Staner. Ele pode muito bem dar conta, mas isso não significa que não possa ser substituído.
Enfim, vou dar um voto para o Staner, esse amp merece. Já me acompanhou na estrada com uma outra banda durante um ano. Vou analisar bem como ele se comporta nesta nova banda nas primeiras gigs para eu ter um veredito.
avatar
JuniorMello
Membro

Mensagens : 48
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por JuniorMello em Qua Nov 30, 2016 4:06 pm

Uma pergunta ao AllexCosta: num outro tópico por aqui eu li que vc escreveu que um amp tem que trabalhar com o volume no máximo até a metade para não correr riscos (algo parecido com isso). Mas e em relação ao ganho? Tem algum problema eu deixar o volume master na metade e o ganho alto?
(Entenda "ganho alto" como um ganho alto mas que ainda não está distorcendo/clipando o som).
avatar
JuniorMello
Membro

Mensagens : 48
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Bastiao em Qua Nov 30, 2016 6:47 pm

Willian Casagrande escreveu:

Se você está contente com o seu amp, não tem porque trocá-lo. Se você quer trocar, pense bem e troque. O fato de um amp ser suficiente não quer dizer que não pode ser substituído.
Eu troquei de amp há um ano e já tô trocando de novo, buscando timbres novos e algo mais definitivo. Se eu fosse pela via da necessidade, pura e simples, teria ficado com meu ex-BS-150 por mais 10, 20 anos...

Claro, Willian. A troca sempre é válida.
Mas a minha colocação era como resposta sobre quando dar o próximo passo. Neste caso seria por necessidade, efetivamente, não se confunde com tentar novos timbres.
avatar
Bastiao
Membro

Mensagens : 131
Localização : Florianópolis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Rico em Qua Nov 30, 2016 7:38 pm

John Music escreveu:Sim, afonsodecampos, é que eu respondi uma parte do post do Alex em que ele diz sobre watt. Eu respondi essa parte do watt, só essa parte, e falei brincando ainda. Não respondi a parte sobre comparação de volume que um valvulado entrega em comparação a um SS. É mais que consenso que um valvulado low wattage engole qualquer transistorizado de muito mais potência.

Mais ou menos... Existe uma relação de proporcionalidadde nessa afirmação. Um head all tube de 5 watts falará provavelmente mais alto que um SS de 15 watts, mas um all tube de 50 watts não necessariamente falará mais que um SS de 150 watts.

Não adianta perguntar o motivo. Não sou técnico. Todo amp tem suas limitações. Minha afirmação é baseada em experiência própria.
avatar
Rico
Membro

Mensagens : 2166
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Samu em Qua Nov 30, 2016 9:12 pm

Rico escreveu:
John Music escreveu:Sim, afonsodecampos, é que eu respondi uma parte do post do Alex em que ele diz sobre watt. Eu respondi essa parte do watt, só essa parte, e falei brincando ainda. Não respondi a parte sobre comparação de volume que um valvulado entrega em comparação a um SS. É mais que consenso que um valvulado low wattage engole qualquer transistorizado de muito mais potência.

Mais ou menos... Existe uma relação de proporcionalidadde nessa afirmação. Um head all tube de 5 watts falará provavelmente mais alto que um SS de 15 watts, mas um all tube de 50 watts não necessariamente falará mais que um SS de 150 watts.

Não adianta perguntar o motivo. Não sou técnico. Todo amp tem suas limitações. Minha afirmação é baseada em experiência própria.

Um motivo simples seria o fato de que a percepção de volume não é linear com respeito à potência.
avatar
Samu
Membro

Mensagens : 114
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por John Music em Qua Nov 30, 2016 9:40 pm

Rico escreveu:
John Music escreveu:Sim, afonsodecampos, é que eu respondi uma parte do post do Alex em que ele diz sobre watt. Eu respondi essa parte do watt, só essa parte, e falei brincando ainda. Não respondi a parte sobre comparação de volume que um valvulado entrega em comparação a um SS. É mais que consenso que um valvulado low wattage engole qualquer transistorizado de muito mais potência.

Mais ou menos... Existe uma relação de proporcionalidadde nessa afirmação. Um head all tube de 5 watts falará provavelmente mais alto que um SS de 15 watts, mas um all tube de 50 watts não necessariamente falará mais que um SS de 150 watts.

Não adianta perguntar o motivo. Não sou técnico. Todo amp tem suas limitações. Minha afirmação é baseada em experiência própria.

Um all tube de 50w watts simplesmente engole um SS de 150w, cara (tô falando na minha experiência com amps de guitarra)
avatar
John Music
Membro

Mensagens : 200
Localização : Sorocaba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Nov 30, 2016 9:41 pm

Não é bem isso (me refiro à outra postagem acima), mas sim pelo modo como a termiônica funciona.
Já expliquei isso aqui a alguns anos atrás.
Ademais, a questão da percepção de volume depende de vários fatores, e não apenas a "wattagem" ou da forma como um amp é construído (SS ou válvulas ou híbrido verdadeiro).
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11730
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Rico em Qua Nov 30, 2016 9:46 pm

John Music escreveu:
Rico escreveu:
John Music escreveu:Sim, afonsodecampos, é que eu respondi uma parte do post do Alex em que ele diz sobre watt. Eu respondi essa parte do watt, só essa parte, e falei brincando ainda. Não respondi a parte sobre comparação de volume que um valvulado entrega em comparação a um SS. É mais que consenso que um valvulado low wattage engole qualquer transistorizado de muito mais potência.

Mais ou menos... Existe uma relação de proporcionalidadde nessa afirmação. Um head all tube de 5 watts falará provavelmente mais alto que um SS de 15 watts, mas um all tube de 50 watts não necessariamente falará mais que um SS de 150 watts.

Não adianta perguntar o motivo. Não sou técnico. Todo amp tem suas limitações. Minha afirmação é baseada em experiência própria.

Um all tube de 50w watts simplesmente engole um SS de 150w, cara (tô falando na minha experiência com amps de guitarra)

Ja utilizou a série valvestate da Marshall 2x12 80 watts???

Ainda sou um amante das válvulas, mas a tecnologia de hoje não é mais a dos anos 60. Tanto pra all tube quanto pra SS.
avatar
Rico
Membro

Mensagens : 2166
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Nov 30, 2016 10:09 pm

Rico
A série valvestate não é um verdadeiro híbrido, tal qual a série UL da VOX dos anos 60, Peavey ou alguns Fenders dos anos 80. Esses que citei o pré é que era transistorizado, e o power valvulado. Com isso preserva-se a "produção" de harmônicos pares quando o amp está em alta potência. Pré de valvula beira a enganação...
Os amplificadores valvulados possuem muitas diferenças em relação aos SS
1° valvulados trabalham com alta voltagem,,
nisso consegue uma área de trabalho mais ampla para o sinal,
o transistorizados trabalham geralmente com baixa tensão,,
então é mais rápido e fácil saturar,,pois um pequeno sinal de entrada consegue saturar o componente,
2° válvulas trabalham com alta-impedância,,
logo interfere menos no sinal de entrada,,
a corrente de entrada dos transistores costuma alterar o sinal de entrada,pois de certo modo consome e molda o sinal que entra pela base.
3° normalmente os transistores possuem ganho bem maior que das válvulas,,tendendo a distorcer mais rápido que uma válvula.
4° no caso os harmônicos pares são cancelados pelo push-pull,os harmônicos impares e pares estão presentes no single-ended e nem por isso parece soar pior, transistorizados produzem harmônicos ímpares.
5°valvulados geralmente possuem configurações simples e naturais com menos componentes,os transistorizados possuem alguns problemas de estabilidade que acaba precisando de circuitos extras de equalização que acabam prejudicando o som de modo geral,
6°valvulado utiliza transformador de saída de áudio que suaviza alguns tipos de frequências e transiêntes, transistorizados, não.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11730
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Rico em Qua Nov 30, 2016 10:16 pm

Sim Bertola. Se não me engano, a série HD da Music Man produziu excelentes amps com pré SS e power tube.

Essa tendência de pré valvulado e transistor de saída é enrolação, mas o que eu queria dizer é que pra um SS, o Valvestste que citei fala muito alto e com qualidade, desmistificando a falsa relação de potência citada acima, compreende?



Última edição por Rico em Qua Nov 30, 2016 10:32 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Rico
Membro

Mensagens : 2166
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Nov 30, 2016 10:21 pm

Ok Rico, entendi e concordo com você.
Existem bons amps de guitarra SS: Peavey, Fender, Roland, Polytone, LAB Series, Laney, etc...
Alguns "falam" bem alto mesmo!
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11730
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Willian Casagrande em Qui Dez 01, 2016 9:36 am

Bastiao escreveu:
Claro, Willian. A troca sempre é válida.
Mas a minha colocação era como resposta sobre quando dar o próximo passo. Neste caso seria por necessidade, efetivamente, não se confunde com tentar novos timbres.

De acordo.
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3304
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por allexcosta em Qui Dez 01, 2016 10:02 am

Rico escreveu:Essa tendência de pré valvulado e transistor de saída é enrolação

Amém.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 42025
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Staner - quando dar um passo adiante?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum