Planos de Customização

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Planos de Customização

Mensagem por Kazeh em Qua Nov 11, 2009 12:39 pm

Olá pessoal. =D
Estou planejando construir um baixo customizado.
Primeiramente gostaria de saber se vocês conhecem alguém que trabalha com as madeiras "Wenge" e "Walnut" (desculpe pelos nomes em inglês, mas não sei como elas são nomeadas em português). Mandei email pra Zaganin e eles não usam-nas (português está certo?), então, resolvi pedir uma ajuda aqui.
O modelo INICIAL seria um Jazz Bass de 5 cordas com o corpo em Walnut (finalizado a óleo ou "oil finish") e o braço em Wenge com escala em Pau - Ferro. As especificações do braço ainda não foram decididas, pois preciso testar o braço do Fender P Bass 5.
Captação EMG P5J, Preamp ainda não decidido (mas, caso incluir, será Bartolini XTCT), Ponte Badass V Gold (já possuo-a), marcação da escala em Block Inlay Dourada (se possível).
O que acham do projeto? Há algumas mudanças que possam melhorar o instrumento (tanto na parte física como sonora)? Sugestões são sempre bem vindas.
Como o preço ficaria meio salgado, eu provavelmente irei colocar meu Fender P Bass a venda (tão novo que ainda tem o plástico no escudo) e usar o dinheiro para construí-lo.
Obrigado pela atenção.

Obs: Ah sim, o Luthier deve ser, de preferência, perto da capital paulista.


Última edição por Kazeh em Qua Nov 11, 2009 12:52 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Kazeh
Membro

Mensagens : 42
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por allexcosta em Qua Nov 11, 2009 12:51 pm

Kazeh escreveu:Primeiramente gostaria de saber se vocês conhecem alguém que trabalha com as madeiras "Wenge" e "Walnut"

Converse com o pessoal da MLaghus ou mande um email pra Warmoth.

Mandei email pra Zaganin e eles não usam-nas (português está certo?)

Nao, seria "as usam".

O modelo INICIAL seria um Jazz Bass de 5 cordas com o corpo em Walnut (finalizado a óleo ou "oil finish") e o braço em Wenge com escala em Pau - Ferro. As especificações do braço ainda não foram decididas, pois preciso testar o braço do Fender P Bass 5.
Captação EMG P5J, Preamp ainda não decidido (mas, caso incluir, será Bartolini XTCT), Ponte Badass V Gold (já possuo-a), marcação da escala em Block Inlay Dourada (se possível).
O que acham do projeto? Há algumas mudanças que possam melhorar o instrumento (tanto na parte física como sonora)? Sugestões são sempre bem vindas.

Tenho VARIAS consideracoes sobre o projeto, mas precisaria ouvir o que te levou a essas escolhas antes de emitir qualquer opiniao.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41040
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Kazeh em Qua Nov 11, 2009 1:14 pm

allexcosta escreveu:
Kazeh escreveu:Primeiramente gostaria de saber se vocês conhecem alguém que trabalha com as madeiras "Wenge" e "Walnut"

Converse com o pessoal da MLaghus ou mande um email pra Warmoth.

Mandei email pra Zaganin e eles não usam-nas (português está certo?)

Nao, seria "as usam".

O modelo INICIAL seria um Jazz Bass de 5 cordas com o corpo em Walnut (finalizado a óleo ou "oil finish") e o braço em Wenge com escala em Pau - Ferro. As especificações do braço ainda não foram decididas, pois preciso testar o braço do Fender P Bass 5.
Captação EMG P5J, Preamp ainda não decidido (mas, caso incluir, será Bartolini XTCT), Ponte Badass V Gold (já possuo-a), marcação da escala em Block Inlay Dourada (se possível).
O que acham do projeto? Há algumas mudanças que possam melhorar o instrumento (tanto na parte física como sonora)? Sugestões são sempre bem vindas.

Tenho VARIAS consideracoes sobre o projeto, mas precisaria ouvir o que te levou a essas escolhas antes de emitir qualquer opiniao.

Opa, obrigado pelas indicações e pela correção no português.
Agora para a parte mais importante.

Para começar, eu vi série limitada da Moon (uma marca do Japão) que era feita nesse estilo (corpo walnut e braço wenge, SEM pau-ferro na fingerboard) e me chamou atenção, confesso, mais por causa da beleza. Depois de ouvir algumas demos desses baixos e pesquisando um pouco sobre essas madeiras, eu vi que walnut da um tom mais brilhante ao som e, se não me falha a memória, o braço de wenge faria uma bela combinação com ebony (a madeira mais "brilhante") ou Pau-Ferro (a segunda no ranking de brilho). O que me levou a decidir sobre essas madeiras foi a tentativa de contra-balancear a captação P5J (que explicarei no próximo parágrafo). Mas ainda assim, como descrito acima, esse é apenas o projeto inicial, aberto a mudanças.
A captação é mais uma tentativa de mistura do punch e corpo do Pbass com a incrível definição e timbre de um Jazz, tentando, junto com a madeira, fazer a mistura mais puxada pro lado do Jazz Bass.
Pré Amp foi de algo que li aqui no fórum. Algo sobre, caso estivesse sem pré, que o som poderia embolar (não lembro direito do termo usado).
A Ponte Badass foi sempre motivos de elogios pelo sustain e timbre dados aos intrumentos e consegui uma por 60 dólares, então seria desperdício não usá-la.
A marcação é por pura questão estética (agora pintou uma dúvida. Ela não altera em nada o som... né?)

Estou esquecendo de algo??

E valeu pela ajuda. Vocês são de grande assistência aqui.

Edit: Link das fotos dos baixos da Moon http://www.musicrown.com/woody_series.html
avatar
Kazeh
Membro

Mensagens : 42
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por guerra_luthier em Qua Nov 11, 2009 2:25 pm

Olá pessoal. =D
Estou planejando construir um baixo customizado.
Primeiramente gostaria de saber se vocês conhecem alguém que trabalha com as madeiras "Wenge" e "Walnut" (desculpe pelos nomes em inglês, mas não sei como elas são nomeadas em português). Mandei email pra Zaganin e eles não usam-nas (português está certo?), então, resolvi pedir uma ajuda aqui.

Qualquer luthier que faz instrumentos a mão trabalha com qualquer madeira que o cliente quiser. A Zaganin não é mais luthieria.


O modelo INICIAL seria um Jazz Bass de 5 cordas com o corpo em Walnut (finalizado a óleo ou "oil finish") e o braço em Wenge com escala em Pau - Ferro. As especificações do braço ainda não foram decididas, pois preciso testar o braço do Fender P Bass 5.
Não seria somente o tampo em Walnut? Um corpo em walnut custaria uns R$ 400 só de madeira, não acho viável.


Captação EMG P5J, Preamp ainda não decidido (mas, caso incluir, será Bartolini XTCT), Ponte Badass V Gold (já possuo-a), marcação da escala em Block Inlay Dourada (se possível).
O que acham do projeto? Há algumas mudanças que possam melhorar o instrumento (tanto na parte física como sonora)? Sugestões são sempre bem vindas.

É um projeto legal, mas nem imagino o que daria um corpo em walnut com braço em Wenge e escala em pau ferro. São todas madeira exóticas e impossível de preve o resultado. Outra coisa é o acabamento em óleo, que é lindo, mas não sei como reage com o Walnut e é extremamente chato de mantê-lo vívido, o óleo deve ser retocado de tempos em tempos.

Como o preço ficaria meio salgado, eu provavelmente irei colocar meu Fender P Bass a venda (tão novo que ainda tem o plástico no escudo) e usar o dinheiro para construí-lo.
Vender um instrumento para fazer outro sem certeza do resultado final nem sempre é uma boa...

Obrigado pela atenção.
Obs: Ah sim, o Luthier deve ser, de preferência, perto da capital paulista.

Muito prazer... =) Tem também o Edmar Luighi, Murilo, Vellozo, Seizi Tagima, Romeu...
avatar
guerra_luthier
Membro

Mensagens : 1473
Localização : São paulo - SP

http://guerraguitars.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Kazeh em Qua Nov 11, 2009 2:55 pm

guerra_luthier escreveu:Olá pessoal. =D
Estou planejando construir um baixo customizado.
Primeiramente gostaria de saber se vocês conhecem alguém que trabalha com as madeiras "Wenge" e "Walnut" (desculpe pelos nomes em inglês, mas não sei como elas são nomeadas em português). Mandei email pra Zaganin e eles não usam-nas (português está certo?), então, resolvi pedir uma ajuda aqui.

Qualquer luthier que faz instrumentos a mão trabalha com qualquer madeira que o cliente quiser. A Zaganin não é mais luthieria.


O modelo INICIAL seria um Jazz Bass de 5 cordas com o corpo em Walnut (finalizado a óleo ou "oil finish") e o braço em Wenge com escala em Pau - Ferro. As especificações do braço ainda não foram decididas, pois preciso testar o braço do Fender P Bass 5.
Não seria somente o tampo em Walnut? Um corpo em walnut custaria uns R$ 400 só de madeira, não acho viável.


Captação EMG P5J, Preamp ainda não decidido (mas, caso incluir, será Bartolini XTCT), Ponte Badass V Gold (já possuo-a), marcação da escala em Block Inlay Dourada (se possível).
O que acham do projeto? Há algumas mudanças que possam melhorar o instrumento (tanto na parte física como sonora)? Sugestões são sempre bem vindas.

É um projeto legal, mas nem imagino o que daria um corpo em walnut com braço em Wenge e escala em pau ferro. São todas madeira exóticas e impossível de preve o resultado. Outra coisa é o acabamento em óleo, que é lindo, mas não sei como reage com o Walnut e é extremamente chato de mantê-lo vívido, o óleo deve ser retocado de tempos em tempos.

Como o preço ficaria meio salgado, eu provavelmente irei colocar meu Fender P Bass a venda (tão novo que ainda tem o plástico no escudo) e usar o dinheiro para construí-lo.
Vender um instrumento para fazer outro sem certeza do resultado final nem sempre é uma boa...

Obrigado pela atenção.
Obs: Ah sim, o Luthier deve ser, de preferência, perto da capital paulista.

Muito prazer... =) Tem também o Edmar Luighi, Murilo, Vellozo, Seizi Tagima, Romeu...

Ah, obrigado pelo toque da Zaganin.

Hmm, nas descrições dos instrumentos, não se fala nada de apenas top em Walnut. É provável que seja o corpo inteiro de walnut sim. Tem algumas fotos no link que postei. Se puder, de uma checada, por favor.

Bem, quanto a combinação de madeiras, eu só não tenho certeza sobre o Pau-Ferro na escala. Como disse, ouvi algumas demos de combinação dessas madeiras (sem a escala em pau ferro), com a diferença de serem com a captação Jazz (2 singles). Pro meu ouvido, soou bem... warm (não tanto quanto eu queria, por isso a captação PJ) e ao mesmo tempo com uma definição legal.
Quanto ao acabamento, qual seria a melhor opção? O motivo da escolha foi que eu tenho outro baixo em Bubinga e é finalizado a óleo e é realmente bonito.

É, no caso seria mais uma troca de timbres, pois não necessito tanto de um Precision (meu outro baixo faz esse papel bem, e é mais versátil). Sim, você tem toda razão, pois é quase um tiro no escuro. Realmente estou afim de tentar, mas como diz o nome do tópico, tudo ainda não passam de planos.

E Obrigado também pelas indicações, opiniões e correções.

Obs: Como já deve ter ficado claro, eu sou novo no quesito construção e customização, então perdoem qualquer besteira que eu diga.
avatar
Kazeh
Membro

Mensagens : 42
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por allexcosta em Qua Nov 11, 2009 3:01 pm

Bem, apesar de minhas observacoes estarem muito longe de serem verdades absolutas, vou tentar opinar sobre as questoes em pauta.

Tenho baixos com as madeiras citadas, em diversas combinacoes, assim como captacao EMG e circuito bartolini.

Algumas opinioes:

1 - Captacao EMG tem um som bastante proprio, que em geral passa por cima dos timbres das madeiras. Alem disso, como sao captadores com impedancia baixa, devem ser usados com potenciomentros de impedancia também baixa, como os proprios EMG, que em geral funcionam bem juntos. Existe um risco muito grande de voce mandar fazer um baixo com captacao EMG e gastar 10000 Reais e na semana seguinte tocar num SX com captacao identica que custou 900 Reais e descobrir que os dois tem um som praticamente identico.

2 - O acabamento em oleo sofre muito com mudancas de clima, alem de precisar de manutencao constante. Esse acabamento e um dos motivos dos problemas com os baixos Warwick, pois permitem uma grande troca de umidade com o ambiente. Nao recomendo.

3 - Wenge e uma madeira BASTANTE pesada pra braco. Pra compensar o luthier tera que fazer um corpo tambem pesado, o que transformara o baixo numa ancora. Se o corpo for leve, o neck-dive sera praticamente insuportavel.

4 - Me parece que suas escolhas sao baseadas em pesquisas pela internet e nao em experiencias proprias, o que e um erro. Meu conselho e:
Pesquise mais, leia mais, visite os luthiers locais, converse, continue com o que voce tem e repense o assunto daqui a uns 2 ou 3 anos. O que voce sente falta agora provavelmente pode ser atingido com cordas de melhor qualidade, um pre externo ou DI, ou talvez um amp bom.


Última edição por allexcosta em Seg Ago 01, 2011 11:49 pm, editado 1 vez(es)
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41040
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por heitor_pg em Qua Nov 11, 2009 7:41 pm

allexcosta escreveu:...Existe um risco muito grande de voce mandar fazer um baixo com captacao EMG e gastar 10000 Reais e na semana seguinte tocar num SX com captacao identica que custou 900 Reais e descobrir que os dois tem um som praticamente identico.

...

4 - Me parece que suas escolhas sao baseadas em pesquisas pela internet e nao em experiencias proprias, o que e um erro. Meu conselho e:
Pesquise mais, leia mais, visite os luthiers locais, converse, continue com o que voce tem e repense o assunto daqui a uns 2 ou 3 anos. O que voce sente falta agora provavelmente pode ser atingido com cordas de melhor qualidade, um pre externo ou DI, ou talvez um amp bom.
Acho que são pontos muito importantes e devem ser levados em consideração.
avatar
heitor_pg
Membro

Mensagens : 656
Localização : Natal/RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por jp salgado em Qua Nov 11, 2009 10:10 pm

Não vou opinar sobre o projeto em si pois não tenho conhecimento suficiente, mas eu recomendo dois luthiers de São Paulo: Márcio Benedetti (ele inclusive posta aqui de vez em quando) e o Tiguez!
avatar
jp salgado
Membro

Mensagens : 306
Localização : São Paulo SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por José Carlos em Qua Nov 11, 2009 11:40 pm

Caso eu fosse levar adiante uma idéia de fazer um contrabaixo com um Luthier, seja o modelo que for, comecaria escolhendo o luthier, e confiando a ele a escolha de todos os ítens como por exemplo as madeiras, em um exemplo útil que o Alex disse, para utilizar as madeiras que vc pretende usar, o baixo irá ficar com um peso desnecessário.. o Luthier sabe fazer essa escolha para vc, e com certeza irá optar por usar o material mais adequado;

Vc deve visar suas prioridades, vc prefere um baixo com som de qualidade e com relativo conforto, ou um baixo com som influenciado por madeiras nobres mas com grande tendência a te dobrar ao meio pelo peso excessivo?
avatar
José Carlos
Membro

Mensagens : 2701
Localização : Congonhas - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Kazeh em Qui Nov 12, 2009 1:27 am

allexcosta escreveu:Bem, apesar de minhas observacoes estarem muito longe de serem verdades absolutas, vou tentar opinar sobre as questoes em pauta.

Tenho baixos com as madeiras citadas, em diversas combinacoes, assim como captacao EMG e circuito bartolini.

Algumas opinioes:

1 - Captacao EMG tem um som bastante proprio, que em geral passa por cima dos timbres das madeiras. Alem disso, como sao captadores com impedancia baixa, devem ser usados com potenciomentros de impedancia também baixa, como os proprios EMG, que em geral funcionam bem juntos. Existe um risco muito grande de voce mandar fazer um baixo com captacao EMG e gastar 10000 Reais e na semana seguinte tocar num SX com captacao identica que custou 900 Reais e descobrir que os dois tem um som praticamente identico.

2 - O acabamento em oleo sofre muito com mudancas de clima, alem de precisar de manutencao constante. Esse acabamento e um dos motivos dos problemas com os baixos Warwick, pois permitem uma grande troca de umidade com o ambiente. Nao recomendo.

3 - Wenge e uma madeira BASTANTE pesada pra braco. Pra compensar o luthier tera que fazer um corpo tambem pesado, o que transformara o baixo numa ancora. Se o corpo for leve, o neck-dive sera praticamente insuportavel.

4 - Me parece que suas escolhas sao baseadas em pesquisas pela internet e nao em experiencias proprias, o que e um erro. Meu conselho e:
Pesquise mais, leia mais, visite os luthiers locais, converse, continue com o que voce tem e repense o assunto daqui a uns 2 ou 3 anos. O que voce sente falta agora provavelmente pode ser atingido com cordas de melhor qualidade, um pre externo ou DI, ou talvez um amp bom.

1-Nossa, não sabia disso. Que o EMG tinha uma captação com bastante volume não era segredo, mas que ele poderia passar por cima dos timbres da madeira, era algo que eu não esperava. Quanto a parte de impedância e potenciometros, eu ainda não entendo dessa parte, portanto irei dar uma pesquisada no fórum sobre isso Embarassed .

2- Hmm, quanto ao acabamento, não é algo realmente necessário. Qual outro acabamento seria mais recomendado? Ou seria melhor, talvez, não usar nenhum?

3- Ah sim, seria um baixo pesado, certamente. Walnut (que faria) é uma madeira considerada pesada. E o peso era algo que já me preocupava antes. Obrigado por apontar.

4- Hmm entendido. Irei pesquisar mais. Obrigado pelos toques (o caso do EMG passar por cima da madeira realmente me assustou).

José Carlos escreveu:Caso eu fosse levar adiante uma idéia de fazer um contrabaixo com um Luthier, seja o modelo que for, comecaria escolhendo o luthier, e confiando a ele a escolha de todos os ítens como por exemplo as madeiras, em um exemplo útil que o Alex disse, para utilizar as madeiras que vc pretende usar, o baixo irá ficar com um peso desnecessário.. o Luthier sabe fazer essa escolha para vc, e com certeza irá optar por usar o material mais adequado;

Vc deve visar suas prioridades, vc prefere um baixo com som de qualidade e com relativo conforto, ou um baixo com som influenciado por madeiras nobres mas com grande tendência a te dobrar ao meio pelo peso excessivo?

Ah sim, quanto a Luthiers, eu iria apenas pelos recomendados aqui. Se aventurar na escolha do baixo já é o suficiente.
Quanto a prioridade, seria o som, com certeza. Já tenho um baixo bastante versátil e bem confortável. Mas o que eu queria era um som novo mesmo.
Valeu Very Happy.

jp salgado escreveu:Não vou opinar sobre o projeto em si pois não tenho conhecimento suficiente, mas eu recomendo dois luthiers de São Paulo: Márcio Benedetti (ele inclusive posta aqui de vez em quando) e o Tiguez!

Opa, valeu pelas indicações.



E um grande "Obrigado" a todos que estão me ajudando aqui.
Vocês me economizaram uma boooa grana. hehe
avatar
Kazeh
Membro

Mensagens : 42
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por guerra_luthier em Qui Nov 12, 2009 7:25 am

Se você quer um acabamento mais 'roots', utilize somente verniz fosco na finalização.

Sobre os captadores...

Você está escolhendo somente madeiras nobre para seu baixo. Prestigie o som que elas podem te oferecer, utilize captadores passivos!

Para mim, os captadores ativos servem para suprir a qualidade que não existe nas madeiras dos instrumentos feitos em linha de produção e raras são as exceções que provam o contrário.

Se você pretende fazer um instrumento em walnut e wenge, a última coisa que gostaria de ter é um som pasteurizado como um SX com ativos rsrsrs.

[ ]'s
avatar
guerra_luthier
Membro

Mensagens : 1473
Localização : São paulo - SP

http://guerraguitars.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Eduardo Chaves em Qui Nov 12, 2009 10:07 am

^Que dica Guerra... Não sabia que sistemas ativos eram assim tão mascaradores de timbre...
avatar
Eduardo Chaves
Membro

Mensagens : 5520
Localização : Rio de Janeiro - RJ

http://www.eduardochaves.kinghost.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por guerra_luthier em Qui Nov 12, 2009 10:25 am

Há que descorde é claro, isso é apenas minha opinião.

Já havia lido muita informação a respeito. Um dia eu comprei uns 5 kits do Zakk Wylde (EMG 81/85 aivos) para revender pois havia conseguido um bom preço. Cada um deles foi instalado em uma guitarra diferente pois foram todos clientes diferentes. O resultado foi assustador: guitarra Golden (R$ 500) com o mesmo som de Ibanez (R$ 2000) e por aí vai.

Falando de contrabaixo... tem um famoso cliente meu, baixista de uma banda de forró, que tem 3 baixos diferentes com o mesmo circuito da EMG e mesmos caps Di Marzio, e segundo ele soam todos iguais no palco.

E a quantidade de baixos chineses que estão vindo com ativos e com um p*** som mesmo sendo fabricados em compensado?! rsrsrs

[ ]'s
avatar
guerra_luthier
Membro

Mensagens : 1473
Localização : São paulo - SP

http://guerraguitars.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por GusVCD em Qui Nov 12, 2009 10:34 am

^ Tinha uma grande desconfiança q a conclusão desse tipo de história era essa mesmo... Mais uma pessoa idônea para confirmar!What a Face

Obrigado Guerra! up
avatar
GusVCD
Moderador

Mensagens : 10921
Localização : Sede FCBR em Santos-SP.

http://www.myspace.com/mundovcd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Kazeh em Qui Nov 12, 2009 10:40 am

Acho que já falaram tudo.
Dicas extremamente úteis Guerra.
Aprendi um pouco mais sobre baixo hehe.
Valeu.
avatar
Kazeh
Membro

Mensagens : 42
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por allexcosta em Qui Nov 12, 2009 11:22 am

guerra_luthier escreveu:Há que descorde é claro, isso é apenas minha opinião.

Já havia lido muita informação a respeito. Um dia eu comprei uns 5 kits do Zakk Wylde (EMG 81/85 aivos) para revender pois havia conseguido um bom preço. Cada um deles foi instalado em uma guitarra diferente pois foram todos clientes diferentes. O resultado foi assustador: guitarra Golden (R$ 500) com o mesmo som de Ibanez (R$ 2000) e por aí vai.

Falando de contrabaixo... tem um famoso cliente meu, baixista de uma banda de forró, que tem 3 baixos diferentes com o mesmo circuito da EMG e mesmos caps Di Marzio, e segundo ele soam todos iguais no palco.

E a quantidade de baixos chineses que estão vindo com ativos e com um p*** som mesmo sendo fabricados em compensado?! rsrsrs

[ ]'s

Olha Guerra! To impressionado com essa mensagem sua. Um luthier admitir isso nao e todo dia que se ve nao. E muito bom ver que tem gente no forum com os pes bem no chao. Parabens... claps
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 41040
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Estevão Fagundes em Qui Nov 12, 2009 3:11 pm

Acabei de ter uma aula a respeito de madeiras e captadores, parabens Guerra!!!
avatar
Estevão Fagundes
Membro

Mensagens : 144
Localização : Governador Valadares - Minas Gerais

http://estevaobass.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Fred em Ter Nov 17, 2009 3:38 pm

Eu desconfiava disso dos ativos, eu sinto mt mais diferença entre timbres passivos entre si do que ativos entre si... eu nunca fui chegado em som de ativo, gosto de sons mais vintage
avatar
Fred
Membro

Mensagens : 253
Localização : Salvador - BA

http://www.fredluna.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Ricardo Petrone em Dom Set 09, 2012 1:03 pm

Fazendo Jus ao meu troféu pá de platina....
Estou entrando na minha era dos JB....
A configuração que sempre quis ter de 1 JB, Sempre foi aquele clássico
que quase não encontramos mais. O Preto com escudo branco e escala maple.
Todos os baixos que tive até hj, foram de escalas escuras, Rosewood, etc..
Não encontro nenhum " genérico " nessas configurações. O 7ender Geddy, seria perfeito, mas, estou sempre em épocas de vacas anoréxicas.. Crying or Very sad
Algumas sugestões de amigos , foram de comprar 1 Sx e customizar. Particularmente, não gosto daquele Headstock em forma de gancho... Slap mas imagino que tenha uma boa tocabilidade. Penso em comprar algum Squier de escala maple e depois customizar-lo...( ai vai rolar 1 boa grana com 1 pintura decente..)
Existem alguns Tagimas JB que me parecem bem legais, mas tbm nunca toquei.
Apareceu-me outra alternativa que penso seriamente:

Principalmente ao meu bolso... Mas.. o bendito headstock.. aiaiaiai...
Ta quase do jeito que queria.... Rolling Eyes
avatar
Ricardo Petrone
Membro

Mensagens : 1717
Localização : Tijuquistão, Hell de Janeiro...

http://www.reverbnation.com/syntagmatrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por siodoni em Dom Set 09, 2012 1:10 pm

^Que coisa linda esse baixo.
O headstock é só "serrar" Very Happy
avatar
siodoni
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 4884
Localização : Serrana - SP

http://www.leso.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Ricardo Petrone em Dom Set 09, 2012 1:59 pm

siodoni escreveu:^Que coisa linda esse baixo.
O headstock é só "serrar" Very Happy
Não consigo serrar igual ao Clássico 7ender... lol!
avatar
Ricardo Petrone
Membro

Mensagens : 1717
Localização : Tijuquistão, Hell de Janeiro...

http://www.reverbnation.com/syntagmatrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por djmmaster em Dom Set 09, 2012 3:45 pm

compra um SX usado e manda pintar, tem uns SX por menos de 600 no ML (usados)
avatar
djmmaster
Membro

Mensagens : 2008
Localização : Pelotas RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Ricardo Petrone em Dom Set 09, 2012 3:54 pm

djmmaster escreveu:compra um SX usado e manda pintar, tem uns SX por menos de 600 no ML (usados)
Procurar Com Head antigo...
avatar
Ricardo Petrone
Membro

Mensagens : 1717
Localização : Tijuquistão, Hell de Janeiro...

http://www.reverbnation.com/syntagmatrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por djmmaster em Dom Set 09, 2012 4:01 pm

com o head antigo (aquele igual o da fender) vai ser dificil, mas o outro que é bem parecido vc acha facil
avatar
djmmaster
Membro

Mensagens : 2008
Localização : Pelotas RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Ricardo Petrone em Seg Set 10, 2012 9:51 am

Essa config. aparentemente simples, se torna complicada... Shocked
avatar
Ricardo Petrone
Membro

Mensagens : 1717
Localização : Tijuquistão, Hell de Janeiro...

http://www.reverbnation.com/syntagmatrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Vazquez em Seg Set 10, 2012 12:20 pm

Pessoal tenho uma dúvida, os captadores EMG citados aqui são todos ativos, mas essa regra também se aplica aos EMG passivos ?
avatar
Vazquez
Membro

Mensagens : 455
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por djmmaster em Seg Set 10, 2012 12:48 pm

mas ricardo tu acha mesmo que tem que ser o head igual ao fender?? eu acho esse normal dos SX tão parecido, pq um SX com blocks pretos usado é facinho de achar
SX normal:

tipo fender:
avatar
djmmaster
Membro

Mensagens : 2008
Localização : Pelotas RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Ricardo Petrone em Seg Set 10, 2012 5:04 pm

Dj... o tradicional é bem mais bonito na minha opinião.
Estava pensando em customizar Squier, mas hj passei em algumas lojas e o acabamento de alguns estava péssimo, coisa ruim mesmo.
Os Sx e algumas outras marcas não 7enders, não podem ter mais o Head tradicional por questões jurídicas...
Vamos ver o que aparece...
avatar
Ricardo Petrone
Membro

Mensagens : 1717
Localização : Tijuquistão, Hell de Janeiro...

http://www.reverbnation.com/syntagmatrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por djmmaster em Seg Set 10, 2012 6:23 pm

sei que é uma questão de gosto e tal e isso não se discute, o Shelter da foto é meu, é um Pbass, mas tenho um Jazz com o head igual o da primeira foto, e não me incomodou o design, tanto que nunca pensei em mudar o head. uma opção pra ti talvez seja fazer um baixo num luthier, vai sair mais caro, mas o baixo vai estar "pronto" (sem necessitar ups).
Se a grana tiver curta, compra um SX usado mesmo (R$500~R$600 no ML) acho que o head não seria tão decisivo a ponto de te impedir de ter um
avatar
djmmaster
Membro

Mensagens : 2008
Localização : Pelotas RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Vazquez em Seg Set 10, 2012 8:22 pm

Petrone, tem um tópico no fórum mostrando uma transformação do headstock de um SX, não de ve ser difícil de fazer.
avatar
Vazquez
Membro

Mensagens : 455
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Ricardo Petrone em Ter Set 18, 2012 5:57 pm

Galera...
Se tudo correr bem hj, devo fechar negocio em um Squier Vintage Modified Jazz Bass.
Ficarei um bom tempo na config que ele se encontra (cor natural) até encher o porquinho p/deixar do jeito que quero...
Vi muitos Tagimas já nessa config. no ML. Mas ia ter de pagar frete, etc... e a maioria tinha " 7ender" aplicado no head. Acredito que essa aplicação de adesivo possa desvalorizar numa possivel revenda posterior, certo?
avatar
Ricardo Petrone
Membro

Mensagens : 1717
Localização : Tijuquistão, Hell de Janeiro...

http://www.reverbnation.com/syntagmatrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jazz Bass " Jet Lee "

Mensagem por Ricardo Petrone em Qua Set 19, 2012 12:01 am

Galera dos graves, me animei em retomar meu plano de customização. O 7ender Geddy Signature, tem a mesma configuração que sonho de 1 Jazz Bass. Ou seja, Clássico preto com escudo branco e escala em Maple. Não encontrei nada parecido aqui no RJ vendendo. Pois bem, Faço eu mesmo o meu " Jet Lee". Comprei 1 Squier Vintage Modified, que vem com a bendita escala Maple. Troquei os Knobs metálicos, por originais 7ender. Comprei 1 escudo genérico branco ( Spirit) que deu 1 trabalhão p/ adaptar. Dentre os escudos à venda aqui, esse foi o mais proximo do original desse Squier.
Nova Furação, desgaste p/ adaptar o Control Plate, e outras partes... Ufa! Rolling Eyes
Aos poucos , Vou dando forma ao "sonho". Suspect
Aqui o àlbum:
http://www.facebook.com/media/set/?set=a.519687251383034.119953.100000252911800&type=3

Abraços!
avatar
Ricardo Petrone
Membro

Mensagens : 1717
Localização : Tijuquistão, Hell de Janeiro...

http://www.reverbnation.com/syntagmatrio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Zubrycky em Sex Dez 07, 2012 6:20 pm

^
cheers
avatar
Zubrycky
Membro

Mensagens : 9225
Localização : São Paulo

http://www.youtube.com/zubrycky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Luthier Brandão em Qua Maio 28, 2014 9:28 am

ola amigos aqui uma previsa de um up que fiz em um SX


Luthier Brandão
Membro

Mensagens : 5
Localização : Salvador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Luthier Brandão em Qua Maio 28, 2014 9:28 am

parte 2


Luthier Brandão
Membro

Mensagens : 5
Localização : Salvador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Luthier Brandão em Qua Maio 28, 2014 9:29 am

parte 3


Luthier Brandão
Membro

Mensagens : 5
Localização : Salvador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Luthier Brandão em Qua Maio 28, 2014 9:29 am

parte 4


Luthier Brandão
Membro

Mensagens : 5
Localização : Salvador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Luthier Brandão em Qua Maio 28, 2014 9:34 am

e aqui vc pode ter uma noção do resultado (circuito trabalhando sempre flat)


Luthier Brandão
Membro

Mensagens : 5
Localização : Salvador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Planos de Customização

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum