Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Ir em baixo

Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por joabi em Ter Out 31, 2017 8:58 pm


Depois de muito tempo, enfim, segue o Review do TMiranda Basstube. São minhas impressões.


Especificações:

Potência: 200W
Dimensões: 48 x 25 x 22 (cm)
Peso: cerca de 22 kg





Controles: Volume, Treble, Mid, Bass, Presence, Master, Bright switch, Fat switch, Master On/Off, Loop Efx On/Off, Power Select Half/Full

Válvulas: Preamp: (1x) 12AX7LPS, (2) 12AX7
Power amp: (4x) KT88

Inputs/Outputs:
- Input High Gain
- Input Low Gain
Speaker Out 4Ω
Speaker Out 8Ω
Fx Send
Fx Return
Line Out (com controle de volume)
Footswitch

Acessórios: Footswitch com acionamento do Loop de efeitos e do Master, Cabo de energia

Preço sugerido: http://tmiranda.com/loja-virtual.htm





Impressões gerais:

Estou com o amp há 5 meses, e, nesse tempo, já deu para ter uma boa idéia do funcionamento e das características do amplificador, usando em diferentes situações.

Só levei para o palco duas vezes até agora, portanto, nesse ponto minha experiência ainda é limitada.

De forma geral, a impressão tem sido a melhor possível, desde o dia em que peguei o amp e o liguei pela primeira vez. O nível de construção é muito bom. O amplificador é todo construído em metal, sem vibrações ou partes soltas. A base onde é montado o circuito é bem sólida, e a parte superior do gabinete, que protege as válvulas é feita de placas de metal com o logotipo da marca vazado, o que é muito eficiente para dissipar o calor das válvulas. O design, na minha opinião, ficou moderno, discreto e eficiente. Ponto positivo.

A alça de transporte fica na parte superior e é adequada para levar o amp para cima e para baixo com segurança. Apesar de pesado, o design compacto facilita muito o transporte. O amplificador fica bem acomodado em cima das minhas caixas, mesmo a 1x12, que é bem compacta.

De forma geral, achei que é um amp robusto e bem construído. O tempo vai dizer sobre a durabilidade, mas não vi reclamações de outros donos. Valvulados são bem frágeis mesmo… todo mundo sabe disso. Não pretendo colocar esse amp para ralar demais.

Vamos ao som…

Eu nunca tive um amp all-tube de baixo, então o salto foi grande em termos de sonoridade em relação aos meus outros amplificadores. Tocando na noite eu já tive oportunidade de usar uma grande quantidade de equipamentos, como muitos aqui, e, posso dizer com segurança, que all-tube soa bem diferente de amps solid state, diferente de tudo o que eu já havia usado.

Acho que minha maior surpresa foi com os graves. É muito difícil explicar, mas a forma como o grave vem redondo é uma coisa impressionante. Mesmo em volumes baixos, soa muito bem. Parece que o som te abraça, sei lá.

Meu som não é vintage, ao contrário, gosto de algo moderno e bem articulado, que me permita ouvir todo o espectro que meu baixo produz, mas que, ao mesmo tempo, soe macio e preencha muito bem o espaço entre a bateria e os demais instrumentos de uma banda.
Acredito que a escolha foi certeira. O som dele é definitivamente moderno. Talvez com alguns ajustes e usando uma caixa diferente das que eu tenho, dê para chegar em algo completamente diferente, um som mais vintage. Essa é uma rota que ainda não percorri…

Resumão: Com o amplificador na posição “flat” e usando minhas caixas, principalmente a Berg HS210 (que usei mais), obtive um timbre geral que pode ser descrito da seguinte forma: o grave é muito, muito potente, mas ao mesmo tempo firme e preciso. Não percebi qualquer embolação, mesmo no subgrave, que, ao contrário, me pareceu bem mais definido que a maioria dos amps SS que já usei.
A região média é bem aveludada. Existe uma ênfase natural no médio-grave, algo em torno de 400Hz, e uma leve atenuação na região entre 1kHz e 2,5kHz, que me agradou. Gostei da forma como se comportou ao vivo, e não resultou em perda de inteligibilidade ou coisa do tipo.
Os agudos são muito presentes, mas são também macios e nem um pouco estridentes. Ficam bem suaves a partir de uns 8kHz ou 9kHz, o que também me agradou bastante. Isso enquanto o preamp está abaixo da zona de saturação. Quando se usa o som distorcido, os agudos se tornam estridentes (demais, para meu gosto). Existe um ponto intermediário, entre o som limpo e a saturação, que gostei demais. A compressão causada pelo drive aparece bem, mas o som não chega a ser distorcido, só um tanto mais agressivo. O drive altera também a região dos médios, como é de se esperar.

Atuação dos controles: Achei bom falar sobre isso, porque algumas coisas não são óbvias nesse amp.

Volume: É o Input Gain e controla o volume do preamp. Vai do muito limpo até o distorcido. Varia de acordo com o baixo usado e de qual input (High ou Low) foi usado. Para meu S.Martyn, que é bem quente, começo a ouvir distorção com clareza a partir do volume 4. Até o 2 o som é totalmente clean. Entre 2 e 4 surge aquela região intermediária que comentei acima. Distorce um pouco quando tocamos mais forte, fica clean quando diminuimos a pegada.

Equalizador: De forma geral é bastante conservador, como gosto. Precisa virar bastante os knobs para perceber alguma mudança. O grave atua por volta de 50Hz, pelo que consegui identificar, mas com a curva Q aberta (ou provavelmente é Shelving). O médio é o mais tímido dos controles. Tem que aumentar ou diminuir com vontade. O centro de frequência me pareceu em torno de 250Hz ou algo assim, talvez um pouco mais. O agudo está por volta de 4khz e imagino que seja do tipo shelving. O Presence é um pouco mais alto, e deixa os agudos um pouco mais nervosos. Altera também a resposta de médio-agudo.

As chaves “Fat” e “Bright” atuam nos extremos. Em nenhuma das minhas caixas consegui ouvir o controle Fat atuando. O centro de frequência deve ser muito baixo. De qualquer forma, o extremo sub é uma região que não me interessa. Deixo a chave desligada (para proteção dos falantes), e até tiro um pouco do controle de grave, dependendo do baixo usado. A chave “Bright” liga o extremo agudo. Achei muito forte para meu gosto, mas certamente ajuda quem tem caixas sem drive de agudo.


Coisas que eu gostei (pontos positivos):
- Potência,
- Timbre,
- Design,
- Simplicidade nos controles, sem falta de recursos.

Coisas que eu mudaria:
- Conectores Speakon nas saídas de caixas, por questão de segurança (os jacks P10 originais são de ótima qualidade)
- Mudar o funcionamento da chave Fat, talvez trocar por um seletor de frequências para os médios, já que o grave é muito bem resolvido nesse amp.
- Adicionar um Direct Out XLR (balanceado)







Se eu recomendo? Sim, recomendo. Pesquise antes para ter certeza que é o produto certo para o que você precisa e quais as implicações de cuidar de um amp desse tipo, mas é um amplificador que definitivamente arranca elogios. Na minha opinião, vale o preço pedido.


Última edição por joabi em Qua Nov 01, 2017 5:59 pm, editado 1 vez(es)
avatar
joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 5922
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por fheliojr em Ter Out 31, 2017 9:49 pm

"...O som dele é definitivamente moderno..."

Pronto, isso, para mim, já é o suficiente para não cogitar comprá-lo. All-tube, para meu gosto, TEM q ter um som vintage.

P.S.: GAS nestas bergs...
avatar
fheliojr
Membro

Mensagens : 9131
Localização : Fortaleza-CE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por Sidnei D Ferreira em Qua Nov 01, 2017 8:35 am

Muito top seu ampli joabi !!! Parabéns !!!
avatar
Sidnei D Ferreira
Membro

Mensagens : 245
Localização : Osasco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por Willian Casagrande em Qua Nov 01, 2017 9:13 am

Embora eu concorde com o Ofélio, parece ser um bom amp pra quem curte um som modernoso. O Miranda parece ser muito bom fabricante, também.
Gostei do review, joabi claps
Obs: e quanto ao peso? Sentiu muita diferença? O meu pesa 26 kg e tem uma alça em cima, portanto horrível de carregar...
avatar
Willian Casagrande
Membro

Mensagens : 3580
Localização : Londrina/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por Rico em Qua Nov 01, 2017 9:29 am

Top. Eu consigo imaginar esse amp soando razoavelmente vintage. Nem acho que precise muito esforço.
avatar
Rico
Membro

Mensagens : 2630
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por gsfteodoro em Qua Nov 01, 2017 11:03 am

Show demais hein!?
Top
avatar
gsfteodoro
Membro

Mensagens : 4804
Localização : Brezil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por SILVIAO em Qua Nov 01, 2017 3:05 pm

Rico escreveu:Top. Eu consigo imaginar esse amp soando razoavelmente vintage. Nem acho que precise muito esforço.
Uma troca de caixas ,ja mudaria o timbre,nos videos que vi com cab 1x15 soava bem vintage.
Joabi entre ele e o Acoustic Image tem muita diferença de "potencia" audivel?

Enviado pelo Topic'it
avatar
SILVIAO
Membro

Mensagens : 3465
Localização : Limeira

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por Maurício_Expressão em Qua Nov 01, 2017 3:58 pm

Belo review, bem completo. Melhor que muitas revistas especializadas...
avatar
Maurício_Expressão
Moderador

Mensagens : 6607
Localização : São José dos Campos - SP (Brazil)

http://tramavirtual.uol.com.br/artistas/expressao

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por pedrohenrique.astronauta em Qua Nov 01, 2017 4:09 pm

Parabéns! G.A.S. total!
avatar
pedrohenrique.astronauta
Membro

Mensagens : 6588
Localização : Volta Redonda-RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por joabi em Qua Nov 01, 2017 5:58 pm


Legal, pessoal. Acredito que se trabalhar com ele clipando mais e usar uma caixa adequada, já chegue no som vintage que muitos apreciam. É que meus equipamentos são todos modernos: baixos, caixas, então o resultado acaba sendo diferente mesmo.

Willian Casagrande escreveu:
Obs: e quanto ao peso? Sentiu muita diferença? O meu pesa 26 kg e tem uma alça em cima, portanto horrível de carregar...

Willian, para transportar em pequenas distâncias eu até que achei bem confortável. O problema é quando té muito longe. Eu estou usando um bag para ele, então não carrego direto pela alça dele.

SILVIAO escreveu:
Joabi entre ele e o Acoustic Image tem muita diferença de "potencia" audivel?

Silvião, ele fala mais que o AI, que já é bem forte. O timbre é bem diferente também, então é difícil fazer um comparativo direto.[/quote]


Última edição por joabi em Qua Nov 01, 2017 6:37 pm, editado 1 vez(es)
avatar
joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 5922
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por Claudio Mengarda em Qua Nov 01, 2017 6:07 pm

Gostei demais do som desse bixo ein!
Agora sempre ouço falar que amps All tube são frageis. Tenho um acedo audio de guitarra 30w que levamos pra cima e pra baixo há 5 anos e o bixo é indestrutível haha

Axo que sou sortudo Very Happy
avatar
Claudio Mengarda
Membro

Mensagens : 934
Localização : Santa Catarina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por JAZZigo em Qua Nov 01, 2017 6:08 pm

Parabéns, amigo Joabi!
Review fantástica!!! claps
avatar
JAZZigo
Membro

Mensagens : 11623
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por joabi em Qua Nov 01, 2017 6:41 pm


Obrigado, amigos.

Lembrando que o vídeo que eu postei está no canal da TMiranda no YT. Foi produzido pelo grande baixista Augusto Albuquerque. Acho que ele mostrou bem tudo o que o amp produz.



avatar
joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 5922
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por afonsodecampos em Qua Nov 01, 2017 7:55 pm

Muito bom review, Joabi sempre arrebentando nos detalhes, com muita propriedade. Aproveitei pra rever pelo site todo o complexo do Síncopa... que coisa linda!!!!
avatar
afonsodecampos
Membro

Mensagens : 4731
Localização : Belém do Pará

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por fheliojr em Qua Nov 01, 2017 8:21 pm

Maurício_Expressão escreveu:Belo review, bem completo. Melhor que muitas revistas especializadas...

[2]
avatar
fheliojr
Membro

Mensagens : 9131
Localização : Fortaleza-CE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Nov 01, 2017 9:12 pm

Excelente review!
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 12719
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por monteirofn em Qui Nov 02, 2017 11:06 am

claps
avatar
monteirofn
Membro

Mensagens : 233
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por Vinicius F em Qui Nov 02, 2017 12:50 pm

Excelente Review e equipo. Parabéns!
avatar
Vinicius F
Membro

Mensagens : 964
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por joabi em Qui Nov 02, 2017 10:06 pm


Obrigado, pessoal. Fazia um tempo que eu estava devendo o review.

afonsodecampos escreveu:Aproveitei pra rever pelo site todo o complexo do Síncopa... que coisa linda!!!!

Obrigado pela visita virtual, meu caro. Tem umas coisas bacanas no estúdio, não é? rsrs
Fica o convite para uma visita de verdade quando vier para estas bandas.

avatar
joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 5922
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por afonsodecampos em Sex Nov 03, 2017 8:19 am

Opa, obrigado Joabi... Se um dia retornar à Campinas certamente farei uma visita. E pensar que durante anos passeava por aí pelo menos uma vez por ano. Era uma época que "venerava" a seção Aquário da revista M&T, para um músico o estúdio de gravação é uma igreja e o Síncopa é umas dessas igrejas que a gente sempre quer rezar.
avatar
afonsodecampos
Membro

Mensagens : 4731
Localização : Belém do Pará

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Review - Amplificador valvulado TMiranda Basstube

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum