Idiocracy

Ir em baixo

Idiocracy

Mensagem por joabi em Ter Jan 30, 2018 12:43 am


Andei vendo uma série de vídeos no YouTube. Alguém sabe dizer se isso é verdade ou algum tipo de montagem? Desculpem, só achei em inglês.








Tem um monte desses vídeos.

avatar
joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 5849
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Idiocracy

Mensagem por Ivanov_br em Ter Jan 30, 2018 5:46 am

Esse é o retrato do que estamos vivendo... Sempre ouvi falar da ignorância do americano médio, mas nunca fui pra lá pra confirmar isso.

O Allex deve ter uma opinião formada sobre isso.
avatar
Ivanov_br
Moderador

Mensagens : 5714
Localização : Rio Grande do Sul

http://www.myspace.com/bustamanteivan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Idiocracy

Mensagem por allexcosta em Ter Jan 30, 2018 8:36 am

Ivanov_br escreveu:Esse é o retrato do que estamos vivendo... Sempre ouvi falar da ignorância do americano médio, mas nunca fui pra lá pra confirmar isso.

O Allex deve ter uma opinião formada sobre isso.

Tenho.

A palavra chave aqui é "médio" ou "some", como escrito no vídeo.

Conheço essa série de vídeos e não assisti a esses especificamente, mas muitos Americanos são assim mesmo.

O ensino de geografia deles é simplesmente ridículo. Eles normalmente nem sequer sabem qual o estado vizinho ao qual moram. Muitos não sabem se moram perto da fronteira do Canadá ou do México.

Assuntos internacionais então, estão pouco se lixando. Todo latino é mexicano by default. Eles chamam de "white" somente o branco americano ou, no máximo, inglês. O branco alemão pra eles é alemão e não white. Eles não entendem diferença entre raça e nacionalidade. Pra eles é normal dizer que a raça de alguém é "brazilian" ou "french", ou mesmo "middle eastern" que os menos politicamente corretos chamam de "sand nigger" ou "negro das areias".

É um povo ultra umbigo-cêntrico. Nenhuma parte da América latina jamais é mencionada na escola, a não ser que a pessoa faça faculdade de algo que precise do assunto.

História pra eles é basicamente "nós somos o número 1, temos que proteger Israel e se não fosse pelos nossos heróis veteranos o mundo hoje falaria Alemão". Falando sério, a isso se resume o conhecimento deles de história mundial.

O Americano médio não é burro... Eles são super safos pra dinheiro, entendem juros e finanças muito bem, desde crianças... E são habituados a seguirem regras e métodos. Eles não conseguem entender jeitinho. Eles ficam maravilhados com pequenas coisas normais que um brasileiro faz. Tipo enviar um arquivo pra si mesmo pra abrir em outra máquina enquanto você reboota a que você quer usar em modo de segurança... Eles não entendem que uma pessoa que não trabalha com computadores pode fazer coisas assim... Eles ligam pra suporte pra coisas simples como reiniciar uma máquina qualquer.

Os Estados Unidos são o que são porque valorizam o talento e as habilidades especiais. Crianças com Asperger's são treinadas pra atividades específicas desde cedo. Organizações governamentais têm muito interesse nessas pessoas, que conseguem focar de maneira atípica e realizar atividades que uma pessoa comum não consegue.

Mas por médio, falo a pessoa comum de Nebraska ou South Dakota. O cara que cresceu em Boston ou NY normalmente não é assim.
avatar
allexcosta
Administrador

Mensagens : 43599
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Idiocracy

Mensagem por Fernando Zadá em Ter Jan 30, 2018 9:13 am

Pqp! Chorei de rir aqui com o Jackie Chan!!! Kkkkk

Os caras são realmente bons de fazer dinheiro e criar métodos.
Na música mesmo se entrar na Amazon e dar uma pesquisada existe material para qualquer assunto que queira se aprofundar....
avatar
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 10642

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Idiocracy

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Jan 30, 2018 10:57 am

Os EUA tem uma História peculiar, diferente em suas linhas gerais de todos os outros povos.
Simplificando bastante:
1) Uma parte do país (nordeste) inseria-se de modo distinto na economia mundial nos séculos XVII e XVIII.
2) Existência, antes mesmo da "Guerra de Independência", de estruturas de auto-governo e de cidadania local juridicamente estabelecida.
3) Ideologia de "Destino Manifesto", no qual os colonos acreditavam piamente que estavam criando uma nova "Terra Prometida", que, aliada à uma forte "Ética Protestante do Trabalho" (à esse respeito ler Max Weber), criou condições ideais para o Capitalismo.
4) Uma enorme fronteira aberta, um continente à ser explorado e ocupado, cheio de recursos sem que se precisasse recorrer (como fizeram os europeus) ao colonialismo externo - Isso só vai ocorrer no século XX. Essa enorme fronteira aberta gerou o conceito de "Oeste" (leiam Frederick Turner - grande historiador norte americano).
5) a entrada maciça de imigrantes, de todas as partes do mundo, sem que a Elite branca, os colonizadores iniciais tenham desaparecido, antes, reforçaram sua posição com "mão de ferro".
6) Uma 2ª Revolução; a Guerra Civil. que destruiu o "Escravismo agrário exportador" sulista e implantou a hegemonia definitiva do Capitalismo financeiro-industrial nordestino.
7) A entrada maciça de Capitais europeus, que financiou a expansão econômica industrial antes e depois da Guerra Civil.
Cool Uma política econômica nacionalista e fortemente protecionista, garantindo à industria e aos bancos do NE o domínio absoluto do mercado interno.
9) Uma Reforma Agrária positiva, destinada aos imigrantes, que abriu a fronteira agrícola do centro e do oeste do país, criando uma nova classe de proprietários, consumidores (de produtos norte americanos) e cidadãos de plenos direitos.
10) Uma política externa agressiva principalmente após a Guerra Civil, que conquistou metade do que era México, comprou ou ocupou territórios que ainda eram de posse de potências europeias e garantiu "A América para os Americanos" - Uma grande "sacada" do Pres. Monroe.
11) Duas Guerras Mundiais em que eles foram vitoriosos militar e economicamente, sem que sofressem grandes perdas, e a partir do qual puderam impor (militar e economicamente) seu domínio sobre a maior parte do mundo, revertendo a posição secundária que tinham frente às potências europeias, e tornando-os capazes de aplicar um tipo peculiar e indireto (distinto do europeu) de Imperialismo à América Latina e depois ao resto do mundo.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 12495
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Idiocracy

Mensagem por Ivanov_br em Ter Jan 30, 2018 11:27 am

^ cheers
avatar
Ivanov_br
Moderador

Mensagens : 5714
Localização : Rio Grande do Sul

http://www.myspace.com/bustamanteivan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Idiocracy

Mensagem por Normando Neto em Ter Jan 30, 2018 1:18 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Os EUA tem uma História peculiar, diferente em suas linhas gerais de todos os outros povos.
Simplificando bastante:
1) Uma parte do país (nordeste) inseria-se de modo distinto na economia mundial nos séculos XVII e XVIII.
2) Existência, antes mesmo da "Guerra de Independência", de estruturas de auto-governo e de cidadania local juridicamente estabelecida.
3) Ideologia de "Destino Manifesto", no qual os colonos acreditavam piamente que estavam criando uma nova "Terra Prometida", que, aliada à uma forte "Ética Protestante do Trabalho" (à esse respeito ler Max Weber), criou condições ideais para o Capitalismo.
4) Uma enorme fronteira aberta, um continente à ser explorado e ocupado, cheio de recursos sem que se precisasse recorrer (como fizeram os europeus) ao colonialismo externo - Isso só vai ocorrer no século XX. Essa enorme fronteira aberta gerou o conceito de "Oeste" (leiam Frederick Turner - grande historiador norte americano).
5) a entrada maciça de imigrantes, de todas as partes do mundo, sem que a Elite branca, os colonizadores iniciais tenham desaparecido, antes, reforçaram sua posição com "mão de ferro".
6) Uma 2ª Revolução; a Guerra Civil. que destruiu o "Escravismo agrário exportador" sulista e implantou a hegemonia definitiva do Capitalismo financeiro-industrial nordestino.
7) A entrada maciça de Capitais europeus, que financiou a expansão econômica industrial antes e depois da Guerra Civil.
Cool Uma política econômica nacionalista e fortemente protecionista, garantindo à industria e aos bancos do NE o domínio absoluto do mercado interno.
9) Uma Reforma Agrária positiva, destinada aos imigrantes, que abriu a fronteira agrícola do centro e do oeste do país, criando uma nova classe de proprietários, consumidores (de produtos norte americanos) e cidadãos de plenos direitos.
10) Uma política externa agressiva principalmente após a Guerra Civil, que conquistou metade do que era México, comprou ou ocupou territórios que ainda eram de posse de potências europeias e garantiu "A América para os Americanos" - Uma grande "sacada" do Pres. Monroe.
11) Duas Guerras Mundiais em que eles foram vitoriosos militar e economicamente, sem que sofressem grandes perdas, e a partir do qual puderam impor (militar e economicamente) seu domínio sobre a maior parte do mundo, revertendo a posição secundária que tinham frente às potências europeias, e tornando-os capazes de aplicar um tipo peculiar e indireto (distinto do europeu) de Imperialismo à América Latina e depois ao resto do mundo.


claps claps claps

Belo resumo, Bertola!

Obrigado.

up up up
avatar
Normando Neto
Membro

Mensagens : 1031
Localização : Jacobina - Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Idiocracy

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum