Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Dia de fobia

Ir em baixo

Dia de fobia Empty Dia de fobia

Mensagem por Voila Marques em Qua Jun 20, 2012 3:35 pm

Dia de fobia Cbxista1
(imagem tirada do link http://greenblobsmex.deviantart.com/art/Double-Bass-189534388)

Hoje é meu dia, dia de Duda pum-Pum-Pum Ronc-Ronc em concerto da orquestra jovem.
Teatro Municipal, orquestra com piano solo, 2º movimento.
Música suave e lenta e silêncio absoluto na plateia.

Uma emoção muda salta aos meus olhos, entre uma nota e outra e, no meio daquela partitura, falta-me fôlego para descrevê-la.
Parte das notas aparece e desaparece. Enxergo umas notas, perco outras, adivinho mais outras, e a concentração indo embora a cada nota tocada ou não tocada...
Enxergo mal. Apreensão. Mal-estar.

Olho para o contrabaixista ao meu lado, que sequer tira os olhos da partitura.
Que fazer? Sair do palco? E se eu desmaiar agora?

Se a música ficasse barulhenta e ensurdecedora, eu poderia dizer alguma coisa, balbuciar, sei lá...

Mas os contornos suaves da música e a sisudez dos princípios orquestrais estavam todos ali, a me impedir de levantar o traseiro do banco de contrabaixo.
A mesma maldita sisudez orquestral que não nos deixa sair do palco nem com crise de tosse.
A tosse que aprenda a se pronunciar nos "tuttis" orquestrais e a usar a sordina no restante da música.
Orquestra não é lugar de tosse mal-educada!

E o mal-estar aumentando... Cada vez mais as notas somem e aparecem.
As linhas da partitura, antes retas, ficam desconexas: uma linha para lá e outra para cá. As linhas se mexem. Jogo da velha? Alfabeto japonês?

Agora, a estante preta de música começa a ficar marrom.
Linhas que se mexem, mancha marrom que escorrega. Taquicardia.

O arco fica impreciso e a mão esquerda... Que mão esquerda? Pianista? Onde?
Olho para a esquerda e vejo o rabisco japonês na estante ao lado.

Começo a ter vertigens musicais e a achar que parte do naipe se perdeu na contagem dos compassos. Será?
E os jogos da velha e os palitos japoneses a oscilar entre uma estante e outra de contrabaixos. Delírio?

E a música que não acaba...

De repente, um tutti da orquestra em fortíssimo súbito, acompanhado do barulho de um sapato masculino: plac – splash!
A música que nos desculpe, mas a sapatada foi fundamental.

E a cascuda encerra ali sua vida de baratarina.

Recomeço a ler sem antenas a me atrapalhar.
O concerto continua como se nada tivesse acontecido, e sem marcha fúnebre...
O concerto deve sempre continuar...


<a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/"><img alt="Licença Creative Commons" style="border-width:0" src="http://i.creativecommons.org/l/by-nc-nd/3.0/80x15.png" /></a>
<span xmlns:dc="http://purl.org/dc/elements/1.1/" href="http://purl.org/dc/dcmitype/Text" property="dc:title" rel="dc:type">Segredos Contrabaixísticos de Duda Pum-Pum-Pum Ronc-Ronc</span> by <a xmlns:cc="http://creativecommons.org/ns#" href="http://www.voilamarques.com" property="cc:attributionName" rel="cc:attributionURL">Voila Marques</a> is licensed under a <a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/">Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas License</a>.


Última edição por Voila Marques em Dom Jul 15, 2012 5:06 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Imagem linda)
Voila Marques
Voila Marques
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 3060
Localização : Rio de Janeiro

http://www.voilamarques.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum