Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Maurício_Expressão em Sab Jan 24, 2015 3:01 pm

O único up-grade que fiz em minha vida foi colocar pick-up Custom Shop 60 num Fender Southern Cross. Ou seja um up-grade caro num baixo barato.
Fiquei satisfeito com o resultado, pois simplesmente não dava para tocar com o baixo original e seu som horrível de taquara rachada (na minha opinião).
Depois da troca o SC ficou com um baita som de Fender.
Para mim valeu a pena em termos de uso. Ou seja, o baixo ficou "usável".
Mas o baixo valia no máximo uns R$ 1.800 antes do up-grade. Com o up-grade acho que dá para pedir uns R$ 2.000. Decididamente não valeu a pena do ponto de vista financeiro. Gastei U$ 210 no pick-up + R$ 100 com o luthier...
Maurício_Expressão
Maurício_Expressão
Moderador

Mensagens : 7119
Localização : São José dos Campos - SP (Brazil)

http://tramavirtual.uol.com.br/artistas/expressao

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por rafael.buzzi.andrade em Seg Jan 26, 2015 7:39 am

Maurício_Expressão escreveu:O único up-grade que fiz em minha vida foi colocar pick-up Custom Shop 60 num Fender Southern Cross. Ou seja um up-grade caro num baixo barato.
Mesmo caso que o meu. Só que coloquei um par de Seymour Duncan SJB-1 no meu SC. O som é exatamente o que eu gosto. Sempre que eu testo outros baixos, bem mais caros, acabo ainda gostando mais do som do meu.

Mas...ainda mais depois da reforma que fiz nele... ficou um instrumento "invendável". Só um cara muito pirado na logo ou alguém muito apaixonado pelo som do baixo compraria ele. Não que isso me incomode. Não fiz esse up todo pra "valorizar" o baixo. Foi mais parecido com o caso do Brucce. Eu queria chegar no som do "baixo X". A diferença é que eu (graças de Deus... rsrsrs) consegui.
rafael.buzzi.andrade
rafael.buzzi.andrade
Membro

Mensagens : 1642
Localização : Joinville, SC - Brasil, Terra... no cantinho mais brega do universo

https://nacodecachola.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Jan 26, 2015 8:37 am

Para mim, "up-grade" deve seguir uma relação com o instrumento, uma relação de custo-benefício.
Em um instrumento barato, o "up-grade" deve seguir duas regras: 1) Melhorar o instrumento. 2) Ter um preço razoável.
Para mim, e partindo do pressuposto de que vc vai ficar com o baixo e usá-lo, é um exagero improdutivo instalar um capt Bartolini num BX12 (por exemplo).
Mauricio Luiz Bertola
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 16288
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Kobeh em Seg Jan 26, 2015 9:50 am

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para mim, "up-grade" deve seguir uma relação com o instrumento, uma relação de custo-benefício.
Em um instrumento barato, o "up-grade" deve seguir duas regras: 1) Melhorar o instrumento. 2) Ter um preço razoável.
Para mim, e partindo do pressuposto de que vc vai ficar com o baixo e usá-lo, é um exagero improdutivo instalar um capt Bartolini num BX12 (por exemplo).

Ai entra no caso daquela minha guitarra Golden feita de compensado. Mesmo se ela tivesse um valor sentimental pra mim, e eu não me importasse de gastar rios de dinheiro apenas pra vê-la com um som legal, eu esbarraria no limite da própria construção do instrumento.
Kobeh
Kobeh
Membro

Mensagens : 858
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por marciobs em Ter Jan 27, 2015 5:18 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para mim, "up-grade" deve seguir uma relação com o instrumento, uma relação de custo-benefício.
Em um instrumento barato, o "up-grade" deve seguir duas regras: 1) Melhorar o instrumento. 2) Ter um preço razoável.
Para mim, e partindo do pressuposto de que vc vai ficar com o baixo e usá-lo, é um exagero improdutivo instalar um capt Bartolini num BX12 (por exemplo).

Perfeito pensamento, a meu ver! Wink
marciobs
marciobs
Membro

Mensagens : 603
Localização : Cambuí-MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Philippe Maick em Seg Jun 29, 2015 6:16 pm

Sou novo aqui no forum e achei legal esse tópico e resolvi deixar minha contribuição.

Meu baixo é uma AccuBass Epiphone, ja dei um upgrade no meu baixo e ainda pretendo mas um rsrs...

1º Implantei um cap Emg proximo a ponte, para ter médios mais definidos.

2º Desliguei os caps de fabrica pois não somava no som que eu gostaria, e assim os dois pots eu abro o cap Emg.

3º Pedi um braço para um luthier daqui da cidade e ele fez de Ypê Amarelo e o espelho Pau-Cedro...

O baixo ta um frankenstein mas o som está o que eu gostaria, acompanho uma cantora de Mpb da cidade e tenho o som do baixo que eu gostaria, assim eu acho que vale a pena dar um upgrade em instrumento de entrada.
Philippe Maick
Philippe Maick
Membro

Mensagens : 3
Localização : Macapá - Ap

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por fbarione em Seg Jun 29, 2015 7:38 pm

Acho que o maior problema não é o upgrade em baixo de entrada, cada um sabe oque faz com seu dinheiro e tudo mais, se qusier pegar um Tagimaum tagima TG400 e colocar captação Fender vai lá (fiz isso quando era mais novo por indicações de músicos mais experientes, e hoje me arrependo, mas aprendi...rs) o problema é que vira e mexe, esse instrumento de entrada vai ser vendido e a pessoa que vende acaba cobrando um valor meio sem noção pq acha que o upgrade agregou muito valor a instrumento....

pelo menos eu acho isso

fbarione
Membro

Mensagens : 206
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por frednovaes em Ter Jun 30, 2015 9:50 am

Acho o upgrade válido, assim como acho muito legal ver um fusca todo customizado...na verdade eu queria ter um fusca customizado...rsrsrsrs...meus amigos sempre falam: "não vale a pena"...."fusca não serve para andar na cidade"..."é só para enfeitar garagem"....talvez um engenheiro mecânico ou elétrico mostre as razões científicas para não se ter um fusca nos dias de hoje, mostrando em suas planilhas que "não vale a pena" usar esse carro, que vai gastar mais gasolina, etc...
Talvez o cara canse mais dirigindo um fusca, não tenha o mesmo conforto, nem o mesmo desempenho...mas o cara quer o fusca pelo prazer de tê-lo transformado ao seu gosto...para os "especialistas", o cara jogou um monte de dinheiro no lixo...para ele, o melhor dos mundos está na sua garagem...
acho que também pode ser assim com os nossos baixos...e o melhor...nós podemos ter, de certa forma, um baixo único em nosso bag, mesmo com uma marca em seu head que o desabone...rsrsrsrs
frednovaes
frednovaes
Membro

Mensagens : 146
Localização : Manaus Amazonas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Ferium em Ter Jun 30, 2015 11:03 am

Bom, até hoje eu não fiz e, a não ser que minha opinião mude drasticamente, não pretendo fazer upgrades em contrabaixos. Ok, meu contrabaixo é um contrabaixo simples, dos mais baratos do mercado, mas tá me servindo, tá me divertindo e dá tando pra estudar e se desenvolver (como disse o Zadá, o estudo é o verdadeiro "upgrade" da coisa).

Quando eu achar que tô num momento legal, quando eu tiver dado em mim mesmo um "upgrade", vou lá e invisto grana num contrabaixo melhor. Posso até conversar com um luthier pra fazer na exata medida do que eu quero.

Eu não tenho uma explicação racional para isso, eu apenas não curto de forma alguma mexer no que já vem feito. Claro que em alguns instrumentos a gente vê, de cara, coisas que podem ser melhoradas, mas, ainda sim, não me sinto confortável pra fazer adaptações. E isso, veja bem, é em relação a qualquer instrumento, seja ele top ou de entrada.

Escrevi isso tudo pra dizer que, na verdade, dar upgrade ou não é algo muito pessoal. Se o sujeito acha que fazendo aquela mudança "x" vai obter melhor tocabilidade no instrumento, pô, isso é o que vale, no fim das contas, independente de preconceito ou não. A vida é uma estrada repleta de preconceitos, dificilmente algum de nós vai passar por essa estrada sem ser pré-conceituado em relação a alguns aspectos. O jogo aqui é tapar os ouvidos pra isso e abri-los só para a música.
Ferium
Ferium
Membro

Mensagens : 774
Localização : Ceará

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por FAELBASS7 em Ter Jun 30, 2015 12:04 pm

É realmente uma questão de bom senso. Existem casos e casos.
Eu tenho um Eagle JB006 que paguei apenas R$ 370,00 nele novo. Troquei apenas o captador do braço por um Malagoli Jazz Hot. Até o momento estou bastante satisfeito com ele. Mas não investiria por exemplo R$ 1000,00 em upgrades nele. Nesse caso pensaria em comprar um de construção melhor e deixaria o Eagle como de estimação. Não gosto muito de me desfazer das minhas coisas.
FAELBASS7
FAELBASS7
Membro

Mensagens : 76
Localização : FORTALEZA - CE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Convidado em Ter Jun 30, 2015 2:32 pm

Bom,concordo com o que Allex disse aqui.Compartilho do mesmo pensamento.

No meu caso,existem algumas marcas que fabricam instrumentos relativamente baratos que eu já confio,como Tagima,Condor e Washburn.Eu faria ups num desses baixos sem medo.

Certa vez toquei num Samick com caps EMG que soava maravilhosamente bem.

Recentemente toquei num Gianinni JB todo original que me surpreendeu muito (e ainda tava desregulado...)!

Já vi vários vídeos de upgrades com resultados fantásticos! Como um Condor BC 6000 com caps SD e circuito que não me recordo, que ficou show de bola!

Concluindo: o pensamento mais correto é saber o que se quer de verdade.Se você gosta do seu SX,ou do seu Condor,ou Tagima (e etc.),e não busca uma marca/modelo específicos,e quer apenas um som melhor,não vejo problema no upgrade,desde que você não invista um valor superior ao do próprio instrumento.

Pois uma coisa é você por novos caps,novo preamp.Outra é trocar além de caps e pré,também a ponte,as tarrachas,pintura,inserir top e por aí vai.

Se o baixo precisa de tudo isso,logo ele não é bom.Se não é bom,melhor guardar o dinheiro e partir pra outro.

Mas se você quer um baixo "X" da marca "Y",melhor guardar a grana.Eu por exemplo,quando penso em Jazz Bass,penso num Condor CJB 500 ou num Squier VM 5.Quando tiver a grana,compro um desses dois.

PS:Pra mim,baixo de entrada esta abaixo dos 1k.Não considero um baixo de 1,2k,por exemplo,um baixo de entrada.Eu nunca investiria num baixo de entrada,a não ser que ele me surpreenda muito.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por RBORCARI em Ter Abr 14, 2020 11:21 am

Ressuscitando o tópico,

semana passada me deparei com uma situação que muitos acredito já ter passado e fiquei pensando muito sobre ela;

Estou com um anuncio de um cort para trocar, me apareceu um Tagima, que o dono alega ter investido R$4,1k no baixo....

o baixo novo na loja custa R$1,1k

Pergunta, ate quando vale o investimento para uma revenda? No fim das contas o baixo é o tagima de 1,1k, certo? porque eu pagaria 4mil nele?

sei que é um tema delicado para ser questionado e abordado e vi que a discussão foi boa no tópico...
RBORCARI
RBORCARI
Membro

Mensagens : 649
Localização : Jundiaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Maurício_Expressão em Ter Abr 14, 2020 11:43 am

Se o baixo novo na loja custa R$ 1,1K, usado deverá custar menos.

Se o antigo dono investiu R$ 4,1K em up-grade no baixo e ele novo custa R$ 1,1K, então usado deverá custar menos que R$ 1,1K de um baixo novo.

Está escrito nos post acima (eu acho que vale a pena ler) que up-grade não valoriza o instrumento.

Afinal se você comprar um Pálio 98, gastar R$ 5.000 para retificar o motor, e for vender, o Pálio vai ter o valor de um Pálio 98...
Maurício_Expressão
Maurício_Expressão
Moderador

Mensagens : 7119
Localização : São José dos Campos - SP (Brazil)

http://tramavirtual.uol.com.br/artistas/expressao

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Cantão em Ter Abr 14, 2020 11:48 am

O que ele fez de upgrade nesse Tagima ?
Cantão
Cantão
Moderador

Mensagens : 19838
Localização : Bauru

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por RBORCARI em Ter Abr 14, 2020 11:54 am

Cantão, trocou os caps e colocou circuito 18v...

Mauricio, eu li, porem o tópico ja tinha 5 anos, vai né que alguma coisa mudou, porem concordo plenamente com você, que pode se ate agregar um valor acima devido há upgrades, porem nao 4x mais o valor do baixo original...
RBORCARI
RBORCARI
Membro

Mensagens : 649
Localização : Jundiaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Cantão em Ter Abr 14, 2020 12:26 pm

A uns 10 anos atrás , fiz upgrade num Shelter JB dos antigos , que já tinha um timbre original muito bom , coloquei caps Cabreira Hot Tone , Colela Systen9 , Tarraxas Gotoh , ponte idem , elétrica CTS e etc...ficou top ? Ficou...achei que não me desfaria mais dele , ficou comigo um tempão , mas infelizmente precisei vende-lo.
Na hora de vender voltei ele ao original e vendi o restante separado , foi a única forma de ao menos empatar o investimento.
Exit: Mas não me arrependo , foi uma experiência gratificante  , hoje não repetiria com meu Tagima TP4 , pois o considero com o timbre perfeito pra mim , timbrão de Precision no caso...agora só quero outro Jazz Bass.
Cantão
Cantão
Moderador

Mensagens : 19838
Localização : Bauru

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Jãozeiro em Ter Abr 14, 2020 12:37 pm

Maurício_Expressão escreveu:Se o baixo novo na loja custa R$ 1,1K, usado deverá custar menos.

Se o antigo dono investiu R$ 4,1K em up-grade no baixo e ele novo custa R$ 1,1K, então usado deverá custar menos que R$ 1,1K de um baixo novo.

Eu não consigo concordar com isso. Pra mim soa absurdo.

Se o instrumento tem 4k de peças, e é colocado a venda, é justo cobrar pelo valor dessas peças em condição de usadas, e mais um desconto por estarem montadas no instrumento.

O instrumento pelado, novo, custa mil, certo?
As peças novas custam 4 mil, certo?

Claro, óbvio que o baixo não vale os 5 mil, mas aí você vai lá e diz que o baixo vale 700 reais porque os 4 mil de peças não valorizaram o baixo? Pera aí, você tá querendo ser o espertão.

Maurício_Expressão escreveu:Afinal se você comprar um Pálio 98, gastar R$ 5.000 para retificar o motor, e for vender, o Pálio vai ter o valor de um Pálio 98...

Mas retificar motor não é upgrade. E carro não é instrumento musical. Às vezes vejo essa comparação com carros, mas a precificação de revenda de um carro é totalmente diferente de um instrumento musical, envolve outras coisas.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1720
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por allexcosta em Ter Abr 14, 2020 1:36 pm

Jãozeiro escreveu:Eu não consigo concordar com isso. Pra mim soa absurdo.

Se o instrumento tem 4k de peças, e é colocado a venda, é justo cobrar pelo valor dessas peças em condição de usadas, e mais um desconto por estarem montadas no instrumento.

O instrumento pelado, novo, custa mil, certo?
As peças novas custam 4 mil, certo?

Claro, óbvio que o baixo não vale os 5 mil, mas aí você vai lá e diz que o baixo vale 700 reais porque os 4 mil de peças não valorizaram o baixo? Pera aí, você tá querendo ser o espertão.

Os números acima realmente são um pouco exagerados.

Vou tentar algo mais realista.

Instrumento de 1K novo, vale $600-700 em bom estado depois de dois anos, razoável né?

Upgrade de $700 Reais em captação, $400 em tarraxas, $400 em fretwork e blindagem. Te custou 2.5k e você vai vender por 1.3K

Melhor colocar tudo original pra negociar e vender as peças separadas.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 49494
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por RBORCARI em Ter Abr 14, 2020 1:41 pm

Jão, entendo perfeitamente sua posição e não quis ser espertão em cima de ninguém, longe disso.

mesmo porque se tivesse a grana para voltar ia ate testar o baixo para ver se o investimento realizado pelo dono valeu a pena mesmo...
RBORCARI
RBORCARI
Membro

Mensagens : 649
Localização : Jundiaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Henri-Q em Ter Abr 14, 2020 2:01 pm

Upgrades não são unanimidade. Eu, por exemplo, fico reticente de comprar um baixo se não tiver todo original, porque gosto de desfrutar da ideia do baixo como foi concebido. Quando peguei meu JB, logo achei a ponte bem fraquinha e cogitei trocar. Agora, com mais intimidade com o baixo, percebo que é uma ponte razoável para um JB, pois essa é a proposta do instrumento.

Ilustro a história da RBORCARI com a seguinte situação: Fui fazer um levantamento de valor de imóvel a venda em um bairro de periferia aqui de SP, a casa faz parte do grupo HIS (habitação de interesse social). Porcelanato com junta seca em todos os ambientes, papel de parede e uns 5k de lustres e luminárias além de móveis planejados (quarto, cozinha e banheiro), tudo de primeira linha, a dona investiu a vida na casa. Mas o valor de mercado da casa não passa de 100k, um por continuar sendo HIS na periferia de São Paulo e dois porque de forma alguma seria possível embutir o que foi gasto no preço... ninguém pagaria.
Henri-Q
Henri-Q
Membro

Mensagens : 2496
Localização : Sampa City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por CSergio em Ter Abr 14, 2020 2:34 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para mim, "up-grade" deve seguir uma relação com o instrumento, uma relação de custo-benefício.
Em um instrumento barato, o "up-grade" deve seguir duas regras: 1) Melhorar o instrumento. 2) Ter um preço razoável.
Para mim, e partindo do pressuposto de que vc vai ficar com o baixo e usá-lo, é um exagero improdutivo instalar um capt Bartolini num BX12 (por exemplo).

Sintetizou a questão.

Até poderia pegar um baixo barato, usado no OLX e partir pra upgrades; mas não faz muito sentido gastar os tubos nisso, tipo comprar por R$ 300, e gastar R$ 1000 ou mais em upgrades.

RBORCARI escreveu:Ressuscitando o tópico,

semana passada me deparei com uma situação que muitos acredito já ter passado e fiquei pensando muito sobre ela;

Estou com um anuncio de um cort para trocar, me apareceu um Tagima, que o dono alega ter investido R$4,1k no baixo....

o baixo novo na loja custa R$1,1k

Pergunta, ate quando vale o investimento para uma revenda? No fim das contas o baixo é o tagima de 1,1k, certo? porque eu pagaria 4mil nele?

sei que é um tema delicado para ser questionado e abordado e vi que a discussão foi boa no tópico...

Cada um faz o que quer com seu dinheiro; ai eu acho que foi dinheiro mau investido.
CSergio
CSergio
Membro

Mensagens : 915
Localização : NE.MA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por allexcosta em Ter Abr 14, 2020 2:41 pm

CSergio escreveu:Até poderia pegar um baixo barato, usado no OLX e partir pra upgrades; mas não faz muito sentido gastar os tubos nisso, tipo comprar por R$ 300, e gastar R$ 1000 ou mais em upgrades.

Eu não concordo.

Alguns instrumentos são especiais e se encaixam muito bem com a gente. E muitas vezes o que falta neles é eletrônica boa, que pode muitas vezes chegar a 1000 ou 2000 Reais (ou muito mais).

Instrumentos musicais não são investimentos financeiros, a não ser que você seja negociante de instrumentos. Eles são ferramentas para você expressar sua arte e desenvolver uma atividade.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 49494
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Fernando Zadá em Ter Abr 14, 2020 4:02 pm

Eu não vejo problema nenhum em upgrades razoáveis.
Mas eu também não fico trocando de baixo a cada mudança de estação como muitos aqui....
Nesse ponto eu concordo totalmente com o Allex.
Se for o caso e você pretende ficar com o baixo porque casou bem mas ele poderia melhorar na parte elétrica manda bala.

Se bem que vou dizer uma coisa tenho uma guitarra Condor semi acústica aqui que um amigo tem uma gêmea as colocou uma grana em captadores.
Fomos tocar outro dia eu juro que se tinha alguma diferença eu mal percebi! Kkkkk

Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 12220

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por JAZZigo em Ter Abr 14, 2020 4:23 pm

CSergio escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para mim, "up-grade" deve seguir uma relação com o instrumento, uma relação de custo-benefício.
Em um instrumento barato, o "up-grade" deve seguir duas regras: 1) Melhorar o instrumento. 2) Ter um preço razoável.
Para mim, e partindo do pressuposto de que vc vai ficar com o baixo e usá-lo, é um exagero improdutivo instalar um capt Bartolini num BX12 (por exemplo).

Sintetizou a questão.

Até poderia pegar um baixo barato, usado no OLX e partir pra upgrades; mas não faz muito sentido gastar os tubos nisso, tipo comprar por R$ 300, e gastar R$ 1000 ou mais em upgrades.
:hmm:
Eu diria que isso é muito relativo. No caso abaixo, por exemplo, depois de todos os upgrades, vocês realmente acham que o baixo final ainda vale os mesmos R$ 1.600,00 pagos pelo baixo original?!

Baixo original:
Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Prod-612-9101-large

+

- Ernie Ball Music Man StingRay Translucent White Body
- Status-Graphite Neck
- Aero Instrument MM4 Standard Type-4B Pickup
- Mike Pope 3.2 Flexcore Preamp
- Ernie Ball Music Man Pickup Cover White
- Ernie Ball Music Man StingRay Bridge
- Ernie Ball Music Man SingRay Tuning Machines
- Ernie Ball Music Man StingRay Control Plate
- Ernie Ball Music Man Output Jack & Jack Plate
- Hipshot O-Ring Knobs
- WD Music Clear Acrylic Pickguard
- Schaller Strap-Lock Buttons

=

Baixo final:
Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Fullsizeoutput_99f
JAZZigo
JAZZigo
Membro

Mensagens : 14101
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por gsfteodoro em Ter Abr 14, 2020 4:27 pm

Rolling Eyes
hail
Jazz... Você é um mau exemplo de ups, hahahaha
Mas tenho que admitir que admiro todos...
Ou seja, não para de fazer Ups não
hahahahaha

Fernando Zadá escreveu:Mas eu também não fico trocando de baixo a cada mudança de estação como muitos aqui....
De quem você está falando? Pergunta

___________________________________________________________

Minha resposta sobre o tema depois de tanto tempo...
Eu tive muitos baixos baratos e foram neles que eu arrisquei mais upgrades, abrindo buraco pra colocar um captador maior, abrindo o buraco de onde fica a eletrônica pra ver se cabia determinado circuito, nele que aprendi a regular, etc etc etc...
Foram em baixos baratos que eu também aprendi que a tarraxa X não cabe no lugar da Y, que existem tamanhos de pontes diferentes, etc etc etc.

Dentre todos os UPs que eu já fiz, destaco alguns:
- Um SX, que foi do Breno, que coloquei Custom Shop 60, depois testei com uns Seymour Duncans (não lembro o modelo), com e sem o JRetro.
- Tenho um Squier VM Fretless com bartolini 9ST. Amigos, que som. Mas testei ele com Nordstrand Big singles e digo que o cap original é excelente. Só valeu o UP do bartolini mesmo.
- Em um Dingwall, eu coloquei um U-Retro. Baita som do ¨#%*$@. A Bzona virou treme terra total.
- Em um Ibanez BTB 675, coloquei caps e eletrônica do Samuel. Esse entra na lista de arrependimento dos que eu vendi.

Mas de tudo isso, só veio aprendizado. Sei o que curto, pude testar de tudo. Só nunca fui muito feliz com PBs, mas isso não entra no POST.
gsfteodoro
gsfteodoro
Membro

Mensagens : 5128
Localização : Brezil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Jãozeiro em Ter Abr 14, 2020 5:14 pm

RBORCARI escreveu:Jão, entendo perfeitamente sua posição e não quis ser espertão em cima de ninguém, longe disso.

Sim, RBORCARI, eu não estava me referindo a vc (nem a ninguém daqui, hehe).


Enfim, é isso: da mesma forma que em uma ponta tem aqueles que querem repassar instrumento usado com upgrade a preço de custom shop, na outra ponta também tem os espertões que querem desvalorizar até o talo e pagar merreca no instrumento que tem um bom valor em upgrades (com o argumento pífio de que o instrumento não vale nada por não ser mais original).

Por isso fiquei incrédulo com a conta ali do Maurício Expressão, que foi a seguinte: instrumento de 1k + 4k de peças vale menos de 1k na revenda.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1720
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Henri-Q em Ter Abr 14, 2020 6:06 pm

JAZZigo escreveu:Eu diria que isso é muito relativo. No caso abaixo, por exemplo, depois de todos os upgrades, vocês realmente acham que o baixo final ainda vale os mesmos R$ 1.600,00 pagos pelo baixo original?!

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Fullsizeoutput_99f
Nesse caso, o valor agregado é indiscutível, mas assumindo que com os ups, esse baixo esteja valendo entre 3 a 6k (não sei... foi um chute), para achar um comprador deve ser difícil (pelo menos mais difícil do que seria com ele no estado inicial). Agora, é indiscutível também o resultado que esse baixo deve lhe entregar com os ups.

É sempre bom lembrar que você é um ponto fora da curva JAZZ. Acredito que uns 70% (ou mais) dos caras que chegam nesse fórum querendo colocar captadores top em Eagles e Condors não possuem nem mesmo o basal da sua experiência, bem como poder aquisitivo e aí acabam trocando 6 por meia dúzia. Vale lembrar também que pra boa parte da galera aqui, comprar um OLP já é um investimento sofrido no bolso e, portanto, acabam tendo que usar instrumentos como moeda de troca em negócios futuros (com isso, discordo um pouco do Allex, pois acho que de certa forma em alguns casos, instrumentos acabam sendo investimentos financeiros). Entendo que não é esse o centro dessa discussão, mas que faz parte do jogo, faz.
Henri-Q
Henri-Q
Membro

Mensagens : 2496
Localização : Sampa City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por JAZZigo em Ter Abr 14, 2020 6:34 pm

Henri-Q escreveu:É sempre bom lembrar que você é um ponto fora da curva JAZZ. Acredito que uns 70% (ou mais) dos caras que chegam nesse fórum querendo colocar captadores top em Eagles e Condors não possuem nem mesmo o basal da sua experiência, bem como poder aquisitivo e aí acabam trocando 6 por meia dúzia. Vale lembrar também que pra boa parte da galera aqui, comprar um OLP já é um investimento sofrido no bolso e, portanto, acabam tendo que usar instrumentos como moeda de troca em negócios futuros (com isso, discordo um pouco do Allex, pois acho que de certa forma em alguns casos, instrumentos acabam sendo investimentos financeiros). Entendo que não é esse o centro dessa discussão, mas que faz parte do jogo, faz.
up
Concordo. O exemplo que postei foi só para mostrar o quanto esta questão é relativa.
JAZZigo
JAZZigo
Membro

Mensagens : 14101
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por fheliojr em Qua Abr 15, 2020 8:29 pm

Henri-Q escreveu:...acabam tendo que usar instrumentos como moeda de troca em negócios futuros...

...no geral, por valores muito elevados, querendo fazer os pretensos compradores de bobos.
fheliojr
fheliojr
Membro

Mensagens : 10704
Localização : Fortaleza-CE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Maurício_Expressão em Qui Abr 16, 2020 11:44 am

Jãozeiro escreveu:
RBORCARI escreveu:Jão, entendo perfeitamente sua posição e não quis ser espertão em cima de ninguém, longe disso.

Por isso fiquei incrédulo com a conta ali do Maurício Expressão, que foi a seguinte: instrumento de 1k + 4k de peças vale menos de 1k na revenda.

Jão: concordo que exagerei. A analogia com carro foi um pouco infeliz. Mas digamos que você pegue o mesmo Pálio 98 com motor retificado, coloque turbo, pneus e rodas especiais e faça uma "chipagem" no carro. Gaste 10 mil. O carro vale 5 mil no mercado.
Dai você vai vender, e pede 15 mil (nem considera o valor gasto na retífica).

Você até pode achar alguém que pague. Mas na média, que tem 15 mil e quer um carro popular, procura um carro 2011 para cima, entende?

Quem tem 5K para comprar um baixo normalmente não vai comprar um baixo de 1K + 4K de peças.

Ele vai tender a comprar um instrumento mais tradicional.

Você pode até achar alguém que pague 3K ou 4K nesse baixo de 1K + 4K de peças. Mas não é o normal no mercado.

Não quis desmerecer seu baixo. Mas o que eu faria seria tirar as peças e voltar o baixo ao original com as peças antigas e tentar vender o baixo e as peças separadamente.
Maurício_Expressão
Maurício_Expressão
Moderador

Mensagens : 7119
Localização : São José dos Campos - SP (Brazil)

http://tramavirtual.uol.com.br/artistas/expressao

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Breno_Barnabe em Qui Abr 16, 2020 3:14 pm

Quem acha justo cobrar embutir o preço do Upgrade, experimente colocar um baixo tunado a venda com os preço do baixo + os upgrades.
Breno_Barnabe
Breno_Barnabe
Membro

Mensagens : 4688
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por CSergio em Qui Abr 16, 2020 4:03 pm

Eu acho justo.
Conseguindo provar, por A + B que foi feito upgrade, acho válido fazer isso; compra quem conseguir enxergar essa valorização (upgrade).

Se o pretenso comprador não valorizou, daria 2 opções:
- retirar os upgrades e voltar o instrumento ao estado original
- nego a venda e ele fica chupando dedo kkk
CSergio
CSergio
Membro

Mensagens : 915
Localização : NE.MA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por tfk em Qui Abr 16, 2020 5:27 pm

^A parte de tirar os upgrades facilita. Na minha opinião precificar é difícil. As vezes para um iniciante é difícil identificar a diferença/necessidade de um upgrade. No começo a maior parte das pessoas tem um orçamento limitado ou não quer botar muita grana na mesa. Então fica difícil justificar o preço maior. Para um cara mais experiente (ou com maior exigência) fica difícil justificar pegar um instrumento de entrada com upgrades por um preço que ele sabe que pode pegar algo mais "equilibrado".

No final das contas, caso não queira vender as coisas separadas, quem ta vendendo tem que diminuir o preço pra achar comprador e pode acabar tendo que "arcar" com um prejuízo financeiro maior.
tfk
tfk
Membro

Mensagens : 1021
Localização : Prudente - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Henri-Q em Qui Abr 16, 2020 6:33 pm

Breno_Barnabe escreveu:Quem acha justo cobrar embutir o preço do Upgrade, experimente colocar um baixo tunado a venda com os preço do baixo + os upgrades.

Sem mais,

Henri-Q

Não é uma questão da paixão do dono pela customização (que as vezes fica muito boa, por sinal) e sim uma questão/imposição de mercado. É daquelas coisas que é mais fácil explicar dizendo que é assim porque sim!
Henri-Q
Henri-Q
Membro

Mensagens : 2496
Localização : Sampa City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Bruno da Rosa em Sex Abr 17, 2020 1:30 am

Upgrade são opções pessoais. É claro, todo mundo sabe que um Nordstrand, ou mesmo um Seymour Duncan tenderá a soar muito melhor do que o captador stock de um Squier Affinity. Mas a pessoa que compra um JB ou um PB da marca em estado de fábrica já tem em mente o som esperado.

Com a enorme variedade de captadores, prés, e eqs disponíveis, as vezes fica difícil agradar quem está querendo comprar o instrumento quando ele já está todo "mexido" e não se sabe como soará.
Óbvio, nada que testar não resolva, mas enfim...
Bruno da Rosa
Bruno da Rosa
Membro

Mensagens : 439
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Raul S. em Sex Abr 17, 2020 1:01 pm

não entendo essa problematização. se não é nada estrutural, guarda as peças originais e vende tudo separado depois. seja feliz, não passe vontade, experimente!
Raul S.
Raul S.
Membro

Mensagens : 1674
Localização : -

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Zubrycky em Dom Abr 19, 2020 8:13 pm

Não vejo nenhum tipo de preconceito contra upgrades em instrumentos de entrada. Mas é fato que, em uma eventual venda (exceto em caso de instrumentos de músicos famosos), nenhuma modificação fará ninguém vai pagar a mais pelo instrumento modificado.
Zubrycky
Zubrycky
Membro

Mensagens : 14900
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada - Página 2 Empty Re: Preconceito contra upgrade em instrumentos de entrada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum