Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por WHead Qui 18 Abr - 18:17

Saudações. 
A sutileza de Cliff Williams e seu baixo enterrado entre as guitarras dos irmãos Young, no AC/DC, é com certeza uma daquelas questões que poderiam ser tratadas entre amigos, numa mesa de bar. Como eu não conheço nenhum bar que tenha uma mesa tão grande, capaz de acomodar os amigos que considero desse Fórum, resolvi trazer pra cá e compartilhar o vídeo a seguir, sempre com a intenção de despertar a troca de experiência e de opiniões sobre a nobre arte de prover os graves. Muito além dos julgamentos prefiro partir do vídeo, mais uma vez, para compartilharmos as idéias, as técnicas e as dicas para garantir que nossos instrumentos sejam notados e reconhecidos, ainda que pela simplicidade e sutileza. C.Williams, na maioria das vezes, pontua suas frases simples com notas que complementam os acordes rústicos das guitarras do AC/DC, quase imperceptível mas indissociável. Cada um tem o seu estilo e é essa experiência que faz toda execução musical ser única. Abraço 

WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1821
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

luiz_gu gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Jãozeiro Qui 18 Abr - 18:35

AC/DC é um dos melhores exemplos do quão o baixo é fundamental. O baixo tá lá, essencial.

Back in Black, Highway To Hell...dá pra mostrar com bastante objetividade o quanto o baixo "manda" na harmonia, o quanto segura tensão enquanto outros instrumentos harmônicos se movimentam.

A cozinha do AC/DC é simples, crua e gostosa de escutar.
Jailbreak, depois do solo, aquele baixo e bumbo só acentuando a cabeça de tempo do compasso, os dois juntos, sincronizados...a coisa mais simples e boba do mundo, mas matadora e envolvente.

Aliás, difícil é fazer o simples, essa é a verdade. Isso vale pra baixista, guitarrista, baterista...

Enfim, AC/DC é uma baita banda.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1979
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qui 18 Abr - 19:12

Ele morreu?
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por WHead Qui 18 Abr - 22:40

Jãozeiro escreveu:AC/DC é um dos melhores exemplos do quão o baixo é fundamental. O baixo tá lá, essencial.

Back in Black, Highway To Hell...dá pra mostrar com bastante objetividade o quanto o baixo "manda" na harmonia, o quanto segura tensão enquanto outros instrumentos harmônicos se movimentam.

A cozinha do AC/DC é simples, crua e gostosa de escutar.
Jailbreak, depois do solo, aquele baixo e bumbo só acentuando a cabeça de tempo do compasso, os dois juntos, sincronizados...a coisa mais simples e boba do mundo, mas matadora e envolvente.

Aliás, difícil é fazer o simples, essa é a verdade. Isso vale pra baixista, guitarrista, baterista...

Enfim, AC/DC é uma baita banda.
Saudações, Jãozeiro.
Muita gente não sabe mas Cliff Williams, antes de integrar o AC/DC, passou por uma banda de rock progressivo (Home) e de hard rock (Bandit), com propostas bem diferentes e às quais ele serviu com grande eficiência. Isso reforça aquela tese de que "baixista bom é o baixista que faz bem o que se presta a fazer". Em entrevistas, é comum ouvirmos ele dizer que entende o seu papel na banda dos irmãos Young - e quem conhece o AC/DC sabe da sua contribuição rítmica para a banda. Já os detalhes - como esses apresentados no vídeo - são sutilezas que poucos notam, mas fazem diferença no resultado final. Gosto de linhas de baixo com personalidade, daquelas que grudam na cabeça, mas também aprecio esses detalhes, esses pequenos tesouros escondidos que têm o poder se sobressair mesmo ficando por baixo de camadas de guitarras. Abraço. 

Observação: ele não morreu  (que eu saiba).
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1821
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por JAZZigo Qui 18 Abr - 23:32

Curto muito a cozinha redonda-quadrada-perfeita do AC/DC, mas não acho que inversões de acordes façam de alguém um grande baixista.
JAZZigo
JAZZigo
Membro

Mensagens : 14350
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Sex 19 Abr - 6:25

WHead escreveu:Observação: ele não morreu  (que eu saiba).

O vídeo fala que ele "era" um gênio. Se ele não morreu, ele deixou de ser gênio então?
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por WHead Sex 19 Abr - 7:30

allexcosta escreveu:
WHead escreveu:Observação: ele não morreu  (que eu saiba).

O vídeo fala que ele "era" um gênio. Se ele não morreu, ele deixou de ser gênio então?
Se aposentou.
Sobre "ser um gênio", eu também não utilizaria - e não utilizei - esse termo. Mas considero-o um baixista inteligente e eficiente. A "genialidade" fica por conta do autor do vídeo..
Abraço.
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1821
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Sex 19 Abr - 7:41

^ Entendi...

Gênios aposentados podem até deixar de fazer coisas geniais, mas não deixam de ser gênios. Entendo que é a opinião dos autores do vídeo e não a sua.

Vou arrumar um fone e assistir ao vídeo. Parece interessante.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Sex 19 Abr - 8:17

Assisti.

Sei lá, isso é um pouco parte da minha birra com o rock e tudo que o permeia.

Inversão de acordes é assunto de oficina de música que qualquer guri de 12 anos que toca um violãozinho tá cansado de saber.

E aí nego (ou branco) faz um vídeo dizendo que isso torna alguém um gênio. Se esses dois caras do vídeo escutarem qualquer linha básica do AJ vai acontecer o que com o cérebro deles? Explodir? Provavelmente não, pois o AJ não toca rock e só rock é legal e genial, né?

Já que o tópico fala de sutileza e genialidade, sutilmente deixarei isso aqui pra quem quiser escutar e reconsiderar sua idéia de genialidade no instrumento:

allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Sex 19 Abr - 8:27

Jãozeiro escreveu:Aliás, difícil é fazer o simples, essa é a verdade.

Desculpe, mas sou obrigado a discordar.

Difícil é fazer o difícil. E fácil ou difícil não tem nada a ver com bom. Bom é bom e ponto final. Bom pode ser simples e pode ser complicado. E algo pode ser bom pra mim e péssimo pra você.

O músico não deve se obrigar a tocar fácil ou difícil, simples ou complicado. Ele deve ter as ferramentas necessárias para se expressar musicalmente.

Se no seu coração há uma frase do tipo Victor Wooten e ele faz uma frase tipo o cara do Guns porque é mais simples e lhe falta técnica ou expertise, temos um problema. Se ele faz a frase tipo Guns porque aquilo está no seu ser, estamos no caminho certo.

Esses paradigmas do tipo "bom é simples", "tem que casar com o bumbo", "baixo tem que fazer a base" só levam ao empobrecimento da arte.

James Jamerson não era simples nem casava com o bumbo e é, até hoje, a maior influência do instrumento no planeta Terra. Nathan East normalmente toca bem casado com o bumbo e é um baixista fenomenal e dos mais requisitados da indústria. As linhas do Anthony Jackson nunca tiveram compromisso com simplicidade e ele gravou com literalmente Deus e o mundo e se entrar hoje na Berklee galera pede a bênção e beija a mão dele.

Enfim, abramos nossos olhos e ouvidos para o fato de que a música é muito maior do que esses conceitos engessados e antiquados.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por WHead Sex 19 Abr - 8:46

allexcosta escreveu:Assisti.

"Sei lá, isso é um pouco parte da minha birra com o rock e tudo que o permeia."
Tudo bem, Allex, todos nós temos alguns conceitos pré-concebidos mas sempre admirei sua atitude de ir lá e assistir ao vídeo, ir lá e ouvir uma faixa ou até mesmo ir lá e dar um Google na busca pelo embasamento da sua opinião. É isso que transfere credibilidade e respeito à você e suas opiniões, pode ter certeza disso. 

"Inversão de acordes é assunto de oficina de música que qualquer guri de 12 anos que toca um violãozinho tá cansado de saber."
Verdade. Mas pense em quantos iniciantes frequentam essas oficinas e quantos escutam AC/DC. De toda forma, que esses detalhes - tão simples mas com tanto efeito - possa despertar nos fãs da banda a curiosidade pela idéia, pela tecnica, e eles passem a buscar se aprofundar na teoria. 

"E aí nego (ou branco) faz um vídeo dizendo que isso torna alguém um gênio. Se esses dois caras do vídeo escutarem qualquer linha básica do AJ vai acontecer o que com o cérebro deles? Explodir? Provavelmente não, pois o AJ não toca rock e só rock é legal e genial, né?"
Acho que esses vídeos são premeditadamente direcionados e tratam apenas com os já "convertidos". Muito diferente desse Fórum que é múltiplo, diverso, plural e democrático. Por isso trouxe pra cá a discussão.

"Já que o tópico fala de sutileza e genialidade, sutilmente deixarei isso aqui pra quem quiser escutar e reconsiderar sua idéia de genialidade no instrumento:"
Fantástica demonstração de como o contrabaixo pode conduzir uma música mesmo estando por trás. Muito obrigado mesmo! Abraço.

Observação: me inspirei em suas respostas "item-por-item" também como forma de homenageá-lo. É claro que me falta muito da sua vivência e conhecimento (entre outras coisas) - falta até saber como identificar com o negrito as partes citadas - mas assim como me sinto privilegiado por participar desse Fórum e por entrar em contato com realidades tão distintas das minhas, espero contribuir com tópicos e discussões que gerem a troca e despertem para novas possibilidades. Abraço 


Última edição por WHead em Sex 19 Abr - 9:18, editado 2 vez(es) (Razão : correções ortográficas.)
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1821
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Sex 19 Abr - 9:46

WHead escreveu:(...)

Obrigado. Discussão assaz saudável.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Jãozeiro Sex 19 Abr - 10:41

allexcosta escreveu:Difícil é fazer o difícil. E fácil ou difícil não tem nada a ver com bom. Bom é bom e ponto final. Bom pode ser simples e pode ser complicado. E algo pode ser bom pra mim e péssimo pra você.

O músico não deve se obrigar a tocar fácil ou difícil, simples ou complicado. Ele deve ter as ferramentas necessárias para se expressar musicalmente.


Coloque um metrônomo a 40 bpm em 4/4. Toque as semínimas durante um minuto. Grave o que você tocou e das 40 notas que você tocou, calcule o percentual de semínimas cravadas no tempo que você conseguiu. É algo bem simples...me diga se é fácil ou se um músico "genial" faz isso sorrindo e conversando com você ao mesmo tempo...

Ringo Starr. Sim, o Ringo.
In The End, música que está se não me engano a 124 bpm (não lembro ao certo). Ele faz um solo de batera com o bumbo pulsante nas semicolcheias. Se você colocar um metrônomo do lado, as semicolcheias do bumbo batem todas extremamente cravadas no metrônomo (óbvio que eles não gravavam com metrônomo). Quer coisa mais chata do que solo de bateria? Esse é o único solo de bateria que eu tenho o prazer de escutar, o único solo de bateria em que eu bato o pé junto, em que imito uma bateria no ar. É difícil uma música com pouco mais de dois minutos de duração e os caras falam, "vai, faz aí um solo de 15 segundos bem legal" e o cara faz um solo totalmente de acordo com a música, dentro da música. O solo não é do tipo "para tudo que eu vou solar a bateria aqui". Não, o solo da bateria é "dentro da música", e é lindo de ver o clímax das oito últimas semicolcheias crescendo pra voltarem todos os instrumentos. É um solo perfeito. Não me diga que é fácil fazer isso dentro de uma música.

Não, não é genialidade (antes que alguém diga isso). Apenas é difícil. Assim como também é difícil "Crack It Way Open", com Dennis Chambers, Wooten e Greg Howe, em que o Dennis fica solando adoidado lá no final. Aquilo é complexo. Em 7 vidas o Ringo não teria a complexidade de fazer aquilo, e o Chambers não teria a simplicidade de chegar no Abbey Road em 1969 com o McCartney virando pra ele e falando, "vai, tem 15 segundos, faz um solo legal aí, porque daqui a 50 anos isso ainda vai ser um hit comentado no mundo todo".

No fundo acho que o conceito de "simples" e "difícil" é que é chato de assimilar.

Yngwie Malmsteen. Quer coisa mais simples do que ele faz? (Fazia, né). "Sobe e desce a menor harmônica aí, é uma palhetada pra baixo e uma pra cima e o bpm a milhão". É algo bem simples. É fácil?
Double Thumb. Quer algo mais estúpido de simples? "Um polegar pra cima, um pra baixo, rapidão e preciso, vai." É fácil?
Allex, 4h em cima de trio elétrico segurando o groove. É complexo? Ou quer coisa mais simples? É fácil?


Esses paradigmas do tipo "bom é simples", "tem que casar com o bumbo", "baixo tem que fazer a base" só levam ao empobrecimento da arte.

James Jamerson não era simples nem casava com o bumbo e é, até hoje, a maior influência do instrumento no planeta Terra.

Concordo. Acompanhador de bumbo é uma das coisas que mais condeno. Poderia citar aqui várias músicas legais em que o baixo não acompanha o bumbo (embora várias outras é exatamente isso o que o baixo precisa fazer).
A gente não toca bumbo de cordas, já dizia Nico Assumpção.

Já que o tópico fala de sutileza e genialidade, sutilmente deixarei isso aqui pra quem quiser escutar e reconsiderar sua idéia de genialidade no instrumento:

Esse vídeo tem que ser enviado para os autores do vídeo do primeiro post, porque ninguém do fórum disse que inversão de acordes do Cliff Williams é genialidade, embora você vá voltar e dizer que estamos achando Cliff Williams gênio.

E mesmo nesse vídeo (NESSE vídeo) que você mandou não tem nenhuma genialidade no baixo. Excelente performance, groove delicioso, música pra lá de boa, uma delícia de escutar, parece que quase 9 minutos é pouco. E difícil! Mas genialidade NESSA música? scratch
O que ele faz é difícil e é exatamente o que se espera que ele faça nessa música. Não precisa de "genialidade" nessa música ("genialidade" ainda vai causar confusão aqui).

E sim, leia: Anthony Jackson é um monstro, um dos maiores.
Novamente: Anthony Jackson é um monstro, um dos maiores. O que ele está fazendo no vídeo é difícil.
Novamente: Anthony Jackson é um monstro, um dos maiores. O que ele está fazendo no vídeo é difícil.

Vamos deixar claro, porque vai que, né...[/quote]
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1979
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Jãozeiro Sex 19 Abr - 10:45

E malz pelos vários edits.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1979
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por JAZZigo Sex 19 Abr - 13:46

Jãozeiro escreveu:E sim, leia: Anthony Jackson é um monstro, um dos maiores.
Novamente: Anthony Jackson é um monstro, um dos maiores. O que ele está fazendo no vídeo é difícil.
Novamente: Anthony Jackson é um monstro, um dos maiores. O que ele está fazendo no vídeo é difícil.

Vamos deixar claro, porque vai que, né...
A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). 2Q==
JAZZigo
JAZZigo
Membro

Mensagens : 14350
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Sex 19 Abr - 16:37

Jãozeiro escreveu:Ringo Starr. Sim, o Ringo.
In The End, música que está se não me engano a 124 bpm (não lembro ao certo). Ele faz um solo de batera com o bumbo pulsante nas semicolcheias. Se você colocar um metrônomo do lado, as semicolcheias do bumbo batem todas extremamente cravadas no metrônomo (óbvio que eles não gravavam com metrônomo). Quer coisa mais chata do que solo de bateria? Esse é o único solo de bateria que eu tenho o prazer de escutar, o único solo de bateria em que eu bato o pé junto, em que imito uma bateria no ar. É difícil uma música com pouco mais de dois minutos de duração e os caras falam, "vai, faz aí um solo de 15 segundos bem legal" e o cara faz um solo totalmente de acordo com a música, dentro da música. O solo não é do tipo "para tudo que eu vou solar a bateria aqui". Não, o solo da bateria é "dentro da música", e é lindo de ver o clímax das oito últimas semicolcheias crescendo pra voltarem todos os instrumentos. É um solo perfeito. Não me diga que é fácil fazer isso dentro de uma música.

Eu tenho curiosidade pra saber de onde surgem esses mitos. Fui ao youtube e ouvi a música. Ele oscila de maneira muitas vezes ofensiva durante a música. O solo de bateria, tanto em concepção ou execução, é medíocre. Um cara como o Jeff Porcaro ou o Steve Gadd dá 25 voltas antes do Ringo antes da música terminar e chega na frente. Isso não impede, é claro, que você goste da música ou que faça "air drumming" quando escuta o solo.

Sim, tem muita música que oscila e a gente gosta. September do EW&F oscila um monte e é uma música que eu gosto muito de ouvir. Mas usar o Ringo Starr como exemplo de batera que toca no click é esticar um pouco. Tocar no click é isso:

https://www.youtube.com/watch?v=bRM2Gn9nU7Q

https://www.youtube.com/watch?v=DQ-gfb6nUus

Jãozeiro escreveu:Não, não é genialidade (antes que alguém diga isso). Apenas é difícil.

Não é não. É super fácil e esperado de um baterista com 6 meses de estudo. Na verdade, um menino de 10 anos com algum talento deverá estar tocando melhor que isso com 6 meses de prática.

Jãozeiro escreveu:Yngwie Malmsteen. Quer coisa mais simples do que ele faz? (Fazia, né). "Sobe e desce a menor harmônica aí, é uma palhetada pra baixo e uma pra cima e o bpm a milhão". É algo bem simples. É fácil?

O Malmsteen faz muito, mas muito mais que isso.

Jãozeiro escreveu:Allex, 4h em cima de trio elétrico segurando o groove. É complexo? Ou quer coisa mais simples? É fácil?

Sim, é bastante complexo. Cada linha é de um jeito, você precisa entender o papel dos surdos senão embola tudo, você precisa saber onde está o tempo da música que você está tocando porque você ouve mais o trio da frente ou do lado que o seu. Trio elétrico é uma das gigs mais complexas que existem. E gigs de 4 horas são raras. Carnaval de Salvador são umas 7, Precaju durante uma época eram umas 10. Acho que fiz 13 horas uma vez em Campo Grande - MS.

Jãozeiro escreveu:Esse vídeo tem que ser enviado para os autores do vídeo do primeiro post, porque ninguém do fórum disse que inversão de acordes do Cliff Williams é genialidade, embora você vá voltar e dizer que estamos achando Cliff Williams gênio.

Eu jamais disse que era opinião dos membros do fórum. Se você olhar lá em cima, verá que começo "assisti ao vídeo" e continuo com minha crítica ao vídeo que vi.

Jãozeiro escreveu:E mesmo nesse vídeo (NESSE vídeo) que você mandou não tem nenhuma genialidade no baixo.

Teremos que concordar em discordar. Anthony Jackson simplesmente revolucionou o instrumento e é o baixista que mais influenciou o baixo elétrico depois de James Jamerson. É claro que o Jaco tem influência enorme, porém mais no fraseado de solo. Anthony Jackson é o único baixista moderno que groova de maneira absurda enquanto improvisa sem parar.

Conversei sobre o AJ com inúmeros professores da Berklee, com ícones do instrumento como Oscar Cartaya, Richard Bona, Charles Flores e tantos outros e todos foram unânimes em o quanto o consideravam genial.

Jãozeiro escreveu:O que ele faz é difícil e é exatamente o que se espera que ele faça nessa música.

As linhas dele não são difíceis de tocar, são difíceis de conceber, justamente porque o AJ toca o tempo todo fora da caixa, enquanto está no "pocket" ao mesmo tempo, algo genial que só o JJ tinha feito até certo ponto. O que se esperava é que ele tocasse similar à gravação original do Marcus Miller, ouça:

https://www.youtube.com/watch?v=WOuI4OqJfQc

Falar de AJ é um dos assuntos no mundo do contrabaixo pelos quais tenho maior apreço. Vou deixar algumas coisas aqui na esperança de que dentro de, quem sabe alguns meses, você volte a esse tópico e diga "é...". E se continuar achando que ele não é um gênio tá tudo certo também. Aproveita e dá uma escutada boa nos bateras também. Se o projeto te parecer interessante, por favor ouça com fone.

https://www.youtube.com/watch?v=t7m3eqt1bO4

https://www.youtube.com/watch?v=axTfqxahqEE

https://www.youtube.com/watch?v=0uiIrJvCn1w

https://www.youtube.com/watch?v=-Ro8-ngA8gs

https://www.youtube.com/watch?v=rSaC-YbSDpo
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por JAZZigo Sex 19 Abr - 17:32

allexcosta escreveu:Falar de AJ é um dos assuntos no mundo do contrabaixo pelos quais tenho maior apreço. Vou deixar algumas coisas aqui na esperança de que dentro de, quem sabe alguns meses, você volte a esse tópico e diga "é...". E se continuar achando que ele não é um gênio tá tudo certo também. Aproveita e dá uma escutada boa nos bateras também. Se o projeto te parecer interessante, por favor ouça com fone.

https://www.youtube.com/watch?v=t7m3eqt1bO4

https://www.youtube.com/watch?v=axTfqxahqEE

https://www.youtube.com/watch?v=0uiIrJvCn1w

https://www.youtube.com/watch?v=-Ro8-ngA8gs

https://www.youtube.com/watch?v=rSaC-YbSDpo
A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). 56039219
JAZZigo
JAZZigo
Membro

Mensagens : 14350
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Jãozeiro Sex 19 Abr - 21:50

allexcosta escreveu:
Jãozeiro escreveu:Ringo Starr. Sim, o Ringo.
In The End, música que está se não me engano a 124 bpm (não lembro ao certo). Ele faz um solo de batera com o bumbo pulsante nas semicolcheias. Se você colocar um metrônomo do lado, as semicolcheias do bumbo batem todas extremamente cravadas no metrônomo (óbvio que eles não gravavam com metrônomo). Quer coisa mais chata do que solo de bateria? Esse é o único solo de bateria que eu tenho o prazer de escutar, o único solo de bateria em que eu bato o pé junto, em que imito uma bateria no ar. É difícil uma música com pouco mais de dois minutos de duração e os caras falam, "vai, faz aí um solo de 15 segundos bem legal" e o cara faz um solo totalmente de acordo com a música, dentro da música. O solo não é do tipo "para tudo que eu vou solar a bateria aqui". Não, o solo da bateria é "dentro da música", e é lindo de ver o clímax das oito últimas semicolcheias crescendo pra voltarem todos os instrumentos. É um solo perfeito. Não me diga que é fácil fazer isso dentro de uma música.

Ele oscila de maneira muitas vezes ofensiva durante a música. O solo de bateria, tanto em concepção ou execução, é medíocre. Um cara como o Jeff Porcaro ou o Steve Gadd dá 25 voltas antes do Ringo antes da música terminar e chega na frente.

Não adianta. Você realmente esperava um solo super técnico, rápido, quebrado, entortando. Um solo todo "fora", do tipo: "agora para tudo que eu vou solar". E qualquer coisa diferente pra você não vai ser algo bom.

Ainda bem que o Ringo não era um cara tão melhor como caras que conseguem dar 25 voltas nele antes de terminar a música. Sem ironias, ainda bem mesmo que ele não era assim, e como eu digo isso, ainda bem!


Última edição por Jãozeiro em Sex 19 Abr - 21:54, editado 1 vez(es)
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1979
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Jãozeiro Sex 19 Abr - 21:53

allexcosta escreveu:Falar de AJ é um dos assuntos no mundo do contrabaixo pelos quais tenho maior apreço. Vou deixar algumas coisas aqui na esperança de que dentro de, quem sabe alguns meses, você volte a esse tópico e diga "é...". E se continuar achando que ele não é um gênio tá tudo certo também. Aproveita e dá uma escutada boa nos bateras também. Se o projeto te parecer interessante, por favor ouça com fone.

https://www.youtube.com/watch?v=t7m3eqt1bO4

https://www.youtube.com/watch?v=axTfqxahqEE

https://www.youtube.com/watch?v=0uiIrJvCn1w

https://www.youtube.com/watch?v=-Ro8-ngA8gs

https://www.youtube.com/watch?v=rSaC-YbSDpo

Isso porque ue eu disse que AJ é um monstro e também disse que o que ele faz no vídeo é difícil. Imagine se não digo isso? Hehe. Você não lê, cara. study

Mas vou ver. Vou ver mesmo, de verdade, obrigado pelos links!


Última edição por Jãozeiro em Sex 19 Abr - 21:57, editado 1 vez(es)
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1979
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Jãozeiro Sex 19 Abr - 21:56

Mas ele ainda vai voltar e dizer: "você disse que o AJ é ruim".

Escrevam o que eu digo, hehe.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1979
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por JAZZigo Sex 19 Abr - 22:11

allexcosta escreveu:
WHead escreveu:(...)

Obrigado. Discussão assaz saudável.
Tava bom demais pra ser verdade!
Tem jeito não, tio! Ri Muito
JAZZigo
JAZZigo
Membro

Mensagens : 14350
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por AndréBurger Sex 19 Abr - 22:25

Caras, cada um toca um estilo e cada um valoriza cada estilo.
Pro Alex o negócio é ter Groove, chorume, Mojo.
Pro Jão, um baixo dando a batida tá de boas. O que de certa forma é o chorume do ACDC, fazem o feijão com arroz de modo a agradar bastante gente.
Admito, tem dias que são puxados no trabalho e tudo o que quero é ouvir um ACDC de boas.
Por outro lado, quando tô precisa do pegar uma energia pra trampar, ouvir uma banda Black Rio é fantástico!!

AndréBurger
Membro

Mensagens : 925
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Sex 19 Abr - 22:30

Jãozeiro escreveu:Você não lê, cara. study

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Sure+thing+buddy+_c1c1de5dd233de79ea847e125dcc7082

JAZZigo escreveu:Tem jeito não, tio! Ri Muito

E eu não sei? Depois de 11 anos... drunk pc

Mas pelo menos os links ficam aí, um ou outro visitante clica e tá tudo certo. Zen
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por fheliojr Sab 20 Abr - 15:05

Estou esperando pelo tópico A Perspicácia de Adam Clayton (U2).

dancetroll dancetroll
fheliojr
fheliojr
Membro

Mensagens : 10913
Localização : Fortaleza-CE

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Sab 20 Abr - 15:29

fheliojr escreveu:Estou esperando pelo tópico A Perspicácia de Adam Clayton (U2).

Pois é. Depois a gente lança um vídeo entitulado "A incrível técnica revolucionária do baixista do R.E.M", ou "Como o baixista do Snow Patrol mudou o mundo", ou ainda "Baixista da Alanis Morissette, um divisor de águas no mundo do contrabaixo elétrico". Cada uma...
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por WHead Sab 20 Abr - 15:44

fheliojr escreveu:Estou esperando pelo tópico A Perspicácia de Adam Clayton (U2).

dancetroll dancetroll
Saudações, fheliojr.
Acho que o Adam Clayton atende bem às "regras de ouro para o baixista autônomo" (https://www.contrabaixobr.com/t494-regras-de-ouro-para-o-baixista-autonomo)..
De quebra, ele parece ser um sujeito bem boa-praça (https://www.bbc.co.uk/programmes/articles/50Kqm1V6vdq9g0TjZDvMksk/6-reasons-why-adam-clayton-should-be-your-favourite-member-of-u2)..
Abraço.
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1821
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Stormbringer Seg 22 Abr - 11:09

Eu costumo brincar que pra mim a melhor profissão já inventada pelo Homem foi "Baixista do AC/DC", assistir o show do palco, podendo contar alguns trechos junto e aida receber por isso... fantástico

Assim, me* dessem varias músicas do AC/DC sem baixo e eu não conhecesse as musicas e a banda, capaz de sair uma coisa totalmente diferente. Talvez mais complexo, mas eu tenho dúvidas se seria "mais legal"

*a mim, ou a qualquer baixista, cada um tem um "caminho" de pensar na hora de fazer. Replicar o que o outro fez é outra história, o fácil é fácil mesmo.
Stormbringer
Stormbringer
Membro

Mensagens : 4597
Localização : Goiânia

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Marcos1881 Qua 20 Nov - 7:31

Com a permissão de reviver este tópico.
Para aqueles que gostariam de ouvir o Cliff Willians um pouco diferente da marcação que ele sempre faz, deem uma olhada nesse ensaio/gig/demo.


Marcos1881
Membro

Mensagens : 56
Localização : Porto Alegre

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 7:42

Marcos1881 escreveu:Com a permissão de reviver este tópico.
Para aqueles que gostariam de ouvir o Cliff Willians um pouco diferente da marcação que ele sempre faz, deem uma olhada nesse ensaio/gig/demo.

Nas partes que ouvi, ele estava dobrando a guitarra.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Convidado Qua 20 Nov - 8:44

Quando vi o tópico e o vídeo do primeiro post pensei em comentar, mas o JAZZ já tinha teclado o que pensei.
JAZZigo escreveu:Curto muito a cozinha redonda-quadrada-perfeita do AC/DC, mas não acho que inversões de acordes façam de alguém um grande baixista.

AC/DC é ótimo... poucas coisas na vida são mais legais que um churrasco entre amigos, boa conversa e Back in Black na vitrola... mas...

Vira e mexe caímos na mesma discussão aqui no fórum, que é o trivial sendo discutido como algo além do trivial por questões de fanatismo. Acho que os dois últimos posts que lembro são um com o primeiro acorde de Hard Days Night e um recente onde começamos a falar da genialidade abarcada pelo Joy Division.

PS: Gosto de Beatles e Joy Division, mas gosto mais da coerência.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Marcos1881 Qua 20 Nov - 8:47

Pessoal, a parte "diferente" que me refiro no vídeo começa aos 28:18.
Tá, não é um slap complexo, mas para o Cliff Willians me parece algo diferente Very Happy

Marcos1881
Membro

Mensagens : 56
Localização : Porto Alegre

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 8:50

Marcos1881 escreveu:Pessoal, a parte "diferente" que me refiro no vídeo começa aos 28:18.

Nessa parte aí o baixo para. É isso?
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 8:52

Henri-Q escreveu:poucas coisas na vida são mais legais que um churrasco entre amigos, boa conversa e Back in Black na vitrola...

Sério? Me daria uma agonia sem tamanho. Num churrasco eu gostaria de ouvir Agepê ou Benito di Paula.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por AndréBurger Qua 20 Nov - 9:04

Benito é pro fim do churrasco. Quando a cerveja artesanal acaba e só fica a Heineken.
Laughing
Costa, Allex, dobrar guitarra é ser um bom baixista, no rock.. coisas do estilo uai
O rock, no geral, é simples e é isso aí.

Sei que é pedir muito, mas grava um vídeo seu fazendo o seu estilo baixo num Acdc, U2, Beatles etc. Põe aqui pra gente ver e pros roqueiros de moto e vê o que eles falam. Vai que agrada...

AndréBurger
Membro

Mensagens : 925
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Convidado Qua 20 Nov - 9:04

allexcosta escreveu:
Henri-Q escreveu:poucas coisas na vida são mais legais que um churrasco entre amigos, boa conversa e Back in Black na vitrola...

Sério? Me daria uma agonia sem tamanho. Num churrasco eu gostaria de ouvir Agepê ou Benito di Paula.

Ri Muito

Dado o meu ecletismo, adoraria também um samba legal. No entanto, considerando minha história de vida, se fosse samba, certamente meus amigos não estariam nesse churrasco. Cresci no meio Rock'n Roll e toquei isso por muitos anos. O que me difere dos meus pares é minha mentalidade em relação a música.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 9:33

AndréBurger escreveu:Costa, Allex, dobrar guitarra é ser um bom baixista, no rock.. coisas do estilo uai
O rock, no geral, é simples e é isso aí.

Não é esse o ponto. O colega disse que havia coisas diferentes no áudio postado. Quando escutei, era o baixo dobrando a guitarra, algo que, imagino eu, foi o que esse baixista sempre fez.

AndréBurger escreveu:Sei que é pedir muito, mas grava um vídeo seu fazendo o seu estilo baixo num Acdc, U2, Beatles etc. Põe aqui pra gente ver e pros roqueiros de moto e vê o que eles falam. Vai que agrada...

Nesse momento é pedir muito, pois tô sem amp, sem ter como gravar e com os baixos guardados com cordas velhas, etc...

Mas a discussão nunca foi essa, nem quero reinventar a roda do baixo de rock. Pro que é é legal e funciona, eu sei disso.

Minha saga, como já disse inúmeras vezes, nunca foi contra o rock, o baixo no rock ou o que o estilo simplesmente é. Meu "pet peeve" são esses mitos mirabolantes from hell, que levam pessoas a dizerem que as coisas mais simples são geniais, quando elas só são coisas simples, que deveriam ser tocadas por qualquer pessoa com mais de 6 meses de estudo no instrumento. O roqueiro tem uma percepção equivocada do rock, de que é melhor que o resto, que é uma dádiva divina que nenhum mortal pode contestar. O rock é só mais um estilo musical. Uns gostam, outros não gostam, uns músicos são bons, outros nem tanto...

Tocar um acorde com sétima usando chorus e delay não é genial. Usar uma terça no baixo também não é.

É só isso que estou dizendo.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 9:36

Henri-Q escreveu:Dado o meu ecletismo, adoraria também um samba legal. No entanto, considerando minha história de vida, se fosse samba, certamente meus amigos não estariam nesse churrasco.

Tá vendo aí?

Não estariam por quê? Porque o rock é sagrado e o resto é mundano, é inferior, é indigno. O pessoal do aviões iria no seu churrasco from hell, mas seus amigos from hell não iriam no churrasco do aviões. Entende agora como a mentalidade roqueira elitista só segrega?
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por vinibassplayer Qua 20 Nov - 10:37

allexcosta escreveu:
Marcos1881 escreveu:Pessoal, a parte "diferente" que me refiro no vídeo começa aos 28:18.

Nessa parte aí o baixo para. É isso?

por isso ele é um genio, o baixo para e a galera ainda escuta até slap dancetroll poke Twisted Evil
vinibassplayer
vinibassplayer
Membro

Mensagens : 1300
Localização : Corinto - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por AndréBurger Qua 20 Nov - 12:05

allexcosta escreveu:
Henri-Q escreveu:.. .

Tá vendo aí?

Não estariam por quê? Porque o rock é sagrado e o resto é mundano, é inferior, é indigno. O pessoal do aviões iria no seu churrasco from hell, mas seus amigos from hell não iriam no churrasco do aviões. Entende agora como a mentalidade roqueira elitista só segrega?

Apesar de não ter amigos 100% from hell, só li verdades. Inclusive já vi em algumas escolas de música aqui em SP professores especializados em Rock. Lógico que é um marketing, mas faz parecer que é algo que necessita especialização. Cria um patamar imaginário na mente das pessoas.

AndréBurger
Membro

Mensagens : 925
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 13:51

AndréBurger escreveu:Apesar de não ter amigos 100% from hell, só li verdades. Inclusive já vi em algumas escolas de música aqui em SP professores especializados em Rock. Lógico que é um marketing, mas faz parecer que é algo que necessita especialização. Cria um patamar imaginário na mente das pessoas.

Hoje em dia eu acho até engraçado quando alguém aqui concorda com algo que escrevo. No começo do FCBR eu era só o mala que o Cláudio chamou pra co-admin o fórum.

Mas sobre o assunto. O fato de oferecerem professores especializados em rock em si não é um problema de forma alguma. É mercado... Imagino que uma porcentagem imensa das pessoas interessadas em tocar um instrumento na cidade de SP são from hell, então é algo natural.

Mas esse "patamar imaginário" é algo que eu realmente percebo. E isso é algo interessante, especialmente no nosso instrumento, já que pra tocar baixo em nível profissional num estilo como funk, salsa, samba, forró ou hip-hop são necessários anos e anos de estudo e uma boa dose de talento, enquanto pra tocar numa banda comum de rock, um iniciante com algum talento consegue.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Fernando Zadá Qua 20 Nov - 16:57

AC/DC é chato pacas....
Aquele mala gritando a música toda me da agonia.
Consigo ouvir 30 segundos e parei.
Já toquei e sempre me deu tédio ou sono na gig.
Rock desse tipo dá tédio e sono....

Pronto falei!
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 12801

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 17:35

Fernando Zadá escreveu:Aquele mala gritando a música toda me da agonia.

Mano, aquilo me ferra...
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por WHead Qua 20 Nov - 18:30

Em minha defesa, como autor do tópico original, em nenhum momento eu sugeri que o baixista em questão fosse genial. O tópico aborda as sutilezas de um baixista reconhecido por seu modo de tocar e que, nas situações citadas, comportou-se sutilmente diferente de como costuma se comportar - ou como esperaríamos que ele se comportasse. Entendo toda crítica ao rock, seus preceitos, clichés e até ao comportamento, digamos, irascível dos fãs. Ao mesmo tempo entendo que baixista bom é o que faz o que a música pede e tendo a acreditar que um C.Williams não cairia tão bem no Ramones quanto o Dee Dee, ou vice-versa, só pra exemplificar. Me identifico como roqueiro mas, aos 40 e tantos, já percebi a diferença entre "ser de qualidade" e "ser o que eu gosto". Muitas vezes esses quesitos não andam juntos.. e pra mim tudo bem! Quis apenas compartilhar as peculiaridades do vídeo porque, apesar da simplicidade, são detalhes que podem interessar aos fãs do baixista (como eu) e iniciantes (como eu, apesar dos anos) - ou talvez despertar discussões mais profundas que exponham aos fãs do ACDC e iniciantes, observações mais técnicas e que agreguem conhecimento. Acho que deu certo. Obrigado a todos pelos comentários
Abraço.
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1821
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 18:41

WHead escreveu:Em minha defesa, como autor do tópico original, em nenhum momento eu sugeri que o baixista em questão fosse genial.

Mas o vídeo postado disse exatamente isso.

WHead escreveu:Me identifico como roqueiro mas, aos 40 e tantos, já percebi a diferença entre "ser de qualidade" e "ser o que eu gosto". Muitas vezes esses quesitos não andam juntos.. e pra mim tudo bem!

Sim, esse é o ponto.

WHead escreveu:Acho que deu certo.

Sem dúvida.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por WHead Qua 20 Nov - 19:02

allexcosta escreveu:
WHead escreveu:Em minha defesa, como autor do tópico original, em nenhum momento eu sugeri que o baixista em questão fosse genial.

Mas o vídeo postado disse exatamente isso.
Confesso que não me lembrava de detalhes do que foi falado no vídeo mas ao reassistí-lo não encontrei menção à genialidade do C.Williams (meu ouvido é péssimo pro inglês, me perdoe). Em que momento seria?
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1821
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 19:18

WHead escreveu:Confesso que não me lembrava de detalhes do que foi falado no vídeo mas ao reassistí-lo não encontrei menção à genialidade do C.Williams (meu ouvido é péssimo pro inglês, me perdoe). Em que momento seria?

É o título do vídeo.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por WHead Qua 20 Nov - 19:24

allexcosta escreveu:
WHead escreveu:Confesso que não me lembrava de detalhes do que foi falado no vídeo mas ao reassistí-lo não encontrei menção à genialidade do C.Williams (meu ouvido é péssimo pro inglês, me perdoe). Em que momento seria?

É o título do vídeo.
É verdade.. facepalm
Esse título só apareceu pra mim depois que abri o vídeo no próprio youtube.. Bom, deixo essa "genialidade" por conta dos autores do vídeo..
Abraço.
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1821
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 19:26

WHead escreveu:Bom, deixo essa "genialidade" por conta dos autores do vídeo..

Pois é, eu sei...

A gente conversou sobre isso lá no começo do tópico.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Jãozeiro Qua 20 Nov - 20:19

O que eu acho mais legal do AC/DC é o baixo, hehe.

Essas inversões basiconas deixam a música legal.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 1979
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por allexcosta Qua 20 Nov - 20:29

Jãozeiro escreveu:Essas inversões basiconas deixam a música legal.

Deixam sim. Inversões são artifícios bacanas. Só não são geniais, inovadores ou nada assim.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 50371
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

A sutileza de Cliff Williams (AC/DC). Empty Re: A sutileza de Cliff Williams (AC/DC).

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum