Junior Groovador no rock in rio

Página 9 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11  Seguinte

Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por allexcosta em Ter Out 15, 2019 3:38 pm

Max Payne escreveu:Entendo, Allex. Mas cê acha que não sei? Que sou algum adolescente de 14 anos? rsrsrs..

Bem... Na verdade eu não sei sua idade, né?

Max Payne escreveu:O que eu quis dizer, nas entrelinhas que eu não vou ficar passando pano pra baixista "palhacinho", dizendo que ele toca bem sem tocar bem, só porque ele é de origem humilde, trabalhador e não sei la das quantas. Como se eu não viesse da periferia de Salvador... Como se eu fosse rapaz de classe média kkk..

O que significa "passar pano"? scratch
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 47206
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por BHBuscarons em Ter Out 15, 2019 3:45 pm

Eu acho muito interessante a "alta elite", julgando o "brasileiro médio" nas conversas sobre cultura.

Me amarro... quer dizer, interessantíssimo, qual o quê!
BHBuscarons
BHBuscarons
Membro

Mensagens : 71
Localização : Apiai

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por allexcosta em Ter Out 15, 2019 5:00 pm

BHBuscarons escreveu:Eu acho muito interessante a "alta elite", julgando o "brasileiro médio" nas conversas sobre cultura.

Me amarro... quer dizer, interessantíssimo, qual o quê!

Não tenho pudor nenhum em usar as expressões "brasileiro médio", "americano médio" ou similares. Tampouco estou me considerando "alta elite" quando o faço.

Se entre 100 brasileiros que conheço, 60-70 agem ou pensam de forma similar, me sinto confortável em julgar o brasileiro médio sobre aquele assunto.

E, em música, nós que somos músicos, possuímos um julgamento acima da média, por definição... É igual um pedreiro comentar com outro que o brasileiro médio não sabe que você precisa colocar uma vigota 1/16" amarrada pra sustentar os degraus de uma escada. Tem nem porque saber, assim como o brasileiro médio, não músico, não ouvirá notas erradas numa escala tocada de maneira rápida.

E nossas conversas aqui não são conversas "sobre cultura". São só bate-papos de bar...
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 47206
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Fernando Zadá em Ter Out 15, 2019 5:04 pm

Qualquer um que use a internet para adquirir conhecimento e debater sobre música e um instrumento musical pode de certa forma se considerar um privilegiado. Na minha humilde opinião isso denota no minimo algum esforço por conhecimento e aprendizado.
Coisa que a grande maioria não busca ....
as vezes por falta de oportunidade, as vezes de interesse e em muitos casos por ambas....
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 11208

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por vinibassplayer em Ter Out 15, 2019 5:16 pm

"Fala Baixista" de hj com o Groovador



aos 18min
"em primeira mao, a ibanez ta acreditando no meu trabalho e eu to entrando no time ibanez"
podem falar do kra mas 99% dos baixistas vai babar pq nao tem né
vinibassplayer
vinibassplayer
Membro

Mensagens : 976
Localização : Corinto - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por RobertoGrecoJr em Ter Out 15, 2019 5:27 pm

vinibassplayer escreveu:"Fala Baixista" de hj com o Groovador



aos 18min
"em primeira mao, a ibanez ta acreditando no meu trabalho e eu to entrando no time ibanez"
podem falar do kra mas 99% dos baixistas vai babar pq nao tem né


Pois é. 99% aqui devem estar certos e a Ibanez errada.

lol!
RobertoGrecoJr
RobertoGrecoJr
Membro

Mensagens : 121
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Fernando Zadá em Ter Out 15, 2019 5:34 pm

A Ibanez é uma marca que precisa de exposição não de músicos bons......
Uma coisa não esta necessariamente ligada a outra...
Acha que todo endorse é captado pela qualidade?


Mas eu jogo a toalha não adianta ficar dando murro em ponta de faca...

Sorte ao groovador e que vocês se deliciem ouvindo ele.
Eu to bem fora.....
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 11208

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Max Payne em Ter Out 15, 2019 5:36 pm

Fernando Zadá escreveu:E na real pouca gente tocou no assunto mas na minha humilde opinião ele foi "usado" como o cucaracha doidão numa participação tipo tiração de sarro.
Se ele conseguiu reverter isso positivamente pra ele ótimo mas ai são outros quinhentos.....

É que brasileiro médio não tem nenhuma noção de nada de cultura mesmo e quer mais é rir mesmo de tanto que toma na cabeça nesse pais de mil formas. Somos o pais do esculacho e onde se elege humorista como representante do povo e chama participante de reality de artista...
Não tem do que se espantar mesmo....

claps  Exatamente o que eu penso!
Bruno da Rosa escreveu:Concordo, parâmetros existem, e pra mim o limite seria algo entre Iniciante, Intermediário e Avançado. Dentro desses níveis, julgo infundado dizer que o Avançado A toque mais que o B por exemplo. Justamente por música ser algo imensurável e subjetivo.
Junior não é nem intermediário, quiçá avançado. Então não sei o porque você abordou esse assunto, mano. Tipo, já que o tópico é sobre ele. Não entendi...

Mas qual o problema eu eu analisar Ricardinho Paraíso e Pipoquinha, e dizer que, numa visão geral, ao meu ver Ricardiho fica um pouco acima? Qual o real problema disso? Quem discorda de mim, normal, aceito, afina estamos falando de dois monstros. ahn

O pessoal anda levando as coisas à sério demais scratch

Bruno da Rosa escreveu:Eu mencionei sobre 10 a 20 anos no futuro. Mas na verdade não está tão longe assim não:
Da própria matéria:

""Você é um compositor. A IA não estaria acabando com os empregos dos seus colegas de formação?""



""De forma alguma. Existem dois tipos de música de mídia: música artística e música funcional. A música artística é aquela que é valorizada pela colaboração e pela criatividade envolvida em sua criação, enquanto a música funcional tem seu valor pela sua aplicabilidade. Em relação à música funcional, o que acreditamos é que estamos proporcionando a milhões de criadores ao redor do mundo a possibilidade de transformar suas ideias diretamente em música. A música artística é o espaço em que o trabalho de artistas e músicos é realmente valorizado. A nossa tecnologia não vai nunca substituir a música artística porque fazer música com pessoas é parte importante do que nos torna humanos.Mas nós esperamos, sim, apoiar e empoderar esses artistas na criação de suas músicas.""

Eu iria além: máquinas poderão até criar em cima do que conhecem, mas nunca terão bom senso para compor uma música com autenticidade, criatividade de fato. E indo mais além, nem sei se elas seriam capazes mesmo de criar. Pesquisei sobre isso e sabia a explicação p/ p porque penso assim, mas me fugiu da memória, Hora ou outra trago aqui o raciocínio.

Bruno da Rosa escreveu:E vamos lá em mais um capítulo da máxima "brasileiro não tem cultura", hehe...

Acho que o problema principal nem seria a questão da valorização ou não da boa cultura, porque o mundo anda namesma vibe, as letras da Nicki Minaj que o digam...

Mas sim de que brasileiro ADORA migalhas de gringo! O povo brasileiro tem medo de ser mal visto no mundo, vide certas coias aí na mídia sobre política, um certo "pessoal" aí (...) tremendo de medo de "ain, olha só o que presidente falou na frente dos gringos! Oh!!"

Por esse tipo de coisa, vejo que brasileiro adora migalhas de gringos. Querem ser bem tratados, têm carência de atenção. Não importa como os gringos nos olhe, se é de forma positiva ou depreciativa (latentemente), mas o brasileiro quer migalha de gringo e tem medo rejeição de gringo!

vinibassplayer escreveu:"em primeira mao, a ibanez ta acreditando no meu trabalho e eu to entrando no time ibanez"
podem falar do kra mas 99% dos baixistas vai babar pq nao tem né""
Junior Groovador no rock in rio - Página 9 YNgW2R

allexcosta escreveu:O que significa "passar pano"? scratch

"Passar a mão na cabeça", "dar colher de chá". Ignorar os defeitos de uma pessoa, fingir que não existem, só por outros motivos quaisquer, ser um complacente cego.
Max Payne
Max Payne
Membro

Mensagens : 918
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Jãozeiro em Ter Out 15, 2019 5:52 pm

Fernando Zadá escreveu:A Ibanez é uma marca que precisa de exposição não de músicos bons......
Uma coisa não esta necessariamente ligada a outra...
Acha que todo endorse é captado pela qualidade?

Concordo 100%.
A Taylor Swift é endorsee da Taylor. O Ed Sheeran é endorsee da Martin. Marca quer artista visível pra vender.

Fernando Zadá escreveu:
Mas eu jogo a toalha não adianta ficar dando murro em ponta de faca...

Não é "jogar a toalha". Ninguém aqui tá competindo pra ver quem quem tem razão. "Ah, eu tenho razão, ganhei a briga, sou vencedor". Não.
Fórum é isso mesmo: discussão, cada um mostrando seu ponto de vista, discordâncias, debates acalorados, tudo dentro do respeito.
Mas pra alguns isso já é baderna, birra, "troll".
Alguns de vocês são muito acostumados com um concordando com o outro o tempo inteiro. Aí quando surge um tópico polêmico acham que é guerra, competição.

Fernando Zadá escreveu:
Sorte ao groovador e que vocês se deliciem ouvindo ele.
Eu to bem fora...

Desnecessário isso.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 861
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Zubrycky em Ter Out 15, 2019 6:24 pm

Bruno da Rosa escreveu:Eu mencionei sobre 10 a 20 anos no futuro. Mas na verdade não está tão longe assim não:

Da própria matéria:

""Você é um compositor. A IA não estaria acabando com os empregos dos seus colegas de formação?""



""De forma alguma. Existem dois tipos de música de mídia: música artística e música funcional. A música artística é aquela que é valorizada pela colaboração e pela criatividade envolvida em sua criação, enquanto a música funcional tem seu valor pela sua aplicabilidade. Em relação à música funcional, o que acreditamos é que estamos proporcionando a milhões de criadores ao redor do mundo a possibilidade de transformar suas ideias diretamente em música. A música artística é o espaço em que o trabalho de artistas e músicos é realmente valorizado. A nossa tecnologia não vai nunca substituir a música artística porque fazer música com pessoas é parte importante do que nos torna humanos.Mas nós esperamos, sim, apoiar e empoderar esses artistas na criação de suas músicas.""

Eu iria além: máquinas poderão até criar em cima do que conhecem, mas nunca terão bom senso para compor uma música com autenticidade, criatividade de fato. E indo mais além, nem sei se elas seriam capazes mesmo de criar. Pesquisei sobre isso e sabia a explicação p/ p porque penso assim, mas me fugiu da memória, Hora ou outra trago aqui o raciocínio.


Sobre a possibilidade aventada de sermos eventualmente substituídos por robôs, bom, de acordo com o site https://willrobotstakemyjob.com/ as atuais probabilidades são: 7% para músicos e cantores e 1,5% para compositores e diretores musicais.

Estamos a salvo, ao menos por enquanto.
Zubrycky
Zubrycky
Membro

Mensagens : 12865
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Max Payne em Ter Out 15, 2019 7:08 pm

Na verdade, Zubrycky , o Bruno da Rosa acha que seremos substituídos por robôs, você acha que esse risco é pequeno segundo os dados do site, mas....

Já estamos sendo substituídos por máquinas. As bandas aqui em Salvador só trabalham com VS. As vezes só colocam um músico no palco, o resto tudo sample.

Daqui há uns 4 anos ou menos, ao meu ver,, do jeito que as coisas estão, não existirão mais músicos em bandas pequenas, que tocam em casas de show (que pagam miséria kkk). Só o vocalista e o playback de fundo. A concorrência por bandas médias (as grandes, nem se fala), que por sua vez ainda irão querer músicos, aumentará absurdamente, fazendo com que muitos músicos desistam de viver apenas de música, e tantos outros abandonem os palcos por completo.

Ou seja, músico será tipo máquina de escrever em tempos de computadores. Cada vez mais escasso.

E isso ta acontecendo porque o público não faz questão que se tenha músicos ali em cima tocando (mesmo que tocando mal). O publico ta cada vez mais burro. Sem sensibilidade musical nenhuma. Ir pra um show, independente que seja numa humilde casa de show, e aceitar playback, é o mesmo que pagar a internet só pra ver canal de TV aberta. É burrice sem tamanho.

E isso não tem remédio, estamos todos condenados ao fim. Eu tenho meu contrabaixo exclusivamente pelo gosto de ter mesmo, de tocar. Só isso.

Max Payne
Max Payne
Membro

Mensagens : 918
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Fernando Zadá em Ter Out 15, 2019 7:38 pm

Jãozeiro escreveu:
Fernando Zadá escreveu:A Ibanez é uma marca que precisa de exposição não de músicos bons......
Uma coisa não esta necessariamente ligada a outra...
Acha que todo endorse é captado pela qualidade?

Concordo 100%.
A Taylor Swift é endorsee da Taylor. O Ed Sheeran é endorsee da Martin. Marca quer artista visível pra vender.

E diga-se de passagem ambos cumprem bem o papel de divulgar a marca, por mais que eu não morra de amores por nenhum dos dois mas até goste de algumas coisas do Ed Sheeran.


Fernando Zadá escreveu:
Sorte ao groovador e que vocês se deliciem ouvindo ele.
Eu to bem fora...

Jãozeiro escreveu: Desnecessário isso.

Sinceramente me desculpem mas eu tive a paciência agora de desprovido de preconceito assistir a entrevista dele com o Gentili e um pedaço do Fala Baixista.

Vocês acharam minimamente bacana ele tocando com o Ultraje? Mesmo ele tocando com o Jack Black?
Uma coisa é achar o cara bacana, parece mesmo ser super boa praça e um cara do bem mas ai misturar as coisas e achar o cara O baixista é uma coisa bem distante....

Como já disseram tinha tópico dele aqui e todo mundo achava engraçado mas nada demais mas ai o Jack Black leva o cara pro palco todo mundo passa a achar o cara musicalmente relevante...
Não entendo essa fixação por viajar a maionese e misturar as coisas.
Simpatia é uma coisa.
Qualidade musical é outra.
Não que o cara seja ruim até acho bem razoável mas o razoável virou herói agora...


Última edição por Fernando Zadá em Ter Out 15, 2019 7:44 pm, editado 1 vez(es)
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 11208

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Fernando Zadá em Ter Out 15, 2019 7:42 pm

Max Payne escreveu:

Mas qual o problema eu eu analisar Ricardinho Paraíso e Pipoquinha, e dizer que, numa visão geral, ao meu ver Ricardiho fica um pouco acima? Qual o real problema disso? Quem discorda de mim, normal, aceito, afina estamos falando de dois monstros. ahn


Sério?
Eu acho o Ricardinho extremamente talentoso e tem uma técnica absurda mas musicalmente eu nem conseguiria comparar os dois. O Pipoquinha é impressionante na minha humilde opinião dos moleques novos o mais impressionante.
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 11208

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Zubrycky em Ter Out 15, 2019 7:49 pm

Max Payne escreveu:Na verdade, Zubrycky , o Bruno da Rosa acha que seremos substituídos por robôs, você acha que esse risco é pequeno segundo os dados do site, mas....

Já estamos sendo substituídos por máquinas. As bandas aqui em Salvador só trabalham com VS. As vezes só colocam um músico no palco, o resto tudo sample.

Daqui há uns 4 anos ou menos, ao meu ver,, do jeito que as coisas estão, não existirão mais músicos em bandas pequenas, que tocam em casas de show (que pagam miséria kkk). Só o vocalista e o playback de fundo. A concorrência por bandas médias (as grandes, nem se fala), que por sua vez ainda irão querer músicos, aumentará absurdamente, fazendo com que muitos músicos desistam de viver apenas de música, e tantos outros abandonem os palcos por completo.

Ou seja, músico será tipo máquina de escrever em tempos de computadores. Cada vez mais escasso.

E isso ta acontecendo porque o público não faz questão que se tenha músicos ali em cima tocando (mesmo que tocando mal). O publico ta cada vez mais burro. Sem sensibilidade musical nenhuma. Ir pra um show, independente que seja numa humilde casa de show, e aceitar playback, é o mesmo que pagar a internet só pra ver canal de TV aberta. É burrice sem tamanho.

E isso não tem remédio, estamos todos condenados ao fim. Eu tenho meu contrabaixo exclusivamente pelo gosto de ter mesmo, de tocar. Só isso.


Bom, sendo mais específico, a nossa substituição citada por você não é efetuada por robôs, mas por máquinas que executam gravações que foram compostas e feitas (E que pelo visto, continuarão sendo feitas e compostas) por seres humanos. Mesmo que seja apenas um cantor ou um DJ (Nada contra cantores e DJs aqui... ) se apresentando em cima de um palco (Como aconteceu no vídeo abaixo, extraído de um show do Post Malone ocorrido neste ano na edição brasileira do festival Lollapalooza), não importa. Em algum momento, um ser humano compôs e tocou/programou o que está ou estará sendo apresentado no palco.



O que está acontecendo hoje é apenas a evolução natural de um processo que, no século passado, exterminou e deixou sem trabalho, entre outros, os músicos que tocavam em cinemas acompanhando o filme que lá passavam, as Big Bands de jazz, as grandes orquestras de tango na Argentina, as orquestras de rádio e televisão...  A cada salto tecnológico, os músicos que tocam ao vivo tem a sua quantidade substituída pelos avanços de cada época, mesmo porque, logisticamente, é mais fácil colocar em cima de um palco a menor quantidade de músicos possível.

Quanto ao público, bom, penso dessa forma: Quem não entende de música não tem a menor obrigação de entendê-la. E mais: As pessoas têm o direito de não entender nada de música e apenas ir a um lugar se divertir sem pensar em mais nada e esquecer por algumas horas os problemas do dia a dia. Não me estresso por isso, mesmo porque, ao meu ver, quem teria, por força da profissão, a obrigação de buscar o entendimento da música seria o próprio músico.

Além do mais, vendo a situação cruamente, via de regra e deixando o caso de músicos virtuoses e de algumas bandas com músicos conhecidos pelo grande público, as pessoas não vão a um show para ver os músicos que acompanham o canário.

Na grande maioria dos casos, o público paga para ver a estrela do show, seja ela qual for.


Nesse contexto, aplaudo ainda mais o Groovador porque ele saiu do anonimato que infelizmente condena a nossa espécie musical (Pode ser pela dança? Sim, e daí? Eu não tenho o gingado que ele tem e dançar, como qualquer pessoa que frequentou um curso de dança de salão sabe, também é algo cujo aprendizado demanda alguma dose de esforço e dedicação), porque ele consegue ser alguém que as pessoas pagariam para ver, porque ele consegue fazer com que o público o veja com a estrela do show, porque ele consegue fazer com que as pessoas comuns prestem atenção ao nosso instrumento.


Última edição por Zubrycky em Ter Out 15, 2019 8:07 pm, editado 1 vez(es)
Zubrycky
Zubrycky
Membro

Mensagens : 12865
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Jãozeiro em Ter Out 15, 2019 8:05 pm

Fernando Zadá escreveu:Vocês acharam minimamente bacana ele tocando com o Ultraje? Mesmo ele tocando com o Jack Black?
Uma coisa é achar o cara bacana, parece mesmo ser super boa praça e um cara do bem mas ai misturar as coisas e achar o cara O baixista é uma coisa bem distante....

Esse é o cerne do problema desse tópico.
Ninguém disse que ele é "O baixista". Ninguém. Até fiz um post pedindo print de algum momento do tópico em que dizem que o Groovador é um put@ baixista revolucionário. Ninguém disse isso, em momento algum. Pode procurar que você não encontra.

Quando o Groovador estava sendo elogiado aqui, uma turma entrou com sangue no zóio dizendo que estavam dizendo que ele era O Melhor do mundo de todos os tempos e isso era um absurdo (olha as ideia, kkkk). E também ficaram emocionalmente feridos ao serem ditas coisas feias do Iron Maiden e do Kiss.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 861
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Bruno da Rosa em Ter Out 15, 2019 8:23 pm

Max Payne escreveu:
Junior não é nem intermediário, quiçá avançado. Então não sei o porque você abordou esse assunto, mano. Tipo, já que o tópico é sobre ele. Não entendi...

Mas qual o problema eu eu analisar Ricardinho Paraíso e Pipoquinha, e dizer que, numa visão geral, ao meu ver Ricardiho fica um pouco acima? Qual o real problema disso? Quem discorda de mim, normal, aceito, afina estamos falando de dois monstros. ahn

O pessoal anda levando as coisas à sério demais scratch
Isso é a minha opinião, e não tem o menor problema discordar. Sabe porque eu acho sem fundamento essas comparações? Porque de acordo com a opinião de cada um isso vai mudar.
Você pode achar o Ricardinho melhor que outra pessoa vai achar o Pipoquinha. O que eu quero dizer em suma é que "o melhor baixista" nunca será uma ciência exata então sempre será impossível determinar.
Eu não tenho ídolos, mas sei lá, gosto do Cliff Burton, e prefiro aos dois citados. Do que adiantaria ficar aqui debatendo sobre quem é melhor se é algo que não vai chegar a lugar algum?
No mais, é só um debate, sem estresse  hyper

Max Payne escreveu:
Eu iria além: máquinas poderão até criar em cima do que conhecem, mas nunca terão bom senso para compor uma música com autenticidade, criatividade de fato. E indo mais além, nem sei se elas seriam capazes mesmo de criar. Pesquisei sobre isso e sabia a explicação p/ p porque penso assim, mas me fugiu da memória, Hora ou outra trago aqui o raciocínio.

Tudo bem, a questão de máquina só foi abordada pois máquinas são capazes de replicar certas coisas com precisão cirúrgica. Acaba voltando lá pra trás, onde eu disse exatamente isso, de que nada adianta técnica sem todo o contexto que um músico requer.

Bruno da Rosa escreveu:E vamos lá em mais um capítulo da máxima "brasileiro não tem cultura", hehe...

Eu sei que quotar bastante gente dá uma confusão danada, mas isso aqui não foi escrito por mim.
Bruno da Rosa
Bruno da Rosa
Membro

Mensagens : 214
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Bruno da Rosa em Ter Out 15, 2019 8:37 pm

Max Payne escreveu:Na verdade, Zubrycky , o Bruno da Rosa acha que seremos substituídos por robôs, você acha que esse risco é pequeno segundo os dados do site, mas....


Cara, presta um pouco de atenção. Primeiro você quotou coisa que eu nem escrevi e depois diz coisa que eu não falei, vou colocar novamente o que eu disse.

Bruno da Rosa escreveu:
Como se música fosse qualificada única e exclusivamente por técnica.
Fosse assim, se preparem pra perder espaço pra qualquer robô chinês daqui a 10-20 anos.
Bruno da Rosa
Bruno da Rosa
Membro

Mensagens : 214
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Max Payne em Ter Out 15, 2019 8:43 pm

Fernando Zadá escreveu:Sério?
Eu acho o Ricardinho extremamente talentoso e tem uma técnica absurda mas musicalmente eu nem conseguiria comparar os dois. O Pipoquinha é impressionante na minha humilde opinião dos moleques novos o mais impressionante.
Os dois são fora do comum. Extraterrestres. Mas no contexto geral, analisando o total, condução, improvisação, técnica, feeling, versatilidade, por muito, muito pouco msm, pra mim dá Ricardinho, porque é uma coisa de outro mundo, algo quase impossível, dominar tanta musicalidade com aquelas técnicas absurdas kkkk... Mas os dois são de outra galáxia =)
Zubrycky escreveu:não importa. Em algum momento, um ser humano compôs e tocou/programou o que está ou estará sendo apresentado no palco.
Mano... Acho que dá no mesmo. No final das contas, VS é executado por uma máquina. Foi como vocÊ disse no parágrafo abaixo Não tem tanta diferença assim.

Zubrycky escreveu:Quanto ao público, bom, penso dessa forma: Quem não entende de música não tem a menor obrigação de entendê-la. E mais: As pessoas têm o direito de não entender nada de música e apenas ir a um lugar se divertir sem pensar em mais nada e esquecer por algumas horas os problemas do dia a dia. Não me estresso por isso, mesmo porque, ao meu ver, quem teria, por força da profissão, a obrigação de buscar o entendimento da música seria o próprio músico.
Não é entender de música. Não é necessariamente entender um acorde menor e um maior pelo menos. É apenas ter sensibilidade musical mesmo. No mínimo saber o som de cada instrumento ali. E de querer ouvir os músicos tocando, fazer questão disso. Isso ocorria, mano. E ainda ocorre, mas ta acabando!

Zubrycky escreveu:Além do mais, vendo a situação cruamente, via de regra e deixando o caso de músicos virtuoses e de algumas bandas com músicos conhecidos pelo grande público, as pessoas não vão a um show para ver os músicos que acompanham o canário.

O público paga para ver a estrela do show, seja ela qual for.
Mas pelo menos prestavam atenção nos músicos. Sabiam da importância. Na verdade pelo menos nos estilos em que a letra era mais bem trabalhada, pois se vc pega o Sertanejo ali da década de 90, é tudo a mesma b... de hoje, em termos de reconhecimento aos músicos. Agora, curiosamente, aqui em Salvador, no Pagode Baiano, havia sim o reconhecimento do público pelo que tava sendo tocado, por causa dos riffs do contrabaixo, guitarra (antigamente ainda tinha cavaquinho também), e na verdade ainda há esse reconhecimento. As bandas de Pagode Baiano tocam com banda completa. Se rola VS, é o mínimo do mínimo. No Pagode RJ/SP também ocorre isso. Curioso. Mesmo sendo estilos que abordam letras mais simples, com pouca poesia, ocorre essa valorização do músico.

Zubrycky escreveu:Nesse contexto, aplaudo ainda mais o Groovador, porque ele saiu do anonimato que infelizmente condena a nossa espécie musical (Pode ser pela dança? Sim, e daí? Eu não tenho o gingado que ele tem e dançar, como qualquer pessoa que frequentou um curso de dança de salão sabe, também é algo cujo aprendizado demanda alguma dose de esforço e dedicação), porque consegue ser alguém que as pessoas pagariam para ver, porque ele consegue fazer com que o público o veja com a estrela do show, porque ele consegue fazer com que as pessoas comuns prestem atenção ao nosso instrumento.
Me recuso a comentar isso kkkk...

Bruno da Rosa escreveu:Isso é a minha opinião, e não tem o menor problema discordar. Sabe porque eu acho sem fundamento essas comparações? Porque de acordo com a opinião de cada um isso vai mudar.
Você pode achar o Ricardinho melhor que outra pessoa vai achar o Pipoquinha. O que eu quero dizer em suma é que "o melhor baixista" nunca será uma ciência exata então sempre será impossível determinar.
Eu não tenho ídolos, mas sei lá, gosto do Cliff Burton, e prefiro aos dois citados. Do que adiantaria ficar aqui debatendo sobre quem é melhor se é algo que não vai chegar a lugar algum?
Sim, eu entendo. E concordo. Só não vejo necessariamente um problema em si comparar.
Max Payne
Max Payne
Membro

Mensagens : 918
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Zubrycky em Ter Out 15, 2019 9:55 pm

Max Payne escreveu:
Zubrycky escreveu:não importa. Em algum momento, um ser humano compôs e tocou/programou o que está ou estará sendo apresentado no palco.
Mano... Acho que dá no mesmo. No final das contas, VS é executado por uma máquina. Foi como vocÊ disse no parágrafo abaixo Não tem tanta diferença assim.

Bom, entendo e respeito o seu ponto de vista, mas, voltando ao que disse, ressalto as evidentes diferenças apontadas previamente. Ainda que a máquina execute uma gravação ela não compõe de antemão o que foi gravado. Ainda que o grande público seja completamente indiferente à esta questão, existe uma diferença abismal entre ser capaz de compor uma obra e ser apenas capaz de executá-la.

Afinal de contas, tudo o que uma máquina é (ainda) capaz de fazer, neste caso, é responder a comandos...

Max Payne escreveu:
Zubrycky escreveu:Quanto ao público, bom, penso dessa forma: Quem não entende de música não tem a menor obrigação de entendê-la. E mais: As pessoas têm o direito de não entender nada de música e apenas ir a um lugar se divertir sem pensar em mais nada e esquecer por algumas horas os problemas do dia a dia. Não me estresso por isso, mesmo porque, ao meu ver, quem teria, por força da profissão, a obrigação de buscar o entendimento da música seria o próprio músico.
Não é entender de música. Não é necessariamente entender um acorde menor e um maior pelo menos. É apenas ter sensibilidade musical mesmo. No mínimo saber o som de cada instrumento ali. E de querer ouvir os músicos tocando, fazer questão disso. Isso ocorria, mano. E ainda ocorre, mas ta acabando!

Pessoas não são obrigadas a nada. Para muitos (E aqui aponto fatos sem julgar ninguém), a música é só uma trilha sonora para um momento de descontração depois de uma semana estressante numa vida cheia de afazeres repetitivos.

Dito isso, vale lembrar a sensibilidade musical à qual você alude não está extinta de todo.

Verdade seja dita: Excetuando o de bandas famosas, o público que ainda faz questão absoluta de ver músicos tocando é o de música clássica (em suas diversas vertentes). E graças a este público (ainda que diminuto) que as grandes orquestras sinfônicas ainda existem.

Max Payne escreveu:
Zubrycky escreveu:Além do mais, vendo a situação cruamente, via de regra e deixando o caso de músicos virtuoses e de algumas bandas com músicos conhecidos pelo grande público, as pessoas não vão a um show para ver os músicos que acompanham o canário.

O público paga para ver a estrela do show, seja ela qual for.
Mas pelo menos prestavam atenção nos músicos. Sabiam da importância. Na verdade pelo menos nos estilos em que a letra era mais bem trabalhada, pois se vc pega o Sertanejo ali da década de 90, é tudo a mesma b... de hoje, em termos de reconhecimento aos músicos. Agora, curiosamente, aqui em Salvador, no Pagode Baiano, havia sim o reconhecimento do público pelo que tava sendo tocado, por causa dos riffs do contrabaixo, guitarra (antigamente ainda tinha cavaquinho também), e na verdade ainda há esse reconhecimento. As bandas de Pagode Baiano tocam com banda completa. Se rola VS, é o mínimo do mínimo. No Pagode RJ/SP também ocorre isso. Curioso. Mesmo sendo estilos que abordam letras mais simples, com pouca poesia, ocorre essa valorização do músico.

Valorizar o músico que está se apresentando em cima do palco e prestar atenção no que eles estão fazendo é uma coisa. Agora, voltando ao que disse antes, imaginar que no mundo real alguém comum (que não entende nada de música) sairá de casa, pegará trânsito e pagará para ir a um show primordialmente porque o desconhecido fulano de tal (E aqui não menosprezo o músico, apenas aponto o fato dele ser anônimo) acompanhará a estrela do show é uma outra coisa, muuuuuuito diferente...

Voltando à música clássica, nem naquele universo específico isso costuma acontecer. Muitas vezes o público vai primordialmente por causa do maestro, do solista, do nome e fama da orquestra...

Max Payne escreveu:
Zubrycky escreveu:Nesse contexto, aplaudo ainda mais o Groovador, porque ele saiu do anonimato que infelizmente condena a nossa espécie musical (Pode ser pela dança? Sim, e daí? Eu não tenho o gingado que ele tem e dançar, como qualquer pessoa que frequentou um curso de dança de salão sabe, também é algo cujo aprendizado demanda alguma dose de esforço e dedicação), porque consegue ser alguém que as pessoas pagariam para ver, porque ele consegue fazer com que o público o veja com a estrela do show, porque ele consegue fazer com que as pessoas comuns prestem atenção ao nosso instrumento.
Me recuso a comentar isso kkkk...

É um direito seu. De minha parte, nenhum problema. Amigos


Última edição por Zubrycky em Ter Out 15, 2019 10:14 pm, editado 3 vez(es) (Razão : Arrumar quotes)
Zubrycky
Zubrycky
Membro

Mensagens : 12865
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Fernando Zadá em Qua Out 16, 2019 12:55 pm

Quanto as máquinas eu lembro de una anos atrás testar um comando do band in a box que criava improvisos sobre uma harmonia qualquer dada e você podia escolher o improvisador. Fiz alguns testes e vou dizer que basado em padrões e coisas decorrentes o programa criava improvisos bem coerentes e musicais até. Cheguei a testar em uma mesma música gerar um improviso e depois gerar na mesma mais uns 5 ou 6 e todos soarem bons e remetiam ao improvisador escolhido.
Fiquei pasmo com aquilo mas o computador estava de certa forma "criando" baseado em comandos mas criando solos.
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 11208

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Max Payne em Qua Out 16, 2019 3:15 pm

Zubrycky
Então, pra não ficar "quotando" muito vou resumir.

Li tudo o que escreveu e entendi.

Eu não to falando de "valorização" do público no sentido de: ""eu vou pro show de Beltrano não só por causa dele, mas porque sou fã do baterista e do guitarrista que tocam muito, e se eles não estiverem mais na banda é capaz de eu nem ir"".

To falando no sentido de o público ir para o show, querer ver O ARTISTA, sim, mas tbm PRESTAR ATENÇÃO na banda. Saber da importância dela. Que assim como o cara ta cantando ao vivo ali, o músico também ta. Não importa o tamanho do valor que o público dê, mas é um sinal mínimo de inteligência, valorizar no sentido de reconhecer que o cara ta ali fazendo um som ao vivo, e que ela não pagou pra ouvir playback! E não pra ser fã de músico, ou dê atenção demasiada, ao exemplo da música clássica.

Ou seja, o oposto do público Sertanejo/Forrozeiro/Arrocheiro.

Sim, as pessoas não são obrigadas a nada. Mas eu só to apontando uma queda na inteligência do público. Eu não to cobrando.

Ainda bem que o público do Samba não é assim, nem o do Reggae, o do Rock, da MPB, nem de estilos ultra populares do mainstream como o do Pagode Baiano e do Pagode RJ.

A galera mais burra hoje em dia é o que curte Sertanejo e Funk (e alguns estilos que vêm de brinde, como Forro Vanerão, Arrochanejo).

""Ah,mas tem muitas duplas Sertanejas/Forrozeiras aí em Salvador que tocam Pagode Baiano com VS""

Verdade, mas se uma banda DE Pagode Baiano de fato sobe no palco sem os percussionistas, sem o guitarrista, por exemplo, a galera vai estranhar MUITO!
Max Payne
Max Payne
Membro

Mensagens : 918
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por allexcosta em Qua Out 16, 2019 4:29 pm

Zubrycky escreveu:Falando em timbres, apesar de eu gostar destes baixistas e de admirar a musicalidade deles, eu mesmo não suporto muito o do Jaco às vezes e o do Marcus Miller costuma ser algo abominável aos meus ouvidos... hide notme

Gostaria de te convidar pra umas audições...





allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 47206
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Max Payne em Sab Out 19, 2019 7:27 pm

BHBuscarons escreveu:Eu acho muito interessante a "alta elite", julgando o "brasileiro médio" nas conversas sobre cultura.

Me amarro... quer dizer, interessantíssimo, qual o quê!

Eu sou POBRE! Vim da periferia, e ainda moro na periferia. E acho a maioria das coisas que fazem sucesso hoje uma B.... Inclusive, grande parte da "alta elite" que você cita, ADORA esse lixo sonoro que é produzido hoje em dia, como o Sertanejo Universitário (que tem ótimos instrumentistas, é verdade,e bons arranjos, mas SEMPRE com a mesma progressão harmônia - POBRE - mesmas letras com pobreza poética, mesmos timbres de voz, tudo repetitivo e enjoativo...) e o "funk huehue brbr" e todo aquele sexo explícito e apologia a todo tipo de crime em forma de ""letra"" junto com uns barulhos que eles chamam de ""música"".

Nas rádios você estuca todo tipo de música. Músicas com instrumental simples e bem feito, mas com letras muito bem trabalhadas; músicas com o instrumental muito bem feito e com letras idem.
Qualquer um pode ter acesso à qualquer uma rádio, basta ter um rádio de pilha barato e um fone de ouvido vagabundo.
Nas novelas, no cinema, séries de TV, há trilhas sonoras muito bem feitas. Tanto trilhas mesmo quanto canções.

Qual seria a desculpa pra ouvir música de gosto duvidoso?

Enfim, cada um ouve o que quer, mas dizer "ah, mas pessoas pobres são incapazes, ou não têm acesso à música bem feita" é conversa pra boi dormir.
Max Payne
Max Payne
Membro

Mensagens : 918
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Jãozeiro em Sab Out 19, 2019 8:14 pm

Max Payne, para qualquer estudioso de teorias da comunicação, não existe esse negócio de: "essa cultura (funk) é um lixo, mas essa cultura (jazz, mbp, rock, qualquer coisa) é boa cultura.

Isso é totalmente errado de se dizer.
Não existe cultura melhor do que a outra. Cultura inferior, cultura superior, essas coisas não existem.

Teorias da Comunicação é uma ciência. Filósofos célebres como Edgar Morim e Walter Benjamin  explicaram a Cultura de Massas e a Indústria Cultural de forma brilhante na segunda metade do século passado.

Esses caras explicam, por exemplo, por que as pessoas assistem a telenovelas, e garanto a você que a explicação NÃO é essa: "porque as pesoas são ignorantes e não tem cultura".

O que tem de teses se doutorado baseado no que esses caras disseram...eles também disseram que não existe resposta para essa sua pergunta: "Qual seria a desculpa pra ouvir música de gosto duvidoso?" porque essa pergunta não faz sentido.

Outra coisa que você disse, algo sobre "letras não  trabalhadas, pobreza poética" do sertanejo e afins. Olha, pra ser sincero, grande bobagem, viu...

O Lemmy cantava putaria. O KISS, meu Deus do céu, tem cada letra ali. AC/DC... não tem uma letra que não é de putaria. Jimi Hendrix, um safado. Scorpions, Whitesnake. The Beatles tem cada letrinha boba, idiota...Olha, dá uma lista gigante só de gente do Rock. Mas ninguém enche o saco deles. Claro que alguém vai aparecer com uma explicação brilhante justificando que eles são diferentes, que não é bem assim, que tem contexto histórico, claro que vai aparecer gente falando isso, sempre aparece. Mas a verdade é que são igualmente pobres em poesia e só falavam m$%& em suas letras.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 861
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Fernando Zadá em Sab Out 19, 2019 9:00 pm

Por isso prefiro musica instrumental....
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 11208

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Max Payne em Sab Out 19, 2019 9:04 pm

Jãozeiro escreveu:Max Payne, para qualquer estudioso de teorias da comunicação, não existe esse negócio de: "essa cultura (funk) é um lixo, mas essa cultura (jazz, mbp, rock, qualquer coisa) é boa cultura.

Isso é totalmente errado de se dizer.
Não existe cultura melhor do que a outra. Cultura inferior, cultura superior, essas coisas não existem.

Teorias da Comunicação é uma ciência. Filósofos célebres como Edgar Morim e Walter Benjamin  explicaram a Cultura de Massas e a Indústria Cultural de forma brilhante na segunda metade do século passado.

Esses caras explicam, por exemplo, por que as pessoas assistem a telenovelas, e garanto a você que a explicação NÃO é essa: "porque as pesoas são ignorantes e não tem cultura".

Não me admira que "estudiosos" digam tamanha bobagem. Afinal, o que "estudiosos" andam dizendo por aí, não ta no gibi...




Jãozeiro escreveu:O Lemmy cantava putaria. O KISS, meu Deus do céu, tem cada letra ali. AC/DC... não tem uma letra que não é de putaria. Jimi Hendrix, um safado. Scorpions, Whitesnake. The Beatles tem cada letrinha boba, idiota...Olha, dá uma lista gigante só de gente do Rock. Mas ninguém enche o saco deles. Claro que alguém vai aparecer com uma explicação brilhante justificando que eles são diferentes, que não é bem assim, que tem contexto histórico, claro que vai aparecer gente falando isso, sempre aparece. Mas a verdade é que são igualmente pobres em poesia e só falavam m$%& em suas letras.

Ao citar o pessoal gringo (e especialmente o pessoal do rock, mundo do qual não sou muito familiarizado), você meio que ta insinuando que to criticando apenas a cultura nacional. Mas os Rappers americanos têm letras LAMENTÁVEIS! Coisa do nível funk br msm...

Mas eu quero ver um exemplo de uma dessas bandas que você citou que possui alguma letra que se iguale a um funk proibidão...

Jãozeiro escreveu:Outra coisa que você disse, algo sobre "letras não  trabalhadas, pobreza poética" do sertanejo e afins. Olha, pra ser sincero, grande bobagem, viu...

Se vocÊ acha que uma letra bem trabalhada é uma grande bobagem, não me admira vocÊ estar falando essas coisas sobre a cultura, baseado em "estudiosos". Se tem gente que leva esses vídeos de Marcia Tiburi a sério, lógico que vai ter gente que vai igualar culturas, músicas, letras, e o caramba a quatro.

Mas pra mim não passa de relativização mais pura e simples.
Max Payne
Max Payne
Membro

Mensagens : 918
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Zubrycky em Dom Out 20, 2019 9:39 pm

Jãozeiro escreveu:
(...)
Não existe cultura melhor do que a outra. Cultura inferior, cultura superior, essas coisas não existem.
(...)

Disse isso em outro tópico dia desses e repito: Quando tudo é arte, nada é arte. O fato de tudo ter o seu valor não faz com que tudo tenha o mesmo valor.

Quando se coloca, por exemplo, Mozart e MC Gui no mesmo balaio como sendo artistas com valores equivalentes, tudo é nivelado para baixo.
.
A hierarquia existe em todos os lugares, em todos os setores... E a arte não é uma exceção. A igualdade é um falso deus.

Como um grande professor que tive me ensinou, a arte superior é auto evidente e se mostra, cada vez mais nítida, à medida que a cultura de alguém em busca dela é enriquecida através do contato com artes de todos os tipos. Como ele diria, a arte superior brilha como o sol e não vê-la apenas mostra que estamos cegos.


Última edição por Zubrycky em Qui Out 24, 2019 9:02 pm, editado 2 vez(es)
Zubrycky
Zubrycky
Membro

Mensagens : 12865
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Zubrycky em Dom Out 20, 2019 9:42 pm

Quando falo em arte superior, não afirmo que quem ouve isso ou aquilo é superior a quem ouve isso ou aquilo. Aqui, apenas estabeleço a noção de hierarquia artística. Apenas isso.

Afinal de contas, dentro de um estilo qualquer há artistas de maior e menor quilate, todos com o seu valor e importância (Porque todos eles fazem parte de um todo maior), mas ainda assim de maior e menor quilate entre si.

Dizer que todo trabalho artístico é igual é rebaixar o gênio e elevar o medíocre.

A igualdade é um falso deus. Não há organismo sem hierarquia. Não há lugar sem hierarquia. A arte não é exceção à esta regra.

Na labor artístico, a noção de perspectiva é necessária e por isso repito: Quando tudo é arte, nada é arte.

Enfim, parâmetros são necessários e os nomes corretos têm que ser dados a cada boi. As coisas são como são. Voltando ao exemplo da minha postagem anterior, Mc Gui e Mozart não são a mesma coisa e cada um ocupa o seu devido lugar na história da Música.
Zubrycky
Zubrycky
Membro

Mensagens : 12865
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Dom Out 20, 2019 9:52 pm

Zubrycky escreveu:Quando falo em música superior, não afirmo que quem ouve isso ou aquilo é superior a quem ouve isso ou aquilo. Aqui, apenas estabeleço uma noção de hierarquia musical. Apenas isso.

Afinal de contas, dentro de um estilo qualquer há artistas de maior e menor quilate, todos com o seu valor e importância (Porque todos eles fazem parte de um todo maior), mas ainda assim de maior e menor quilate entre si.

Dizer que todo trabalho artístico é igual é rebaixar o gênio e elevar o medíocre.

A igualdade é um falso deus. Não há organismo sem hierarquia. Não há lugar sem hierarquia. A arte não é exceção à esta regra.

Na labor artístico, a noção de perspectiva é necessária.

Quando tudo é arte, nada é arte. Parâmetros são necessários, nomes tem que ser dados aos bois. As coisas são como são. Mc Gui e Mozart não são a mesma coisa e cada um ocupa o seu devido lugar na história da Música.
Concordo e discordo ao mesmo tempo.
Quem define o que é arte?
Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Em que período histórico ou Sociedade ela é, ou não, arte?
De que forma ela é, ou não, definida enquanto arte, bem como seu(s) "valor(es)" (cultural)?
Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".
Mauricio Luiz Bertola
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 14763
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Max Payne em Seg Out 21, 2019 3:09 am

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".

Não importa o tamanho da relevância de quem consome a arte. Se eu desenhar uma casa mal feita num papel, com hidrocor, com cinco ou seis linhas apenas, e afirmar que esse mesmo desenho vale artisticamente o mesmo que a pintura ultra realista de uma paisagem de um artista qualquer, é o cúmulo do relativismo. Mesmo que um maluco qualquer dissesse que eu sou um arista melhor e que meu desenho esta muito mais bem feito que a pintura ultra-realista.

Da mesma maneira, uma bicicleta velha e enferrujada, sem freio, não pode ser comparada com uma Lamborghini (apesar de eu estar saindo do campo da arte agora).

Sinceramente, coitada da arte. Ela não merece passar por esse tipo de comparação esdrúxula, só por ser arte.....

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Vamos forçar a barra e dizer que eu quebre um ovo numa frigideira e urino nele, e chame isso de arte. ""É arte!"" Beleza...

Comparando essa "arte" com as obras de Michelangelo, quem eu sou? E se eu sou tão ridículo, tão risível como "artista", porque minha ""arte"" ainda deve ser levada À sério? E por que é válido se discutir se minha arte é arte? Qual o propósito de atribuir valor à um ovo cru urinado numa frigideira? Qual a qualidade técnica por trás dessa "arte"? Qual a ideia que quis passar? E se eu inventasse qualquer coisa na hora, e você respeitasse, eu não estaria fazendo os "apreciadores" de palhaços? Então até onde vai todo esse circo de relativização?
Max Payne
Max Payne
Membro

Mensagens : 918
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por allexcosta em Seg Out 21, 2019 10:20 am

Por mais que vocês queiram que seja diferente, qualquer coisa pode ser chamada de arte.

Você gostar ou não, são outros 500...
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 47206
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Stormbringer em Seg Out 21, 2019 10:53 am

allexcosta escreveu:Por mais que vocês queiram que seja diferente, qualquer coisa pode ser chamada de arte.

Você gostar ou não, são outros 500...
EXATAMENTE

Stormbringer
Stormbringer
Membro

Mensagens : 4199
Localização : Goiânia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Out 21, 2019 12:34 pm

Max Payne escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".

Não importa o tamanho da relevância de quem consome a arte. Se eu desenhar uma casa mal feita num papel, com hidrocor, com cinco ou seis linhas apenas, e afirmar que esse mesmo desenho vale artisticamente o mesmo que a pintura ultra realista de uma paisagem de um artista qualquer, é o cúmulo do relativismo. Mesmo que um maluco qualquer dissesse que eu sou um arista melhor e que meu desenho esta muito mais bem feito que a pintura ultra-realista.

Da mesma maneira, uma bicicleta velha  e enferrujada, sem freio, não pode ser comparada com uma Lamborghini (apesar de eu estar saindo do campo da arte agora).

Sinceramente, coitada da arte. Ela não merece passar por esse tipo de comparação esdrúxula, só por ser arte.....

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Vamos forçar a barra e dizer que eu quebre um ovo numa frigideira e urino nele, e chame isso de arte. ""É arte!"" Beleza...

Comparando essa "arte" com as obras de Michelangelo, quem eu sou? E se eu sou tão ridículo, tão risível como "artista", porque minha ""arte"" ainda deve ser levada À sério? E por que é válido se discutir se minha arte é arte? Qual o propósito de atribuir valor à um ovo cru urinado numa frigideira? Qual a qualidade técnica por trás dessa "arte"? Qual a ideia que quis passar? E se eu inventasse qualquer coisa na hora, e você respeitasse, eu não estaria fazendo os "apreciadores" de palhaços? Então até onde vai todo esse circo de relativização?
Você conhece a "Arte Naif"? Você já observou pinturas ruprestes das culturas pré-históricas? Você entende o desenvolvimento do expressionismo, do cubismo, do abstracionismo, do concretismo e da "pop art" Contemporânea?
Você tem a noção teórico-estética acerca dos parâmetros da Arte Contemporânea e o desenvolvimento histórico da Arte?
Vou colaborar com você para aclarar seus conceitos (se, obviamente você se dispor à isso...), não no sentido de procurar "ditar" normas ou "gostos", mas apenas à guisa de informação mesmo:
http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/viewFile/1966/763
http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/sensorium/article/download/941/555
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-53202003000200003
http://www.puc-rio.br/pibic/relatorio_resumo2017/relatorios_pdf/ctch/FIL/FIL-Luiza%20Melo%20Pereira.pdf
http://www.anpap.org.br/anais/2014/ANAIS/simposios/simposio08/Victa%20de%20Carvalho.pdf
Aqui uma entrevista interessante do Prof. Verlaine Freitas (UFMG):
https://www.ufmg.br/online/arquivos/029710.shtml
Mauricio Luiz Bertola
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 14763
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Jãozeiro em Seg Out 21, 2019 12:41 pm

Max Payne, Edgar Morin é um dos filósofos e sociológos mais influentes do século XX. Ele ainda é vivo, aos seus 98 anos de idade.
Não é intelectual instantâneo que vai em programa de televisão alheio.

E esse professor do Zubrycky que disse: "arte superior é auto evidente e se mostra, cada vez mais nítida".

Me desculpe (desculpe mesmo pelo termo, acho vc um cara super da hora nos seus posts, Zubrycky), mas que papo ridículo.

É tipo aquela coisa de: " escuto música erudita, assisto a óperas, sou mais culto do que você."


Última edição por Jãozeiro em Seg Out 21, 2019 12:52 pm, editado 1 vez(es)
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 861
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Jãozeiro em Seg Out 21, 2019 12:47 pm

Max Payne escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".

Não importa o tamanho da relevância de quem consome a arte. Se eu desenhar uma casa mal feita num papel, com hidrocor, com cinco ou seis linhas apenas, e afirmar que esse mesmo desenho vale artisticamente o mesmo que a pintura ultra realista de uma paisagem de um artista qualquer, é o cúmulo do relativismo. Mesmo que um maluco qualquer dissesse que eu sou um arista melhor e que meu desenho esta muito mais bem feito que a pintura ultra-realista.

Da mesma maneira, uma bicicleta velha  e enferrujada, sem freio, não pode ser comparada com uma Lamborghini (apesar de eu estar saindo do campo da arte agora).

Sinceramente, coitada da arte. Ela não merece passar por esse tipo de comparação esdrúxula, só por ser arte.....

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Vamos forçar a barra e dizer que eu quebre um ovo numa frigideira e urino nele, e chame isso de arte. ""É arte!"" Beleza...

Comparando essa "arte" com as obras de Michelangelo, quem eu sou? E se eu sou tão ridículo, tão risível como "artista", porque minha ""arte"" ainda deve ser levada À sério? E por que é válido se discutir se minha arte é arte? Qual o propósito de atribuir valor à um ovo cru urinado numa frigideira? Qual a qualidade técnica por trás dessa "arte"? Qual a ideia que quis passar? E se eu inventasse qualquer coisa na hora, e você respeitasse, eu não estaria fazendo os "apreciadores" de palhaços? Então até onde vai todo esse circo de relativização?

Sua abordagem sobre arte é 100% conservadora, ultrapassada e dogmática.

Olha aí essa imagem abaixo. A merd@ de um mictório. A pura e simples imagem crua de um negócio em que as pessoas urinam.

Sabia que essa obra mudou o rumo da arte no mundo?
Você não vai entender isso porque pra você arte de verdade é um quadro bonitão com uma pintura agradável, ou o Requiem de Mozart, ou uma letra do Tom Jobim.

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 20170313193911211978u


Última edição por Jãozeiro em Seg Out 21, 2019 12:51 pm, editado 1 vez(es)
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 861
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Jãozeiro em Seg Out 21, 2019 12:49 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:
Max Payne escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".

Não importa o tamanho da relevância de quem consome a arte. Se eu desenhar uma casa mal feita num papel, com hidrocor, com cinco ou seis linhas apenas, e afirmar que esse mesmo desenho vale artisticamente o mesmo que a pintura ultra realista de uma paisagem de um artista qualquer, é o cúmulo do relativismo. Mesmo que um maluco qualquer dissesse que eu sou um arista melhor e que meu desenho esta muito mais bem feito que a pintura ultra-realista.

Da mesma maneira, uma bicicleta velha  e enferrujada, sem freio, não pode ser comparada com uma Lamborghini (apesar de eu estar saindo do campo da arte agora).

Sinceramente, coitada da arte. Ela não merece passar por esse tipo de comparação esdrúxula, só por ser arte.....

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Vamos forçar a barra e dizer que eu quebre um ovo numa frigideira e urino nele, e chame isso de arte. ""É arte!"" Beleza...

Comparando essa "arte" com as obras de Michelangelo, quem eu sou? E se eu sou tão ridículo, tão risível como "artista", porque minha ""arte"" ainda deve ser levada À sério? E por que é válido se discutir se minha arte é arte? Qual o propósito de atribuir valor à um ovo cru urinado numa frigideira? Qual a qualidade técnica por trás dessa "arte"? Qual a ideia que quis passar? E se eu inventasse qualquer coisa na hora, e você respeitasse, eu não estaria fazendo os "apreciadores" de palhaços? Então até onde vai todo esse circo de relativização?
Você conhece a "Arte Naif"? Você já observou pinturas ruprestes das culturas pré-históricas? Você entende o desenvolvimento do expressionismo, do cubismo, do abstracionismo, do concretismo e da "pop art" Contemporânea?
Você tem a noção teórico-estética acerca dos parâmetros da Arte Contemporânea e o desenvolvimento histórico da Arte?

Não, a pessoa não tem nada disso. Mas ela bate o pé pra dizer o que é Arte e o que não é, diz com convicção que cultura é "isso" e não "aquilo".

O famoso pedantismo.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 861
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por RBORCARI em Seg Out 21, 2019 1:42 pm

Max Payne escreveu:Zubrycky

""Ah,mas tem muitas duplas Sertanejas/Forrozeiras aí em Salvador que tocam Pagode Baiano com VS""


o que é VS?
RBORCARI
RBORCARI
Membro

Mensagens : 618
Localização : Jundiaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por vinibassplayer em Seg Out 21, 2019 3:11 pm

RBORCARI escreveu:
Max Payne escreveu:Zubrycky

""Ah,mas tem muitas duplas Sertanejas/Forrozeiras aí em Salvador que tocam Pagode Baiano com VS""


o que é VS?

tracks pre gravadas de determinados instrumentos
vinibassplayer
vinibassplayer
Membro

Mensagens : 976
Localização : Corinto - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por NeyBass em Seg Out 21, 2019 3:25 pm

Jãozeiro escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:
Max Payne escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".

Não importa o tamanho da relevância de quem consome a arte. Se eu desenhar uma casa mal feita num papel, com hidrocor, com cinco ou seis linhas apenas, e afirmar que esse mesmo desenho vale artisticamente o mesmo que a pintura ultra realista de uma paisagem de um artista qualquer, é o cúmulo do relativismo. Mesmo que um maluco qualquer dissesse que eu sou um arista melhor e que meu desenho esta muito mais bem feito que a pintura ultra-realista.

Da mesma maneira, uma bicicleta velha  e enferrujada, sem freio, não pode ser comparada com uma Lamborghini (apesar de eu estar saindo do campo da arte agora).

Sinceramente, coitada da arte. Ela não merece passar por esse tipo de comparação esdrúxula, só por ser arte.....

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Vamos forçar a barra e dizer que eu quebre um ovo numa frigideira e urino nele, e chame isso de arte. ""É arte!"" Beleza...

Comparando essa "arte" com as obras de Michelangelo, quem eu sou? E se eu sou tão ridículo, tão risível como "artista", porque minha ""arte"" ainda deve ser levada À sério? E por que é válido se discutir se minha arte é arte? Qual o propósito de atribuir valor à um ovo cru urinado numa frigideira? Qual a qualidade técnica por trás dessa "arte"? Qual a ideia que quis passar? E se eu inventasse qualquer coisa na hora, e você respeitasse, eu não estaria fazendo os "apreciadores" de palhaços? Então até onde vai todo esse circo de relativização?
Você conhece a "Arte Naif"? Você já observou pinturas ruprestes das culturas pré-históricas? Você entende o desenvolvimento do expressionismo, do cubismo, do abstracionismo, do concretismo e da "pop art" Contemporânea?
Você tem a noção teórico-estética acerca dos parâmetros da Arte Contemporânea e o desenvolvimento histórico da Arte?

Não, a pessoa não tem nada disso. Mas ela bate o pé pra dizer o que é Arte e o que não é, diz com convicção que cultura é "isso" e não "aquilo".

O famoso pedantismo.

Colocaram crianças para alisarem um peladão, e diziam ser arte.  lol!

Vai entender o conceito de arte.

Edit. só pra socar pimenta na sopa bounce bounce bounce
NeyBass
NeyBass
Membro

Mensagens : 4185
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por RBORCARI em Seg Out 21, 2019 3:29 pm

valeu Vini....

sem graça isso, como eu vou errar com um negócios desses kkkkk

o da hora é errar o acorde e tirar sarro, errar o solo, o repique, a letra

o melhor da musica é essa zueira depois
RBORCARI
RBORCARI
Membro

Mensagens : 618
Localização : Jundiaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Jãozeiro em Seg Out 21, 2019 3:45 pm

NeyBass escreveu:
Jãozeiro escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:
Max Payne escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".

Não importa o tamanho da relevância de quem consome a arte. Se eu desenhar uma casa mal feita num papel, com hidrocor, com cinco ou seis linhas apenas, e afirmar que esse mesmo desenho vale artisticamente o mesmo que a pintura ultra realista de uma paisagem de um artista qualquer, é o cúmulo do relativismo. Mesmo que um maluco qualquer dissesse que eu sou um arista melhor e que meu desenho esta muito mais bem feito que a pintura ultra-realista.

Da mesma maneira, uma bicicleta velha  e enferrujada, sem freio, não pode ser comparada com uma Lamborghini (apesar de eu estar saindo do campo da arte agora).

Sinceramente, coitada da arte. Ela não merece passar por esse tipo de comparação esdrúxula, só por ser arte.....

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Vamos forçar a barra e dizer que eu quebre um ovo numa frigideira e urino nele, e chame isso de arte. ""É arte!"" Beleza...

Comparando essa "arte" com as obras de Michelangelo, quem eu sou? E se eu sou tão ridículo, tão risível como "artista", porque minha ""arte"" ainda deve ser levada À sério? E por que é válido se discutir se minha arte é arte? Qual o propósito de atribuir valor à um ovo cru urinado numa frigideira? Qual a qualidade técnica por trás dessa "arte"? Qual a ideia que quis passar? E se eu inventasse qualquer coisa na hora, e você respeitasse, eu não estaria fazendo os "apreciadores" de palhaços? Então até onde vai todo esse circo de relativização?
Você conhece a "Arte Naif"? Você já observou pinturas ruprestes das culturas pré-históricas? Você entende o desenvolvimento do expressionismo, do cubismo, do abstracionismo, do concretismo e da "pop art" Contemporânea?
Você tem a noção teórico-estética acerca dos parâmetros da Arte Contemporânea e o desenvolvimento histórico da Arte?

Não, a pessoa não tem nada disso. Mas ela bate o pé pra dizer o que é Arte e o que não é, diz com convicção que cultura é "isso" e não "aquilo".

O famoso pedantismo.

Colocaram crianças para alisarem um peladão, e diziam ser arte.  lol!

Não, não foi assim que aconteceu. Você poderia tirar 10 minutos do seu dia para ler sobre o assunto a partir de duas ou três fontes não cristãs para ver o que verdadeiramente aconteceu ali ao invés de emitir uma frase de forma (burra) e sensacionalista (e coincidentemente, cristã) para, como você mesmo disse, "socar pimenta na sopa" e desagregar qualquer progresso na discussão sobre Arte.

NeyBass escreveu:
Vai entender o conceito de arte.

Exatamente. Não interessa se você entende. Aquilo simplesmente é, independente do seu entendimento ou gosto sobre aquilo.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 861
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por allexcosta em Seg Out 21, 2019 3:52 pm

Max Payne escreveu:""Ah,mas tem muitas duplas Sertanejas/Forrozeiras aí em Salvador que tocam Pagode Baiano com VS""

Salvador tem dupla sertaneja agora? scratch
Que estranho...
E porque um grupo de música sertaneja ou de forró tocaria pagode?

Show ao vivo com sequenciador o Cheiro de Amor já fazia em 1992. Não há novidade alguma nisso e, se bem feito, é totalmente imperceptível.

O Calypso, por exemplo, usa tracks de vocais, metais e alguma coisa de percussão e desafio alguém dizer.
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 47206
Localização : Terra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por NeyBass em Seg Out 21, 2019 4:18 pm

Jãozeiro escreveu:
NeyBass escreveu:
Jãozeiro escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:
Max Payne escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".

Não importa o tamanho da relevância de quem consome a arte. Se eu desenhar uma casa mal feita num papel, com hidrocor, com cinco ou seis linhas apenas, e afirmar que esse mesmo desenho vale artisticamente o mesmo que a pintura ultra realista de uma paisagem de um artista qualquer, é o cúmulo do relativismo. Mesmo que um maluco qualquer dissesse que eu sou um arista melhor e que meu desenho esta muito mais bem feito que a pintura ultra-realista.

Da mesma maneira, uma bicicleta velha  e enferrujada, sem freio, não pode ser comparada com uma Lamborghini (apesar de eu estar saindo do campo da arte agora).

Sinceramente, coitada da arte. Ela não merece passar por esse tipo de comparação esdrúxula, só por ser arte.....

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Vamos forçar a barra e dizer que eu quebre um ovo numa frigideira e urino nele, e chame isso de arte. ""É arte!"" Beleza...

Comparando essa "arte" com as obras de Michelangelo, quem eu sou? E se eu sou tão ridículo, tão risível como "artista", porque minha ""arte"" ainda deve ser levada À sério? E por que é válido se discutir se minha arte é arte? Qual o propósito de atribuir valor à um ovo cru urinado numa frigideira? Qual a qualidade técnica por trás dessa "arte"? Qual a ideia que quis passar? E se eu inventasse qualquer coisa na hora, e você respeitasse, eu não estaria fazendo os "apreciadores" de palhaços? Então até onde vai todo esse circo de relativização?
Você conhece a "Arte Naif"? Você já observou pinturas ruprestes das culturas pré-históricas? Você entende o desenvolvimento do expressionismo, do cubismo, do abstracionismo, do concretismo e da "pop art" Contemporânea?
Você tem a noção teórico-estética acerca dos parâmetros da Arte Contemporânea e o desenvolvimento histórico da Arte?

Não, a pessoa não tem nada disso. Mas ela bate o pé pra dizer o que é Arte e o que não é, diz com convicção que cultura é "isso" e não "aquilo".

O famoso pedantismo.

Colocaram crianças para alisarem um peladão, e diziam ser arte.  lol!

Não, não foi assim que aconteceu. Você poderia tirar 10 minutos do seu dia para ler sobre o assunto a partir de duas ou três fontes não cristãs para ver o que verdadeiramente aconteceu ali ao invés de emitir uma frase de forma (burra) e sensacionalista (e coincidentemente, cristã) para, como você mesmo disse, "socar pimenta na sopa" e desagregar qualquer progresso na discussão sobre Arte.

NeyBass escreveu:
Vai entender o conceito de arte.

Exatamente. Não interessa se você entende. Aquilo simplesmente é, independente do seu entendimento ou gosto sobre aquilo.

Hum...por um instante pensei que fosse vc o peladão... lol! lol!
NeyBass
NeyBass
Membro

Mensagens : 4185
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Max Payne em Seg Out 21, 2019 4:27 pm

allexcosta escreveu:Salvador tem dupla sertaneja agora? scratch
Que estranho...
E porque um grupo de música sertaneja ou de forró tocaria pagode?
Não sabia que vc tava tão desatualizado assim, Allex. Não ta morando em Salvador, né? Mas o que mais tem é dupla sertaneja/forrozeira aqui. Na verdade, forro vanerão e sertanejo andam muitos juntos no gosto geral do público. Quem curte Xand(?) Avião tem uma chance extremamente grande de gostar de Henrique e Juliano e por aí vai. Sobre as duplas daqui tocarem pagode baiano: porque o público baiano adora. Andam gostando muito de funk também.

Jãozeiro escreveu:Não, não foi assim que aconteceu. Você poderia tirar 10 minutos do seu dia para ler sobre o assunto a partir de duas ou três fontes não cristãs para ver o que verdadeiramente aconteceu ali ao invés de emitir uma frase de forma (burra) e sensacionalista (e coincidentemente, cristã) para, como você mesmo disse, "socar pimenta na sopa" e desagregar qualquer progresso na discussão sobre Arte.
Desnecessário, intolerante e completamente grosseiro da sua parte isso, amigo. Deve ser do tipo ateu toddynho que quando debate com um cristão culto, com conhecimento teológico, foge do debate e manda "enfiar deus no...".
Se esse comentário fosse À respeito de qualquer outra religião, seria "intolerância religiosa"....
Jãozeiro escreveu:Exatamente. Não interessa se você entende. Aquilo simplesmente é, independente do seu entendimento ou gosto sobre aquilo.
Engraçado. Quando isso se aplica à Deus, aí é "cristão é tudo burro". Incoerência? Nahh....
Jãozeiro escreveu:Sua abordagem sobre arte é 100% conservadora, ultrapassada e dogmática.

Olha aí essa imagem abaixo. A merd@ de um mictório. A pura e simples imagem crua de um negócio em que as pessoas urinam.

Sabia que essa obra mudou o rumo da arte no mundo?
Você não vai entender isso porque pra você arte de verdade é um quadro bonitão com uma pintura agradável, ou o Requiem de Mozart, ou uma letra do Tom Jobim.

Na cabeça de qualquer pessoa normal, a sua incongruência é imensurável. Você mesmo diz que isso é uma m...

Se isso mudou o rumo da arte no mundo, é porque no mundo existe muitos bobalhões. Principalmente a burguesia.

Mauricio Luiz Bertola

Você conhece a "Arte Naif"? Você já observou pinturas ruprestes das culturas pré-históricas? Você entende o desenvolvimento do expressionismo, do cubismo, do abstracionismo, do concretismo e da "pop art" Contemporânea?
Você tem a noção teórico-estética acerca dos parâmetros da Arte Contemporânea e o desenvolvimento histórico da Arte?
Vou colaborar com você para aclarar seus conceitos (se, obviamente você se dispor à isso...), não no sentido de procurar "ditar" normas ou "gostos", mas apenas à guisa de informação mesmo:


Antes de mais nada, acho que já ultrapassamos o período pré-histórico faz um tempinho...

Antes de mais nada (2): você sem querer desvirtuou o que eu falei, meramente ao citar tipos de Pintura artística, porque deu a entender que também não as considero arte.

O relativismo cai como uma luva na arte, porque a arte, apesar de também ser ciência (como na música: teoria musical, leitura musical, estudo de frequências, técnicas de cada instrumento e etc, etc..), ela tem uma fortíssima ligação com o "sentir"; com o absorver. Sem questionar a técnica por trás daquilo e apenas aprecia-la. Ao contrário das demais ciências.

Só que relativismo não define absolutamente nada, apenas questiona, filosofa. Para uma ideia lançada, há outra ideia contrária. A simples ideia de achar que qualquer coisa pode ser arte, ou que toda obra de arte tem igual valor, ignorando completamente a ciência por trás da arte, pode ser contestada por correntes de pensamento diferentes.

No meu entender, quando há uma carência técnica visível, independente de qual tipo de arte seja, que seja mínima, revela desinteresse do artista para com a sua arte. Se há toda essa falta de zelo do artista para com a sua arte, ele por si só não é um artista, e sim um aproveitador. Pois se qualquer coisa pode ser arte, então qualquer um pode ser artista, e qualquer um pode produzir arte, mesmo sem saber o que de fato é arte.

Se eu pegar um copo de vidro e por numa mesa e chamar isso de arte, segundo a sua premissa, quem poderá negar que aquilo é arte? Se me perguntarem "no que você pensou para criar esta obra? Qual a sua real intenção?" Posso muito bem dizer: "vocês não enxergam?! Observem e entenderão!" Daí os apreciadores irão imaginar, teorizar, fantasiar em cima desse copo de vidro vazio sobre a mesa e chegarem à conclusões absurdas e diferenciadas, e fingirão entender a mensagem, para não passarem como incultos.
Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Vazio-um-copo-de-vidro-limpo-esta-sobre-a-mesa-na-sala-de-estar_8119-1327

Então pra mim a arte exige esforço, qualidade técnica, tem seu objetivo artístico relativamente claro (as vezes de entendimento mais raso, outras vezes mais profundo).

Pra mim, tudo além disso ou é um "produto"  para fim puramente consumista (música de baixa qualidade lírica -muitas vezes com conteúdo apelativo- e instrumental) ou então oportunismo e charlatanismo.

Se existe o relativismo na arte, então também posso relativizar e não aceitar que uma determinada arte seja de fato arte. Quanto a qualidade da arte, eu posso sim considerar uma  obra superior à outra sim! Tenho todo o direito.


Última edição por Max Payne em Seg Out 21, 2019 4:56 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Obra/arte)
Max Payne
Max Payne
Membro

Mensagens : 918
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por NeyBass em Seg Out 21, 2019 5:14 pm

Jãozeiro escreveu:
NeyBass escreveu:
Jãozeiro escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:
Max Payne escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:Quanto à (suposta) igualdade desse ou daquele trabalho artístico, isso tem pouca relevância se quem a usufrui, não tem parâmetros para "julgar" (essa palavra aqui é ruim... mas não tenho outra no momento) o "valor artístico".

Não importa o tamanho da relevância de quem consome a arte. Se eu desenhar uma casa mal feita num papel, com hidrocor, com cinco ou seis linhas apenas, e afirmar que esse mesmo desenho vale artisticamente o mesmo que a pintura ultra realista de uma paisagem de um artista qualquer, é o cúmulo do relativismo. Mesmo que um maluco qualquer dissesse que eu sou um arista melhor e que meu desenho esta muito mais bem feito que a pintura ultra-realista.

Da mesma maneira, uma bicicleta velha  e enferrujada, sem freio, não pode ser comparada com uma Lamborghini (apesar de eu estar saindo do campo da arte agora).

Sinceramente, coitada da arte. Ela não merece passar por esse tipo de comparação esdrúxula, só por ser arte.....

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Para quem ela é arte, ou deixa de ser, arte?
Vamos forçar a barra e dizer que eu quebre um ovo numa frigideira e urino nele, e chame isso de arte. ""É arte!"" Beleza...

Comparando essa "arte" com as obras de Michelangelo, quem eu sou? E se eu sou tão ridículo, tão risível como "artista", porque minha ""arte"" ainda deve ser levada À sério? E por que é válido se discutir se minha arte é arte? Qual o propósito de atribuir valor à um ovo cru urinado numa frigideira? Qual a qualidade técnica por trás dessa "arte"? Qual a ideia que quis passar? E se eu inventasse qualquer coisa na hora, e você respeitasse, eu não estaria fazendo os "apreciadores" de palhaços? Então até onde vai todo esse circo de relativização?
Você conhece a "Arte Naif"? Você já observou pinturas ruprestes das culturas pré-históricas? Você entende o desenvolvimento do expressionismo, do cubismo, do abstracionismo, do concretismo e da "pop art" Contemporânea?
Você tem a noção teórico-estética acerca dos parâmetros da Arte Contemporânea e o desenvolvimento histórico da Arte?

Não, a pessoa não tem nada disso. Mas ela bate o pé pra dizer o que é Arte e o que não é, diz com convicção que cultura é "isso" e não "aquilo".

O famoso pedantismo.

Colocaram crianças para alisarem um peladão, e diziam ser arte.  lol!

Não, não foi assim que aconteceu. Você poderia tirar 10 minutos do seu dia para ler sobre o assunto a partir de duas ou três fontes não cristãs para ver o que verdadeiramente aconteceu ali ao invés de emitir uma frase de forma (burra) e sensacionalista (e coincidentemente, cristã) para, como você mesmo disse, "socar pimenta na sopa" e desagregar qualquer progresso na discussão sobre Arte.

NeyBass escreveu:
Vai entender o conceito de arte.

Exatamente. Não interessa se você entende. Aquilo simplesmente é, independente do seu entendimento ou gosto sobre aquilo.

O principal problema na definição do que é arte é o fato de que esta definição varia com o tempo e de acordo com as várias culturas humanas. Devemos, pois, ter em mente que a própria definição de arte é uma construção cultural variável e sem significado constante. Muito do que hoje uma cultura ou grupo chama de arte não era ou não é considerado como tal por culturas ou grupos diferentes daqueles onde foi produzida, e até numa mesma época e numa mesma cultura pode haver múltiplas acepções do que é arte. As sociedades pré-industriais em geral não possuem ou possuíam sequer um termo para designar arte.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Arte

Isso quer dizer que que enfiar um crucifixo no khull pode ser arte pra vc, mas não para muitas pessoas.

Jãozeiro escreveu:Não, não foi assim que aconteceu. Você poderia tirar 10 minutos do seu dia para ler sobre o assunto a partir de duas ou três fontes não cristãs para ver o que verdadeiramente aconteceu ali ao invés de emitir uma frase de forma (burra) e sensacionalista (e coincidentemente, cristã) para, como você mesmo disse, "socar pimenta na sopa" e desagregar qualquer progresso na discussão sobre Arte.
Típico comentário de um preconceituoso, intolerante metido a sabe a tudo.
NeyBass
NeyBass
Membro

Mensagens : 4185
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Rui Lima em Seg Out 21, 2019 6:06 pm

Tá aí para desanuviar.
Para que conste adoro.

https://www.youtube.com/watch?v=yRyBqjtmlyg
Rui Lima
Rui Lima
Membro

Mensagens : 697
Localização : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Out 21, 2019 6:20 pm

NeyBass
Antes de mais nada, acho que já ultrapassamos o período pré-histórico faz um tempinho...
Quer dizer que você não considera Arte aquilo que foi produzido na "Pré-História"?

meramente ao citar tipos de Pintura artística, porque deu a entender que também não as considero arte.
Procurei demonstrar que, ao desconhecer a História e os conceitos teórico-estéticos que norteiam a Arte (e aqui fui específico nas Artes Plásticas), sua concepção do que é ou deixa de ser "Arte" é parcial, limitada. Por conseguinte não passa de gosto pessoal (não tem nada de errado nisso...).
O relativismo cai como uma luva na arte, porque a arte, apesar de também ser ciência (como na música: teoria musical, leitura musical, estudo de frequências, técnicas de cada instrumento e etc, etc..), ela tem uma fortíssima ligação com o "sentir"; com o absorver. Sem questionar a técnica por trás daquilo e apenas aprecia-la. Ao contrário das demais ciências.
Aqui você se contradiz, pois, se existem parâmetros teórico-estéticos na Arte, e você não os conhece, sua afirmação é contraditória, e novamente expressa apenas um gosto pessoal do tipo: "...Aaahh... aquilo é arte, mas eu não gosto...", e repito, não há nada de errado nisso.

Só que relativismo não define absolutamente nada, apenas questiona, filosofa. Para uma ideia lançada, há outra ideia contrária. A simples ideia de achar que qualquer coisa pode ser arte, ou que toda obra de arte tem igual valor, ignorando completamente a ciência por trás da arte, pode ser contestada por correntes de pensamento diferentes.
Aqui você demonstra claramente que não entende o que é Arte, nem Ciência, nem Filosofia, nem sequer "relativismo" (se é que isso existe...). Alguém te falou acerca de "relativismo" (e deu uma conotação negativa à esse conceito), sem que você saiba o que é, sem entender o que é Arte ou Ciência e você "comprou" essa ideia pois coaduna-se com a sua atual "visão-de-mundo" (no sentido amplo do termo). Nenhum problema aqui também...

No meu entender, quando há uma carência técnica visível, independente de qual tipo de arte seja, que seja mínima
Diga-me, como você julga "carência técnica"? que parâmetros você usa para dizer isso? Qual o conhecimento do artista, da arte específica e seu contexto em particular você usa para isso?
Reparou como a sua questão é meramente pessoal. Assim você diria (fazendo uma analogia): "... O Punk Rock não é música, não é Arte, pois os baixistas de Punk Rock não tocam como o Anthony Jackson...", ou: "... Basquiat não é pintura, não é Arte, pois ele não pinta como Leonardo DaVinci...", e por aí vai...

Se eu pegar um copo de vidro e por numa mesa e chamar isso de arte, segundo a sua premissa, quem poderá negar que aquilo é arte?
Sim, no espaço certo, no contexto certo, isso pode SIM ser arte...
Se me perguntarem "no que você pensou para criar esta obra? Qual a sua real intenção?" Posso muito bem dizer: "vocês não enxergam?! Observem e entenderão!" Daí os apreciadores irão imaginar, teorizar, fantasiar em cima desse copo de vidro vazio sobre a mesa e chegarem à conclusões absurdas e diferenciadas, e fingirão entender a mensagem, para não passarem como incultos.
Isso é o que VOCÊ PENSA, pois sim; terás que explicar, contextualizar, inclusive com sua história pessoal e trajetória como artista. E é assim que se faz - até porque, nas mostras e exposições artísticas existe um personagem importante: O Curador da Mostra, alguém que reúne tais trabalhos à partir de um conceito ou objetivo básico da mostra, e não o faz de modo leviano. É assim que funciona na Ciência também. Ninguém publica um livro ou defende uma tese acadêmica com o aval de uma Grande Universidade, do meio acadêmico, porque quer... Há todo um processo, longo e difícil no qual essa obra é avaliada e que incluem parâmetros teórico-metodológicos precisos, e, ao ser convidado para um Congresso ou Simpósio, o cientista em questão não o é porque escreveu um conto de fadas...
É por isso que muitas coisas hoje em dia apresentam-se como "decadentes" aos olhos de alguns. Tais critérios tem que ser respeitados no máximo do possivel...
Mas você coloca uma questão importante: A do "Produto" (seria mais exato dizer Mercadoria). Sim, tanto na Arte como na Ciência critérios mercadológicos são postos em jogo - Tudo no nosso mundo é mercadoria (inclusive você e eu!), e isso produz distorções sobre a Arte e a Ciência. Nesse aspecto concordo com você.
Mauricio Luiz Bertola
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 14763
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por NeyBass em Seg Out 21, 2019 7:04 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:NeyBass
Antes de mais nada, acho que já ultrapassamos o período pré-histórico faz um tempinho...
Quer dizer que você não considera Arte aquilo que foi produzido na "Pré-História"?

Não fui eu quem escreveu Isso, foi o Max.
NeyBass
NeyBass
Membro

Mensagens : 4185
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Out 21, 2019 7:07 pm

NeyBass escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:NeyBass
Antes de mais nada, acho que já ultrapassamos o período pré-histórico faz um tempinho...
Quer dizer que você não considera Arte aquilo que foi produzido na "Pré-História"?

Não fui eu quem escreveu Isso, foi o Max.
É verdade, desculpe...
É que você é "gente-fina" (e ele também...), e eu acabei colocando o seu nome erradamente...
facepalm Ri Muito
Mauricio Luiz Bertola
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 14763
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por NeyBass em Seg Out 21, 2019 7:16 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:
NeyBass escreveu:
Mauricio Luiz Bertola escreveu:NeyBass
Antes de mais nada, acho que já ultrapassamos o período pré-histórico faz um tempinho...
Quer dizer que você não considera Arte aquilo que foi produzido na "Pré-História"?

Não fui eu quem escreveu Isso, foi o Max.
É verdade, desculpe...
É que você é "gente-fina" (e ele também...), e eu acabei colocando o seu nome erradamente...
facepalm Ri Muito

Faz parte hehe. Prossigamos mestre.
Vc tem meu respeito.
NeyBass
NeyBass
Membro

Mensagens : 4185
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Junior Groovador no rock in rio - Página 9 Empty Re: Junior Groovador no rock in rio

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 9 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum