Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

+10
RBORCARI
Maurício_Expressão
Tarcísio Caetano
fheliojr
Ivanov_br
Zubrycky
Bruno da Rosa
Mauricio Luiz Bertola
Cantão
WHead
14 participantes

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead Seg Out 12, 2020 7:22 pm

^O distanciamento social foi necessário, né?
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 2108
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead Seg Nov 02, 2020 10:18 am

O agravamento dos transtornos mentais durante a pandemia.

https://agencia.fapesp.br/o-agravamento-dos-transtornos-mentais-durante-a-pandemia/34505/

40% dos brasileiros sentiram tristeza ou depressão na pandemia.

34% dos fumantes aumentaram o número de cigarros consumidos por dia;
17,6% das pessoas aumentaram o consumo de álcool;
o percentual dos que realizavam atividades físicas semanais caiu de 30,4% para 12,6%;
houve um aumento médio diário de 1 hora e 45 minutos de consumo de TV e 1 hora e 30 minutos de consumo de computador e tablet;

dos entrevistados, 40,4% disseram ter sentimentos de tristeza ou depressão, e 52,6% afirmaram experimentar sentimentos de nervosismo ou ansiedade, muitas vezes ou sempre;

Tais indicadores correlacionam-se com sentimentos associados ao quadro depressivo.

O maior impacto na saúde mental ocorreu nos adultos jovens, nas mulheres e nas pessoas com antecedente de depressão.

Ainda:
62,1% das pessoas tiveram sua renda diminuída ou ficaram sem renda.

Fonte: "ConVid Comportamentos”: parceria da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), e coordenada por Marilisa Barros, professora titular de epidemiologia da FCM-Unicamp (Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas) na Unicamp. A pesquisa foi realizada via web, entre 24 de abril e 24 de maio deste ano, e alcançou 45.161 brasileiros, de todas as unidades da Federação, 11.863 deles do Estado de São Paulo.

Ciclo ILP - FAPESP, Depressão, Saúde Mental e Pandemia - 26/10/2020

WHead
WHead
Membro

Mensagens : 2108
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead Qui Dez 17, 2020 2:49 pm

Depressão e Ansiedade entre trabalhadores essenciais do Brasil e da Espanha durante a Pandemia de Covid-19: uma pesquisa pela Web.

https://preprints.jmir.org/preprint/22835/accepted

Sintomas de ansiedade e depressão afetam 47,3% dos trabalhadores de serviços essenciais durante a pandemia de Covid-19, no Brasil e na Espanha.

Mais da metade deles — e 27,4% do total de entrevistados — sofre de ansiedade e depressão ao mesmo tempo.

Além disso, 44,3% têm abusado de bebidas alcoólicas; 42,9% sofreram mudanças nos hábitos de sono; e 30,9% foram diagnosticados ou se trataram de doenças mentais.

Os resultados referem-se a pesquisa feita pela web no início da pandemia na Espanha (entre 15 de abril e 15 de maio) e no Brasil (entre 20 de abril e 20 de maio), contabilizando 22.876 questionários preenchidos. Da amostra total, pouco mais de 16% (3.745) eram trabalhadores em serviços essenciais (principal foco do estudo), sendo 2.842 (76%) brasileiros e 903 (24%) espanhóis.

Depressão e ansiedade são maiores entre os trabalhadores de serviços essenciais do Brasil, atingindo 55% do total, em relação aos mesmos trabalhadores na Espanha (23%).

Na época da pesquisa, a Espanha passava por seu pior momento da epidemia e esperava-se um resultado contrário.
A hipótese mais provável: o desemprego e ameaça de desemprego.
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 2108
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

latajacydziobak gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead Qua Dez 23, 2020 9:57 am

Um questionário conduzido pela Alzheimer's Society, metade dos familiares afirmou que a memória de seus entes queridos piorou depois que eles começaram a viver mais isolados.

https://www.alzheimers.org.uk/sites/default/files/2020-08/The_Impact_of_COVID-19_on_People_Affected_By_Dementia.pdf

Agora, a Universidade da Califórnia em Irvine, nos EUA, está começando a fazer uma pesquisa sobre como o lockdown afetou a memória das pessoas.

Existem, é claro, vários tipos diferentes de memória. Esquecer o que você pretendia comprar é diferente de esquecer o nome de alguém ou o que você fez na quarta-feira passada. Mas pesquisas sobre como a memória funciona apontam várias maneiras pelas quais o ambiente restrito imposto pela pandemia poderia estar impactando-a. E o fator mais óbvio é o isolamento - para aqueles com doença de Alzheimer, os níveis de solidão podem até afetar o curso da doença.

Mesmo que a gente não se sinta angustiado com a redução do contato humano, muitos de nós ainda estamos vendo menos pessoas do que o normal. Quando temos a chance de conversar, também temos menos histórias para contar - e a socialização online não serve como substituta.

Mas há algo além da falta de socialização. Muitas pessoas mencionam agora uma sensação de ansiedade. Mesmo que você agradeça a sorte que tem, já que outros estão em situação pior, pode ser difícil se livrar da sensação de que o mundo se tornou um lugar mais incerto.

A University College London (UCL) identificou no Reino Unido que embora os níveis de ansiedade tenham atingido o pico quando o lockdown começou e tenham diminuído gradualmente, a média permaneceu mais alta do que em tempos normais, especialmente em pessoas que são jovens, moram sozinhas, vivem com filhos, se mantém com baixa renda ou habitam áreas urbanas.

O Escritório de Estatísticas Nacionais do Reino Unido identificou que as taxas de depressão dobraram.

Tanto a depressão quanto a ansiedade têm impacto na memória.

Há ainda uma fadiga generalizada, que também não ajuda nossas memórias.

Mas há coisas que podemos fazer a respeito: dar uma caminhada, especialmente em ruas que não nos são familiares, vai trazer a atenção de volta ao cérebro, mesmo se mexer faz diferença. Você precisa estar sentado à sua mesa em todas as reuniões? Se for um telefonema, será que você não pode andar pela rua conversando? Garantir que os dias da semana e os fins de semana sejam diferentes o suficiente para não se fundirem em um só, pode ajudar com as distorções que nossa nova vida pode ter em nossa percepção do tempo. Adicionar mais diversidade e criatividade às nossas vidas, encontrar uma atividade completamente nova dentro de casa e depois contar a alguém sobre ela para ajudá-lo a se lembrar melhor. Refletir deliberadamente sobre o seu dia todas as noites também pode contribuir para consolidar suas memórias, manter diários com suas impressões e rotinas - vale até adicionar lembretes e listas no celular que motivem a atividade cerebral.

https://www.bbc.com/portuguese/vert-fut-55174033

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Captur64
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 2108
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por Convidado Dom Jan 10, 2021 7:16 pm

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Captu137

Convidado
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead Ter Jan 12, 2021 10:15 am

200 mil profissionais da saúde e 8 mil pessoas de outras áreas responderam a um questionário online da UFMG em parceria com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), Associação Brasileira de Impulsividade e Patologia Dual (ABIPD), Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), Universidade do Texas e Mackenzie, tentando identificar qual o impacto da pandemia na saúde mental da população.

https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2020/06/01/impactos-da-pandemia-na-saude-da-populacao-brasileira-e-tema-de-pesquisa-da-ufmg.ghtml

A intenção é que os resultados do levantamento possam embasar políticas públicas para os cuidados com a saúde mental.

O primeiro dado extraído foi o aumento da sensação de estresse da população em geral.

O medo de transmitir a doença para pessoas queridas foi o que mais apavorou a nossa população.

"As pessoas estavam com tanto medo que elas muitas vezes tinham sintomas, às vezes sem estar com a infecção, inferindo por somatização que poderiam estar com a doença. Quanto mais tempo a pessoa fica isolada, sob ameaça, pior é em termos de saúde mental. A gente espera uma piora do estado de saúde mental nessa segunda fase", concluiu Débora Marques de Miranda, professora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), à frente do estudo.

https://www.medicina.ufmg.br/pesquisadores-estudam-impactos-na-saude-mental-apos-meses-de-pandemia/

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Captur66
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 2108
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por Fernando Zadá Qua Mar 17, 2021 6:37 pm

Não sei nem se é o melhor lugar pra divulgar aqui mas já faz mais de uma semana que o cara esta vendendo uma rifa de um 6 cordas e a história do cara em comoveu acabei comprando um número para ajudar e já avisei que no meu caso se ganhar o baixo fica de presente pra ele mas de qualquer forma é uma oportunidade de ajudar ou quem sabe ganhar um baixo num valor simbólico.


https://botanarifa.com/baixoibanez6cordas?fbclid=IwAR39critb3xij9vBPZDGGSkCjRc_5uStRy6Yb0mzhGmsLjz03HdRWUOxFFY

Gustavo FolignoCLUBE DO BAIXISTA
1 h ·
PEDIDO DE UM PAI DESESPERADO.
Ola amigos baixistas, muitos de vcs já conhecem minha história e alguns já contribuíram para me ajudar.
Pra quem não me conhece, sou Gustavo, trabalhava como cozinheiro quando chegou a pandemia e todos do restaurante foram demitidos, eu com dois filhos, na época uma menina de 2 meses e um menino de 2 anos.
Então iniciei minha fabricação de empadas e vendendo na rua, mas o dinheiro q tem entrado tá sendo suficiente somente para não deixar meus filhos com fome e remédio quando dá, roupas tenho ganhado de doações, não sobrou nem para as contas de luz e água, só de luz q é minha maior preocupação está em quase 2 mil reais.
Por isso fiz a rifa do meu sonho, q é um baixo ibanez 6 cordas melhorado ativo e passivo.
Sei q está difícil para todo mundo porém aqui no grupo somos 45 MIL MEMBROS, se desses 45 mil MEMBROS apenas 84 membros me ajudar comprando uma rifa para completar os números q faltam, vcs estarão contribuindo para poder quitar essas dúvidas e sair do sufoco, pois não sei o que vai ser se não conseguir pagar.
Caso queira me ajudar contribuindo com algum valor, podem fazer um PIX para o CPF 08818571737 ou transferência para poupançamais Caixa Agência 4373. Operação 013. Conta 869965837-9 e para quem quiser me ajudar comprando um número de rifa pode ser direto no link https://botanarifa.com/baixoibanez6cordas
.
Para uma pessoa é difícil, mais se juntarmos todos nós conseguimos.
Desde já agradeço a todos
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 13796

gloliveira gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por gloliveira Sab Mar 20, 2021 8:11 am

Fernando Zadá escreveu:Não sei nem se é o melhor lugar pra divulgar aqui mas já faz mais de uma semana que o cara esta vendendo uma rifa de um 6 cordas e a história do cara em comoveu acabei comprando um número para ajudar e já avisei que no meu caso se ganhar o baixo fica de presente pra ele mas de qualquer forma é uma oportunidade de ajudar ou quem sabe ganhar um baixo num valor simbólico.


https://botanarifa.com/baixoibanez6cordas?fbclid=IwAR39critb3xij9vBPZDGGSkCjRc_5uStRy6Yb0mzhGmsLjz03HdRWUOxFFY

Gustavo FolignoCLUBE DO BAIXISTA
1 h  ·
PEDIDO DE UM PAI DESESPERADO.
Ola amigos baixistas, muitos de vcs já conhecem minha história e alguns já contribuíram para me ajudar.
Pra quem não me conhece, sou Gustavo, trabalhava como cozinheiro quando chegou a pandemia e todos do restaurante foram demitidos, eu com dois filhos, na época uma menina de 2 meses e um menino de 2 anos.
Então iniciei minha fabricação de empadas e vendendo na rua, mas o dinheiro q tem entrado tá sendo suficiente somente para não deixar meus filhos com fome e remédio quando dá, roupas tenho ganhado de doações, não sobrou nem para as contas de luz e água, só de luz q é minha maior preocupação está em quase 2 mil reais.
Por isso fiz a rifa do meu sonho, q é um baixo ibanez 6 cordas melhorado ativo e passivo.
Sei q está difícil para todo mundo porém aqui no grupo somos 45 MIL MEMBROS, se desses 45 mil MEMBROS apenas 84 membros me ajudar comprando uma rifa para completar os números q faltam, vcs estarão contribuindo para poder quitar essas dúvidas e sair do sufoco, pois não sei o que vai ser se não conseguir pagar.
Caso queira me ajudar contribuindo com algum valor, podem fazer um PIX para o CPF 08818571737 ou transferência para poupançamais Caixa Agência 4373.  Operação 013.  Conta 869965837-9 e para quem quiser me ajudar comprando um número de rifa pode ser direto no link https://botanarifa.com/baixoibanez6cordas
.
Para uma pessoa é difícil, mais se juntarmos todos nós conseguimos.
Desde já agradeço a todos

Valeu Zadá pelo toque.

Ajudei com um número também e farei a mesma coisa que você caso ganhe (acho difícil, nunca ganhei nada).

Faltam 43 números para terminar.

gloliveira
gloliveira
Membro

Mensagens : 463
Localização : San Vicente, mas não a de Milton Nascimento

Fernando Zadá gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por Fernando Zadá Sab Mar 20, 2021 10:16 am

Show!!
é acaba sendo um lance que pra quem quer colaborar pode ser a chance de ajudar e ainda de quebra pegar um baixo num custo baixíssimo caso ganhe. Eu como não faria nada útil prefiro deixar pro cara mesmo.
E antes que alguém fale que rifa é difícil ganhar temos um amigo daqui que ganhou um Sx 5 cordas numa dessas rifas do instagram...
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 13796

gloliveira gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead Seg Abr 26, 2021 12:09 pm

Buscar ajuda profissional de um psicólogo ou de um psiquiatra é fundamental em momentos de crise pessoal. E a saúde mental da população se agravou com os efeitos da pandemia, percebidos em diversas áreas.

Pesquisa inédita divulgada pelo Ministério da Saúde mostra que quase 30% dos brasileiros procuraram ajuda profissional por questões relacionadas à saúde mental entre agosto e outubro do ano passado. Por outro lado, 34,2% não chegaram a procurar ajuda, mas gostariam de tê-la. As causas: apoio psicológico para lidar com a ansiedade (78%) e o estresse (51,9%).

Veja onde buscar atendimento psicológico on-line, gratuito ou pagando 'valor social'.

https://g1.globo.com/bemestar/viva-voce/noticia/2021/04/25/veja-onde-buscar-atendimento-psicologico-on-line-gratuito-ou-pagando-valor-social.ghtml

____________________________
"De cada qual, segundo sua capacidade; a cada qual, segundo suas necessidades."
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 2108
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead Ter Ago 31, 2021 11:46 am

Covid-19 deve acelerar epidemia de demência no mundo.

https://www.bbc.com/portuguese/geral-58312525

Já existe uma epidemia de demência no mundo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), há hoje 50 milhões de pessoas vivendo com demência no planeta, e esse número deve ultrapassar 150 milhões em 2050. A triste novidade é que a pandemia de covid-19 deve provocar um aumento nesses índices.

O ser humano é um animal social, não foi programado para viver em isolamento. A obrigação de nos isolarmos causa grande estresse. Na população idosa as reservas cognitivas (um "banco" de ideias, conhecimentos, saberes e afetos que acumulamos ao longo da vida - e que quanto mais acumulamos mais temos recursos para resistir quando uma doença degenerativa se instala no nosso cérebro) são mais frágeis, podem ser "gastas" muito mais rapidamente.

Vários idosos que estavam bem, porque caminhavam, faziam fisioterapia, faziam pilates, pararam por causa do isolamento. Frequentemente esses pacientes se descompensam do ponto de vista neuropsiquiátrico.

É preciso proteger idosos e outros grupos vulneráveis dos seus efeitos negativos com o estimulo cognitivo, o exercício físico e o convívio mesmo que digital.

Fábio Porto, neurologista especializado em demência e professor da Universidade São Camilo que trabalha voluntariamente na Associação Brasileira de Alzheimer e Outras Demências (ABRAz), diz que para lidarmos melhor com a demência, todos teremos de aprender mais sobre ela - psicoeducação: lidar de maneira não farmacológica com pessoas que têm distúrbios de comportamento.

Existe qualidade de vida, mesmo com demência.

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Covid10

____________________________
"De cada qual, segundo sua capacidade; a cada qual, segundo suas necessidades."
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 2108
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por fheliojr Ter Ago 31, 2021 11:05 pm

^ Um só ano de isolamento social é suficiente para tanta perda de reserva cognitiva em idosos? Sei não...

____________________________
BBB 22 - Bring Bertola Back in 2022
fheliojr
fheliojr
Membro

Mensagens : 11514
Localização : Fortaleza-CE

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead Ter Set 21, 2021 11:51 am

Pandemia afetou a saúde mental de quatro em cada dez brasileiros, diz pesquisa.
https://www.cnnbrasil.com.br/saude/pandemia-afetou-a-saude-mental-de-quatro-em-cada-dez-brasileiros-diz-pesquisa/

De cada 10 indivíduos, pelo menos quatro relataram problemas psicológicos como ansiedade ou depressão desde o início da crise do coronavírus.
Os dados também mostram que as mulheres são mais atingidas que os homens, representando 53%. Já quando o corte é por faixa etária, os jovens entre 16 e 21 anos são os que mais sofrem, sendo 56%.

A pesquisa foi realizada em agosto, com mais de duas mil pessoas em cinco macrorregiões brasileiras. O estudo foi encomendado por uma empresa farmacêutica em parceria com a Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (Abrata).

____________________________
"De cada qual, segundo sua capacidade; a cada qual, segundo suas necessidades."
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 2108
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Ir para o topo Ir para baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos