Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead em Seg Out 12, 2020 7:22 pm

^O distanciamento social foi necessário, né?
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1682
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead em Seg Nov 02, 2020 10:18 am

O agravamento dos transtornos mentais durante a pandemia.

https://agencia.fapesp.br/o-agravamento-dos-transtornos-mentais-durante-a-pandemia/34505/

40% dos brasileiros sentiram tristeza ou depressão na pandemia.

34% dos fumantes aumentaram o número de cigarros consumidos por dia;
17,6% das pessoas aumentaram o consumo de álcool;
o percentual dos que realizavam atividades físicas semanais caiu de 30,4% para 12,6%;
houve um aumento médio diário de 1 hora e 45 minutos de consumo de TV e 1 hora e 30 minutos de consumo de computador e tablet;

dos entrevistados, 40,4% disseram ter sentimentos de tristeza ou depressão, e 52,6% afirmaram experimentar sentimentos de nervosismo ou ansiedade, muitas vezes ou sempre;

Tais indicadores correlacionam-se com sentimentos associados ao quadro depressivo.

O maior impacto na saúde mental ocorreu nos adultos jovens, nas mulheres e nas pessoas com antecedente de depressão.

Ainda:
62,1% das pessoas tiveram sua renda diminuída ou ficaram sem renda.

Fonte: "ConVid Comportamentos”: parceria da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), e coordenada por Marilisa Barros, professora titular de epidemiologia da FCM-Unicamp (Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas) na Unicamp. A pesquisa foi realizada via web, entre 24 de abril e 24 de maio deste ano, e alcançou 45.161 brasileiros, de todas as unidades da Federação, 11.863 deles do Estado de São Paulo.

Ciclo ILP - FAPESP, Depressão, Saúde Mental e Pandemia - 26/10/2020

WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1682
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead em Qui Dez 17, 2020 2:49 pm

Depressão e Ansiedade entre trabalhadores essenciais do Brasil e da Espanha durante a Pandemia de Covid-19: uma pesquisa pela Web.

https://preprints.jmir.org/preprint/22835/accepted

Sintomas de ansiedade e depressão afetam 47,3% dos trabalhadores de serviços essenciais durante a pandemia de Covid-19, no Brasil e na Espanha.

Mais da metade deles — e 27,4% do total de entrevistados — sofre de ansiedade e depressão ao mesmo tempo.

Além disso, 44,3% têm abusado de bebidas alcoólicas; 42,9% sofreram mudanças nos hábitos de sono; e 30,9% foram diagnosticados ou se trataram de doenças mentais.

Os resultados referem-se a pesquisa feita pela web no início da pandemia na Espanha (entre 15 de abril e 15 de maio) e no Brasil (entre 20 de abril e 20 de maio), contabilizando 22.876 questionários preenchidos. Da amostra total, pouco mais de 16% (3.745) eram trabalhadores em serviços essenciais (principal foco do estudo), sendo 2.842 (76%) brasileiros e 903 (24%) espanhóis.

Depressão e ansiedade são maiores entre os trabalhadores de serviços essenciais do Brasil, atingindo 55% do total, em relação aos mesmos trabalhadores na Espanha (23%).

Na época da pesquisa, a Espanha passava por seu pior momento da epidemia e esperava-se um resultado contrário.
A hipótese mais provável: o desemprego e ameaça de desemprego.
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1682
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Henri-Q gosta desta mensagem

Voltar ao Topo Ir em baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead em Qua Dez 23, 2020 9:57 am

Um questionário conduzido pela Alzheimer's Society, metade dos familiares afirmou que a memória de seus entes queridos piorou depois que eles começaram a viver mais isolados.

https://www.alzheimers.org.uk/sites/default/files/2020-08/The_Impact_of_COVID-19_on_People_Affected_By_Dementia.pdf

Agora, a Universidade da Califórnia em Irvine, nos EUA, está começando a fazer uma pesquisa sobre como o lockdown afetou a memória das pessoas.

Existem, é claro, vários tipos diferentes de memória. Esquecer o que você pretendia comprar é diferente de esquecer o nome de alguém ou o que você fez na quarta-feira passada. Mas pesquisas sobre como a memória funciona apontam várias maneiras pelas quais o ambiente restrito imposto pela pandemia poderia estar impactando-a. E o fator mais óbvio é o isolamento - para aqueles com doença de Alzheimer, os níveis de solidão podem até afetar o curso da doença.

Mesmo que a gente não se sinta angustiado com a redução do contato humano, muitos de nós ainda estamos vendo menos pessoas do que o normal. Quando temos a chance de conversar, também temos menos histórias para contar - e a socialização online não serve como substituta.

Mas há algo além da falta de socialização. Muitas pessoas mencionam agora uma sensação de ansiedade. Mesmo que você agradeça a sorte que tem, já que outros estão em situação pior, pode ser difícil se livrar da sensação de que o mundo se tornou um lugar mais incerto.

A University College London (UCL) identificou no Reino Unido que embora os níveis de ansiedade tenham atingido o pico quando o lockdown começou e tenham diminuído gradualmente, a média permaneceu mais alta do que em tempos normais, especialmente em pessoas que são jovens, moram sozinhas, vivem com filhos, se mantém com baixa renda ou habitam áreas urbanas.

O Escritório de Estatísticas Nacionais do Reino Unido identificou que as taxas de depressão dobraram.

Tanto a depressão quanto a ansiedade têm impacto na memória.

Há ainda uma fadiga generalizada, que também não ajuda nossas memórias.

Mas há coisas que podemos fazer a respeito: dar uma caminhada, especialmente em ruas que não nos são familiares, vai trazer a atenção de volta ao cérebro, mesmo se mexer faz diferença. Você precisa estar sentado à sua mesa em todas as reuniões? Se for um telefonema, será que você não pode andar pela rua conversando? Garantir que os dias da semana e os fins de semana sejam diferentes o suficiente para não se fundirem em um só, pode ajudar com as distorções que nossa nova vida pode ter em nossa percepção do tempo. Adicionar mais diversidade e criatividade às nossas vidas, encontrar uma atividade completamente nova dentro de casa e depois contar a alguém sobre ela para ajudá-lo a se lembrar melhor. Refletir deliberadamente sobre o seu dia todas as noites também pode contribuir para consolidar suas memórias, manter diários com suas impressões e rotinas - vale até adicionar lembretes e listas no celular que motivem a atividade cerebral.

https://www.bbc.com/portuguese/vert-fut-55174033

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Captur64
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1682
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por Henri-Q em Dom Jan 10, 2021 7:16 pm

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Captu137
Henri-Q
Henri-Q
Membro

Mensagens : 2518
Localização : Sampa City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por WHead em Ter Jan 12, 2021 10:15 am

200 mil profissionais da saúde e 8 mil pessoas de outras áreas responderam a um questionário online da UFMG em parceria com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), Associação Brasileira de Impulsividade e Patologia Dual (ABIPD), Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), Universidade do Texas e Mackenzie, tentando identificar qual o impacto da pandemia na saúde mental da população.

https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2020/06/01/impactos-da-pandemia-na-saude-da-populacao-brasileira-e-tema-de-pesquisa-da-ufmg.ghtml

A intenção é que os resultados do levantamento possam embasar políticas públicas para os cuidados com a saúde mental.

O primeiro dado extraído foi o aumento da sensação de estresse da população em geral.

O medo de transmitir a doença para pessoas queridas foi o que mais apavorou a nossa população.

"As pessoas estavam com tanto medo que elas muitas vezes tinham sintomas, às vezes sem estar com a infecção, inferindo por somatização que poderiam estar com a doença. Quanto mais tempo a pessoa fica isolada, sob ameaça, pior é em termos de saúde mental. A gente espera uma piora do estado de saúde mental nessa segunda fase", concluiu Débora Marques de Miranda, professora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), à frente do estudo.

https://www.medicina.ufmg.br/pesquisadores-estudam-impactos-na-saude-mental-apos-meses-de-pandemia/

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Captur66
WHead
WHead
Membro

Mensagens : 1682
Localização : Jacareí-SP

https://whiskyheads.bandcamp.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID. - Página 2 Empty Re: Um pouco de humanidade e altruísmo para tempos de crise. Efeito COVID.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum