Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Contrabaixo e metal

+10
brunojqueiroz
Jãozeiro
HenriqueBessa
JAZZigo
Cantão
allexcosta
Zubrycky
jgs
fheliojr
Baden
14 participantes

Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Contrabaixo e metal

Mensagem por Baden Ter Ago 31, 2021 8:47 pm

Salve meus consagrados 
Queria começar uma pequena conversa sobre o contrabaixo no metal. Aos 14 anos tive um contrabaixo e toquei com uns amigos covers de metal. Vendi aos 16 e continuei tocando violão clássico até agora. Hoje aos 28 comprei outro baixo e tô buscando ouvir bastante músicas com Groove que não ouvia antes.

Daí me veio a percepção: o metal dominou a guitarra completamente mas se esqueceu de elaborar o baixo.

O que acham?

Baden
Membro

Mensagens : 10
Localização : Pernambuco

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por fheliojr Ter Ago 31, 2021 11:07 pm

O rock, como um todo, foi um estilo musical que se desenvolveu em torno da linguagem da guitarra.

____________________________
BBB 22 - Bring Bertola Back in 2022
fheliojr
fheliojr
Membro

Mensagens : 11511
Localização : Fortaleza-CE

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por jgs Qua Set 01, 2021 2:42 am

Baden escreveu:Salve meus consagrados 
Queria começar uma pequena conversa sobre o contrabaixo no metal. Aos 14 anos tive um contrabaixo e toquei com uns amigos covers de metal. Vendi aos 16 e continuei tocando violão clássico até agora. Hoje aos 28 comprei outro baixo e tô buscando ouvir bastante músicas com Groove que não ouvia antes.

Daí me veio a percepção: o metal dominou a guitarra completamente mas se esqueceu de elaborar o baixo.

O que acham?

pode não ser o estilo musical como um todo que estagnou nesse ponto, apenas as bandas que vc ouviu/teve como referência.

e isso possivelmente vale pra qquer estilo musical.

duas músicas de metal que eu gosto justamente por achar o baixo um tanto quanto fora da curva:




____________________________
Tiệng hô xuất trận
jgs
jgs
Membro

Mensagens : 2712
Localização : 武漢

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Zubrycky Qua Set 01, 2021 2:07 pm

Depende da banda. Há aquelas nas quais o baixo geralmente dobra a guitarra e outras nas quais o baixo complementa a guitarra com linhas melódicas. Quando a música é feita em cima de riffs, geralmente todos os instrumentos de corda tocam os riffs. Depende...

Também há a questão do estilo da banda. Em cada um deles, assim como em qualquer estilo musical, há um papel específico - determinado pela tradição inerente ao estilo em questão - que se espera que o baixo cumpra. Isso sem contar as gravações e mixagens, que nem sempre dão destaque para o baixo.


Última edição por Zubrycky em Qua Set 01, 2021 2:13 pm, editado 1 vez(es)
Zubrycky
Zubrycky
Membro

Mensagens : 16403
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por allexcosta Qua Set 01, 2021 2:11 pm

Só eu que não entendi a dúvida inicial?

____________________________
A essa altura do campeonato não é mais questão de opinião, mas sim, de caráter...
Rico
allexcosta
allexcosta
Administrador

Mensagens : 51683
Localização : Terra

vinibassplayer gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Cantão Qua Set 01, 2021 3:32 pm

allexcosta escreveu:Só eu que não entendi a dúvida inicial?
Também fiquei na dúvida aqui.

____________________________
Bem-vindo ao Fórum ContrabaixoBR - Favor ler as regras clicando aqui

“Nenhuma quantidade de evidência irá persuadir um idiota”
(Mark Twain)
Cantão
Cantão
Moderador

Mensagens : 20734
Localização : Bauru

vinibassplayer gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por JAZZigo Qua Set 01, 2021 4:40 pm

Cantão escreveu:
allexcosta escreveu:Só eu que não entendi a dúvida inicial?
Também fiquei na dúvida aqui.
[3]

____________________________
"Odeio o ouvinte de memória fiel demais." (Erasmus, 1466-1536)
Avatar: Aria Pro II JPJ-3 Diamond Series Rock Device Bass (Made in Japan by Matsumoku Industrial Co. Ltd. - 1986)
JAZZigo
JAZZigo
Membro

Mensagens : 14963
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por HenriqueBessa Qua Set 01, 2021 6:38 pm

Baden escreveu:
Daí me veio a percepção: o metal dominou a guitarra completamente mas se esqueceu de elaborar o baixo.

O que acham?

Olha... embora o metal seja tratado e torno da guitarra, o baixo sempre teve seu papel e há muitos que se destacam, como o Steve Harris, Steve DiGiorgio, David Ellefson, Cliff Burton, Felipe Adreoli, Tim Commerford, Muzz Skillings, Jim Sheppard, Dan Lilker, Robert Trujillo, Billy Sheehan e por aí vai... acho que é só questão do que vc ouve...

HenriqueBessa
HenriqueBessa
Membro

Mensagens : 1952
Localização : Niterói - Rio de Janeiro

https://henriquebessa.blogspot.com.br/

Zubrycky e brunojqueiroz gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Jãozeiro Qua Set 01, 2021 10:25 pm

^ Mas muitos desses baixistas são notados justamente por baixistas, não pelos fãs gerais. Fãs de Megadeth ligam um milhão de vezes mais para as guitarras do que para o que o Ellefson faz (fazia, né). O Trujillo era baixista do Ozzy, ninguém nem ligava pra o que ele tava fazendo quando se tinha um Zakk Wylde do outro lado do palco.

Mesmo o Andreoli no Angra, apesar da dificuldade extrema que é tocar aquelas músicas no baixo ele é mais notado apenas pelos baixistas, o fã geral da banda lembra dele por último, e em poucas músicas o baixo dele tá na mix do jeito que mereceria, enquanto um monte de guitarra base dobrada e metralhadora de bumbo duplo estão sempre lá, nítidos. Questão de prioridades do gênero e estilo. Ele próprio disse uma vez no Instagram (respondendo aos stories) que o metal não privilegia o baixo. E é verdade. 

A gente vai notar mais porque somos baixistas, e mesmo assim são poucos que ganham destaque na mix e chamam a atenção fora do escopo do público baixista. São minoria, geralmente vocalistas ou líderes da banda.

John Myung mesmo, toca muito mas é só uma sombra no Dream Theater, em que o Petrucci escreve as linhas, entrega pra ele e diz: dobra aí uma oitava abaixo.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 2463
Localização : São Paulo

brunojqueiroz gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por jgs Qui Set 02, 2021 8:10 am

Jãozeiro escreveu:John Myung mesmo, toca muito mas é só uma sombra no Dream Theater, em que o Petrucci escreve as linhas, entrega pra ele e diz: dobra aí uma oitava abaixo.

eu conheço o dt um pouco mais a fundo e nem sempre foi desse jeito não. entretanto eu, ahn, sei de umas paradas do myung um pouco mais a fundo (algumas eu sei de ter tido contato com ele nos momentos dos meet and greet com a banda)... ele é um cara extremamente reservado, extremamente na dele, e isso se reflete no que sai dele pra banda. historicamente ele contribuiu pouco com composições "do zero", e contribuiu moderadamente com letras das músicas ("learning to live" é letra do myung, por exemplo).

mas de uns tempos pra cá é bem isso, os principais compositores de coisas são o petrucci e o rudess. inclusive aquele disco horroroso chamado "the astonishing" (amo a banda, abomino esse disco) é 100% petrucci/rudess. felizmente o "distance over time" (que é aquele disco que tá tão bom que dá pra dizer "o campeão voltou") é bem mais descentralizado em termos de composição, e foi o primeiro disco do dt onde o mike mangini realmente pôde ser ele mesmo. vamos ver esse novo aí que tá pra sair, até agora só divulgaram uma música e eu achei bem mais ou menos.

"fun fact": o music man bongo signature do myung é um baixo de 6c mas que tem um braço de 5c adaptado (e isso explica o espaçamento entre as cordas ser tão estreito).


____________________________
Tiệng hô xuất trận
jgs
jgs
Membro

Mensagens : 2712
Localização : 武漢

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Jãozeiro Qui Set 02, 2021 9:54 am

ˆ Isso o que você disse da personalidade foi pontual. Quando o cara não tem voz na banda isso acaba refletindo na produção dos discos.

Vocês que como eu curtem metal escutaram o Vera Cruz, novo disco do Edu Falaschi? Os timbres de guitarra desse disco estão consideravelmente melhores do que tudo que já foi feito de guitarra no Angra (falando de timbre). A mix do disco de um modo geral tá muito mais clara e nítida do que o Temple of Shadows, a obra prima do Angra. O bumbo tá uma metralhadora super definida. Alguém escutou baixo nesse disco? Na faixa Land Ahoy (a melhor do disco) tem um baixo fretless no verso que aparece bem, e só. No resto não existe baixo. Coincidentemente as estrelas da banda do Edu são o guitarrista Roberto Barros e o batera Aquiles Priester. O baixista Raphael Dafras parece que tá de favor na banda, percebe-se que ele não tem voz e autoridade nenhuma ali. Jamais que vão fazer isso com Steve Harris, que é o criador do Iron Maiden, por exemplo. 

Por isso que sempre defendo o Flea. Tudo bem, é um outro gênero musical, um outro estilo, mas esse cara fez mais pelo baixo do que esse meio mundo de baixistas de metal que ninguém liga. "Ah, mas eu conheço e reconheço o trabalho deles". OK, mas eu pergunto, responda com sinceridade: você reconheceria o trabalho deles se não fosse baixista? 

Não acho que o Baden (criador do tópico) esteja usando as referências erradas, escutando as bandas erradas, acho que ele está apenas se colocando numa posição fora do "eu, baixista" e expondo uma realidade simples de se ver: o baixo tá em segundo, ou em terceiro, ou em quarto plano no metal, de modo geral. Eu continuo curtindo metal, você também. Tá tudo certo, a estética do gênero é essa. Só é complicado tentar ficar provando o contrário.

Voltando ao Flea, que muita gente adora criticar, e tudo bem (Juninho Sampaio, hahaha): Red Hot Chili Peppers encantou uma geração com aquele baixo dando porrada na cara do ouvinte sem pedir permissão. Uma leva de molecada desavisada descobriu o baixo e a coisa legal e envolvente do groove por causa desse cara. E eles sabem que esse baixo não existe em outros roques por aí.
RHCP tem esse diferencial no rock = um baixão nervoso e presente. OK, ok, é um outro tipo de rock, mas tô querendo dizer que não se trata de baixistas prestando atenção ao baixo da música, se trata de ouvintes gerais pirando no baixo das músicas da banda, coisa que não existe no metal.
Jãozeiro
Jãozeiro
Membro

Mensagens : 2463
Localização : São Paulo

Guga Ramone, heenrique_bass e brunojqueiroz gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por brunojqueiroz Qui Set 02, 2021 11:44 am

Jãozeiro escreveu:ˆ Isso o que você disse da personalidade foi pontual. Quando o cara não tem voz na banda isso acaba refletindo na produção dos discos.

Vocês que como eu curtem metal escutaram o Vera Cruz, novo disco do Edu Falaschi? Os timbres de guitarra desse disco estão consideravelmente melhores do que tudo que já foi feito de guitarra no Angra (falando de timbre). A mix do disco de um modo geral tá muito mais clara e nítida do que o Temple of Shadows, a obra prima do Angra. O bumbo tá uma metralhadora super definida. Alguém escutou baixo nesse disco? Na faixa Land Ahoy (a melhor do disco) tem um baixo fretless no verso que aparece bem, e só. No resto não existe baixo. Coincidentemente as estrelas da banda do Edu são o guitarrista Roberto Barros e o batera Aquiles Priester. O baixista Raphael Dafras parece que tá de favor na banda, percebe-se que ele não tem voz e autoridade nenhuma ali. Jamais que vão fazer isso com Steve Harris, que é o criador do Iron Maiden, por exemplo. 

Por isso que sempre defendo o Flea. Tudo bem, é um outro gênero musical, um outro estilo, mas esse cara fez mais pelo baixo do que esse meio mundo de baixistas de metal que ninguém liga. "Ah, mas eu conheço e reconheço o trabalho deles". OK, mas eu pergunto, responda com sinceridade: você reconheceria o trabalho deles se não fosse baixista? 

Não acho que o Baden (criador do tópico) esteja usando as referências erradas, escutando as bandas erradas, acho que ele está apenas se colocando numa posição fora do "eu, baixista" e expondo uma realidade simples de se ver: o baixo tá em segundo, ou em terceiro, ou em quarto plano no metal, de modo geral. Eu continuo curtindo metal, você também. Tá tudo certo, a estética do gênero é essa. Só é complicado tentar ficar provando o contrário.

Voltando ao Flea, que muita gente adora criticar, e tudo bem (Juninho Sampaio, hahaha): Red Hot Chili Peppers encantou uma geração com aquele baixo dando porrada na cara do ouvinte sem pedir permissão. Uma leva de molecada desavisada descobriu o baixo e a coisa legal e envolvente do groove por causa desse cara. E eles sabem que esse baixo não existe em outros roques por aí.
RHCP tem esse diferencial no rock = um baixão nervoso e presente. OK, ok, é um outro tipo de rock, mas tô querendo dizer que não se trata de baixistas prestando atenção ao baixo da música, se trata de ouvintes gerais pirando no baixo das músicas da banda, coisa que não existe no metal.


Cara, eu ia fazer um comentário parecido com o do Henrique.. Mas você me fez refletir. Concordo com tudo! Sou fã do Andreoli e o Raphael Dafras a cada dia que passa se desenvolve no mesmo caminho. A questão é que eles realmente só são notados na maioria das vezes, por nós, baixistas. Eu comecei a tocar com 17 anos por causa do Flea, e naquela época eu o considerava um Deus. Obviamente com o tempo ganhamos experiência, e entendemos a superioridade técnica e teórica de diversos outros baixistas.. Mas compartilho da mesma opinião em relação aos méritos do Flea.. Conseguir virar um showman, ter o foco das atenções e uma fortuna digna de guitarrista.. O cara é fod#!.

O angra, apesar de todas as mudanças, é a banda de metal em que o baixo mais se destaca para os meus ouvidos. A intro em Tapping de "Ego Painted Grey" O Fretless de "No Pain For the Dead", "Morning Star" e outras diversas linhas do Andreoli são difíceis de não serem notadas em algumas músicas até para os leigos. Mas é como você disse, não é um estilo em que somos protagonistas.

brunojqueiroz
brunojqueiroz
Membro

Mensagens : 76
Localização : Salvador-BA

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por jgs Qui Set 02, 2021 4:15 pm

muita gente conhece rhcp, pouca gente conhece fishbone... isso tem que acabar Laughing



____________________________
Tiệng hô xuất trận
jgs
jgs
Membro

Mensagens : 2712
Localização : 武漢

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Fernando Zadá Qui Set 02, 2021 5:56 pm

Jornal Jornal


Pergunta Pergunta

Escondido Escondido


Café Café


Estudando Estudando


Dormindo Dormindo
Fernando Zadá
Fernando Zadá
Moderador

Mensagens : 13770

HenriqueBessa gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por HenriqueBessa Qui Set 02, 2021 7:43 pm

Jãozeiro escreveu:^ Mas muitos desses baixistas são notados justamente por baixistas, não pelos fãs gerais. Fãs de Megadeth ligam um milhão de vezes mais para as guitarras do que para o que o Ellefson faz (fazia, né). O Trujillo era baixista do Ozzy, ninguém nem ligava pra o que ele tava fazendo quando se tinha um Zakk Wylde do outro lado do palco.

Não é bem assim... quem eu conheço que gosta de Megadeth, Death e Suicidal (de onde vem o Trujillo... originalmente)... tem o nome dos baixistas na ponta da língua... Di Giorgio é um marco no baixo do metal extremo e as linhas de baixo do Suicidal sempre foram muito comentadas, justamente na passagem do Trujillo pela banda, sem falar no Infectious Grooves...

Os fãs de metal que EU conheço, sempre tentam ouvir todos os detalhes das músicas e todos os instrumentos... inclusive entendem as letras (no meio de guturais e screams) que eu jamais consegui...
HenriqueBessa
HenriqueBessa
Membro

Mensagens : 1952
Localização : Niterói - Rio de Janeiro

https://henriquebessa.blogspot.com.br/

Zubrycky gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Pz123 Qui Set 02, 2021 7:49 pm

^ Eu adoro Death e acho as letras a melhora parte.. Haha.

o Chuck era um letrista fenomenal.
Pz123
Pz123
Membro

Mensagens : 617
Localização : Brasil

Zubrycky e Adame gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Zubrycky Qui Set 02, 2021 7:50 pm

Só pra constar, fã que é fã de verdade de uma banda de metal sabe o nome de todos os músicos, sabe quem toca cada instrumento, conhece todas as formações que a banda teve, sabe o nome de todas as músicas de todos os discos e conhece todas as letras. Wink

É claro que isso é um processo gradual e que muitos fãs começam não conhecendo muita coisa, mas eles eventualmente acabam conhecendo tudo.
Zubrycky
Zubrycky
Membro

Mensagens : 16403
Localização : São Paulo

https://www.youtube.com/zubrycky

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por JAZZigo Sex Set 03, 2021 11:11 am

Baden escreveu:Daí me veio a percepção: o metal dominou a guitarra completamente mas se esqueceu de elaborar o baixo.
scratch


____________________________
"Odeio o ouvinte de memória fiel demais." (Erasmus, 1466-1536)
Avatar: Aria Pro II JPJ-3 Diamond Series Rock Device Bass (Made in Japan by Matsumoku Industrial Co. Ltd. - 1986)
JAZZigo
JAZZigo
Membro

Mensagens : 14963
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Flaming Red Sab Nov 20, 2021 11:25 am

Um tanto atrasado na discussão, mas creio que quando se diz metal, sem querer englobamos quase tudo e podemos acabar esquecendo que há várias ramificações. Quando digo para alguém que gosto de metal, eu preciso especificar heavy metal, pois senão death metal, metalcore e metal progressivo aparecem na cabeça desta pessoa.
Iron Maiden, Metallica, Black Sabbath e dentre outras bandas você consegue ao menos perceber exatamente o que cada instrumento está fazendo, dando espaço ao baixo um brecha para ser reconhecido.
Minha percepção quanto ao cenário moderno dos novos estilos de metal, o baixo tem tido menos presença e pouco destaque (isto quando se consegue escutar ele nas músicas).
De vez em quando vejo alguns covers/versões de algumas músicas e as edições ou participantes ou não existe o baixo ou é apenas um som de fundo sem sal, pois muitos dos envolvidos apenas não se importam com o som deste instrumento. Existe também uma adoração de usar drive ou distorção no baixo para acompanhar músicas no metal, porém em muitos casos isto apenas acaba saturando o som a ponto de parecer mais outra guitarra.

Recentemente vi um vídeo sobre como ser um baixista no metal moderno, e sinceramente apesar de entender o conceito, achei ridículo, pois seria apenas ser um guitarrista tocando um baixo... Algo bem contrário do que o baixo seria em sua raiz.
Contrabaixo talvez sempre foi um dos instrumentos menos reconhecidos no geral nas bandas, pois a frequência mais grave é menos perceptivo para quem não entende o assunto, sendo que guitarra e bateria são facilmente distinguidos na hora, fora que muitos fones de ouvido e caixas de som não definem bem os graves, logo mais uma vez o baixo fica sumido.

"Daí me veio a percepção: o metal dominou a guitarra completamente mas se esqueceu de elaborar o baixo."
O baixo pode sim ser muito bem elaborado, mas o que acontece no final é os demais integrantes simplesmente barrarem as ideias por não acharem interessante, o que na verdade seria mais o gosto de quererem que a guitarra e bateria se destaquem.

Baixista bom só é reconhecido no mundo do metal por outros baixistas? Pode ser verdade, mas se pensar do lado inverso, eu por exemplo dou menos atenção aos guitarristas, logo é difícil reconhecer o trabalho de um deles, já que pode soar como mais do mesmo.
Flaming Red
Flaming Red
Membro

Mensagens : 83
Localização : Rio Grande do Sul

kattastroff gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por kattastroff Sab Nov 20, 2021 10:11 pm

"Metal" mesmo sendo um subgênero do rock é uma ideia musical muito ampla. Podemos pensar desde a sonoridade que deu origem ao termo nos anos 70 (Black Sabbath, Judas Priest, Led Zeppelin, Deep Purple, Blue Öyster Cult, etc) até os subgêneros que se tornaram mais populares depois dos anos 80 e se perpetuam até hoje sendo mais extremos na sonoridade (thrash metal, black metal, death metal, metalcore, djent e sei lá o que mais existe hoje em dia) ou os que se pretendiam ser mais elaborados como o prog metal, symphonic, power, neo-classic, etc...

Acho que o baixo executa papéis muito diferentes nesses cenários. Se pensarmos na origem do metal e no Black Sabbath, o Geezer Butler era um baixista muito competente e fundamental pra sonoridade dos primeiros álbuns da banda, tendo muito espaço pra colocar o baixo nas músicas, fazer improvisos, segurar a base enquanto a guitarra solava, fez seus próprios solos, etc. Considerando a formação da banda (baixo + 1 guitarra + vocal + bateria) ele teve um papel fundamental na sonoridade da banda. Destacaria aqui músicas dos primeiros álbuns como NIB, The Warning, War Pigs e Fairies Wear Boots.

Acho que o "problema" foi quando as bandas de metal quiseram ficar mais extremas, com duas guitarras, distorção absurda, afinações mais baixas, pedal duplo pedrominante, etc, e tocando cada vez coisas mais rápidas e dissonantes, com mais força, etc. O baixo passou a dobrar a guitarra base ou as vezes só segurar as tônicas da harmonia em figuras rítmicas simples. Em várias bandas de metal o baixo passou a usar distorção estilo Motorhead e soar cada vez mais como uma guitarra base, ou se juntando à guitarra base.

Virou um som com muita informação, duas guitarras e bateria ocupando um espectro muito amplo de frequências, fica difícil arrumar um espaço no espectro de frequências pra cada um aparecer sem embolar nada, etc. A guitarra base cheia de grave e médio grave, guitarra solo com muito médio agudo e agudo, vocal preenchendo médio, bateria pegando um pouco de tudo, todo mundo com distorção enchendo de harmônicos e agudos... Não sobra muito espaço pro baixo no espectro de frequências.

Fui a vários shows de metal que o som ao vivo era uma porcaria, de covers em barzinhos a bandas grandes como Megadeth ou Sepultura, quase sempre embolava tudo e você só ouvia um som barulhento e sem definição, foram experiências que me decepcionaram.

De outro lado, com a espetacularização da música dos anos 70 pros 80 com shows estratosféricos, rockstars egocêntricos, MTV, visuais ousados, etc, os vocalistas e guitarristas solo ganharam mais destaque (assim como alguns bateristas mais fritadores e firulentos), e o baixista por normalmente não ser tão "exibido" ou o centro das atenções foi ficando de lado.

Além disso o metal em geral (excetuando nesse parágrafo subgêneros específicos mais técnicos, como os derivados do prog) não tem muita variação rítmica e se apoia em padrões simples dentro do 4/4 como cavalgadas e outras figuras "retas". Não há muito espaço pra síncope, onde o baixo normalmente se destaca. Também não há muita variedade harmônica, sendo várias músicas apoiadas em harmonias menores simples e executadas em algum tom que facilite a execução de notas abertas na guitarra e baixo (como o clássico Em/C/D/Em do Iron Maiden), com solos apoiados na pentatônica do tom da música. Nesses casos simplesmente não existe muito espaço harmônico, melódico ou rítmico pro baixo fazer algo diferente do que os outros instrumentos estão fazendo e aí acabam dobrando a guitarra base, fazendo a tônica com a figura rítmica da música, etc.

Gostava muito de metal na adolescência, mas hoje em dia acho um estilo repetitivo e cheio de clichês, e fiquei com essa impressão que é um som que dificilmente funciona, principalmente ao vivo. Várias vezes o baixo fica completamente esquecido em segundo ou terceiro plano atrás das guitarras (alô Metallica, Ans Justice For All). Mas tem alguns casos que o baixo se destaca e citaria aqui o Black Sabbath novamente, Rage Against the Machine, algumas músicas do Ozzy com o Trujillo como Perry Mason.

Principalmente a partir dos anos 90, acho que o baixo perdeu espaço mesmo e o estilo em geral se tornou musicalmente pouco interessante por conta desses vícios e exageros, e embora eu ouça de vez em quando algumas bandas de metal só tenho vontade de pegar o baixo pra tocar Black Sabbath ou Rage Against the Machine.

No geral hoje pra mim metal é um estilo repetitivo e meio pobre, sem muita variação, assim como o sertanejo universitário por exemplo e outros tantos. Falo isso sem querer ofender ninguém, nem o gosto de ninguém, acho que pegar um instrumento pra tocar qualquer estilo musical é válido e tocar o que você gosta é mais do que válido. Mas eu não vejo como o baixo poderia ter mais espaço na maioria desses subgêneros mais extremos e modernos de metal.
kattastroff
kattastroff
Membro

Mensagens : 196
Localização : Campinas

Flaming Red e Baden gostam desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Contrabaixo e metal Empty Re: Contrabaixo e metal

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos