Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por ifernandes em Ter Set 09, 2014 7:26 pm

Max, vc reparou que está impondo um padrão de tocabilidade? Você diz que é impossível fazer slap com o captador tão perto da escala e que os baixistas estão se acostumando a tocar baixos desconfortáveis. É tão difícil aceitar que alguém consiga fazer slap com o captador perto da escala? Dificuldade de se adaptar a um instrumento não faz com que ele seja ruim.
avatar
ifernandes
Membro

Mensagens : 668
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Max Payne em Ter Set 09, 2014 8:26 pm

ifernandes escreveu:Max, vc reparou que está impondo um padrão de tocabilidade? Você diz que é impossível fazer slap com o captador tão perto da escala e que os baixistas estão se acostumando a tocar baixos desconfortáveis. É tão difícil aceitar que alguém consiga fazer slap com o captador perto da escala? Dificuldade de se adaptar a um instrumento não faz com que ele seja ruim.
Eu não diria "impondo"...

Aconteceu que esse tópico não era pra falar sobre tocabilidade apenas,entende? Era pra falar na diferença na qualidade dos mercados de guitarra e contrabaixo.

Acabou que quando citei que um baixo que tem o captador do braço muito próximo à escala tem tocabilidade ruim,acharam ruim.Mas é a minha opinião.Não vou fazer com que ninguém troque de contrabaixo rs...

Mas continuo com o mesmo pensamento cara.Baixos com um devido espaço entre o captador do braço e a escala,são mais confortáveis pra fazer slap.

Como eu vou negar algo que ta tão na cara?

Daí te faço uma pergunta: é tão difícil aceitar que existem baixos com melhor tocabilidade? Wink

Parece que ao falar isso,é como se mexesse com o ego do pessoal.É como se ao estar falando do instrumento de alguém,eu estivesse falando da musicalidade ou do caráter,ou da mãe,ou da avó...Nunca pensei que nesse fórum eu ouviria opiniões que ouvi aqui.
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 749
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Rodrigues1974 em Qua Set 10, 2014 1:23 am

Na minha opinião, tocabilidade não tem a menor relação com baixos com captação HH, como alguns musicman, warwick, etc, e sim com qualidade das cordas, regulagem de altura de cordas, afinação das oitavas, entre outros detalhes inerentes ao nível de construção do instrumento. Também não vejo muita relação com técnica e sim com gosto pessoal.

Em meados de 1998, comprei um Tagima que não tinha a menor tocabilidade, pois as cordas estavam altas e não pegavam regulagem de jeito nenhum. Enviei novamente para a Tagima que trocou o baixo, porém veio com os mesmos problemas... era alguma coisa referente a madeira do braço e escala que não estavam secas o suficiente e estavam ocorrendo torções.

Atualmente vejo o mercado melhor para baixos de entrada do que a 15 anos atrás quando tínhamos poucas opções e dentre elas: Gianinni, Eagle, Tonante, Jeniffer, Dolphin, etc. Hoje temos Condor, Strimberg, Tagima, Sx.



avatar
Rodrigues1974
Membro

Mensagens : 63
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por ifernandes em Qua Set 10, 2014 2:22 am

Max Payne escreveu:
ifernandes escreveu:Max, vc reparou que está impondo um padrão de tocabilidade? Você diz que é impossível fazer slap com o captador tão perto da escala e que os baixistas estão se acostumando a tocar baixos desconfortáveis. É tão difícil aceitar que alguém consiga fazer slap com o captador perto da escala? Dificuldade de se adaptar a um instrumento não faz com que ele seja ruim.
Eu não diria "impondo"...

Aconteceu que esse tópico não era pra falar sobre tocabilidade apenas,entende? Era pra falar na diferença na qualidade dos mercados de guitarra e contrabaixo.

Acabou que quando citei que um baixo que tem o captador do braço muito próximo à escala tem tocabilidade ruim,acharam ruim.Mas é a minha opinião.Não vou fazer com que ninguém troque de contrabaixo rs...

Mas continuo com o mesmo pensamento cara.Baixos com um devido espaço entre o captador do braço e a escala,são mais confortáveis pra fazer slap.

Como eu vou negar algo que ta tão na cara?

Daí te faço uma pergunta: é tão difícil aceitar que existem baixos com melhor tocabilidade? Wink

Parece que ao falar isso,é como se mexesse com o ego do pessoal.É como se ao estar falando do instrumento de alguém,eu estivesse falando da musicalidade ou do caráter,ou da mãe,ou da avó...Nunca pensei que nesse fórum eu ouviria opiniões que ouvi aqui.

E boa tocabilidade é a mesma para todos os baixistas? Todo baixista gosta da ação das cordas baixas? Todo baixista gosta do braço mais gordinho? De espaçamento grande? É uma questão de gosto pessoal.

E voltando para o assunto original.. Acho que é bem pelo que falaram mesmo. Guitarra tem saída mais facil que contrabaixo, é um instrumento mais popularizado. É por isso que é normal que leigos confundem baixos com guitarras. Menor custo, grande procura.. Isso tudo acaba contribuindo um pouco.
avatar
ifernandes
Membro

Mensagens : 668
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por CaQuinhO em Qua Set 10, 2014 8:19 am

Sério que vocês acharam ruim o som daquele Jenifer? Eu achei bacana, considerando as limitações na gravação, e o amp sofrível.

Outra coisa que eu gostaria de entender: por que o brasileiro comum se ofende quando outro sugere estudar?
avatar
CaQuinhO
Membro

Mensagens : 2012
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por CaQuinhO em Qua Set 10, 2014 8:20 am

Enfim, muitos argumentos foram expostos, mas continuo com minha opinião:

- Muitos baixistas acham baixo 'de entrada' ruim. Outros tantos discordam;
- Muitos guitarristas acham guitarra 'de entrada' ruim. Outros tantos discordam.
avatar
CaQuinhO
Membro

Mensagens : 2012
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Kobeh em Qua Set 10, 2014 9:13 am

CaQuinhO escreveu:Sério que vocês acharam ruim o som daquele Jenifer? Eu achei bacana, considerando as limitações na gravação, e o amp sofrível.

Um dos baixo mais confortáveis q eu já toquei até hoje era um Jennifer, apesar de ter um som péssimo e nenhuma definição nos graves... Mas ele estava com as cordas podres. Aliás, tb achei o som desse vídeo legal... Nem parece q é um Jennifer ligado num Meteoro...kkk
avatar
Kobeh
Membro

Mensagens : 858
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Max Payne em Qua Set 10, 2014 11:04 am

ifernandes escreveu:E boa tocabilidade é a mesma para todos os baixistas? Todo baixista gosta da ação das cordas baixas? Todo baixista gosta do braço mais gordinho? De espaçamento grande? É uma questão de gosto pessoal.
Sim,concordo.
Mas se alguém me disser que um baixo com um captador do braço muito próximo da escala tem tocabilidade boa pra slap,vou dizer que é porque ele que se acostumou a tocar daquela maneira,às duras penas.Mas duvido que se ele pega um baixo com um espaço maior entre a escala e o captador do braço pra praticar a técnica,que ele não iria se sentir mais confortável.
CaQuinho escreveu:Outra coisa que eu gostaria de entender: por que o brasileiro comum se ofende quando outro sugere estudar?
Mas isso é só no Brasil?

Quem me sugeriu estudar já me ouviu ou viu tocar pra sugerir algo,saber o que há de errado comigo tecnicamente ou musicalmente?

Sendo assim ou não,foi por uma conversa pessoal,frente a frente,numa boa,como batendo um papo com um amigo,ou com uma mensagem ríspida e mal-educada via internet através de um fórum,pra todos os demais verem? Wink

CaQuinho escreveu:Enfim, muitos argumentos foram expostos, mas continuo com minha opinião:

- Muitos baixistas acham baixo 'de entrada' ruim. Outros tantos discordam;
- Muitos guitarristas acham guitarra 'de entrada' ruim. Outros tantos discordam.
Sinceramente,há MUITAS opções para guitarristas de entrada! Falar que faltam guitarras de entrada boas,pra mim já me gera desconfiança de cara.

É quase o triplo de oferta do que o de mercado de contrabaixo.Com certeza,no meio de tantas,algumas serão boas.Na minha opinião.

Rodrigues1974 escreveu:Atualmente vejo o mercado melhor para baixos de entrada do que a 15 anos atrás quando tínhamos poucas opções e dentre elas: Gianinni, Eagle, Tonante, Jeniffer, Dolphin, etc. Hoje temos Condor, Strimberg, Tagima, Sx.
Mas pessoalmente não acho que temos qualidade no mercado de entrada de contrabaixo aqui no Brasil.
Falta qualidade e variedade,se comparado à outros mercados.
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 749
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por CaQuinhO em Qua Set 10, 2014 11:07 am

Ahhh não tenha dúvida. A oferta pra guitarras é bem maior... Mas acho plenamente possível encontrar um baixo de entrada com bom custo-benefício.

O problema desses baixos é quase sempre o mesmo: controle de qualidade. Ou seja, você vai precisar testar MUITOS pra selecionar.
avatar
CaQuinhO
Membro

Mensagens : 2012
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Guilé em Qua Set 10, 2014 12:07 pm

Fazia muito tempo que eu não lia tanta baboseira como nesse post...

Qualquer classificados tem SX a 500 paus...com 400 reais (ou menos) vc compra um bom Eagle JB ou um Condor BX12  que estão à altura de qualquer uma destas guitarras de entrada citadas no post inicial.

E todo dia ouço gravações feitas com instrumentos como estes e que passam batidos pelo simples fato da música como um todo acabar ficando maior do que um timbre de instrumento acompanhante.

O Youtube tinha (nunca mais achei) um vídeo do Lucas Pimentel rancando um couro de um condor vermelhinho e fazendo tudo que o Wooten faz no Fodera dele.

Aqui vão uns que encontrei:



avatar
Guilé
Membro

Mensagens : 5555
Localização : GPS

https://www.facebook.com/logaritmoinstrumental

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por DenisLM em Qua Set 10, 2014 2:09 pm

Todo SX que toquei achei péssimo, mal acabado e som ruim. Os melhorzinhos tinham algum upgrade e tal.
Mas se considerar o preço, é um excelente baixo...

Agora, talento não faz um baixo ruim ser bom, só é um baixo ruim bem tocado... Laughing
avatar
DenisLM
Membro

Mensagens : 4664
Localização : Sammamish - WA - USA

http://soundcloud.com/denislm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Rodrigues1974 em Qua Set 10, 2014 2:33 pm

Concordo plenamente com o Guilé.
avatar
Rodrigues1974
Membro

Mensagens : 63
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Djabass em Qua Set 10, 2014 2:49 pm

Um bom baixista tira som bom de um baixo ruim..
Um mau baixista jamais vai tirar um bom som de um baixo top.
Tb concordo com o que disse o Guilé.
avatar
Djabass
Membro

Mensagens : 811
Localização : Piracicaba - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Rodrigues1974 em Qua Set 10, 2014 3:45 pm

Djabass escreveu:Um bom baixista tira som bom de um baixo ruim..
Um mau baixista jamais vai tirar um bom som de um baixo top.
Tb concordo com o que disse o Guilé.

Isso é muito subjetivo... Provavelmente o mau baixista também conseguirá tirar um som melhor desse mesmo baixo top, visto que a regulagem, ergonomia e tocabilidade geral é muito superior... acredito que isso seja mais voltado à questões técnicas pessoais. O baixo com péssima tocabilidade, continuará sendo mesmo na mão do bom baixista. O que pode alterar é questão sonora visto que a técnica mais apurada fará com que tire um som melhor através de sua "pegada".

Acho que devemos observar da maneira mais simplista possível (e mesmo assim há uma dose de subjetividade), isto é... um baixo mal regulado, com oitavas que não afinam, com cordas muito altas e de má qualidade, com captadores com pouca definição sonora, pra mim é um baixo ruim.

O que não devemos nos esquecer também, é que o baixo soando sozinho é uma coisa e em banda, outra. Tem baixo que soa muito bonito em solos mas quando está tocando junto com a banda acaba sumindo.
avatar
Rodrigues1974
Membro

Mensagens : 63
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Boss2K em Qua Set 10, 2014 4:04 pm

scratch

Boss2K
Membro

Mensagens : 7917
Localização : Brasília, DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por ifernandes em Qua Set 10, 2014 4:19 pm

Discordo. Uma execução ruim, vai continuar ruim, mesmo em um baixo "melhor". Um baixo não soa bem por si só.
avatar
ifernandes
Membro

Mensagens : 668
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por carimbass em Qua Set 10, 2014 4:29 pm




carimbass
Membro

Mensagens : 1423
Localização : Ananindeua

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Juninho Sampaio em Qua Set 10, 2014 5:15 pm

Caimbass...disse tudo!
auauuauauauauauuauaaua

Mas o cabra ai...toca bateria bem pra caramba (o do video acima)
avatar
Juninho Sampaio
Membro

Mensagens : 6314
Localização : Salvador-Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por TioAnder em Qua Set 10, 2014 6:54 pm

A falta de marcas nacionais no mercado atualmente é algo muito estranho pois, existem algumas que já estão no mercado a tempo e já tem uma qualidade média, e tem marcas que pararam de produzir baixos na mesma escala que produziam antigamente, por exemplo a Giannini, que já produziu muitos baixos antigamente, mas agora tem apenas um modelo disponível no mercado( se não estou enganado).
avatar
TioAnder
Membro

Mensagens : 21
Localização : Caxias do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Max Payne em Qua Set 10, 2014 8:35 pm

Guilé escreveu:Fazia muito tempo que eu não lia tanta baboseira como nesse post...
Depois,pra o Henri-Q,eu que sou truculento rs...  notme
Guilé escreveu:Qualquer classificados tem SX a 500 paus...com 400 reais (ou menos) vc compra um bom Eagle JB ou um Condor BX12  que estão à altura de qualquer uma destas guitarras de entrada citadas no post inicial.
Cara,eu discordo.As guitarras de entrada pra mim têm mais qualidade que os baixos de entrada.
Guilé escreveu:O Youtube tinha (nunca mais achei) um vídeo do Lucas Pimentel rancando um couro de um condor vermelhinho e fazendo tudo que o Wooten faz no Fodera dele.
Cara... Não gostei do timbre desse bass não  Neutral

Agudos muito apagados...Sei lá,um timbre "vazio"...

Não chega a ser ruim,mas... Não chega aos pés de um Yamaha RBX,meu próprio Bass Collection,ou um Cort A5... Digo até que o Cort Curbow tem um som melhor.Sim,são mais caros,óbvio.

E como é de costume,sempre as versões de 5 cordas desses modelos de baixos de 4 cordas baratos tem o espaçamento diminuído.Isso não torna o baixo ruim,mas acaba fazendo com que quase todos os baixos de entrada de 5 cordas tenham o mesmo espaçamento!

Ou seja,além de qualidade,falta variedade.

Djabass escreveu:Djabass
Um bom baixista tira som bom de um baixo ruim..
Um mau baixista jamais vai tirar um bom som de um baixo top.
Tb concordo com o que disse o Guilé.
Cara,eu acho que há demagogia nesse pensamento.Vamos ser um pouco mais honestos?

Se existem equipamentos mais caros,é porque são melhores.Um baixista que toca num Yamaha RBX (pra não dizer que to comparando com baixos TOPS demais),por exemplo,não vai tirar o mesmo som num Strinberg Clb 25a.Ha não ser que o Strinberg esteja modificado.

Se fosse assim,bons baixistas só usariam esses condors baratos,Strinberg,Benson,Memphis...

Se com os "dedos mágicos" dele ele tirar o mesmo som de qualquer baixo,então porque alguns modelos custam 1.000 e outros 8.000,10.000?

Isso é quase a mesma coisa de dizer que vou tirar um som de Jazz Bass num Precision.São instrumentos diferentes,com características diferentes!

Nessa linha de pensamento, Khris Oliveira (o que testou o Memphis TB 540) seria pra mim um mau baixista,já que pra mim ele não tirou um som legal do Memphis.Mas nos outros videos que vi toca-lo,curti os sons!

Francamente,tudo bem que o principal é o músico.Ele sim é o principal responsável por seu som.

Mas eu duvido que ninguém aqui ia trocar seus Corts,Yamahas,Ibanez pra tocar num Condor baratinho.

Os Sx são uma exceção,e hoje em dia já subiu bastante de preço já.


Rodrigues1974 escreveu:Isso é muito subjetivo... Provavelmente o mau baixista também conseguirá tirar um som melhor desse mesmo baixo top, visto que a regulagem, ergonomia e tocabilidade geral é muito superior... acredito que isso seja mais voltado à questões técnicas pessoais. O baixo com péssima tocabilidade, continuará sendo mesmo na mão do bom baixista. O que pode alterar é questão sonora visto que a técnica mais apurada fará com que tire um som melhor através de sua "pegada".
ifernandes escreveu:Discordo. Uma execução ruim, vai continuar ruim, mesmo em um baixo "melhor". Um baixo não soa bem por si só.

Eu acho que uma execução ruim num ótimo baixo não vai torna-la necessariamente boa.Mas vai ficar melhor do que num baixo ruim.

TioAnder escreveu:A falta de marcas nacionais no mercado atualmente é algo muito estranho pois, existem algumas que já estão no mercado a tempo e já tem uma qualidade média, e tem marcas que pararam de produzir baixos na mesma escala que produziam antigamente, por exemplo a Giannini, que já produziu muitos baixos antigamente, mas agora tem apenas um modelo disponível no mercado( se não estou enganado).
Não ta enganado não.A Giannini só tem um baixo elétrico mesmo.O resto é baixolão.
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 749
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Sonikado em Qua Set 10, 2014 9:33 pm

Já faz tempo que não vejo SX barato. Na época que comprei o meu (final de 2011) o preço deles já estava exorbitante Very Happy

E eu tenho a leve impressão(não posso confirmar) que o acabamento dos espaços dos captadores do meu SX é (muito) melhor do que o Squier VM que comprei aqui no Canada...

Sonikado
Membro

Mensagens : 1152
Localização : Estado de SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por joabi em Qua Set 10, 2014 10:07 pm


É verdade que vocês curtiram o som dessa Memphis toda desafinada? Nem a mão do Edu salvou a bichinha...


<iframe width="640" height="360" src="http://www.youtube.com/embed/WiLfsQdNaOY" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>


Sou bem mais a Tonante do vídeo abaixo (é sério!):

<iframe width="480" height="360" src="http://www.youtube.com/embed/pUObyMMUftE" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

avatar
joabi
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 5476
Localização : Campinas - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Guilé em Qua Set 10, 2014 10:21 pm

Aí. O cara quer comparar strato Menphis com um Cort A5, Bass Collection e Yamaha RBX, etc....

Muito difícil !
avatar
Guilé
Membro

Mensagens : 5555
Localização : GPS

https://www.facebook.com/logaritmoinstrumental

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Max Payne em Qua Set 10, 2014 11:25 pm

joabi escreveu:Sou bem mais a Tonante do vídeo abaixo (é sério!):
affraid affraid affraid affraid

Cara que som é esse???

Ta com o capiroto no corpo essa Tonante??

Sonzaço! Very Happy

Shocked Shocked Shocked Shocked

Guilé escreveu:Aí. O cara quer comparar strato Menphis com um Cort A5, Bass Collection e Yamaha RBX, etc....

Muito difícil !

confused confused confused confused confused confused confused confused confused confused confused confused confused

""Cara... Não gostei do timbre desse bass não   Neutral  

Agudos muito apagados...Sei lá,um timbre "vazio"...

Não chega a ser ruim,mas... Não chega aos pés de um Yamaha RBX,meu próprio Bass Collection,ou um Cort A5... Digo até que o Cort Curbow tem um som melhor.Sim,são mais caros,óbvio.
"""


WHAT???
avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 749
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por JAZZigo em Qui Set 11, 2014 12:43 am

Dormindo
avatar
JAZZigo
Membro

Mensagens : 10924
Localização : Asa Norte, Brasília-DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Binão em Qui Set 11, 2014 1:40 am

Achei o tópico bem razoável e interessante . percebi tb que em. vídeos de demonstração de baixos de linhas de entrada muitas das vezes nem se é tocado o instrumento "in natura". é de se pensar...

um contra baixo deve ser Mais caro de construir por possuir mais complexidade que uma guitarra (pequena. probabilidade) ou como é construído em menor escala, logo é mais caro de construir. Simples. assim...

mas com raras exceções vejo a poucos bons baixos de entrada.  guitarras tocaveis vejo Mais...

Sx 400.00? Where?


Última edição por Binão em Qui Set 11, 2014 1:46 am, editado 1 vez(es)
avatar
Binão
Membro

Mensagens : 3209
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Boss2K em Qui Set 11, 2014 1:44 am


Boss2K
Membro

Mensagens : 7917
Localização : Brasília, DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por pedrohenrique.astronauta em Qui Set 11, 2014 9:18 am

avatar
pedrohenrique.astronauta
Membro

Mensagens : 5553
Localização : Volta Redonda-RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Max Payne em Qui Set 11, 2014 1:57 pm

binão escreveu:um contra baixo deve ser Mais caro de construir por possuir mais complexidade que uma guitarra (pequena. probabilidade) ou como é construído em menor escala, logo é mais caro de construir. Simples. assim...

mas com raras exceções vejo a poucos bons baixos de entrada. guitarras tocaveis vejo Mais...
Pois é...

Na verdade sei que a procura por guitarra é bem maior e isso acaba refletindo no mercado.Mas também acho que se surgisse uma marca não necessariamente focada apenas em contrabaixo (ou talvez sim,por que não? Uma ""Warwick"" brasileira... ) mas pelo menos mais focada nos contrabaixos,isso iria fazer com que o mercado se mexesse e tentasse fazer mais baixos e com mais qualidade e variedade.

Pois eu penso o seguinte: o instrumento mais procurado por iniciantes na verdade é o violão.Prático e muito barato.Não precisa plugar,tem uma qualidade acústica muito boa,e nem precisa ser caro pra ter tudo isso.

Depois vem a guitarra... Pelos fatores que todos aqui imaginam.Instrumento "protagonista",distorção,maior associação e compatibilidade com o violão e etc.

Porém na verdade,já vi relatos de bastante gente que gosta do som do contrabaixo.Falam do "grave" do som do instrumento,são fascinados por ele.

Então,apesar de alguns do fórum discordar,acho que um iniciante que saiu do violão e quer comprar uma guitarra barata pra aprender não se frustra tanto quando testa uma Giannini ou uma Memphis,ou uma outra guitarra barata qualquer.Já o que saiu do violão e quer um contrabaixo,acredito que se frustra ao testar baixos baratos de variadas marcas.

E acho que esse fato contribui com a procura maior por guitarras também.


avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 749
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Guilé em Qui Set 11, 2014 2:25 pm



Abobrinha
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma caixa taxonómicaAbobrinha
Courgette Cucurbita pepo.jpg
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Cucurbitales
Família: Cucurbitaceae
Género: Cucurbita
Espécie: C. pepo
Nome binomial
Cucurbita pepo
Abobrinha, jerimum-mirim, courgette ou curgete1 (Cucurbita pepo L.) é um fruto pertencente à família cucurbitáceas, assim como a melancia, o melão, o pepino e a abóbora. Pertence ainda ao género das abóboras e costuma-se colher ainda verde.

Originou-se no continente americano, do Peru até sul dos Estados Unidos. É um fruto de fácil digestão, rico em niacina, além de ser fonte de vitaminas do complexo B e possui pouca caloria.

Índice [esconder]
1 Os tipos
2 Dicas para consumo
3 Referências
4 Ligações externas
Os tipos[editar | editar código-fonte]
Os dois tipos de abobrinha mais comuns no mercado brasileiro são: a abobrinha tipo menina, que tem o fruto com pescoço e a tipo italiana, com o fruto alongado sem pescoço. As cores vão do verde bem claro, quase branco, até verde médio com faixas de cor verde mais escuro. Em alguns mercados, pode-se encontrar fruto de cor amarela forte e uniforme, que não deve ser confundido com o fruto verde amarelecendo por estar velho.

Os frutos são muito sensíveis e se machucam com facilidade, apodrecendo rapidamente nas partes machucadas. Por isto, escolha-os com cuidado, sem apertá-los ou danificá-los com as unhas.

Dicas para consumo[editar | editar código-fonte]

Abobrinha
Escolha os frutos firmes, com a casca de cor brilhante, sem partes escuras ou amolecidas. As abobrinhas devem ter no máximo 20 cm de comprimento. Quando menores são mais tenras e saborosas.

Quando já picada e embalada em filme de plástico deve obrigatoriamente estar em expositor refrigerado. Preste atenção no prazo de validade e não compre se houver formação de líquido amarelado no fundo da embalagem, o que indica que o fruto está começando a se deteriorar.

Prefira comprar frutos com o cabinho, pois eles se conservarão por mais tempo.

Incremente o sabor do macarrão acrescentado pequenos pedaços de abobrinha cozida ao molho. Pratos da culinária oriental também incorporam facilmente a abobrinha.

Os seguintes temperos combinam com a abobrinha: alho, cebola, pimenta, cebolinha verde, azeite, limão, vinagre, gergelim, manjericão. Igualmente, a abobrinha também pode ser combinada com condimentos tradicionais da culinária oriental (i.e coreana, japonesa ou chinesa) como o ''shōyu'' (molho de soja fermentado), azeite de gergelim (extraído de sementes de sésamo torradas), etc.

As flores da abobrinha, bem como as de todos os tipos de abóboras, podem ser incorporados em diferentes pratos por serem comestíveis (i.e omeletes, saladas, etc.).
avatar
Guilé
Membro

Mensagens : 5555
Localização : GPS

https://www.facebook.com/logaritmoinstrumental

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Max Payne em Qui Set 11, 2014 2:48 pm


avatar
Max Payne
Membro

Mensagens : 749
Localização : Truculentos City

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Kobeh em Qui Set 11, 2014 2:55 pm

snax
avatar
Kobeh
Membro

Mensagens : 858
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Algumas ponderações e questões pertinentes sobre o mercado de baixos no Brasil

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum