Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Página 4 de 12 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Sab Nov 28, 2015 11:28 am

^ É caro... E o óleo-de-peroba é tão bom ou melhor para esse míster...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Ricardo em Sab Nov 28, 2015 11:44 am

up
É que experimentei de cara esse da Planet Waves e gostei, a madeira absorve rápido e não fica oleosa.
Vou experimentar o de peroba quando o limão acabar, se não gostar dou um trato nos móveis.
avatar
Ricardo
Membro

Mensagens : 1939
Localização : Curitiba - Pr

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por HenriqueBessa em Sab Nov 28, 2015 12:22 pm

Blz. Óleo de peroba tenho de sobra. Costumo usar no baixo, mas nem me toquei que poderia ser útil pra esse problema.
Obrigado Smile

Vlw Ricardo, mas pra essa guitarra quanto menos gastar melhor... rsrsrs
Mas vlw pela dica, quando puder testo no baixo.
avatar
HenriqueBessa
Membro

Mensagens : 946
Localização : Niterói - Rio de Janeiro

https://henriquebessa.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Sab Nov 28, 2015 3:29 pm

Ricardo escreveu:up
É que experimentei de cara esse da Planet Waves e gostei, a madeira absorve rápido e não fica oleosa.
Vou experimentar o de peroba quando o limão acabar, se não gostar dou um trato nos móveis.
Óleo-de-peroba se passa bem pouco.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Umidade do ar e suas consequências para a construção de um instrumento

Mensagem por MaikonBass em Seg Nov 30, 2015 11:52 am

Bom dia Mauricio!

Gostaria de tirar algumas duvidas a respeito da umidade do ar e suas consequências para a construção de um instrumento.

Eu encomendei um contrabaixo com um Luthier aqui da região e ele me disse que não concluiu ainda o instrumento porque a umidade do ar esta acima dos 70% desde setembro (mais de dois meses). Então as minhas duvidas são:

- É possível que em mais de 60 dias a umidade não tenha baixado de 70%? Aqui esta chovendo pra caramba mesmo. Quase todos os dias.

- O que pode ser feito e o que não pode ser feito em dias com umidade muito elevada? Exemplo: Pintura, colagem, etc.

- Existe alguma maneira de driblar esse problema de alta umidade e conseguir construir o instrumento mesmo com ela alta?

MaikonBass
Membro

Mensagens : 8
Localização : Guaramirim, SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Nov 30, 2015 3:21 pm

Se o seu luthier trabalha com instrumentos acústicos ele certamente aplica este princípio à construção de sólidos. Não há necessidade disso se as madeiras com que ele for trabalhar forem de estoques antigos.
Em dias chuvosos a aplicação de acabamento fica prejudicada.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Deivesbass em Sex Dez 11, 2015 6:58 am

Olá pessoal estou com a seguinte dúvida:
Tenho um cort curbow 52, muito novo apenas 5 meses, os caps tanto da ponte quanto do braço são bartolini mk1, e o circuito também. Aí me sobrou uma grana e como o bass é muito novo não quero vende-lo, que dar um upp nele fazendo as seguintes modificações: os caps passar para seymour Duncan bassline jazz bass e o circuito Aguilar obp3. Agora vem as dúvidas, a cavidade dos caps cabe os novos jazz bass? Se a cavidade ficar sobrando vou ter que fazer tipo uma moldura e colocar no lugar? Qual circuito daria no meu bass,pois o obp3 existe vários mudando apenas os potenciômetros, o meu bass original tem 5 potenciômetros e uma chave seletora de ativo passivo, qual modelo do Aguilar obp3 daria certo nele? E o resultado final dessa troca estaria saindo melhor que o original? Curto som aveludado e ao mesmo tempo quando preciso gosto de escutar tipo o som do plock mas no pizzicato,técnica usada muito no pagode por Prateado, e na elétrica bartolini não consigo isso definido. No final quero um som mais agressivo.

Deivesbass
Banido

Mensagens : 2
Localização : Curvelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Sex Dez 11, 2015 8:50 am

Deivesbass
Não recomendo essa troca por uma série de razões:
As dimensões dos capts são distintas o que demandará uma adaptação, o que levará a uma desvalorização do instrumento. Reputo o circuito Bartolini muito bom e adequado à qualquer estilo, e sempre que toquei, achei uma sonoridade bem definida, sobre o Aguilar eu não posso opinar pois nunca trabalhei com ele; mas, se vc quer um som mais "agressivo", me parece apenas que se adapte a técnica à isso, ou ao uso de um simples pedal (eq, comp ou pré/drive), que resolveria facilmente o problema sem gastos adicionais.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Deivesbass em Sab Dez 12, 2015 9:15 am

Ohhhhhh Maurício vlw pelas dicas. Mas esse caps jass bass teria que aumentar a cavidade? Ou somente tampar as arestas que ficar com uma moldura?

Deivesbass
Banido

Mensagens : 2
Localização : Curvelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Sab Dez 12, 2015 1:26 pm

^Tapar... Os capts originais (Bartolini) são maiores.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Guilé em Dom Dez 27, 2015 12:22 pm

Olá Bertola !

Gostaria de saber se poderia me ajudar em uma questão... Instalei 3 captadores com timbres distintos e interessantes, sendo eles um colado no braço (que adaptei), um J colado na ponte(furação original) e um P no meio (originalmente um J).

Experimentei aqui diretamente algumas combinações entre eles e gostei dos resultados, por isso pensei em instalar uma chave strato de 5 posições para tal, sendo que:

1 - Existem duas chaves no mercado: IMPORT TYPE (que me parece a mais convencional) e a FENDER TYPE, qual recomenda ?

2 - Ao invés de ter a combinação braço e meio, é possível ter braço e ponte como opção ? Se sim, tem alguma pista de como fazer a ligação na chave acima ?

Penso em manter a chave, um volume único e um tone único tb e na chave, pra mim o ideal seria que ficassem as seguintes opções:

Braço
Meio
Ponte
Ponte e Meio
Ponte e Braço


Antecipadamente grato !

avatar
Guilé
Membro

Mensagens : 5555
Localização : GPS

https://www.facebook.com/logaritmoinstrumental

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por chiberia em Dom Dez 27, 2015 7:01 pm

Bertola, tudo bom?

Eu optei como projeto de férias construir uma guitarra (e um baixo, se o orçamento permitir). A título de curiosidade, a guitarra é uma jazzmaster modificada (jazzblaster) e o baixo seria aquele telecaster bass special (réplica) da squier.

Como li bastante a respeito da madeira para o corpo e sua influência, estou considerando usar basswood mesmo ou até outra opção mais barata que aparecer.

Minha dúvida mesmo é na construção do braço. Por conta do tensor, imagino que não dê pra fugir muito de madeiras mais nobres, gostaria de confirmar isso. Ademais, vcs indicam quais madeiras para escala escura? (é válido escurecer com betume?)

Já adianto também perguntas sobre acabamento pra escala e braço; os materiais que mais me chamaram a atenção foram em vídeos americanos (tru-oil e etc), mas queria saber quais materiais disponíveis no brasil vc indica (e se eu passo selante antes ou n). Sou de sp, então disponibilidade não é tanto problema quanto preço.

Agradeço desde já.
avatar
chiberia
Membro

Mensagens : 70
Localização : SP

http://facebook.com/artofchiberia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Dom Dez 27, 2015 9:14 pm

Guilé
A "import type" é aquela em que os bornes de ligação são "em linha".
A "Fender type" é aquela que parece um "carrossel".
Não, não dá pra fazer essa ligação não. O que vc pode fazer é instalar uma chavinha "mini-toggle" on-off, e seu baixo ficará com 7 posições (inclusive braço e ponte e os 3 capts juntos.
O problema é que vc tem tipos distintos de capts aí e geralmente isso dá incompatibilidade de polaridade e a instalação de 3 capts assim é trabalhosa...
chiberia
Para corpo use o marupá tília (basswood) não existe no Brasil.
Para o braço use pau-marfim ou tauarí-branco e para a escala ipê.
Para o acabamento usa-se seladora de madeira (comum e à venda em qualquer loja do ramo) pré-diluída.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por gsfteodoro em Seg Dez 28, 2015 9:37 am

Grande solucionador de baixos defeituosos, beleza?

Ontem, eu passei por uma situação interessante.
Estava em processo de negociação quase concluído. Havia adquirido um baixo de 4 cordas (que foi devolvido devido a situação relatada abaixo).
Ao regular o tensor, percebi que o braço estava convexo e que o angulo do braço, na junção do corpo, estava fora do comum.

Cheguei a fazer aquele macete de colocar um filete de um cartão de crédito para regular. Mas, para minha surpresa, quando fui soltar o tensor para tentar deixar o braço mais reto, a porca simplesmente soltou.
Será que o baixo foi fabricado errado? Na regulagem que peguei, ele tinha as cordas da 10ª casa até o nut bem baixo. Em compensação, da 11ª até o captador, as cordas começaram a ficar bem altas.
avatar
gsfteodoro
Membro

Mensagens : 4608
Localização : Brezil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Dez 28, 2015 10:31 am

Estava era com defeito mesmo....
Estou com um Gianóca RK aqui em casa que está com o mesmo defeito... Tá difícil de fazer ele ficar com uma ação aceitável na parte final do braço, com o agravante de que é braço inteiriço!
O antigo dono judiou dele, além da fabricação ser tôsca...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por gsfteodoro em Seg Dez 28, 2015 10:52 am

Ainda bem que devolvi então... Ufa!

Valeu, Bertola.
avatar
gsfteodoro
Membro

Mensagens : 4608
Localização : Brezil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mike_ em Seg Dez 28, 2015 9:42 pm

Mestre Bertola, ontem fazendo uma limpeza básica no meu baixo, percebi um pozinho de madeira saindo pela cavidade do captador. Esse pozinho é aquele característico de caruncho. E na minha casa tem caruncho no forro de madeira (casa antiga...). O que posso fazer para solucionar o problema, para que meu baixo nao fique oco?
avatar
Mike_
Membro

Mensagens : 303
Localização : Cambuí - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Breno_Barnabe em Seg Dez 28, 2015 10:08 pm

Caruncho é a mesma coisa que cupim?
avatar
Breno_Barnabe
Membro

Mensagens : 3880
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Dez 29, 2015 9:12 am

Mike
Descubra onde o maldito caruncho ou cupim fez o buraco e, com uma seringa, aplique um pouquinho de querosene ali... Jimo Cupim também serve, mas é venenoso pra caramba e o cheiro é pior do que o do querosene...
Breno_Barnabe
Em alguns lugares do Brasil as pessoas confundem um com o outros, mas caruncho (ou gorgulho) é um Chrysomelidae. Cupim é Termitidae...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por chiberia em Ter Dez 29, 2015 9:49 am

Valeu, Bertola.

Pro corpo estava pensando em basswood mesmo, mas ia ver o que tem disponível nas lojas.

Pra pintura de corpo, vc recomenda só os métodos mais ortodoxos ou tem alguma recomendação pra (possível) improviso?
avatar
chiberia
Membro

Mensagens : 70
Localização : SP

http://facebook.com/artofchiberia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Ter Dez 29, 2015 10:48 am

chiberia escreveu:Valeu, Bertola.

Pro corpo estava pensando em basswood mesmo, mas ia ver o que tem disponível nas lojas.

Pra pintura de corpo, vc recomenda  só os métodos mais ortodoxos ou tem alguma recomendação pra (possível) improviso?

Não tem. Use marupá...
Pintura é trabalhoso e demorado. Já comentei o método aqui e deve ser feito por um profissional experiente (um bom pintor automotivo da conta do recado se vc já deixar com ele o corpo preparado).
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por fheliojr em Ter Dez 29, 2015 3:42 pm

Guilé escreveu:Olá Bertola !

Gostaria de saber se poderia me ajudar em uma questão... Instalei 3 captadores com timbres distintos e interessantes, sendo eles um colado no braço (que adaptei), um J colado na ponte(furação original) e um P no meio (originalmente um J).

Experimentei aqui diretamente algumas combinações entre eles e gostei dos resultados, por isso pensei em instalar uma chave strato de 5 posições para tal, sendo que:

1 - Existem duas chaves no mercado: IMPORT TYPE (que me parece a mais convencional) e a FENDER TYPE, qual recomenda ?

2 - Ao invés de ter a combinação braço e meio, é possível ter braço e ponte como opção ? Se sim, tem alguma pista de como fazer a ligação na chave acima ?

Penso em manter a chave, um volume único e um tone único tb e na chave, pra mim o ideal seria que ficassem as seguintes opções:

Braço
Meio
Ponte
Ponte e Meio
Ponte e Braço...

off-topic: guilé, após fazer estas mudanças, grave uma sample deste baixo para a gente (ok, para mim), por favor!
avatar
fheliojr
Membro

Mensagens : 8895
Localização : Fortaleza-CE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por VictorLuigi em Qua Dez 30, 2015 9:28 am

Bom dia Bertola, tudo certo?

Estou precisando de uma ajuda para fazer a regulagem em um baixolão.
Estou com um Epiphone El Capitan em casa. É um baixolão bem bacana, porém as cordas estão com uma ação alta demais pro meu gosto.
Já fiz a regulagem do tensor e o braço aceitou bem, porém o rastilho está bastante alto.
Minha primeira ideia foi lixar a parte de baixo do rastilho (com cuidado para mantê-lo alinhado para não dar problema com o piezo), porém fiquei preocupado em relação à entonação.
Aí vão as perguntas:
1 - Descendo a altura do rastilho vou alterar o comprimento da parte “vibrante” da corda, isso pode me dar problemas significativos na afinação das oitavas?
2 – Se sim, como ajustar isso em instrumentos que não possuem os carrinhos da ponte para regular as oitavas?

Desde já, obrigado!
avatar
VictorLuigi
Membro

Mensagens : 740
Localização : Santo André - São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Dez 30, 2015 9:35 am

Descendo a altura do rastilho vou alterar o comprimento da parte “vibrante” da corda, isso pode me dar problemas significativos na afinação das oitavas?
Não.
Aliás, em rastilhos fixos (como o desse baixolão ou de violões), quase nunca "as oitavas" são acuradas, apenas aproximadas...
Não se preocupe com isso...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por VictorLuigi em Qua Dez 30, 2015 9:51 am

Valeu Bertola!
avatar
VictorLuigi
Membro

Mensagens : 740
Localização : Santo André - São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Renan Pollo em Dom Jan 03, 2016 12:19 am

Caro Bertola, troca de nut pode resolver problemas de trastejamento ???
avatar
Renan Pollo
Membro

Mensagens : 3
Localização : Altinópolis SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Dom Jan 03, 2016 8:54 am

Não apenas isso...
O papel de um luthier competente é analisar o instrumento e identificar quais procedimentos deve reaizar para o instrumento ficar como deve em sua performance. Certamente trocar apenas a pestana pode resolver, como não, ser apenas parte da solução.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Renan Pollo em Dom Jan 03, 2016 10:35 am

Obrigado Bertola ... é que aparentemente o braço está normal, por isso minha dúvida.
avatar
Renan Pollo
Membro

Mensagens : 3
Localização : Altinópolis SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Dom Jan 03, 2016 11:00 am

Renan Pollo escreveu:Obrigado Bertola ... é que aparentemente o braço está normal, por isso minha dúvida.
Se o seu baixo tem uma pestana de baixa qualidade, sugiro que a troque por uma de osso ou latão...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por arturbmallmann em Seg Jan 11, 2016 5:43 pm

O que vc acha das pestanas regulaveis de latão? pensei em adquirir uma para o meu baixo, gostaria de ter a possibilidade de mudar a ação dele de forma mais satisfatória porém sempre com a possibilidade de voltar rapidamente.
avatar
arturbmallmann
Membro

Mensagens : 1801
Localização : Mondaí-SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Jan 11, 2016 10:16 pm

Conheço dos Warwicks alemães, mas nunca usei em baixo meu ou construido por mim, portanto, não posso opinar...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por NeyBass em Qua Jan 13, 2016 4:51 pm

arturbmallmann escreveu:O que vc acha das pestanas regulaveis de latão? pensei em adquirir uma para o meu baixo, gostaria de ter a possibilidade de mudar a ação dele de forma mais satisfatória porém sempre com a possibilidade de voltar rapidamente.

Eu acho ótimo esses nut's, já tive 4, hj não tenho pois meu baixo não combina e o nut é fininho igual aos JB, senão ja teria encomendado.
avatar
NeyBass
Membro

Mensagens : 3265
Localização : MT

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por arturbmallmann em Qua Jan 13, 2016 6:25 pm

^ pois eh, o meu tem o braço bem próximo dos jb e pra completar é 4c. O nut que vem nele é de osso e aparenta ser de boa qualidade. Mas sabe, as possibilidades de ajuste são muito atrativas.
Valeu pela resposta Wink

Ah, e quanto a força exercida no braço? creio eu que o tensão mude com o distanciamento das cordas em relaçao a escala, devido a força angular. Teve problemas com a regulagem de arco?
avatar
arturbmallmann
Membro

Mensagens : 1801
Localização : Mondaí-SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por fheliojr em Qua Jan 13, 2016 8:29 pm

arturbmallmann escreveu:O que vc acha das pestanas regulaveis de latão? pensei em adquirir uma para o meu baixo, gostaria de ter a possibilidade de mudar a ação dele de forma mais satisfatória porém sempre com a possibilidade de voltar rapidamente.

é aquele esquema do "just nut" da warwick?
avatar
fheliojr
Membro

Mensagens : 8895
Localização : Fortaleza-CE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por arturbmallmann em Qua Jan 13, 2016 8:33 pm

fheliojr escreveu:
arturbmallmann escreveu:O que vc acha das pestanas regulaveis de latão? pensei em adquirir uma para o meu baixo, gostaria de ter a possibilidade de mudar a ação dele de forma mais satisfatória porém sempre com a possibilidade de voltar rapidamente.

é aquele esquema do "just nut" da warwick?
isto, algo similar já seria interessante, existem outros de fabricacao nacional pelo que andei vendo.. agora se eles tem direito exclusivo sobre isto já nao sei
avatar
arturbmallmann
Membro

Mensagens : 1801
Localização : Mondaí-SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Diogo Lima Barreto em Qua Jan 27, 2016 8:46 am

Olá Bertola!
Adquiri recentemente um jazz bass e fiz a regulagem de tensor e ponte. Mas fazendo aquele teste dos trastes (apertar primeira e ultima casa) percebi que até a quarta casa do braço as cordas estão muito próximas dos trastes o que achei ruim pois a altura delas esta muito boa nas outras regiões do braço. É comum este tipo de problema? Um luthier consegue ajeitar, qual a faixa de preço? Mando trocar de baixo já que está na garantia? (apesar de que não tenho muito esperança pois o baixo é SX MIC né..)
Valeu e agradeço desde já!
avatar
Diogo Lima Barreto
Membro

Mensagens : 78
Localização : São Carlos - São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Jan 27, 2016 11:19 am

Diogo, acho que o ajuste feito no tensor não foi o ideal.
Ademais, o fato de estar "...muito próximas..." é, em princípio, o correto, principalmente se ele se mantém constante (na verdade um pouco mais alto na região da trócula) ao logo do braço...
Acho que você deve procurar um luthier habilitado.
Não se comentam preços aqui...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Diogo Lima Barreto em Qua Jan 27, 2016 11:40 am

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Diogo, acho que o ajuste feito no tensor não foi o ideal.
Ademais, o fato de estar "...muito próximas..." é, em princípio, o correto, principalmente se ele se mantém constante (na verdade um pouco mais alto na região da trócula) ao logo do braço...
Acho que você deve procurar um luthier habilitado.
Não se comentam preços aqui...

Puxa, foi mal, não sabia que não divulgavam preços.

Aliás, esqueci de comentar, até o quarto traste esta trastejando, mas o resto está otimo.
No caso eu entrei em contato com a loja e me deram duas opções dentro da garantia: esperar o luthier voltar de férias (depois do carnaval) ou enviar o baixo pra assistência técnica da SX. Eu ouvi falar bem do Luthier da loja (foi o que me recomendaram aqui no fórum)...mas as duas opções vão levar basicamente o mesmo tempo (30 dias). Nas duas eu me ferro por que vou ficar sem o baixo kkkkkk, será que compensa mandar pra assistência?

Obrigado pelos esclarecimentos!
avatar
Diogo Lima Barreto
Membro

Mensagens : 78
Localização : São Carlos - São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qua Jan 27, 2016 12:17 pm

Cara, isso é caso para luthier....
Me parece problemas na pestana...
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Diogo Lima Barreto em Qua Jan 27, 2016 12:48 pm

Mauricio Luiz Bertola escreveu:Cara, isso é caso para luthier....
Me parece problemas na pestana...

Beleza então! Vou levar no luthier assim que puder Smile
Valeu!
avatar
Diogo Lima Barreto
Membro

Mensagens : 78
Localização : São Carlos - São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Johnny Bezerra em Seg Fev 01, 2016 3:16 pm

Boa tarde Bertola.

Sou leigo no assunto e preciso da sua ajuda

Peguei um Squier Vintage Precision 5 cordas e estou afim de acrescentar um captador na ponte, esse baixo esta original, gostaria de saber qual o captador e potenciometro devo colocar.

Como devo fazer.

Abraços

Johnny Bezerra
Membro

Mensagens : 8
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Fev 01, 2016 3:32 pm

Johnny Bezerra escreveu:Boa tarde Bertola.

Sou leigo no assunto e preciso da sua ajuda

Peguei um Squier Vintage Precision 5 cordas e estou afim de acrescentar um captador na ponte, esse baixo esta original, gostaria de saber qual o captador e potenciometro devo colocar.

Como devo fazer.

Abraços

Em 1º lugar certifique-se de que é isso mesmo que vc quer fazer.
Digo isso pois seu luthier deverá fazer uma cavidade no instrumento, e isso significa desmontá-lo, fazer a cavidade, fazer a instalação do capt, remontar tudo e re-regular o instrumento. É um trabalho grande (mas não difícil), e que tira a originalidade do instrumento (o que o desvaloriza).
O captador à ser instalado pode ser este:
http://www.captadores.com.br/loja/produto-34302-1777-j_hot_5_cordas_ponte_ou_braco
O potenciômetro é de 250K
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Johnny Bezerra em Seg Fev 01, 2016 4:04 pm

OK, muito obrigado Bertola.

Johnny Bezerra
Membro

Mensagens : 8
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por MaikonBass em Qua Fev 10, 2016 8:57 am

Bom dia Bertola!

Nos baixos com captação PJ passiva, que você recomendou em um post antigo colocar uma chave seletora de 3 posições, qual o esquema elétrico que você utiliza? Posso encontra-lo na internet? Você pode me passar ele?

É que preciso saber como fazer a instalação elétrica de um PJ com a chave seletora (para tornar independente cada cap), tendo um volume (para cada cap) e um tone (para ambos os caps). É essa?


MaikonBass
Membro

Mensagens : 8
Localização : Guaramirim, SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Qui Fev 11, 2016 7:00 pm

avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por MaikonBass em Sex Fev 12, 2016 8:10 am

Mauricio Luiz Bertola escreveu:O esquema é esse aqui:
https://www.google.com.br/search?q=Epiphone+Special+II+schematics&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ved=0ahUKEwju18SLzfDKAhUKIpAKHYacBqkQsAQIHA#imgrc=OHGPUNRjHaR_5M%3A

Os pots óbviamente são de 250K e o capacitor de 0.047uF


Obrigado!

MaikonBass
Membro

Mensagens : 8
Localização : Guaramirim, SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por joceir bernardo raupp em Sex Mar 11, 2016 7:43 pm

oi Mauricio, sobre o tauari branco o que você acha dessa madeira, e em que partes posso usar?
longarinas para baixo de 4 cordas a que distancia tem que ficar uma da outra?
angelim ferro serve para longarinas?
e itaúba para braço interiço pra um baixo sem longarinas fica bom? ( pergunto porque li um estudo de madeiras nacionais para luthieria e diz que serve para braço e escala mas não fala se é interiço porq ela é bem pesadinha)
desculpa tantas perguntas agradeço desde já vlw....
avatar
joceir bernardo raupp
Membro

Mensagens : 73
Localização : tramandaí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Sex Mar 11, 2016 9:59 pm

Joceir,
Tanto o Tauarí-Branco como a Itaúba servem para braços.
O uso de longarinas pode ser feito tanto com uma, quanto com duas peças, com distâncias de 1 a 1,5 cm.
Para longarinas usam-se várias madeiras, sendo a mais comum o roxinho e o ipê (ambas são muito boas para escala). Angelim não costuma ser usada pra nada em luthiería, pois racha fácil e empena.
Eu nunca utilizei Itaúba...
Abç
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por ReegiJR em Seg Mar 28, 2016 3:38 pm

Mestre Bertola, bom dia!

Estou com projeto de transformar meu Strinberg em fretless por motivos de estudo e gostaria de tirar uma duvida com relação aos "buracos" dos antigos trastes, é necessário fechá-los com massa (ou madeira) após a remoção dos trastes? Qual os riscos de deixar as cavidades sem preenchimento? Pergunto isso pois aqui na minha cidade, caso eu queira transforma-lo em fretted novamente, fica muito mais barato a simples colocação de novos trastes + nivelamento do que ter que remover a massa, refazer a cavidade, aplicar os trastes novamente, etc...

Outra coisa, fretless com captação ativa fica ruim, perde aquele roncado característico ou nada a ver?

Muito obrigado pela atenção,
abraços.
avatar
ReegiJR
Membro

Mensagens : 39
Localização : Taquarituba-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Mauricio Luiz Bertola em Seg Mar 28, 2016 4:07 pm

é necessário fechá-los com massa (ou madeira) após a remoção dos trastes?
Sim, é.
Qual os riscos de deixar as cavidades sem preenchimento?
Empeno...
caso eu queira transforma-lo em fretted novamente
Será um serviço para um luthier experimentado... E, sim, a madeira ou a massa terá que ser retirada...
Outra coisa, fretless com captação ativa fica ruim
Não.
avatar
Mauricio Luiz Bertola
FCBR-CT
FCBR-CT

Mensagens : 11918
Localização : Niterói, RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pergunte ao luthier com Mauricio Bertola

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 12 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum